Busca

Bruna Paulin

Assessoria de Flor em Flor

Antes do Azul integra a programação de quatro festivais internacionais e tem estreia nacional na ArtRio 2020 na quarta, 14 de outubro

Curta-metragem que faz parte do projeto O Fim do Fim de Romy Pocztaruk e Caio Amon foi selecionado para o Seattle Queer Film Festival, Los Angeles Brazilian Film Festival, Fringe Queer Festival (Londres) e Indianapolis LGBT Film Festival

Imaginar o futuro para refletir sobre o presente é o mote do projeto O Fim do Fim: Novos futuros, dos artistas Romy Pocztaruk e Caio Amon, que convidaram uma série de criadores para imaginar novas formas de futuro. O projeto é um laboratório de novas linguagens construídas através de narrativas híbridas, processos colaborativos e intensa intersecção entre música e imagem. Antes do Azul, um dos curta-metragens que integram o projeto, será exibido a partir da próxima semana em quatro festivais internacionais e terá sua estreia no Brasil, dentro da programação da ArtRio 2020. O evento ocorre de 14 a 18 de outubro, parte de sua programação na Marina da Glória e parte Online. O filme será exibido no MIRA, programa de videoarte com curadoria de Victor Gorgulho, que terá sessões na área externa da feira.

Mais do que uma feira de arte de reconhecimento internacional, a ArtRio é uma plataforma com um calendário ativo ao logo de todo o ano, realizando diferentes programas sempre com o intuito de aproximar artistas e galerias de seu público, estimular o conhecimento e valorizar a produção de novos artistas, incentivar a criação de novo público para a arte e disseminar o conhecimento da arte em projetos de acessibilidade e educação.

Antes do Azul integrou a programação do OUTFEST Los Angeles, maior festival de cinema LGBTQ e cultura queer dos Estados Unidos, que ocorreu em agosto. O filme, lançado no Instituto Ling, fez parte da sessão Platinum, curada pela artista e ativista Zackary Drucker, produtora da série Transparent. O curta também foi exibido no mesmo mês no FUSO FESTIVAL, principal festival aberto de videoarte de Lisboa, Portugal, em edição online.

Em cartaz de 15 a 25 de outubro no Seattle Queer Film Festival, o filme faz parte da seleção “Ultraviolet” que conta com nove filmes que transgridem “a narrativa de quem, o quê, quando ou como devemos ser neste mundo”. Antes do Azul é a única produção brasileira da lista, ao lado de filmes norte-americanos, britânicos e alemães. O Seattle Queer Film Festival completa 25 anos em 2020 e é o maior festival LGBTQI+ da costa oeste norte-americana.

A décima terceira edição do maior festival de cinema brasileiro nos EUA, o Los Angeles Brazilian Film Festival, ocorre a partir de 21 de outubro, de forma online. O filme integra a mostra Brazilian Shorts Spotlight ao lado de outras 28 produções. Já o Fringe Film Festival ocorre há dez anos em Londres. A edição 2020 será online de 10 a 15 de novembro. Também em novembro a obra será exibida no Indianapolis LGBT Film Festival.

Antes do Azul conta com a performance da cantora Valéria, textos do escritor Daniel Galera e fotografia de Lívia Pasqual. “O clima distópico do curta, alcançado, em parte, por cenas como da atriz em movimento, vivenciando situações coletivas, e ela só, diante de lugares e objetos obsoletos, por vezes rastros de um futuro utópico não concretizado, parece informado pela urgência do nosso próprio tempo. É como se a personagem vivida por Valéria encarnasse o único ser da espécie humana que viu, vivenciou e, sobretudo, sobreviveu à própria humanidade e à cólera da sua extinção”, analisa a crítica de arte Gabriela Motta.

Em novembro será possível conferir mais dois lançamentos do projeto, com os singles Blue Echoes e Fim Tempos na voz de Valéria, além de uma nova faixa em andamento em colaboração com Saskia, todas com direção e produção musical de Caio Amon.

Para o projeto O Fim do Fim Romy Pocztaruk e Caio Amon criam universos visuais e sonoros onde artistas convidados possam habitar. A criação parte da imaginação de processos de “fim do mundo” associados a teorias queer e decoloniais, projetando futuros possíveis nos quais a arte é um dos rastros deixados pela humanidade. Com colaboração de textos de Daniel Galera, o projeto iniciou em 2018 com Safira (2018), estreou Antes do Azul em 2019, e prepara um novo filme com lançamento previsto para o final de 2020.

O projeto é um laboratório de novas linguagens construídas através de narrativas híbridas, processos colaborativos e intensa intersecção entre música e imagem. O compositor e produtor musical Caio Amon assina a direção musical, que inclui canções de sua autoria em colaboração com Filipe Catto, Valéria, Romy Pocztaruk, Daniel Galera e o músico e produtor Marcelo Cabral. A proposta transmídia do projeto prevê, além de uma série de filmes, o lançamento de músicas e clipes nas redes de streaming.

Antes do Azul (digital, 14 min, 2019), imagina trincheiras possíveis para sobreviver a um futuro distópico, em que o avanço tecnológico descontrolado acelera processos de destruição – objetiva e subjetiva – da humanidade. A protagonista do curta, uma mulher trans e negra interpretada pela cantora e atriz Valéria, é a última sobrevivente de um acidente nuclear, e sua voz canta por novo lugar antes invisível.

Podcast ficcional traz parceria entre Bruna Paulin e Clara Corleone

Músicas para Remendar Coração foi vencedor do edital FAC Digital RS e está disponível em diversas plataformas digitais gratuitamente

Está no ar o podcast ficcional Músicas para Remendar Coração, projeto de áudio drama vencedor do edital FAC Digital RSMúsicas para Remendar o Coração surge através do encontro da atriz Bruna Paulin e a escritora Clara Corleone. O projeto apresenta um dia de um programa de rádio onde uma radialista recebe declarações de amor e pedidos de conselho sentimental, no clássico esquema Talk Show, apresentado por Bruna, onde as participações dos ouvintes são intercaladas com canções. Amores, desamores, sexo, música e muito bom humor pautam as mensagens e conselhos, construídos através de textos e dramaturgia de Clara. A primeira edição traz o tema Amor em tempos de Pandemia.

Buscando o desenvolvimento de uma produção autoral, de narrativa híbrida entre o teatro, a palavra e a música, aprofundado na temática feminina e nas questões de gênero contemporâneas, surge o conceito deste projeto inédito. A partir de textos publicados por Clara em seu livro “O Homem Infelizmente tem que Acabar”, já em sua terceira reimpressão, criou-se uma dramaturgia original construída pela autora. Músicas para Remendar o Coração revela histórias de amor e desamor, sexo, relações humanas contemporâneas e suas aventuras. Narrativas de libertação, empoderamento, auto estima e amadurecimento, marcadas com muito bom humor e música, pautam as mensagens dos ouvintes deste Talk Show. A seleção musical do episódio Amor em Tempos de Pandemia conta com diversas canções interpretadas por artistas mulheres, valorizando a temática feminina do projeto.

“Todos já um dia na vida nos apaixonamos e também nos decepcionamos. Buscamos conselhos em um ombro amigo, procuramos uma cartomante, tentamos entender o mapa astral da pessoa amada, lemos infinitos depoimentos e histórias românticas. Já aprendemos com o desabrochar de uma amiga, já sofremos a dor de uma irmã, já rimos muito com as nossas aventuras e desventuras amorosas. Ouvimos repetidamente aquela canção que nos faz lembrar uma noite inesquecível, montamos playlists pensando no crush ou abrimos um pote de sorvete assistindo aquela comédia romântica.  Mas acima de tudo, falar hoje sobre feminino é falar sobre auto descoberta, sobre os novos círculos de apoio que se constroem entre as mulheres, e também sobre se apaixonar sobre si mesma. Músicas para Remendar o Coração é um espaço onde o amor, seja ele romântico, de amigo, familiar, maternal e em especial, o próprio, é a temática central, repleto de humor”, afirma a artista e comunicadora Bruna Paulin.

A ideia é seguir desenvolvendo novos desdobramentos do projeto, como novos episódios e versões ao vivo do programa que contou com consultoria de Vika Schabbach e Mirna Spritzer.

O programa está disponível gratuitamente em diversas plataformas de streaming e também no YouTube.

Para saber mais acesse: www.instagram.com/musicaspararemendarcoracao

Bruna Paulin é artista, produtora, locutora e comunicadora. Formada em jornalismo e Mestre em Comunicação pela PUCRS e atriz pelo TEPA, atua há 15 anos no mercado da comunicação e cultura. Desde 2017 em cartaz com Uma Nova Pele, espetáculo poético-musical, foi finalista do Festival da Canção Aliança Francesa (2107) e desenvolve diversos projetos como apresentadora e locutora, como o podcast “A História do Disco” e o programa “Ponto de Encontro”, que estreia na programação 2020 do Porto Alegre em Cena a partir de 21 de outubro.

Clara Corleone é atriz e escritora. Desde 2017 comanda seu sarau, onde recebe mensalmente convidados para lerem textos sobre um determinado tema. Em 2019 lançou seu primeiro livro, O Homem Infelizmente tem que Acabar (selo Casa da Mãe Joana – editora Zouk) que está em sua terceira reimpressão e foi indicado ao Prêmio Minuano de Literatura 2020 na categoria crônicas. Atualmente está escrevendo o romance curto “Um conto de carnaval” e “Porque era ela, porque era eu”, que devem ser lançados em 2021.

Ianaê Régia lança single, clipe e série de podcasts

Projeto Devir: Conexão Corpo-Cidade é vencedor do edital FAC Digital RS e pode ser conferido completo a partir desta sexta, 16 de outubro, no Spotify e YouTube da artista

A cantora e compositora Ianaê Régia lança nesta sexta-feira, 16 de outubro, o single Devir, que vem acompanhado de clipe, em que a artista divide a direção e produção com Thiago Valentini. A música integra o projeto Devir: Conexão Corpo-Cidade, que conta com uma série de podcasts e é vencedor do edital FAC Digital RS.

O filme Devir, inspirado em uma estética lo-fi, retrata cenas do cotidiano em período de distanciamento social. A canção, produzida por Ianaê, apresenta uma atmosfera introspectiva, nostálgica e intimista sobre a conexão entre corpo e cidade. O pianista Diego Schutz é quem executa, no single, a criação instrumental.

Nos dias que antecedem o lançamento do single no Spotify e clipe no YouTube, o público pode conferir os quatro episódios de podcasts produzidos para o projeto. Ianaê entrevista artistas musicais pretes para abordar suas relações consigo e com a cidade, sendo estes artistes pertencentes a um Corpo Político e Corpo Artístico. A série de entrevistas surge a partir da necessidade de espaço para a fala e protagonismo de pessoas negras quanto às suas vivências. Quando estes corpos pretos tomam frente no discurso sobre habitar a autoidentificação em contraste com a identificação do mundo — espectro corpo-cidade — o podcast, que tem caráter educativo, evidencia suas narrativas plurais que muitas vezes são invisibilizadas, convidando o público à prestar escuta atenta e íntima às falas pautadas na luta antirracista. Participam dos episódios Paola Kirst, Neto, Ariele e Valeria Barcelos.

O lançamento do clipe contribui com a proposta de evidenciar a pluralidade da vivência, do discurso e do fazer artístico de uma artista mulher negra.

Para saber mais sobre o projeto, acesse: https://www.instagram.com/ianaeregia/ |

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCMXhMQEZq8Bevn1dMmHHGgQ?view_as=subscriber

Spotify: https://open.spotify.com/artist/2U6yol0dEwL4ORqWSuTly7

Podcast no Spotify: https://open.spotify.com/show/3XtdsK5RQbu85DEyNVhMdN

Ficha técnica

Produção de Vídeo Clipe: Lado_C e Ianaê Régia

Fotografia: Thiago Valentini

DIreção: Thiago Valentini e Ianaê Régia

Montagem: Thiago Valentini e Ianaê Régia

Edição: Jonatan Tavares

Arte Gráfica: Gabriele Fantinelli

Composição: Ianaê Régia

Piano: Diego Schütz

Produção Musical: Ianaê Régia

Mixagem e Masterização: Wagner Lagemann

Fotografia Capa: Celi Ferreira e Ianaê Régia

Arte Gráfica Capa: Gabriele Fantinelli

Assessoria de Imprensa: Bruna Paulin

Produção Executiva: Bruna Anele

Ianaê Régia é cantora, compositora e estudante de Música Popular na UFRGS. Ianaê é uma artivista negra, ativista, pansexual e feminista interseccional que busca o uso da técnica vocal em prol da expressividade e corporeidade na performance.

Lançou seu primeiro single chamado “Os Malditos Versos Livres” em 2019, onde relata as angústias em relação à censura sobre a classe artística-política. Nessa canção, seus versos metafóricos denunciam acontecimentos do período da Ditadura Civil-Militar.

Atualmente desenvolve a prática de composição em parceria com a Artesania do Som, pois além de compor letras, trabalha com a construção de arranjos e harmonias para suas próprias músicas por via de instrumentos diversos.

Veste roupagem poética de cunho político, conceitual, intimista e sensual às suas composições, bebendo das vertentes do R&B Contemporâneo, Hip Hop Lofi e Samba-Jazz.

Sétima edição do Fronte(i)ra Festival Binacional de Enogastronomia ocorre de 15 a 25 de outubro em formato online

Evento está programado para acontecer em duas etapas: em 2020 de maneira virtual, e presencial em agosto de 2021

Promovendo a integração Brasil-Uruguai através da cultura alimentar fronteiriça, o Fronte(i)ra Festival Binacional de Enogastronomia chega a sua sétima edição em 2020. O evento ocorrerá em duas etapas: este ano, de maneira virtual, o Fronte(i)ra em Casa promove programação de 15 a 25 de outubro, com palestras, oficinas e apresentações musicais online, além da participação de restaurantes em Santana do Livramento e Rivera no formato delivery. Em agosto de 2021, o festival terá sua realização presencial, incluindo atividades como degustações, aulas de cozinha, oficinas culinárias e de artesanato, apresentações musicais e o espetáculo gastronômico e cultural A Ferro e Fogo Binacional.

Estão previstas 12 lives com degustações, aulas de cozinha, oficinas de práticas culinárias tradicionais, oficinas de artesanato e cutelaria, além de passeio turístico virtual e shows musicais, sempre provendo o intercâmbio entre os países.

Para o público de Livramento e Rivera será possível conferir ações de delivery de restaurantes participantes das duas cidades. A Rota Gastronômica da Fronteira conta com 7 restaurantes da região, que oferecem de 15 a 25 de outubro opções de pratos com ingredientes locais, com destaque para cordeiro, mel, azeite de oliva, linguiça e queijo. Os pratos vêm com sugestões de harmonização de rótulos de vinhos também produzidos na região.

Chefs convidados

Integram as aulas culinárias os chefs Rodrigo Caggiani (BR), Laura Rosano (UY), Marcos Livi (BR), Rafael Ficher (UY), Artur Dornelles (BR) e a pâtissière Maria Angelica de la Barrera (UY), numa perspectiva de promover e disseminar práticas gastronômicas valorizando produtos da região da fronteira.

Música

Três shows musicais serão transmitidos nos dias 16, 23 e 25 de outubro. Ricardo Martins (BR) Richard Santos (UY) e a Orquestra Departamental de Rivera, se apresentam às 20h30 nos dias 16 e 23 e às 21h no encerramento.

Turismo virtual

No domingo, 18 de outubro, o público que estiver com saudades de visitar os municípios de Livramento e Rivera poderá participar do Passeio Turístico Virtual “Turismo na Fronteira da Paz”, oferecido pela equipe de emprendedores e agências de turismo. Os turistas online visitarão pontos diversos da região e receberão diversas informações e dados históricos das cidades.

Para participar

A programação é gratuita. Para as oficinas culinárias é necessária inscrição prévia no site do evento. As demais atividades terão transmissão pelo Canal de YouTube e Facebook do festival.

Sobre o evento

O Fronte(i)ra Festival Binacional de Enogastronomia busca contribuir para o fortalecimento da integração econômica, turística e cultural Brasil – Uruguai, através de ações que visem o desenvolvimento da Fronteira Rivera – Livramento, a preservação do Bioma Pampa e o crescimento e qualificação, cada vez maior, do turismo, da gastronomia fronteiriça, da ovinocultura, da produção de vinhos, azeites de oliva e demais produtos locais.

A sétima edição do Festival Binacional de Enogastronomia destaca a singularidade e diversidade da fronteira, uma região em que o turismo é uma realidade em pleno processo de fortalecimento, valorizando e qualificando a produção e a gastronomia da região. As atividades previstas têm como objetivo integrar e articular ações das diferentes instituições atuantes nas áreas de gastronomia, turismo e produção. A programação online amplia o alcance e acessibilidade de pessoas de outras localidades.

O Fronte(i)ra Festival Binacional de Enogastronomia é uma realização da Associação Comercial e Industrial de Livramento – Acil, Associação Comercial e Industrial de Rivera – ACIR, Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL, SINDILOJAS, IFSul, Prefeitura de Sant’Ana do Livramento, Intendência de Rivera. Co-realização UTEC, UTU, Udelar, Unipampa, UERGS, Sesc, Senac e Sebrae de Sant’Ana do Livramento e Conselho Municipal de Turismo de Sant’Ana do Livramento. Apoio Ministério do Desenvolvimento Regional – Brasil, FAIFSul e Rota do Cordeiro.

Para mais informações, acesse: https://www.festivaldeenogastronomia.com/

https://www.instagram.com/fronteiraenogastronomia/

https://m.facebook.com/FronteiraEnogastronomia

PROGRAMAÇÃO DO 7° FRONTE(I)RA FESTIVAL BINACIONAL DE ENOGASTRONOMIA

ROTA GASTRONÔMICA DA FRONTEIRA DE 15 A 25 DE OUTUBRO

Restaurante Pampa Grill (das 19h às 22h) –   55 3242-2288 | Rua Uruguai, 1452

Prato – Cordeiro Jandaia – cordeiro com chutney de pimentão vermelho. Acompanha arroz branco e batata Rosti. Harmonização sugerida – Cabernet Sauvignon – Almaden

Daigô Sushi (Terça a domingo, das 19h até 23h30) – 55 3244-2055 | Avenida João Goulart 684

Prato – Lâminas de barriga de salmão marinado com limão e azeite de oliva da fronteira. Harmonização sugerida – Sauvignon Blanc e Chardonnay – Almaden  

Restaurante Morano (Das 22h às 01h) – +598 462 41965 | Sarandi 825

Prato – Bife ancho ao molho de vinho tinto com vegetais grelhados. Harmonização sugerida – Vino Tannat Reserva – Bodega Cerro Chapeu

Marchi Pizzeria (Das 19h às 23h, todos os dias) – 55 3244 2521 | Rivadavia Correa, 1062

Prato: Pizza de Filé de Cordeiro – broto. Harmonização sugerida: Tannat ou Arinarnoa – Almabaska

Restaurante Green Palace (Das 19h às 22h) – 55 3242-9302 | Rua Manduca Rodrigues 747, no 2o andar do Verde Plaza Hotel

Prato – Entrecot acebolado, purê de batata doce, risoto de brócolis e salada grega. Harmonização sugerida: Cabernet Sauvignon – Almaden

Restaurante Solar Dom Pedro (Das 11h30 às 14h e das 19h30 às 22h) – 55 3243-3677 | Av. João Belchior Goulart, 15-63

Prato: Ossobuco braseado ao vinho Tannat com purê de cabutiá e farofa de castanha. Harmonização sugerida: Tannat 2017 – Almabaska

Restaurante Don Caggiani (Das 10h às 22h) – 55 3241-1000 | Largo Dr Hugolino Andrade,126

Prato: Guizo de Cordeiro com legumes, acompanha Purê de abóbora. Harmonização sugerida:   Cabernet sauvignon – Almaden

 15 de outubro – quinta-feira

18h – LIVE – Abertura Oficial e Apresentação do Evento (realizadores e co-realizadores)

Participantes: ACIL, ACIR, CDL, SINDILOJAS, PREFEITURA DE SANTANA DO LIVRAMENTO INTENDENCIA DEPARTAMENTAL DE RIVERA IFSUL, ROTA DO CORDEIRO, MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO REGIONAL FESTIVAL BINACIONAL DE ENOGASTRONOMIA

19h – LIVE – Cultura Alimentar Fronteiriça e a Integração Brasil-Uruguay

Mediação: Historiador Eduardo Palermo/Uruguay

Participantes: Professor Everton Simon – UNISC – BR, Antropólogo Gustavo Laborde – UY, Jussara Dutra – curadora do Festival – BR, Ricardo Almeida – Gestor Cultural – Ativista “Fronteras Culturales” – BR

20h – Oficina Culinária: Técnicas de Assados da Fronteira – Churrasco e Parrilla

Participantes: Atilio Ibargoyen – Fazenda Palomas – BR, Vanderley Santana – Parrilleiro – UY

20h30 – Degustação Virtual de Vinhos da Fronteira

Mediação: Professora Ângela Marcon – Unipampa – Brasil Vinícolas participantes, rótulo e representantes:

● Almabaska – Tannat 2017 – Claudio Escosteguy – BR

● Almadén – Sauvignon Blanc 2018 – Fabricio Domingues – BR

● Cerro Chapéu – Sauvignon Blanc 2020 – Margarita Carrau – UY

● Cordilheira De Sant’ana – Reserva Dos Pampas Branco 2017 – Rosana Wagner BR

16 de outubro – sexta-feira

19h30 – LIVE A história do Parque Internacional – um lugar único no mundo

Participantes: Arquiteta Andréa Hamilton Ilha – BR Historiador Eduardo Palermo – UY

20h – Aula de Cozinha – Guiso de cordeiro com gravatinha

Chef convidado: Rodrigo Caggiani – BR

20h30 – Show Musical

Participação: Ricardo Martins – BR

17 de outubro – sábado

11h – Oficina Culinária – Charque de Ovelha

Participantes: Professora Gladis Corrêa – Unipampa – BR Engenheiro Agrônomo Leandro Vieira dos Santos – BR

19h – Oficina de Cutelaria Tradicional da Fronteira

Participante: Gustavo Ronchi – BR

20h – Aula de Cozinha – Cordeiro braseado ao vinho com farofa e batata doce crioula

Chef convidada: Laura Rosano – Uruguay

20h30 – Degustação Virtual de Azeites de Oliva da Fronteira Mediadora: Professora Isabel Kasper – UFCSPA – BR

Participantes: Pablo Pacherotti – Azeite Castel Nuovo – UY, Ana Luíza Albornoz – Azeite Casa Albornoz – BR Fernando Rotondo – Azeite Ouro de Santana – BR Convidados especiais: Professor Juliano Garavaglia – UFCSPA – BR, Ana Claudia Ellis – especialista em análise sensorial de azeites – UY

18 de outubro – domingo

11h – Oficina Culinária – Pirão Uruguayo e Pirão com espinhaço de Ovelha

Participantes: Chef Paulo Castro, Cozinheira Nelsa Maria Varela – Pironera da Sociedad Criolla de Rivera

19h – LIVE Turismo na Fronteira da Paz – Santana do Livramento e Rivera

Mediação: Flávia Gross e Patricia Wortmann – SEBRAE/RS – BR

Participantes: Alejandra Cabrera – Ministério do Turismo do Uruguay, Atilio Ibargoyen – Fazenda Palomas – BR, Margarita Carrau – Bodega Cerro Chapéu – UY Rodrigo Caggiani – Chef de cozinha – BR, Virginia Albornoz – Azeite Casa Albornoz – BR, Vera Reis e Viviane Maciel – Agência Corticeiras – BR

20h – LIVE A Ferro e Fogo Binacional

Chef Marcos Livi – idealizador do A Ferro e Fogo – BR

19 de outubro – segunda-feira

11h – Contação de Antigas Receitas da Fronteira

Carolina Fernández Machado e Rosana Paola Berrutti Tito – IFSUL/UTU

19h – LIVE Apresentação do projeto Rota do Cordeiro

Mediação: Professora Gladis Corrêa – Unipampa – BR

Participantes: Alex Fabiano Fernandes Gomes – Coordenador do Departamento Técnico Secretaria Municipal da Agricultura Pecuária e Abastecimento de Sant ́Ana do Livramento – BR, Vitarque Lucas Paes Coêlho – Gestor Federal – Ministério do Desenvolvimento Regional – Programa Rota do Cordeiro – BR

20h – LIVE Bioma Pampa: patrimônio cultural transfronteiriço

Mediação: Geógrafo Felipe Leindecker Monteblanco UFSM/IFSul – BR

Participantes: Historiador Eduardo Palermo – Museu do Patrimônio Regional de Rivera – UY Professor ​João Garibaldi – Unipampa – BR, Geógrafa Monica Marlise Wiggers – Museu Antropólogico do Rio Grande do Sul – BR Antropóloga Flavia Rieth – UFPel – BR

 20 de outubro – terça-feira

11h – Oficina Culinária: Arroz com Orejones – uma tradição da Fronteira

Participante: Cozinheira Eva Pereira – UY

18h30 – LIVE Patrimônio Industrial da Fronteira: o Frigorífico Armour e a indústria alimentar Mediação: Arquiteta Andréa Hamilton Ilha – BR

Participantes: Historiadora Vera Albornoz – BR, Arquiteto Fabrizzio Conti – BR/UY Licenciado René Boretto Ovalle – UY

19h30 LIVE A produção e a qualidade do Mel produzido na Fronteira

Mediação: ​Roberto Machado Braz ​- Secretaria Municipal da Agricultura Pecuária e Abastecimento de Sant ́Ana do Livramento – BR

Participantes: Gonzalo Farias – ​Unidad De Desarrollo De La Intendencia Departamental De Rivera – UY, Daniel Moreno – Técnico e Produtor Apícola – UY, Fernando Rieffel Couto – Melnex Apicultura e Polinização – BR

20h30 – Aula de Cozinha – Carré de cordeiro ao mel

Chef Convidado: Raphael Ficher – UY

21 de outubro – quarta-feira

18h – LIVE Ferradura dos Vinhedos: seu jeito de contribuir com o desenvolvimento local Mediação: João Paulo Miranda (Unipampa/Projeto Ferradura dos Vinhedos) – Claudia Garrido (Unipampa/Projeto Ferradura dos Vinhedos), Avelar Fortunato (Unipampa/Projeto Ferradura dos Vinhedos)

Participantes: Silvia Peres (Café Campeiro), João Gabriel (Amsterland), Andreia Cavalheiro (CTG Presilha do Pago), Viviane Maciel e Vera Reis (Agência de Turismo Corticeiras) Fernando Rotondo (Olivo Pampa), Virgínia Albornoz (Casa Albornoz), Kelli (Empório Canela do Mato), Gaspar e Graziela Bittencourt (Terroir da Vigia), Rosana Wagner (Vinícola Cordilheira de Sant’Ana)

19h30 – Oficina de Artesanato em Couro da Fronteira

Participação: Andrea Carneiro – UY

19h30 – Exposição Virtual de Fotografias de Paisagens da Fronteira

Mediação: Angelica Segui

Participantes: Fotógrafa Marta Huerta – Foto Club de Rivera, Fotógrafo Gustavo Alsó – Foto Club de Rivera

20h30 – Aula de Cozinha – Paleta de cordeiro em baixa temperatura com batata doce assada no sal grosso e molho béarnaise de erva mate.

Chef convidado: Artur Dornelles – Brasil

 22 de outubro – quinta-feira

11h – Contação de Antigas Receitas da Fronteira

Participantes: Vladilane Dorneles Munhoz e Rose Mari Pando da Maia – IFSUL/UTU

18h30 – LIVE As Instituições de ensino técnico e superior e o desenvolvimento da Fronteira

Mediação: ACIL e ACIR

19h30 – LIVE – Concurso VinhoSub30 Internacional – Brasil/Uruguay

Mediação: Professora Ângela Marcon – Unipampa/Brasi

Participantes: Margarita Carrau – UY, Daniel Roca – AR

20h30 – LIVE – Apresentação de Livros de Culinária do Brasil e Uruguay

Mediação: Historiador Eduardo Palermo – UY

Participantes:

– “Receitas da Quarentena” – Carla Maicá – cozinheira, professora de gastronomia e pesquisadora – BR

– “Frutos Nativos de Uruguay – Recetarios Actualizados y Ampliados” – Chef Laura Rosano – UY

– “100 Comidas de Uruguay” – Nacho Quesada – cozinheiro, chef e professor – UY Alejandro Sequeira – fotógrafo, designer gráfico e jornalista de gastronomia – UY

– “Básico: Enciclopédia de Receitas do Brasil” – Chef Ana Luiza Trajano – Instituto Brasil a Gosto Apresentação: Pesquisador Max Jaques – Instituto Brasil a Gosto – BR

23 de outubro – sexta-feira

20h – Aula de Cozinha – Alfajores Uruguayos

Convidada: Magela de la Barrera – patissiere – UY

20h30 – Show Musical – Richard Santos – UY

24 de outubro – sábado

11h – Contação de Antigas Receitas da Fronteira

Participantes: Julia de Freitas da Cruz e Priscila de Souza Dias

19h30 – Oficina de Artesanato em Lã da Fronteira

Participação: Rosane Ibarra – BR

20h – Aula de Cozinha – No Fogo: acompanhamentos para churrasco

Chef convidado: Marcos Livi – BR

20h30 – Degustação Virtual de Queijos Regionais

25 de outubro – domingo

19h30 – Apresentação do documentário “A Linha Imaginária”

Direção: Cíntia Langie e Rafael Andreazza – BR

20h – Degustação Virtual de Espumantes da Fronteira

Vinícolas participantes: Almabaska – Cláudio Escosteguy Cerro Chapeu – Margarita Carrau

 21h – Show de encerramento

Participação: Orquestra Departamental de Rivera

Terceira edição do Arte Movie – Festival de Curtas tem inscrições prorrogadas até 10 de outubro

Festival premiará 15 filmes de até um minuto escolhidos através de júri popular e técnico com prêmios de até R$ 4.000,00

Evento recebe filmes de alunos dos ensinos fundamental, médio e superior de qualquer cidade do RS

Com inscrições abertas até 10 de outubro, a terceira edição do Arte Movie – Festival de Curtas traz diversas novidades em seu formato. Anteriormente aberto a apenas estudantes de Porto Alegre, este ano o evento torna-se estadual e recebe produções de alunos de ensino fundamental, médio e superior, outra atualização do projeto, que em suas duas primeiras edições reuniu vídeos de alunos até o terceiro ano do Ensino Médio.

Os interessados poderão concorrer com filmes de até um minuto de duração produzidos por dispositivos móveis (smartphones e tablets). As inscrições ocorrem pelo site do festival (www.artemovie.com.br). Após a primeira etapa de seleção, serão divulgadas 45 produções que serão avaliadas pelo júri técnico, formado por Lanza Xavier, Mariani Ferreira e Roger Lerina. Os filmes também concorrem pelo Júri Popular, que serão escolhidos pelo público através de votação pelo perfil do festival no Instagram (instagram.com/artemoviefestival).  Os 15 vencedores receberão prêmios entre R$ 1.000,00 e R$ 4.000,00.

Podem participar do Arte Movie alunos das redes federal, estadual e municipal da educação básica até o nível superior nas categorias Infantil, Juvenil e Universitária, que conta com estudantes de cursos técnicos, graduação e pós-graduação. Os vídeos deverão ser desenvolvidos em formato de curta metragem, contendo histórias que envolvam as temáticas desta edição: sustentabilidade, agronegócio, cooperativismo, saúde, resiliência, empatia, liderança e educação.

Em suas duas edições anteriores (2015 e 2016) o evento recebeu 250 projetos e mais de 800 mil votos pelo Júri Popular. Em 2020 os filmes selecionados para votação serão divulgados a partir de 19 de outubro nas redes sociais e os vencedores serão conhecidos dia 01 de novembro.

Com financiamento da Lei de Incentivo à Cultura – Pró-Cultura RS – Secretaria de Estado da Cultura – Governo do Estado do Rio Grande do Sul, o Arte Movie – Festival de Curtas 2020 é uma realização da Bouganville Cultura e Arte e conta com patrocínio da Basso Pancotte e apoio da Cotribá. Para mais informações acesse: http://www.artemovie.com.br | facebook.com/artemoviefestival | instagram.com/artemoviefestival

Ficha técnica

Financiamento da Lei de Incentivo à Cultura – Pró-Cultura RS – Secretaria de Estado da Cultura – Governo do Estado do Rio Grande do Sul

Realização: Bouganville Produções Artísticas

Patrocínio: Basso Pancotte

Apoio: Cotribá

Júri: Lanza Xavier, Mariani Ferreira e Roger Lerina

Triagem: Alexandre Mattos Meirelles

Produção: Bouganville Produções Artísticas

Arte: Caroline Colombo

Redes Sociais: Gabriel Lima Rota

Assessoria de Imprensa: Bruna Paulin Assessoria de Flor em Flor

Sobre o júri

Lanza Xavier: Possui graduação em Comunicação Social pela Universidade Católica de Pelotas (2003) e mestrado em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2006). Atualmente é professora adjunta da Universidade Federal de Pelotas nos cursos de Cinema de Animação e Cinema e Audiovisual. Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Cinema, atuando principalmente nos seguintes temas: produção e autoria cinematográfica, cinema gaúcho, políticas públicas para o audiovisual e acompanhamento de egressos. Responsável pelas disciplinas de Introdução à Linguagem Audiovisual, Direção de Produção, Produção Executiva e Projeto em Audiovisual I e II. Mãe do Theo (8 anos) e da Nalu (5 anos).

Mariani Ferreira: roteirista, diretora e produtora. Estudou jornalismo, foi crítica de cinema e redatora e diretora de publicidade. Seu filme de estreia, o curta-metragem de ficção “Léo”, foi exibido em diversos festivais, como  os prestigiados Festival Del Nuevo Cine Latino Americano de La Havana e o Festival Internacional de Cinema de Guadalajara. Mariani também é produtora executiva e roteirista do documentário “O Caso do Homem Errado”.   Também é roteirista da série “Necrópolis”, exibida pela Netflix. Hoje trabalha como roteirista na TV Globo. É membro-fundadora do Coletivo Macumba Lab. 

Roger Lerina: jornalista cultural, integrante da Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine) e atua como repórter e crítico de cinema no Canal Brasil. É editor do site http://www.rogerlerina.com.br, uma plataforma dedicada a notícias, artigos e vídeos sobre cinema, artes cênicas, música, artes visuais e eventos culturais. Foi corroteirista da minissérie “Tá no Sangue – Os Fagundes”, veiculada pela RBS TV em 2016. Foi curador da Mostra de Longas-Metragens do Festival Internacional de Cinema da Fronteira 2018 e 2019. É curador do projeto Meu Filme Favorito, no Instituto Ling.

Sobre a Basso Pancotte

Em Outubro de 1988, na recém emancipada cidade de Nova Alvorada, duas pessoas davam um passo para iniciar uma grande conquista em suas vidas. Vislumbrando as oportunidades que surgiriam com a emancipação do Distrito de Alvorada, os empreendedores Oneide Francisco Basso e Jair Antônio Pancotte se uniram e fundaram a Basso & Pancotte Ltda, um comércio que atendia as necessidades dos produtores e pecuaristas locais, vendendo produtos da área agrícola, veterinária e material de construção.

Com uma grande visão de expandir os negócios, os dois sócios resolveram ampliar a atuação para cidades vizinhas, proporcionando uma maior proximidade com as indústrias e despertando o interesse de atuar no ramo atacadista.

Aos poucos foram sendo incorporadas novas regiões, sempre de forma consciente e planejada, começando pelo atendimento de todas as regiões do Estado do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. Hoje a atuação compreende todo o país.

O atual cenário econômico mundial, no qual o Brasil exerce um papel de destaque no setor do agronegócio, serviu de impulso para a expansão e o grande crescimento da Basso Pancotte, que hoje figura como o principal distribuidor de produtos veterinários no Brasil.

Com a atualização constante das estruturas de tecnologia da informação, operacional e logística, uma excelente força de vendas e grandes profissionais na área administrativa e de apoio, a empresa expandiu sua atuação para o restante do Brasil de forma sustentada. Hoje conta com Centro de Operações em Cambé, PR e Vespasiano, MG.

Um dos diferenciais da empresa é oferecer amplas oportunidades de escolha à disposição dos clientes com um amplo e diversificado mix de produtos que ultrapassa os 8.500 itens, sendo eles: medicamentos e instrumentos veterinários, vacinas, equipamentos de segurança e camping, ferragens, material de construção, sementes de hortaliças e pastagens e toda linha para pet-shops, atendendo assim as exigências de seus clientes e ficando em sintonia com o mercado.

Destaca-se também a distribuição exclusiva de algumas marcas e produtos, traduzindo desta forma a confiança e credibilidade da empresa com o mercado. Saiba mais em https://www.bassopancotte.com.br/

Sobre a Cotribá

Cooperativa Agrícola Mista General Osório Ltda – COTRIBÁ

Com sede Administrativa no município de Ibirubá, possui mais de 50 pontos de negócios espalhados em mais de 20 municípios do Rio Grande do Sul.

Cumprindo com sua missão de organizar as atividades agropecuárias, de forma cooperativa e diversificada, com tecnologia, qualidade e rentabilidade, a Cotribá tem uma estreita relação com a atividade do produtor e possui vários segmentos de negócios afim de atender às diversas necessidades de uma propriedade rural, desde àquela voltada à agricultura familiar até as grandes propriedades voltadas ao agronegócio. Isso se dá através do fornecimento de insumos para a lavoura, fábrica de rações (nutrição animal), assistência técnica agrícola e pecuária, postos de combustíveis, supermercados, farmácias veterinárias, sessões de peças, agricultura de precisão e, mais recentemente, a comercialização de diesel à granel, com entrega na propriedade, através da licença de TRR – Transportador Revendedor Retalhista.

A produção de alimentos faz-se cada vez mais necessária diante do crescente populacional e do aumento da expectativa de vida das pessoas. Pensando nisso, a cooperativa firma parcerias fortes para oferecer aos seus associados e clientes o que existe de melhor no mercado. O carro chefe é a produção de grãos, o que inclui recebimento, armazenagem e comercialização. A nossa capacidade de armazenagem é de quase seis milhões de sacas de grãos.

Neste sentido, a Cotribá desenvolve projetos com jovens produtores, que através de estudos e palestras tem melhorado os resultados nas propriedades que desenvolvem a bacia leiteira. Além disso, trabalha com a formação de conselheiros, associados e colaboradores, atuando diretamente nas comunidades onde a cooperativa está inserida, através de projetos e/ou eventos.

Sempre com o objetivo de continuar sendo marco para a história e com o foco de ser o alicerce para o crescimento de seus associados, clientes e colaboradores. São mais de 8 mil associados, mais de 1.000 colaboradores e 109 amos de experiência. Saiba mais em http://www.cotriba.com.br/

Fantomaticos lança ‘Cabelo Amarelo’, quinto single de seu novo álbum

            ‘Cabelo Amarelo’ estará disponível a partir desta sexta, 02 de outubro, em diversas plataformas de streaming e no canal da banda no YouTube

            Chega nas plataformas de streaming e no YouTube nesta sexta-feira, 02 de outubro, o quinto single do novo álbum da Fantomaticos, Cabelo Amarelo. A faixa é uma composição do guitarrista Augusto Stern e é a primeira balada que a banda revela desse trabalho. Cabelo Amarelo é uma canção suave, na qual o violão e o arranjo acústico se destacam. Sua letra fala de amor e das hesitações e atropelos tão comuns no início de um relacionamento.

            Os músicos seguem com seu projeto de lançar as 10 músicas que compõe o disco ao longo do ano, todas acompanhadas por um videoclipe. Para esse lançamento, contaram com o trabalho de uma equipe de jovens cineastas liderados pela diretora Beatriz Potenza. Filmado ainda em 2019, em Porto Alegre, o clipe retrata os encontros e desencontros de um jovem casal no início de um romance.

            Além de estar sendo lançada na sua versão cantada, a canção também pode ser ouvida, numa versão instrumental, na trilha sonora da série gaúcha ‘Partiu ?!’, dirigida por Bruno Carvalho e produzida pela Colateral Filmes. A segunda temporada já está sendo exibida no CINEBRASIL TV e a música aparece como tema romântico de um dos casais.

            O single vem com embalado em uma bonita capa desenvolvida mais uma vez pelo artista Fábio Alt, parceiro da banda. O material estará disponível no Spotify, Deezer, iTunes e nas mais diversas plataformas de streaming, assim como no canal da banda no YouTube.

www.fantomaticos.com

Canal da banda no Youtube      

https://www.youtube.com/channel/UCT42G1YM9Obvd4RY3xe8QlA

Sobre os Fantomaticos

André Krause – baixo e vocais

Augusto Stern – guitarra e vocais

Guilherme Fialho – guitarra e vocais

Pedro Petracco – bateria e vocais

Rodrigo Trujillo – teclado e vocais

                Fantomaticos é uma banda de Porto Alegre surgida no ano de 1999, ainda de forma experimental, que logo se voltou à busca de uma expressão artística própria e ganhou notoriedade na cena alternativa de rock autoral dos anos 2000. O grupo já se apresentou em diversas cidades do Brasil e em 2015 fizeram seus primeiros shows internacionais, no Uruguai.

                O primeiro disco, ‘No Bosque’ (2008), revela uma grande carga de experimentalismo e originalidade nas composições e arranjos das canções. Seu lançamento teve repercussão nacional na mídia especializada e levou o clipe da canção ‘Gin’ à programação da MTV.

                O segundo disco, ‘Dispersão’ (2013), revela o amadurecimento artístico-musical na construção de um projeto conceitual que busca criar atmosferas e paisagens sonoras mais introspectivas e consistentes. Sobre o trabalho, o músico Frank Jorge, ícone do rock nacional, disse: “(…) é bom escutar uma voz que busca na música uma forma de expressão tendo a noção do quanto é nobre esta possibilidade. (…) A identidade/sonoridade da banda já conta com impressões digitais próprias. A banda tem o SEU som!”

                Deste álbum foram lançados quatro clipes que integram a programação de canais como MTV, Multishow e Bis, Box Brasil, com destaque para a música ‘Ao Longe’. Suas canções passaram pela programação da Itapema FM, Unisinos FM, Novos Horizontes, Mínima FM, entre outras e esse repertório foi apresentado ao vivo na rádio Ipanema FM.

                A canção ‘Recorriendo’, foi remixada pelo artista inglês Midi Error e lançada na rádio BBC Shropshire (Inglaterra). O disco foi destaque na mídia especializada nacional e internacional, como os sites Unsigned & Independent (Irlanda) e Social Radio (EUA).

                Entre o final de 2014 e o final de 2015 lançaram três Eps, com duas músicas cada. São eles: ‘Veja Bem a Sua Volta’, que ganhou bastante espaço nas rádios, ‘Keep Calm’, que tem um belo vídeo-clipe e ‘Vale’, que explora um lado acústico da banda.

                O terceiro álbum, intitulado apenas ‘Fantomaticos’, lançado em 2016, propõe músicas mais diretas e minimalistas, voltadas sobretudo para a execução ao vivo. São 12 músicas inéditas produzidas e gravadas pela banda no seu estúdio, o Bunker Studio.

                A banda ainda lançou em 2018 o single ‘Andar’, um medley e uma aventura musical inspirada em influências da banda, como Beatles, The Who e Supergrass. No final desse ano também lançaram uma versão comemorativa de 10 anos do primeiro disco, ‘No Bosque’, com 3 faixas inéditas gravadas a época.

                Para seu quarto álbum de estúdio, a banda se isolou em um sítio na serra gaúcha com os equipamentos e gravou boa parte do material em sessões ao vivo, quentes e cheias de feelling. As gravações complementares foram interrompidas pela quarentena, mas a banda deu continuidade ao processo finalizando as músicas individualmente, à distância. Desse trabalho já foram lançados os singles “Seu Chocolate”, “Boa Noite Porto Alegre”, “Do que Vale a Pena” e “Coisa com Coisa”, tendo o último recebido destaque nos lançamentos semanais da revista Rolling Stone Brasil e na playlist editorial “Indie Brasil”, do Spotify.

Programa voltado para protagonismo feminino terá três edições durante a Expointer Digital 2020

Com apresentação de Camilla Menezes, Escolha + Especial Expointer 2020 será exibido de 28 a 30 de setembro e trará nomes como Liège Vergili Nogueira (ABIEC), Mariana Vaconcelos (Agrosmart) e Leticia Scheffer (Grupo Bom Futuro)

De segunda a quarta-feira da próxima semana, a programação da Expointer Digital 2020 contará com um programa totalmente dedicado às mulheres líderes do agronegócio brasileiro. Apresentado pela jornalista e empresária Camilla Menezes, o Escolha + Especial Expointer terá três edições (28, 29 e 30/09) ao vivo às 18h30, com uma hora de duração. Nomes como Liège Vergili Nogueira (ABIEC), Mariana Vaconcelos (Agrosmart) e Leticia Scheffer (Grupo Bom Futuro), estão confirmados.

Temas como protagonismo, liderança e desafios do setor, sucessão familiar, nova geração e comunicação são os temas dos episódios.

Camilla desenvolve diversos projetos no agro desde 2012, especialmente no meio do Cavalo Crioulo. Em outubro ela assume a Vice-Presidência de Comunicação e Marketing da Gestão 2021-2022 da Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Crioulo ABCCC, que em 88 anos terá uma mulher no cargo pela primeira vez. Após 11 anos trabalhando em ambientes majoritariamente masculinos, como o futebol e o cavalo crioulo, Camilla lançou um projeto totalmente voltado à comunicação para o mercado feminino, suas carreiras e empreendimentos, chamado Escolha+, voltado para mulheres no mercado de trabalho, focado em trazer um olhar mais empático em relação a outras mulheres no mesmo mundo e, através da Comunicação, fortalecer cada uma dentro de sua realidade.

Os programas integram a programação do canal 3 da Expointer, que pode ser acessado pelo site www.expointer.rs.gov de forma gratuita. Confira a programação completa abaixo:

Escolha + Especial Expointer 2020

Dia 28 de Setembro, segunda-feira, 18h30

Grandes executivas do Agronegócio Brasileiro. Protagonismo – Liderança – Desafios no Setor

Convidadas:

– Malu Nachreiner – Presidente da divisão Crop Science da Bayer no Brasil

– Grazielle Parenti – Presidente do Conselho Diretor da Associação Brasileira da Indústria de Alimentos – ABIA

– Liège Vergili Nogueira – Diretora Executiva da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes  – ABIEC

– Andréa Veríssimo – CEO Founder Avelã Big Data, Mestre em Administração Rural e Médica Veterinária

Dia 29 de Setembro, terça-feira, 18h30

A nova geração de mulheres do Agro, herdeiras, sucessoras e mulheres que estão escrevendo a própria história. Legado – Gestão – Inovação

Convidadas:

– Letícia Scheffer – Grupo Bom Futuro – Membra do Conselho Executivo de família da Bom Futuro e Presidente do instituto Farmun

– Mariana Vasconcelos – co-fundadora e CEO da Agrosmart – Eleita jovem inovadora (MIT), integrante da lista Forbes Under 30 e uma das 100 pessoas mais influentes do agro (Dinheiro Rural)

– Susana Macedo – Proprietária da Cia. Azul Agropecuária

– Márcia Linhares – sócia-proprietária da GAP Genética

– Verônica Bertagnoli – Diretora Executiva Sementes e Cabanha Butiá

Dia 30 de Setembro, quarta-feira, 18h30

As influenciadoras que estão dando voz e foça ao Agro no universo digital. Comunicação – Marketing – Relacionamento

Convidadas:

– Camila Telles / @caamilatelles

– Adriane Steinmetz / @adrianesteinmetz

– Aretuza Negri / @elaédoagro

– Saile Farias / @jovensdoagro

Projeto de Literatura desenvolvido para pessoas idosas, que moram em instituições de longa permanência, recebe contribuições para expandir impacto

“Companhia das Palavras” está atendendo mais de 300 pessoas idosas em cinco instituições de três Estados, levando poesia durante o período de isolamento social e quer aumentar este alcance.

Uma ação para levar companhia a quem mais precisa em tempos de isolamento social.

Com a ajuda e contribuições de amigos e parceiros, o Companhia das Palavras foi concebido, durante a pandemia da covid-19, e iniciou suas atividades na última semana de agosto, com o objetivo de acalantar e melhorar os dias de uma das populações mais vulneráveis durante a pandemia, a dos idosos que vivem em instituições de longa permanência. A ação está atendendo mais de 300 pessoas, em asilos de Bragança Paulista, Barretos, Aracaju e Porto Alegre e, devido aos resultados colhidos já serem positivos, quer alcançar ainda mais pessoas e estados do Brasil.

O Companhia das Palavras consiste no envio diário de cartões postais digitais, com conteúdo literário, destinado a sessões de leitura para idosos que vivem em instituições de longa permanência – os asilos. Segundo Renata Roquetti, sócia-fundadora da produtora Semente, idealizadora do projeto, esta população já vive o dia a dia do afastamento social, e com o advento da pandemia, foram privados de visitas e de atividades que não sejam as essenciais. “São pessoas que estão vivenciando o isolamento de forma ainda mais delicada e acentuada que a maioria de nós, as cidades veem suas atividades serem gradualmente retomadas, mas os asilos ainda vivem a famosa “faixa vermelha”, declara.

A atual privação obrigatória da companhia de seus familiares, voluntários ou até mesmo do recebimento de um gesto simples de afeto, como o de abraçar os profissionais que os atendem diariamente, pode agravar ainda mais os quadros de depressão ou sentimento de abandono, aos quais os idosos podem vir a sentir, neste período de pandemia.

Para conceber o projeto, Renata consultou diversos especialistas da área da saúde, entre eles médicos e psicólogos, que atendem pacientes em asilos, e todos foram unânimes: uma atividade relacionada à poesia poderá contribuir para qualidade de vida e para uma percepção positiva da realidade. “Levar diariamente algo novo e positivo, preenchendo o cotidiano destas pessoas, poderá auxiliar na saúde mental, emocional e no bem-estar delas”, afirma a produtora.

Está prevista a criação e produção de mais de 120 cartões postais pela Semente, que serão ilustrados por Rafael Monti. Já foram criados 30 cartões, que estão sendo enviados a cinco instituições asilares, durante dois meses: Vila São Vicente De Paulo (Bragança Paulista, SP), Casa Transitória “André Luiz” (Barretos, SP),  Associação Das Auxiliares Bertoni (Barretos, SP), Same Lar De Idosos Nossa Senhora Da Conceição (Aracaju, SE) e Sociedade Porto-alegrense de Apoio aos Necessitados (Porto Alegre, RS).

Serão selecionados poemas de diversos escritores como William Shakespeare, Emily Dickinson, Fernando Pessoa, Olavo Bilac, Rainer Rilke, Camões, Khalil Gibran, entre outros da literatura universal e autores inéditos do Brasil. Cada postal também conta com história da vida de cada poeta e sua participação na literatura universal como foco no aprendizado literário. Os profissionais que atendem nas instituições receberam capacitação em interpretação de texto e mediação de leitura, tudo gratuitamente.

O projeto tem objetivo de seguir os envios nos próximos meses e ampliar a rede de entidades e consequentemente, de pessoas atingidas. Para isso, a Semente colocou no ar uma campanha de financiamento coletivo, através da plataforma apoie.se https://apoia.se/companhiadaspalavras com contribuições a partir de R$10,00. Ao final do período de isolamento social, os postais impressos serão enviados às instituições. Para saber mais, acesse: www.semente.art.br ou https://www.instagram.com/semente_producoes/.

Instituições contempladas

Vila São Vicente De Paulo, Bragança Paulista – São Paulo https://www.vilasaovicentedepaulobp.org/

Casa Transitória “André Luiz”, Barretos – São Paulo – http://casaandreluiz.org.br/

Associação Das Auxiliares Bertoni, Barretos – São Paulo – http://www.viladospobres.com.br/

Same Lar De Idosos Nossa Senhora Da Conceição, Aracaju- Sergipe – https://samelardeidosos.wixsite.com/same

Sociedade Porto-alegrense de Apoio aos Necessitados, Porto Alegre – Rio Grande do Sul – https://pt-br.facebook.com/Spaan.org/

Sobre a Semente Produções

Fundada em janeiro de 2016, a Semente é uma empresa idealizadora e produtora de projetos socioculturais e sócio – esportivos, especializada em investimento social. A crença da Semente é que a Cultura e o Esporte são agentes de transformação social e que todos podem contribuir cultivando a semente da mudança. A mudança se dá ao possibilitar que todas as pessoas sejam impactadas por ações culturais e esportivas e tenham acesso irrestrito a elas.

São 40 projetos executados, através dos serviços de idealização, elaboração, execução e captação de recursos realizados pela empresa. Projetos realizados em 15 estados e 16 municípios, com mais de 450mil pessoas impactadas.

Fantomaticos lança ‘Do que Vale a Pena’ nessa sexta-feira, 18 de setembro

Quarto single do novo álbum da banda estará disponível nas plataformas de streaming e Youtube

Nesta sexta-feira, 18 de setembro, os Fantomaticos lançam o quarto single de seu próximo álbum. Em contraste com os últimos lançamentos, que revelam um olhar sombrio sobre os nossos tempos, Do que Vale a Pena é uma canção leve e solar composta pelo tecladista Rodrigo Trujillo, que também assume os vocais nessa música. A letra propõe uma espécie de balanço existencial na tentativa de identificar as coisas que valem a pena na vida, como a amizade, o amor e algo mais, e traduzir tudo isso em canção. O arranjo instrumental foi gravado ao vivo em um sítio na serra gaúcha onde a banda se isolou para fazer parte da produção, ainda em 2019.

Como nos lançamentos anteriores, o single vem acompanhado de um vídeo, dessa vez produzido por Bruno Carvalho, diretor que já trabalhou com a banda em outras ocasiões. Em clima de quarentena e isolamento, o clipe foi feito a partir de imagens de arquivo, fotos antigas da banda e fragmentos de vídeos anteriores, acompanhando, de certa forma, o balanço existencial proposto pela letra da canção. A arte da capa, por sua vez, foi desenvolvida pelo artista Fábio Alt, tradicional parceiro do grupo.

A banda prossegue com a finalização do seu quarto álbum, processo interrompido por conta da pandemia, mas que tem continuidade com o lançamento de singles. As 10 músicas que farão parte do trabalho estão sendo finalizadas à distância e serão lançadas individualmente ao longo de 2020.

O material completo estará disponível no canal da banda no YouTube e poderá ser ouvida no Spotify, Deezer, iTunes e nas mais diversas plataformas de streaming. Mais informações, acesse: www.fantomaticos.com

Canal da banda no Youtube      

https://www.youtube.com/channel/UCT42G1YM9Obvd4RY3xe8QlA

Sobre os Fantomaticos

André Krause – baixo e vocais

Augusto Stern – guitarra e vocais

Guilherme Fialho – guitarra e vocais

Pedro Petracco – bateria e vocais

Rodrigo Trujillo – teclado e vocais

            Fantomaticos é uma banda de Porto Alegre surgida no ano de 1999, ainda de forma experimental, que logo se voltou à busca de uma expressão artística própria e ganhou notoriedade na cena alternativa de rock autoral dos anos 2000. O grupo já se apresentou em diversas cidades do Brasil e em 2015 fizeram seus primeiros shows internacionais, no Uruguai.

            O primeiro disco, ‘No Bosque’ (2008), revela uma grande carga de experimentalismo e originalidade nas composições e arranjos das canções. Seu lançamento teve repercussão nacional na mídia especializada e levou o clipe da canção ‘Gin’ à programação da MTV.

            O segundo disco, ‘Dispersão’ (2013), revela o amadurecimento artístico-musical na construção de um projeto conceitual que busca criar atmosferas e paisagens sonoras mais introspectivas e consistentes. Sobre o trabalho, o músico Frank Jorge, ícone do rock nacional, disse: “(…) é bom escutar uma voz que busca na música uma forma de expressão tendo a noção do quanto é nobre esta possibilidade. (…) A identidade/sonoridade da banda já conta com impressões digitais próprias. A banda tem o SEU som!”

            Deste álbum foram lançados quatro clipes que integram a programação de canais como MTV, Multishow e Bis, Box Brasil, com destaque para a música ‘Ao Longe’. Suas canções passaram pela programação da Itapema FM, Unisinos FM, Novos Horizontes, Mínima FM, entre outras e esse repertório foi apresentado ao vivo na rádio Ipanema FM.

            A canção ‘Recorriendo’, foi remixada pelo artista inglês Midi Error e lançada na rádio BBC Shropshire (Inglaterra). O disco foi destaque na mídia especializada nacional e internacional, como os sites Unsigned & Independent (Irlanda) e Social Radio (EUA).

            Entre o final de 2014 e o final de 2015 lançaram três Eps, com duas músicas cada. São eles: ‘Veja Bem a Sua Volta’, que ganhou bastante espaço nas rádios, ‘Keep Calm’, que tem um belo vídeo-clipe e ‘Vale’, que explora um lado acústico da banda.

            O terceiro álbum, intitulado apenas ‘Fantomaticos’, lançado em 2016, propõe músicas mais diretas e minimalistas, voltadas sobretudo para a execução ao vivo. São 12 músicas inéditas produzidas e gravadas pela banda no seu estúdio, o Bunker Studio.

            A banda ainda lançou em 2018 o single ‘Andar’, um medley e uma aventura musical inspirada em influências da banda, como Beatles, The Who e Supergrass. No final desse ano também lançaram uma versão comemorativa de 10 anos do primeiro disco, ‘No Bosque’, com 3 faixas inéditas gravadas a época.

            Para seu quarto álbum de estúdio, a banda se isolou em um sítio na serra gaúcha com os equipamentos e gravou boa parte do material em sessões ao vivo, quentes e cheias de feelling. As gravações complementares foram interrompidas pela quarentena, mas a banda deu continuidade ao processo finalizando as músicas individualmente, à distância. Desse trabalho já foram lançados os single “Seu Chocolate”, “Boa Noite Porto Alegre” e “Coisa com Coisa”. 

Para saber mais sobre a banda, acesse: www.fantomaticos.com

Blog no WordPress.com.

Acima ↑