Busca

Bruna Paulin

Assessoria de Flor em Flor

Língua Mãe. Mameloschn retorna ao teatro do Goethe-Institut Porto Alegre

mame-22

Espetáculo vencedor do Açorianos em 2015 integra a programação do Porto Verão Alegre com sessões nos dias 30 e 31 de janeiro

Pelo segundo ano integrando a programação do Porto Verão Alegre, o espetáculo Língua Mãe.Mameloschn retorna ao palco do teatro do Goethe-Institut Porto Alegre nos dias 30 e 31 de janeiro. Vencedor na categoria Melhor Espetáculo do Prêmio Açorianos de Teatro 2015 e do 10º Braskem Em Cena na categoria melhor atriz para Mirna Spritzer, a peça dirigida por Mirah Laline apresenta um texto irreverente que aborda identidade, ideologia e pertencimento, sob a forma de um jogo oscilante, entre a aproximação e distanciamento dos personagens, através do diálogo cáustico de uma família judia.

Língua Mãe.Mameloschn é uma obra sobre mulheres na História e histórias de mulheres, de três gerações de personagens femininas, interpretadas por três gerações de atrizes em cena. São da mesma família; vivem sob o mesmo teto; possuem a mesma origem cultural. No entanto, se diferenciam no modo como veem o mundo, expressam seus anseios e lidam com suas origens. O trânsito sutil entre humor e drama agrega uma empatia potencial para as problemáticas que a autora aborda. Os habituais modos de comunicação, como cartas, mensagens de e-mails, jornais e o rádio, paradoxalmente, revelam na obra, toda a carga de incomunicabilidade entre as personagens, materializando sob a cena a distância entre o discurso social e as motivações pessoais.

O texto da jovem autora alemã Marianna Salzmann traz no elenco Ida Celina, Mirna Spritzer, Philipe Philippsen e Valquíria Cardoso. Enquanto as três mulheres carregam discursos e falas, a música é a voz do personagem masculino: o filho, irmão, neto, homem. Philippsen executa ao vivo a trilha sonora original composta pelo ator para a montagem. Rô Cortinhas assina os figurinos, Rodrigo Shalako o cenário e Ricardo Vivian a iluminação.

Os ingressos antecipados custam R$ 30,00 e podem ser adquiridos nos pontos de venda físicos do festival ou pelo site http://portoveraoalegre.tcheofertas.com.br/. A partir de 2h antes de cada sessão as entradas estão à venda na bilheteria do teatro a R$ 40,00, com descontos para clientes Banricompras, Clube ZH, idosos, estudantes e outras categorias previstas na Nova Lei da Meia Entrada.

Saiba Mais

FICHA TÉCNICA

Direção: Mirah Laline

Assistência de Direção: Julia Rodrigues

Texto: Marianna Salzmann

Elenco: Ida Celina, Mirna Spritzer, Valquiria Cardoso e Philipe Philippsen

Figurinos: Rô Cortinhas

Cenário: Rodrigo Shalako

Iluminação: Ricardo Vivian

Trilha sonora original: Philipe Philippsen

Sonoplastia: Alex Limberger

Produção: Rodrigo Ruiz

Assessoria de Imprensa: Bruna Paulin Assessoria de Flor em Flor

Classificação: 12 anos

Duração: 90 min

https://www.youtube.com/watch?v=-5_pwli328Y&feature=youtu.be

 

Língua Mãe.Mameloschn

30 e 31 de janeiro, 21h

Teatro do Goethe-Institut – Av. 24 de Outubro, 112

 

Ingressos:

Antecipado

R$30,00 – Inteira

R$24,00 – Clube ZH e Banricompras*

R$20,00 – Idosos, estudantes e outras categorias previstas na Nova Lei da Meia Entrada

 

No Teatro

R$40,00 – Inteira

R$32,00 – Clube ZH e Banricompras*

R$20,00 – Idosos, estudantes e outras categorias previstas na Nova Lei da Meia Entrada

*Desconto válido para titular e acompanhante (dois ingressos por peça), mediante apresentação do cartão ou de comprovante pelo títular.

 

Pontos de Venda

Praia de Belas Shopping (terceiro andar): Seg a Sab das 10h às 22h / Dom das 13h às 19h

DC Shopping – Casarão Verde – Loja 133 : Seg a Sex das 10h às 19h

Nos dias de espetáculo, a partir de 2h antes de cada sessão, na bilheteria do teatro

Venda online – http://portoveraoalegre.tcheofertas.com.br/

correiodopovo_22.01.18.jpg

zh_22.01.18.jpg

correiodopovo_19.01.18.jpg

pioneiro2_18.01.18.jpg

“A Primeira Morte de Joana” é selecionado para o Co-Production Market do 68º Festival de Cinema de Berlim

cristianeoliveira_aleteiaselonk_creditoleonardomelgarejo

 Segundo longa-metragem de Cristiane Oliveira é uma produção da Okna Produções

 

Pelo segundo ano consecutivo, a Okna Produções marca presença na programação oficial do 68º Festival de Cinema de Berlim. A produtora foi selecionada para o Co-Production Market da Berlinale com o projeto A Primeira Morte de Joana, segundo longa-metragem da diretora Cristiane Oliveira.

A produtora é presença constante neste festival desde 2011, quando Aletéia Selonk foi selecionada para o Talent Project Market com “Mulher do Pai” ainda como projeto em desenvolvimento, ganhando o prêmio VFF Talent Highlight Pitch Award. Em 2017, “Mulher do Pai”, primeiro longa assinado por Cristiane, teve a sua estreia internacional na mostra Generation 14plus no Festival de Cinema de Berlim.

O Co-Production Market é um evento que integra a programação oficial da Berlinale, reconhecido mundialmente pela qualidade de projetos e agentes do mercado presentes. Voltado para produtoras consolidadas no mercado internacional e com experiência em coproduções, recebeu 326 projetos inscritos e 21 selecionados do México, Grécia, Alemanha, República Tcheca, França, Bélgica, Filipinas, Cingapura, Irlanda, Inglaterra, Polônia, Israel, Chile, África do Sul, Canada, Espanha, Suíça, Turquia e Brasil.

“É um espaço muito privilegiado e concorrido, onde o festival reúne importantes produtores e investidores internacionais neste que é considerado um dos principais eventos do mercado audiovisual do mundo. Essa seleção significa muito para nós e para o nosso novo projeto”, explica Aletéia. É no Co-Production Market que os profissionais do mercado encontram o que buscam ao participar de um evento deste porte: projetos internacionais de alta qualidade, bons contatos de negócios e novas oportunidades de cooperação.

A Primeira Morte de Joana vem sendo desenvolvido há quatro anos. Em 2014, o projeto foi contemplado no edital de desenvolvimento PRODAV 05/2013, do Fundo Setorial do Audiovisual. Com os recursos do FSA o projeto ganhou consistência e parceiros que qualificaram muito a proposta idealizada. O roteiro foi elaborado em parceria com a corroteirista e atriz Silvia Lourenço (de O Homem das Multidões e Contra Todos); e contou com a consultoria de roteiro do cineasta português João Nicolau (diretor de John From e A Espada e a Rosa).

Como resultado desta fase de desenvolvimento, em maio de 2017, o projeto foi contemplado no edital do BNDES para produção de longas-metragens, obtendo assim cerca de 50% do seu orçamento de realização. A Primeira Morte de Joana está previsto para ser filmado no segundo semestre de 2018.

Sobre a Okna Produções

Fundada em 2006, a Okna é uma produtora de conteúdo audiovisual especializada na gestão de projetos e talentos. Em 11 anos de atuação, conta com mais de 100 prêmios em seu currículo, realizou 44 projetos ao longo da década, contando com seis longas-metragens, 15 médias e 20 curtas, além de três séries para TV.

http://www.okna.com.br | facebook.com/oknaprodu

zh_16.01.18.jpg

jc_15.01.18.jpg

correiodopovo_14.01.18.jpg

Blog no WordPress.com.

Acima ↑