Busca

Bruna Paulin

Assessoria de Flor em Flor

Tag

Lupicínio Rodrigues

Espetáculo Lupi – o musical na imprensa

jc_28.11.14 correiodopovo_28.11.14 osul_28.11.14 zh_28.11.14 metro_28.11.14

Lupi – o musical na imprensa

correiodopovo_21.11.14 jornalnh_21.11.14

Lupi, o musical na mídia

jornalnh_12.11.14jornalnh_08.11.14jornalrs_31.10.2014

Lupi, o musical tem única apresentação no teatro Bourbon Country no dia 28 de novembro

nanimedeiros_credito_danielscherer

Última apresentação do ano em Porto Alegre ocorre às 21h; Ingressos à venda

Após diversas apresentações de sucesso em Porto Alegre – lotando o Theatro São Pedro, Reitoria da UFRGS e Teatro da AMRIGS e da grande repercussão do especial produzido pela RBSTV – o espetáculo Lupi, o musical – uma vida em estado de paixão passa por Novo Hamburgo no dia 21 de novembro no Teatro Feevale e encerra sua agenda de 2014 com única apresentação no teatro do Bourbon Country no dia 28 de novembro, às 21h. No dia 21, o espetáculo tem única sessão no Teatro Feevale em Novo Hamburgo.

Lupi, o musical é uma homenagem ao artista e um elogio à paixão. Não a um caso, ou casos de paixão, mas à paixão idealizada, pré-existente, na alma de Lupicínio Rodrigues. Segundo o diretor e autor, Artur José Pinto, a montagem é uma celebração de um homem que vai além da dor de cotovelo: “Lupicínio era muito mais do que um músico que falava sobre a dor de cotovelo. Nossa intenção é contar a história do artista, mas também do pai, amigo, amante”, revela.

O musical revela um Lupicínio em situações conhecidas e inéditas. Dentre estas, um soldado jovem, sentando praça, em Santa Maria; um aprendiz de mecânico, da Cia. Carris; um boêmio de família, que celebrou 30 anos de casamento com Dona Cerenita Quevedo. Um homem que, nos finais de semana, era caseiro e adorava receber seus familiares na chácara da Cavalhada. Para Lupicínio, boemia, só de segunda à sexta.

Das 21 músicas selecionadas para o repertório, o público encontrará canções renomadas como “Felicidade”, “Nervos de Aço” e “Se acaso você chegasse”, mas também composições menos conhecidas de sua produção, como Zé Ponte e Judiaria. A Direção Musical e arranjos é de Mathias Pinto.

No elenco, Juliano Barreto, criador do projeto, interpreta Lupicínio com 59 anos. O ator Gabriel Pinto interpreta o músico durante sua juventude. Integram o grupo Nadya Mendes, Nani Medeiros, Pâmela Amaro, Cíntia Ferrer, Gabriel Pinto, Lucas Krug, César Pereira e Raul Voges.

Acompanham os músicos Mathias Pinto (violões), Guilherme Sanches (percussão), Lucian Krolow (flauta e saxofone), Samuca do Acordeon (acordeon), André Mensch (trombone) e Elias Barboza (bandolim e cavaquinho).

Os ingressos custam entre R$ 50,00 e R$ 120,00 com desconto para de 20% para o Clube do Assinante. Os ingressos estão à venda na bilheteria do teatro, pelo Call Center Ingresso Rápido, no Bourbon Shopping Novo Hamburgo, bilheteria do Teatro Feevale e na Agência Brocker Turismo, em Gramado.

Saiba mais

LUPI, o Musical, é uma obra de exaltação à alegria, à amizade e ao amor.
Os tons sombrios, que normalmente são aplicados nas referências que se faz ao poeta, são transformados em cores e brilhos. Essa era a verdadeira essência de Lupicínio. A dor e a traição, aparecem como o risco de quem se entrega à paixão. E coitado de quem não corre esse risco.
Artur José Pinto – diretor e dramaturgo

A ideia de realizar um musical sobre a vida e as canções de Lupicínio Rodrigues começou em um jantar na casa de seu filho Lupinho. eu, Juliano Barreto, estava conversando com ele, sobre a vontade de fazer algo maior que um show, que unisse as artes (música, dramaturgia, dança, poesia) num mesmo espetáculo, com a grandiosidade da música do Lupi.

Um espetáculo que colocasse a obra em primeiro plano, que as músicas contassem a história do homem por de trás dela.

Os caminhos da vida, me fizeram chegar a pessoa certa para este projeto: Artur José Pinto. Dramaturgo e Pai deste projeto, Artur é o criador desta história, do roteiro e diretor desta peça.

Juntos, pesquisamos, entrevistamos e recebemos o apoio luxuoso do co-criador Lupinho e do jornalista Marcello Campos, maior pesquisador da antiga Porto Plegre e de Lupicínio Rodrigues.

Neste momento eu me sentia mais preparado para o processo de viver e cantar a obra do Lupi e o Artur já estava mergulhado no processo de escrever.

Juntando-se ao time, o músico e arranjador Mathias Pinto foi essencial, grande apaixonado e dedicado ao samba e chorinho, Mathias, (violonista 7 cordas), trouxe um estilo ao musical, direcionando o projeto para um caminho com marcas musicais definidas.

Com um elenco de grandes cantores que se desafiaram a atuar e belíssimos atores que enfrentaram as melodias delineadas de Lupicínio, o espetáculo pretende vida longa.

Juliano Barreto

Ficha Técnica

Dramaturgia e Direção Cênica – Artur José Pinto

Direção Musical e Arranjos – Mathias Pinto

Coreogra­fia e Cenografi­a – Raul Voges

Figurinos – Fabrízio Rodrigues e elenco

Elenco – Juliano Barreto, Nadya Mendes, Nani Medeiros, Pâmela Amaro, Cíntia Ferrer, Gabriel Pinto, Lucas Krug, César Pereira e Raul Voges.

Músicos Mathias Behrends Pinto – (violão 7 cordas, arranjos e composição da suíte “Felicidade”), Guilherme Sanches (percussão), Lucian Krolow (flauta), Samuca do Acordeon (acordeon e arranjos), André Mensch (trombone) e Elias Barboza (Bandolim e cavaquinho)

Fotografi­a – Daniel Scherer

Projeto Grá­fico – Renata Dihl

Web Design – João Pedro

Assessoria de Imprensa – Bruna Paulin – Assessoria de Flor em Flor

Produção Executiva – Ana Helena Rilho e Renata Becker

Direção de Produção – Nadya Mendes

Realização: Mendes Pinto Criações Cênicas

SERVIÇO:

O quê: Lupi, o musical – Uma Vida em estado de paixão
Quando: 28 de novembro, 21h
Onde: Teatro Bourbon Country – Av. Tulio de Rose, 80

Duração: 100min.

Classificação 12 anos
Ingressos:

R$ 120,00 – Camarotes

R$ 100,00 – Plateia Baixa

R$ 90,00 – Plateia Alta

R$ 50,00 – Mezanino

R$ 50,00 – Galeria

Descontos: 20% Clube do Assinante ZH

Pontos de venda:

Ingresso Rápido – Call Center
4003-1212
De segunda a sábado, das 9h às 22h, e domingo, das 12h às 18h.

Bilheteria do Teatro do Bourbon Country
Av. Túlio de Rose, 80 / 301 – Porto Alegre, RS.
De segunda a sábado, das 14h às 22h, e domingos e feriados, das 14h às 20h.

Universidade Feevale – Campus II – Rua Coberta

Local: ERS-239, 2755 – Novo Hamburgo, RS.

Horário: De segunda a sexta-feira, das 13h às 21h e sábados das 9h às 14h.

Telefone: (51) 3271-1208

Bourbon Shopping Novo Hamburgo – Quiosque Teatro Feevale

Local: Avenida das Nações Unidas, 2001 / Piso 2 – Novo Hamburgo, RS.

Horário: De segunda a sábado, das 12h às 22h.

Agencia Brocker Turismo

Local: Avenida das Hortências, 1845 – Gramado, RS.

Horário: De segunda a sábado, das 9h às 18h30min, e feriados das 10h às 15h.

Telefone: (54) 3286-5405

Lupi o musical no Jornal NH

jornalnh_28.10

Lupi, o musical chega a Novo Hamburgo no dia 21 de novembro

lupitsp_credito_danielscherer

Única apresentação ocorre no Teatro Feevale

Após diversas apresentações de sucesso em Porto Alegre – lotando o Theatro São Pedro, Reitoria da UFRGS e Teatro da AMRIGS e da grande repercussão do especial produzido pela RBSTV – o espetáculo Lupi, o musical – uma vida em estado de paixão chega a Novo Hamburgo no dia 21 de novembro, para única apresentação no Teatro Feevale.

Lupi, o musical é uma homenagem ao artista e um elogio à paixão. Não a um caso, ou casos de paixão, mas à paixão idealizada, pré-existente, na alma de Lupicínio Rodrigues. Segundo o diretor e autor, Artur José Pinto, a montagem é uma celebração de um homem que vai além da dor de cotovelo: “Lupicínio era muito mais do que um músico que falava sobre a dor de cotovelo. Nossa intenção é contar a história do artista, mas também do pai, amigo, amante”, revela.

O musical revela um Lupicínio em situações conhecidas e inéditas. Dentre estas, um soldado jovem, sentando praça, em Santa Maria; um aprendiz de mecânico, da Cia. Carris; um boêmio de família, que celebrou 30 anos de casamento com Dona Cerenita Quevedo. Um homem que, nos finais de semana, era caseiro e adorava receber seus familiares na chácara da Cavalhada. Para Lupicínio, boemia, só de segunda à sexta.

Das 21 músicas selecionadas para o repertório, o público encontrará canções renomadas como “Felicidade”, “Nervos de Aço” e “Se acaso você chegasse”, mas também composições menos conhecidas de sua produção, como Zé Ponte e Judiaria. A Direção Musical e arranjos é de Mathias Pinto.

No elenco, Juliano Barreto, criador do projeto, interpreta Lupicínio com 59 anos. O ator Gabriel Pinto interpreta o músico durante sua juventude. Integram o grupo Nadya Mendes, Nani Medeiros, Pâmela Amaro, Cíntia Ferrer, Gabriel Pinto, Lucas Krug, César Pereira e Raul Voges.

Acompanham os músicos Mathias Pinto (violões), Guilherme Sanches (percussão), Lucian Krolow (flauta e saxofone), Samuca do Acordeon (acordeon), André Mensch (trombone) e Elias Barboza (bandolim e cavaquinho).

Os ingressos custam entre R$ 60,00 e R$ 100,00 com descontos para funcionários e graduados da Universidade Feevale, titulares Cartão Alelo, Estudantes, Idosos, Deficientes Físicos e Crianças de até 12 anos. Os ingressos estão à venda na bilheteria do teatro, no Bourbon Shopping Novo Hamburgo e na Agência Brocker Turismo, em Gramado.

Saiba mais

LUPI, o Musical, é uma obra de exaltação à alegria, à amizade e ao amor.
Os tons sombrios, que normalmente são aplicados nas referências que se faz ao poeta, são transformados em cores e brilhos. Essa era a verdadeira essência de Lupicínio. A dor e a traição, aparecem como o risco de quem se entrega à paixão. E coitado de quem não corre esse risco.
Artur José Pinto – diretor e dramaturgo

A ideia de realizar um musical sobre a vida e as canções de Lupicínio Rodrigues começou em um jantar na casa de seu filho Lupinho. eu, Juliano Barreto, estava conversando com ele, sobre a vontade de fazer algo maior que um show, que unisse as artes (música, dramaturgia, dança, poesia) num mesmo espetáculo, com a grandiosidade da música do Lupi.

Um espetáculo que colocasse a obra em primeiro plano, que as músicas contassem a história do homem por de trás dela.

Os caminhos da vida, me fizeram chegar a pessoa certa para este projeto: Artur José Pinto. Dramaturgo e Pai deste projeto, Artur é o criador desta história, do roteiro e diretor desta peça.

Juntos, pesquisamos, entrevistamos e recebemos o apoio luxuoso do co-criador Lupinho e do jornalista Marcello Campos, maior pesquisador da antiga Porto Plegre e de Lupicínio Rodrigues.

Neste momento eu me sentia mais preparado para o processo de viver e cantar a obra do Lupi e o Artur já estava mergulhado no processo de escrever.

Juntando-se ao time, o músico e arranjador Mathias Pinto foi essencial, grande apaixonado e dedicado ao samba e chorinho, Mathias, (violonista 7 cordas), trouxe um estilo ao musical, direcionando o projeto para um caminho com marcas musicais definidas.

Com um elenco de grandes cantores que se desafiaram a atuar e belíssimos atores que enfrentaram as melodias delineadas de Lupicínio, o espetáculo pretende vida longa.

Juliano Barreto

Ficha Técnica

Dramaturgia e Direção Cênica – Artur José Pinto

Direção Musical e Arranjos – Mathias Pinto

Coreogra­fia e Cenografi­a – Raul Voges

Figurinos – Fabrízio Rodrigues e elenco

Elenco – Juliano Barreto, Nadya Mendes, Nani Medeiros, Pâmela Amaro, Cíntia Ferrer, Gabriel Pinto, Lucas Krug, César Pereira e Raul Voges.

Músicos Mathias Behrends Pinto – (violão 7 cordas, arranjos e composição da suíte “Felicidade”), Guilherme Sanches (percussão), Lucian Krolow (flauta), Samuca do Acordeon (acordeon e arranjos), André Mensch (trombone) e Elias Barboza (Bandolim e cavaquinho)

Fotografi­a – Daniel Scherer

Projeto Grá­fico – Renata Dihl

Web Design – João Pedro

Assessoria de Imprensa – Bruna Paulin – Assessoria de Flor em Flor

Produção Executiva – Ana Helena Rilho e Renata Becker

Direção de Produção – Nadya Mendes

Realização: Mendes Pinto Criações Cênicas

SERVIÇO:

O quê: Lupi, o musical – Uma Vida em estado de paixão
Quando: 21 de novembro, 21h
Onde: Teatro Feevale – ERS-239, n° 2755 | Campus II – Universidade Feevale

Duração: 100min.

Classificação 12 anos
Informações: (51) 3271-1200
Ingressos:
R$ 100,00 – Camarotes

R$ 90,00 – Plateia Baixa

R$ 80,00 – Plateia Alta

R$ 70,00 – Frisas

R$ 60,00 – Balcão Nobre

Descontos:

  • 20% de desconto para funcionários e graduados da Universidade Feevale mais um acompanhante;
  • 10% de desconto para titulares do Cartão Alelo, na compra de um ingresso pago com o Cartão Alelo, adquirido somente na bilheteria do Teatro Feevale.
  • 50% de desconto para titulares do Cartão Alelo na compra de um ingresso pago efetivamente com o Cartão Vale Cultura Alelo, para os primeiros 100, adquirido somente na bilheteria do Teatro Feevale.
  • 20% de desconto para Estudantes em conformidade com a Lei nº 12.933.
  • 50% de desconto para Sênior em conformidade com lei 10.741 de 1º /10/2003 mediante documento que comprove.
  • 50% de desconto para deficiente físico em conformidade com lei 984/03 de Novo Hamburgo
  • 50% de desconto para crianças de 02 a 12 anos em conformidade com a Lei Federal nº 8069/1990 (Estatuto da Criança e do Adolescente).

Pontos de venda:

Universidade Feevale – Campus II – Rua Coberta

Local: ERS-239, 2755 – Novo Hamburgo, RS.

Horário: De segunda a sexta-feira, das 13h às 21h e sábados das 9h às 14h.

Telefone: (51) 3271-1208

Bourbon Shopping Novo Hamburgo – Quiosque Teatro Feevale

Local: Avenida das Nações Unidas, 2001 / Piso 2 – Novo Hamburgo, RS.

Horário: De segunda a sábado, das 12h às 22h.

Agencia Brocker Turismo

Local: Avenida das Hortências, 1845 – Gramado, RS.

Horário: De segunda a sábado, das 9h às 18h30min, e feriados das 10h às 15h.

Telefone: (54) 3286-5405

correiodopovo_18.09.14zh_18.09.14jc_18.09.14correiodopovo_17.09.14

metro2_16.09.14metro_16.09.14zh_16.09.14correiodopovo_13.09.14zh_13.09.14

jc_28.08.14

Blog no WordPress.com.

Acima ↑