Busca

Bruna Paulin

Assessoria de Flor em Flor

Categoria

Releases

“A Era do Ouro do Cinema: anos 30 e 40” inaugura em 18 de outubro na Cinemateca Capitólio Petrobras

1944 - Laura - 20th Century FOX

Exposição com materiais de produções das décadas de 1930 e 1940 tem curadoria da historiadora Alice Trusz

 Atividade integra a programação especial com 26 atividades com patrocínio master da Petrobras e produção cultural da Fundacine e Prefeitura Municipal de Porto Alegre através da Coordenação de Cinema e Audiovisual da Secretaria da Cultura

Inaugura na sexta-feira, 18 de outubro, na Cinemateca Capitólio Petrobras, a exposição A Era de Ouro do Cinema: anos 30 e 40, que reúne materiais de divulgação de produções cinematográficas das décadas de 1930 e 1940. A Era de Ouro do Cinema integra a programação especial com 26 atividades do projeto Cinemateca Capitólio Petrobras Programação Especial 2019, dentre elas mostras de cinema, sessões acessíveis, masterclasses e, a segunda e ultima exposição que estará aberta ao público de forma gratuita de 18 de outubro a 20 de dezembro. Aprovado na Lei de Incentivo à Cultura/Governo Federal, com produção cultural da Fundacine RS e Prefeitura Municipal de Porto Alegre, através da Coordenação de Cinema e Audiovisual da Secretaria da Cultura o projeto possui patrocínio master da Petrobras.

Com curadoria assinada pela historiadora Alice Trusz, concepção visual da designer Tatiana Sperhacke e expografia a cargo de Andreia Vigo, a exposição é formada por três módulos: o primeiro deles apresenta um estudo das principais vertentes exploradas neste período – o nascimento dos grandes estúdios e suas estrelas, do advento do filme colorido em Tecnicolor e os principais diretores da época, entre outros. O segundo módulo exibe um slide-show, que projeta uma seleção de cartazes e outros materiais relevantes digitalizados. Já o terceiro e último módulo traz uma projeção de trechos dos principais filmes destas duas décadas.

A mostra aborda os elementos artísticos e gráficos do período, utilizando peças do acervo da instituição, em sua maior parte advindas da coleção de Telmo Kersting, doada ao Centro de Documentação e Memória da Cinemateca Capitólio Petrobras, em 2017. O material, formado por cartazes, anúncios, catálogos, cartazetes, press releases, press books, pôsteres, entre outros, constitui-se como uma importantíssima fonte de pesquisa, onde lança uma nova perspectiva para o estudo da história do cinema no Brasil, bem como das relações com a indústria cinematográfica estrangeira, principalmente a norte-americana, mostrando seu impacto no cinema nacional.

“Através dessa exposição traremos ao público uma reflexão sobre o valor cultural, histórico e estético dessas peças para a compreensão das formas de afirmação comercial da indústria cinematográfica no passado”, revela a curadora, que contou com a assessoria de pesquisa de Marcus Mello e Rosemeri Iensen.

A abertura ocorre às 19h30 de 18 de outubro e a visitação segue com entrada franca até 20 de dezembro, de terça a sexta-feira das 09h às 20h30 e sábados, domingos e feriados das 14h às 20h30. Para Visitas Orientadas, os interessados devem entrar em contato pelo email cdmcapitolio@gmail.com ou pelo telefone (51) 3289 7463.

A Cinemateca Capitólio Petrobras fica na Rua Demétrio Ribeiro 1085 – Esq. com Borges de Medeiros. Mais informações (51) 3289 7453 | http://www.capitolio.org.br | facebook.com/cinemateca.capitolio

 

 A Era do Ouro do Cinema: Anos 30 e 40

Para a Fundação Cinema RS, que tem como missão institucional impulsionar o desenvolvimento da indústria cinematográfica e audiovisual do Rio Grande do Sul, e a parceria bem–sucedida, entre a SMC e ao patrocínio da Petrobras, foi possível, além da reforma e reestruturação da sala de exibição, tornar a Cinemateca Capitólio Petrobras um lugar de guarda, preservação e difusão da memória do cinema gaúcho e brasileiro e, assim, manter o espaço aberto ao público durante o ano inteiro. A exposição com materiais do acervo cumpre com a vocação da Cinemateca e promove reflexão sobre os caminhos passados, presentes e futuros da indústria cinematográfica no mundo.

O material constitui-se como uma importantíssima fonte de pesquisa, onde lança uma nova perspectiva para o estudo da história do cinema no Brasil, bem como das relações com a indústria cinematográfica estrangeira, principalmente a americana, mostrando seu impacto no cinema nacional.

Alice D. Trusz

Historiadora e curadora

 

Ficha técnica
Pesquisa e Curadoria: Alice D. Trusz
Expografia: Andreia Vigo
Concepção visual e Design gráfico: Tatiana Sperhacke
Assessoria de pesquisa: Marcus Mello, Rosemeri Iensen
Projeto de mobiliário e Coordenação de montagem: Eduardo Saorin

Edição de vídeo: Kevin Agnes
Produção: Débora Palhares, Juli Fossatti, Paola Mallmann

 

Agradecimentos:

Diretoria Executiva da Fundacine: Luiz Alberto Rodrigues, Luiz Alberto Cassol e Leo Sassen

Ana Maria De Oliveira Kersting, Hernani Heffner

Cineastas, Produtores e Designers que disponibilizaram seus acervos.

A maior parte dos cartazes desta exposição pertence à coleção de Telmo Kersting, doada ao Centro de Documentação e Memória da Cinemateca Capitólio Petrobras em fevereiro de  2017.

Brava Gastrobar promove degustação de rótulos rosés na terça-feira, 15 de outubro

IMG_7016

Outubro Rosé contará com a degustação de rótulos de seis países em homenagem ao Outubro Rosa

 

Porto Alegre, 10 de outubro de 2019 – Na próxima terça-feira, 15 de outubro, às 19h30, o Brava Gastrobar promove o evento “Outubro Rosé”, organizado pelo projeto Vinhos por Aí.  Comandado pela jornalista e sommelière Gisa Guerra, o evento é uma homenagem ao Outubro Rosa, para a conscientização da prevenção ao câncer de mama.

O encontro proporcionará uma experiência de harmonização das tábuas de charcutaria do Brava com seis rótulos de rosés de seis países: Argentina, Brasil, Chile, Espanha, França e Portugal. A seleção dos vinhos é divulgada apenas no momento do evento. Entre os rótulos escolhidos, um deles irá destinar R$ 1,00 a cada garrafa comercializada neste mês para a ONG UNACCAM, que mantém uma rede de apoio a mulheres diagnosticadas com câncer de mama, em vários projetos no Brasil.

Gisa Guerra é jornalista formada pela PUCRS e sommelière da ABS/RS. Atua na área de eventos de degustação de vinhos e espumantes e roteiros enoturísticos personalizados com motor home pelo Vinhos Por Aí. Os ingressos custam R$ 85,00 e podem ser adquiridos através de transferência bancária. Informações pelo telefone (51) 9.9644-5688

Brava Gastrobar – Inaugurado em abril de 2018, o empreendimento apresenta uma experiência gastronômica única: aquela noite de queijos e vinhos que normalmente costuma acontecer em casa, agora tem um lugar com ambiente ideal para ocorrer. As tábuas com queijos, charcutaria, pães, castanhas e outros acompanhamentos são as protagonistas. Com oito tipos diferentes de tábuas no cardápio, o público encontra produtos premium vindos do Brasil, Itália, Alemanha, França, Dinamarca, Espanha e Holanda, harmonizadas pelo sommelier Vinícius Santiago, com mais de 50 rótulos de vinhos e espumantes e cervejas artesanais da Heilige de Santa Cruz do Sul.

Durante o dia a casa oferece cardápio de sanduíches com os frios disponíveis e também levar para casa as tábuas e os produtos à parte, além das opções de risotos no almoço. Também é possível contratar o serviço de tábuas personalizadas para eventos. A casa funciona de segunda a quarta-feira das 11h às 22h e de quinta-feira a sábado das 11h à meia-noite no Pátio 24 (R. 24 de outubro n°1454). Mais informações: (51) 3307-4331 |facebook.com/BravaGastrobar

 

Gisa Guerra é jornalista formada pela PUCRS. Já atuou nas principais emissoras de televisão do estado, como RBS, Record e SBT.  Também é pós-graduada em Televisão e Convergência Digital, pela Unisinos, RS. Sommelier formada pela ABS RS, atua na área de eventos de degustação de vinhos e espumantes, e roteiros enoturísticos personalizados com motor home pelo Vinhos Por Aí @vinhosporaioficial

 

Outubro Rosé

15 de outubro, terça-feira, 19h30

Ingressos: R$ 85,00 – pagamento por depósito bancário

Inscrições e informações – (51) 9.9644-5688

Sommelière Gisa Guerra

Tábua de queijos e charcutaria do Brava, harmonizada com rótulos da Argentina, Brasil, Chile, Espanha, França e Portugal.

A seleção dos vinhos é divulgada apenas no momento do evento. Entre os rótulos escolhidos, um deles irá destinar R$ 1,00 a cada garrafa comercializada neste mês para a ONG UNACCAM, que mantém uma rede de apoio a mulheres diagnosticadas com câncer de mama, em vários projetos no Brasil.

Brava Gastrobar – R. 24 de outubro n°1454

Farmácias Associadas promove feira de negócios com expectativa de movimentar mais de R$ 37 milhões

Feira_negócios_Farmácias_Associadas-1

Evento ocorre de 16 a 20 de outubro no Serra Park em Gramado (RS)

Porto Alegre, 07 de outubro de 2019 – A rede Farmácias Associadas realiza, de 16 a 20 de outubro, a 14ª edição da sua Convenção e Feira de Negócios, que ocorrerá no Serra Park, em Gramado (RS). A perspectiva é movimentar cerca de R$ 37 milhões em faturamento durante o evento, que contará com a presença de 60 expositores, entre eles os principais players da indústria farmacêutica nacional e multinacional, além de distribuidoras de medicamentos e perfumaria e o segmento de serviços para a farmácia. São esperadas mais de 2,5 mil pessoas, entre elas empresários associados do Rio Grande do Sul e de Mato Grosso do Sul, Estado para onde a Rede expandiu sua operação no ano passado. O aniversário de 20 anos da Farmácias Associadas, comemorado em 2019, é o tema do evento, que conta com o patrocínio master de Aché, EMS, GAM Distribuidora e União Química.

Criada em 1999, a rede nasceu da reunião de pequenos empresários da Capital e, principalmente, do interior do Estado, que buscavam uma alternativa para enfrentar a concorrência das grandes redes de farmácia, que começavam a chegar no Rio Grande do Sul. Para preservar a independência de cada empresário, a Farmácias Associadas foi criada exatamente como diz o nome: no modelo associativista, ou seja, não se trata de uma grande empresa privada, mas na reunião de pequenas empresas que se associam e, juntas, obtém ferramentas de competitividade. A principal dessas ferramentas é a compra coletiva, que apresenta aos fornecedores negociações em grandes volumes, o que torna os preços mais vantajosos.

Além das compras coletivas, o associativismo também proporciona o acesso a treinamentos, sistemas de gestão, publicidade e marca própria – diferenciais que um pequeno empresário, sozinho, teria dificuldades para viabilizar. A própria realização anual da Convenção, um evento de grandes proporções que põe em contato os proprietários de farmácia e os maiores fornecedores do setor, só é possível graças ao modelo associativista, em que todos contribuem para grandes realizações.

– Acreditamos no associativismo por que já provamos que, juntos, temos condições de competir com os grandes grupos empresariais que se espalham pelo país. Nossa missão é garantir a sobrevivência dos empresários independentes, que fazem um trabalho sério e comprometido em suas comunidades. Assim, preservamos a diversidade do comércio farmacêutico e asseguramos o bom atendimento da população em todos os cantos do Rio Grande do Sul e, agora também, de Mato Grosso do Sul – comenta o presidente da Farmácias Associadas, Ricardo Duarte da Silveira, ele também um pequeno empresário que possui uma farmácia em Bagé.

 

Programação diversificada

Caracterizada como uma feira de negócios, a 14ª Convenção reserva dois dias somente para o contato entre os associados, que chegam de todos os cantos, e os fornecedores. Os dois primeiros dias, 17 e18, são reservados para as negociações e compras. Às noites, uma programação cultural com shows anima quem passou o dia comprando e vendendo. O sábado, dia 19, é reservado a uma outra tradição do evento: o debate de temas relevantes para o setor e a atualização dos membros da rede.

O principal palestrante é o professor Clóvis de Barros Filho, que deve falar sobre as pequenas e grandes alegrias do cotidiano. A programação conta ainda com palestras do fundador da distribuidora GAM, uma das maiores do país, Genésio Mendes Filho, e com o diretor da Unilever para a Região Sul, Marcelo Gonçalves. O dia abre com um bate papo sobre empreendedorismo feminino com a jornalista e empresária Fátima Torri.

Lançamentos de Marca Própria

Já é uma tradição para a rede lançar, durante a Convenção e Feira de Negócios, novos produtos de marca própria. Nesta edição, o principal destaque é a revitalização da Revitart Sensações, linha de cosméticos voltada à hidratação e cuidado com a pele do corpo. Além de novas embalagens, a Sensações também apresenta novas fragrâncias, inspiradas nas tendências mundiais de cosmética. Também serão lançadas as novas fraldas da linha infantil Crescendo, marca de cuidados para bebês e crianças. Elaboradas com um rígido controle de qualidade, as fraldas chegam aos pontos de venda com o propósito de concorrer com as marcas mais conhecidas pelo consumidor, com um preço mais atrativo.

Sobre a Farmácias Associadas

Fundada em 1999, a Farmácias Associadas é uma reunião de pequenos empresários, que se uniu em torno do modelo associativo, para sobreviver de forma independente e competir com os grandes conglomerados empresariais que dominam o comércio farmacêutico no país. Segundo a Febrafar, entidade de classe que congrega as associações de farmácias, a Farmácias Associadas é a maior rede associativa do país. Há 20 anos, começou pequena, com apenas alguns empresários da Capital e do interior do Estado. Hoje possui 884 lojas em 287 cidades do Rio Grande do Sul e de Mato Grosso do Sul. Nos meses que se seguiram à fundação, cerca de 30 fornecedores aderiram ao projeto. Hoje são mais de 60.

Desde 2006, a Farmácias Associadas vem desenvolvendo projetos de marcas próprias não só de cosméticos, mas também de produtos ambulatoriais e nutracêuticos. A rede administra hoje um portfólio com mais de 200 produtos exclusivos, comercializados somente nas farmácias da rede, com preços competitivos e rígido controle de qualidade.

Projeto Concha divulga programação para o mês de outubro

Foto por José de Holanda-7513 boa

Atividades do projeto com patrocínio do Natura Musical contam com show de Juliana Perdigão e Iara Rennó no dia 17 de outubro, além de oficina de produção criativa para música com Alice Castiel

Ingressos à venda no link – http://bit.ly/conchadeoutubro

 

Porto Alegre, 04 de outubro de 2019 – A edição de outubro do Projeto Concha 2019 apresenta show de Juliana Perdigão e Iara Rennó no dia 17 de outubro, no Agulha, e oficina gratuita de produção criativa para música, ministrada por Alice Castiel, criadora e curadora do Concha.

As atividades integram a programação do projeto que este ano conta com o patrocínio do Natura Musical e promove, além de apresentações de cantoras e compositoras brasileiras, uma residência artística de quinze artistas, que ocorre de abril a dezembro e uma série de oficinas formativas na área de produção cultural para o público feminino.

Na quinta-feira, 17 de outubro, o Agulha recebe dois dos nomes mais importantes da cena independente brasileira e que dialogam com a palavra escrita, a literatura e a poesia: Juliana Perdigão e Iara Rennó. Juliana Perdigão apresenta as canções do seu último disco FOLHUDA, que traz composições feitas a partir de poemas escritos por poetas como Angélica Freitas, Bruna Bebber, Arnaldo Antunes, Oswald de Andrade e Paulo Leminski. Acompanhada de sua banda, também revisita canções de Jards Macalé, Torquato Neto, Gilberto Gil e Augusto de Campos.

Com Simone Sou na bateria e Aline Falcão nos teclados, Iara Rennó canta e toca guitarra, em um repertório que passeia por seus álbuns (Macunaíma Ópera Tupi, Iara, Arco e Flecha). Cantora e compositora com mais de 100 músicas gravadas, ela tem entre seus intérpretes Elza Soares, Ney Matogrosso, Gaby Amarantos, Jaloo, Ava Rocha, Virgínia Rodrigues e Lia de Itamaracá.

Nos dias 22 e 23 de outubro a produtora cultural Alice Castiel ministra a Oficina de Produção Criativa Para Música, com apoio do IAB-RS (Instituto de Arquitetos do Brasil). A oficina de produção para eventos independentes acontecerá em duas tardes e será guiada de forma temporal baseada nas etapas da criação e construção de um projeto independente. Entre os tópicos trabalhados estão questões como conceito, originalidade, inclusão, vislumbramento de mercado, público-alvo, orçamento, possibilidades de captação, capacitação e formação de equipe eficiente e diversa. Com foco também na prática, a oficina também aborda planilhas de orçamento, construção de projeto e discussão dos projetos das alunas.  As inscrições gratuitas devem ser feitas pelo link – http://tiny.cc/601idz até 14 de outubro. A lista das selecionadas será divulgada no dia 18 de outubro pelas redes sociais do projeto.

O Projeto Concha foi selecionado pelo Natura Musical por meio do edital 2018 com com Financiamento da Lei de Incentivo à Cultura – Pró-Cultura RS – Secretaria de Estado da Cultura – Governo do Estado do Rio Grande do Sul. “Coletivos como o Projeto Concha ampliam a voz de movimentos que buscam maior representatividade dentro e fora do mercado musical”, afirma Fernanda Paiva, gerente de Marketing Institucional da Natura. “De uma forma geral, os coletivos promovem impacto cultural, social e econômico que multiplica o alcance de um patrocínio. A gente investe no coletivo e toda uma rede de pessoas conectada a ele também são impactadas de forma positiva”, completa.

Os ingressos do show no dia 17 custam entre R$ 20,00 e R$ 70,00 e podem ser adquiridos pelo sympla – http://bit.ly/conchadeoutubro ou no local, no dia do show, mediante disponibilidade.

Protagonismo no palco

O Projeto Concha é uma iniciativa independente, criada em 2018 pela produtora cultural Alice Castiel. Ao analisar o mercado musical, tanto localmente como em eventos nacionais dos quais participou, ela notou a quantidade e a diversidade de mulheres produzindo, compondo, tocando instrumentos e cantando, mas que muitas vezes, apesar do talento, não tinham acesso a selos, gravadoras ou à programação de festivais. “Em Porto Alegre ou em qualquer cidade do Brasil, a oferta dos principais palcos é majoritariamente protagonizada por homens”, afirma. Como contraponto, Alice propôs uma programação que apresentasse exclusivamente o trabalho de mulheres, a fim de chamar atenção para o que é produzido e muitas vezes ignorado ou preterido pelo circuito oficial da música.

Nas 13 edições do projeto, realizadas no bar Agulha, em Porto Alegre, o público lotou a casa para conhecer o trabalho de mais de 20 mulheres, em apresentações de artistas locais e também de criadoras com projeção na cena nacional, criando um espaço de visibilidade e troca de referências musicais, amparado por uma rede de apoio entre mulheres e conteúdo profissionalizante. Já participaram artistas como Letrux, Juçara Marçal, Luedji Luna, Labaq, Xênia França, Maria Beraldo, Larissa Luz, Juliana Perdigão, intervenções poéticas de Angélica Freitas, Mel Duarte, Luna Vitrolira, Crystal Rocha e as atrações locais Saskia, Raquel Leão, Veña, Pâmela Amaro, Thays Prado, As Aventuras e até uma banda se formou especialmente para uma edição do Concha, batizada de Enxame.

Para mais informações, acesse: facebook.com/projetoconchapoa

Sobre Natura Musical

Natura Musical é a principal plataforma de patrocínio da marca Natura. Desde seu lançamento, em 2005, o programa investiu R$ 132 milhões no patrocínio de 418 projetos – entre CDs, DVDs, shows, livros, acervos digitais e filmes. O último edital do programa neste ano selecionou 50 projetos em todo o Brasil, entre artistas, bandas e coletivos. Os trabalhos artísticos renovam o repertório musical do país e são reconhecidos em listas e premiações nacionais e internacionais.

A plataforma digital do programa leva conteúdo inédito sobre música e comportamento para mais de meio milhão de seguidores nas redes sociais. Em São Paulo, a Casa Natura Musical se tornou uma vitrine permanente para a rica e pulsante produção musical brasileira.

 

SERVIÇO

Projeto Concha apresenta Juliana Perdigão e Iara Rennó no Agulha

Quinta-feira, 17 de outubro de 2019

Local: Agulha – Rua Conselheiro Camargo, 300

Horários: O bar abre às 19h e a apresentação começa pontualmente às 22h

Ingressos (à venda  no sympla – http://bit.ly/conchadeoutubro)

Lote Promocional limitado – R$ 20 – apenas online;

1º lote Solidário* / Meia-entrada** – R$ 25 – na internet (com opção de boleto bancário);

2º lote Solidário* e na Hora/ Meia-entrada** – Solidário* / Meia-entrada** – R$ 35

* Solidário – Valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível ou itens de higiene pessoal, disponível para qualquer pessoa. As doações deverão ser entregues no Agulha, no momento da entrada ao evento.

** Meia-entrada – Para o benefício da meia-entrada (50% de desconto), é necessária a apresentação da Carteira de Identificação Estudantil (CIE) na entrada do espetáculo. Os documentos aceitos como válidos estão determinados na Lei Federal 12.933/13.

 

Workshop

Oficina de Produção Criativa Para Músicahttp://tiny.cc/601idz

Dias 22 e 23 de outubro, das 17h às 22h – IAB-RS (R. General Canabarro, 363).

A oficina de produção para eventos independentes acontecerá em duas tardes e será guiada de forma temporal baseada nas etapas da criação e construção de um projeto independente. Entre os tópicos trabalhados estão questões como conceito, originalidade, inclusão, vislumbramento de mercado, público-alvo, orçamento, possibilidades de captação, capacitação e formação de equipe eficiente e diversa. Com foco também na prática, a oficina também aborda planilhas de orçamento, construção de projeto e discussão dos projetos das alunas.

Alice Castiel é formada em Produção Audiovisual na PUCRS e trabalha com produção cultural desde 2010 na cidade de Porto Alegre. Depois de produzir alguns shows pontuais na cidade como Metá Metá(SP) e Graveola(MG), direcionou seu trabalho para a música e hoje em dia gerencia criativamente e operacionalmente o Projeto Concha, projeto voltado a sensibilização e a escuta de artistas mulheres. Com quase dois anos de vida, o Concha já recebeu artistas como Letrux, Juçara Marçal, Luedji Luna, Xenia França, Maria Beraldo, Tássia Reis, Anelis Assumpção, Três Marias, Paola Kirst entre tantas outras artistas. Alice também gerencia a Juba Cultural, produtora com foco em produzir e dar assessoria para bandas autorais e locais como Trabalhos Espaciais Manuais, As Aventuras, B.art e Pedro Cassel.

 

Brava Gastrobar promove primeira edição do evento “Parrilla y Vino”

parrillayvino_credito marcelo paulino

Evento ocorre na quinta, 10 de outubro, em parceria com a casa de carnes Six Dry Aged

 

Porto Alegre, 04 de outubro de 2019 – Na próxima quinta-feira, 10 de outubro, o Brava Gastrobar promove, em parceria com a Six Dry Aged, a primeira edição do evento Parrilla y Vino, a partir das 19h, no Pátio 24.

O encontro promoverá uma parrilla que oferecerá de porções individuais de carnes selecionadas uruguaias e do carro-chefe da Six – a carne Dry Aged. Para harmonizar, o Brava colocará opções de vinhos e espumantes em taça à venda.

Loja vizinha ao Brava, o Six Dry Aged é a primeira boutique de carnes de Porto Alegre a oferecer carnes maturadas pelo exclusivo método Dry Aged, que confere muito mais sabor e maciez à carne.

O evento tem entrada franca e ocorre até às 23h. O Pátio 24 fica na R. 24 de outubro n°1454. Mais informações: (51) 3307-4331 |facebook.com/BravaGastrobar | https://www.facebook.com/events/445786019392133/

Brava Gastrobar – Inaugurado em abril de 2018, o empreendimento apresenta uma experiência gastronômica única: aquela noite de queijos e vinhos que normalmente costuma acontecer em casa, agora tem um lugar com ambiente ideal para ocorrer. As tábuas com queijos, charcutaria, pães, castanhas e outros acompanhamentos são as protagonistas. Com oito tipos diferentes de tábuas no cardápio, o público encontra produtos premium vindos do Brasil, Itália, Alemanha, França, Dinamarca, Espanha e Holanda, harmonizadas pelo sommelier Vinícius Santiago, com mais de 50 rótulos de vinhos e espumantes e cervejas artesanais da Heilige de Santa Cruz do Sul.

Durante o dia a casa oferece cardápio de sanduíches com os frios disponíveis e também levar para casa as tábuas e os produtos à parte, além das opções de risotos no almoço. Também é possível contratar o serviço de tábuas personalizadas para eventos. A casa funciona de segunda a quarta-feira das 11h às 22h e de quinta-feira a sábado das 11h à meia-noite no Pátio 24 (R. 24 de outubro n°1454). Mais informações: (51) 3307-4331 |facebook.com/BravaGastrobar

Six Dry Aged é uma boutique de carnes especializada em carnes maturadas pelo exclusivo método Dry Aged, que confere muito mais sabor e maciez à carne. https://www.facebook.com/pg/sixdryaged

Parrilla y Vino – Brava Gastrobar e Six Dry Aged

10 de outubro, 19h

Entrada Franca

À venda churrasco na parrilla e vinhos e espumantes em taça

Pátio 24 – R. 24 de outubro n°1454

Show de Renato Borghetti Trio é transferido para 09 de novembro

RENATO BORGHETTI TRIO - Marcos Borghetti

 Atração do Festival de Primavera no Theatro São Pedro foi adiada devido a condições climáticas

Evento conta com patrocínio do Porto Alegre Airport e promove apresentações musicais e feiras ao ar livre nos sábados de outubro

O show de Renato Borghetti Trio, programado para este sábado, 05 de outubro, abrindo a programação do Festival de Primavera no Theatro São Pedro, foi transferido devido a condições climáticas para o dia 09 de novembro, com entrada franca.  As apresentações de Cachaça de Rolha e Cartas na Rua seguem programadas para os dias 19 e 26.

A edição 2019 do Festival de Primavera é um evento com patrocínio do Porto Alegre Airport, que promoverá durante em outubro e novembro um festival musical ao ar livre, com apresentações musicais e feiras, no final das tardes de sábado, nos dias 19 e 26 de outubro e 09 de novembro. Realizado na Concha Acústica e na Praça Multipalco Eva Sopher, o Festival de Primavera contará com apresentações de Cachaça de Rolha, Cartas na Rua e Renato Borghetti Trio.

Abrindo a programação, totalmente gratuita, o evento recebe no sábado, 19 de outubro, uma atração para os amantes do samba: sobe ao palco da Concha Acústica a banda Cachaça de Rolha, que apresenta grandes sucessos da história do samba, com as canções de Cartola, Clara Nunes, Adoniran Barbosa,Zeca Pagodinho, Beth Carvalho, entre outros. A Cachaça de Rolha é formada por Aquiles Dias (voz, violão 7 cordas), Enéias Brum (voz, cavaco), Martin Weiler (surdo), Thayan Martins (pandeiro), Josué Oliveira (percurssão) e Franco Salvadoretti (flauta). Neste sábado, o público poderá conferir também os expositores da Feira Multipalco a partir das 16h.

No dia 26 de outubro o projeto Cartas na Rua apresenta versões de clássicos do folk, blues, bluegrass e rock’n’roll, além de canções autorais. O grupo, formado por Pedro Ourique (baixo e voz), Marcelo da Luz (ukulele, slide, violão e voz), Neimar da Silva Machado (banjo, violão, harmônica e voz) e Jean Kartabil (mandolin, violão e voz), já lançou três álbuns e se apresenta pelas ruas de Porto Alegre. A Feira Multipalco também estará ocorrendo neste dia, a partir das 16h.

Encerrando a programação 2019 do Festival, no dia 09 de novembro, às 18h, o gaiteiro Renato Borghetti, apresentando a música regional gaúcha em formação acústica e delicada, ao lado da nova geração de músicos tradicionalistas: o incrível violão de sete cordas de Neuro Junior e o bumbo leguero de seu filho Pedro Borghetti. Neste sábado, o público poderá conferir também os expositores da Feira Vegana de Porto Alegre.

O Festival de Primavera tem o patrocínio do Porto Alegre Airport, administrado pela Fraport Brasil, com realização da Primeira Fila Produções em parceria com o Theatro São Pedro e apoio FM Cultura.

Para mais informações, acesse o site www.teatrosaopedro.com.br

 

 

Festival de Primavera 2019

19 e 26 de outubro e 09 de novembro

Das 18h às 20h, na Concha Acústica e Praça Multipalco Eva Sopher

 

PROGRAMAÇÃO GRATUITA

 

19 outubro I sábado I 18h

CACHAÇA DE ROLHA

grandes sucessos da história do samba

Em show da Cachaça de Rolha, todo mundo canta, todo mundo samba!

O repertório da banda é formado de grandes sucessos da história do samba.

A banda foi fundada em 2011 pelos irmãos Enéias e Aquiles, os dois cantores uniram-se a outros jovens sambistas para montar a Cachaça de Rolha: o flautista Franco, a pandeirista Thayan, o surdista Martin e o percussionista Josué.

Em pouco tempo, a Cachaça de Rolha se tornou uma referência na noite de Porto Alegre, sendo considerada uma das mais animadas bandas de samba da cidade.

Enquanto o mar inaugura um verde novinho em folha, argumentar com doçura numa cachaça de rolha.” A expressão Cachaça de Rolha vem do trecho da bela letra de Tarde em Itapuã, de Vinicius de Moraes. Um samba feito para retratar a leveza de quem aproveita as coisas simples da vida. A cachaça é um símbolo de brasilidade e uma cachaça de rolha demonstra o cuidado artesanal envolvido no processo original de fabricação da bebida. E é assim que a banda trata o samba de raiz: com respeito às suas características originais.

A Cachaça de Rolha apresenta o melhor do samba com os maiores sucessos de Cartola, Clara Nunes, Adoniran Barbosa, Caetano Veloso, Chico Buarque, Ivone Lara, Zeca Pagodinho, Beth Carvalho, Cartola, Paulinho da Viola, Vinicius de Moraes e vários outros bambas.

AQUILES DIAS, voz, violão 7 cordas e inspiração

ENÉIAS BRUM, voz, cavaco e empolgação

MARTIN WEILER, surdo e simpatia

THAYAN MARTINS, pandeiro e alegria

JOSUÉ OLIVEIRA, percussão e entusiasmo

FRANCO SALVADORETTI, flauta e energia

com presença da FEIRA MULTIPALCO neste dia, das 16 às 20h

 

26 outubro I sábado I 18h

CARTAS NA RUA

clássicos do folk e country

O projeto Cartas na Rua reúne quatro amigos que têm em comum o gosto pelo folk, blues, bluegrass, rock and roll e experimentalismo, com a proposta de levar versões de clássicos destas vertentes e trabalhos autorais ao público na rua.

A banda é composta por Pedro Ourique, baixo e voz, Marcelo da Luz, ukulele, slide, violão e voz, Neimar da Silva Machado, banjo, violão, harmônica e voz, e Jean Kartabil, mandolin, violão e voz.

Ao longo dos últimos quatro anos, 3 CDs foram gravados e várias participações em eventos em outros estados incluindo Argentina e Uruguai, programas de rádio, TV, e plataformas online aconteceram em função do trabalho. No terceiro disco, Salas, a banda propõe uma nova sonoridade, agregando ao som citações da música brasileira e latina e parcerias com músicos da cena de Porto Alegre.

Fazemos um pouco de arte. Sentimos os sorrisos e olhares. Tentamos distribuir cultura a qualquer preço.

JEAN KARTABIL, vocais, violão e mandolin

LESTER BORGES, vocais, banjo e harmônica

MARCELO DA LUZ, vocais e violão

PEDRO OURIQUE, vocais e baixo

com presença da FEIRA MULTIPALCO neste dia, das 16 às 20h

 

09 de novembro I sábado I 18h

RENATO BORGHETTI TRIO

música regional gaúcha

O gaiteiro Renato Borghetti, em formação acústica e delicada, se apresenta com a nova geração de músicos gaúchos: o incrível violão de sete cordas de Neuro Junior e o bumbo leguero de seu filho Pedro Borghetti.

Uma viagem pelo regional gaúcho e brasileiro na sonoridade da gaita mágica de Renato Borghetti.

RENATO BORGHETTI, gaita

NEURO JUNIOR, violão 7 cordas

PEDRO BORGHETTI, bumbo leguero

com presença da FEIRA VEGANA DE PORTO ALEGRE neste dia, das 16 às 20h

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

UM Bar&Cozinha promove programação musical na loja do Barra Shopping Sul

nani Medeiros

Shows ocorrem às quintas-feiras e sábados no restaurante localizado na zona sul de Porto Alegre

Loja da Mariland segue com atrações às quartas e sábados

 

O recém-inaugurado UM Bar&Cozinha no Barra Shopping Sul divulga sua programação musical, que conta com apresentações de música ao vivo às quintas-feiras e sábados. No mesmo formato da primeira loja, localizada na rua Mariland, o UM Barra recebe o Quinta com Bossa, apresentando um artista convidado acompanhado do Trio do UM, e o UM Piano Bar&Cozinha, com apresentações mais intimistas de voz e violão ou teclados. O mês de outubro traz Rê Adegas, Laura Dalmas, Nani Medeiros, Andrea Cavalheiro e Débora Neto, com apresentações às quintas a partir das 19h30 e sábados às 20h.

No UM Mariland, as noites musicais ocorrem às quartas e sábados, com atrações acompanhadas dos músicos da casa, grupo formado por Edu Saffi no contrabaixo acústico, Marquinhos Fê na bateria e Michel Dorfman ou Luiz Mauro Filho nos teclados. Durante este mês o público poderá conferir shows de Aline Stoffel, Rê Adegas, Débora Neto, Chico Padilha, Anaadi e Malu.

O Couvert Artístico é de R$ 25,00 e as reservas devem ser feitas pelo número (51) 4066-2054 (Barra) e (51) 3239.6751 (Mariland). O UM Barra Shopping Sul fica Av. Diário de Notícias, 300 – loja 2094 – Cristal e o UM Bar&Cozinha do bairro Mont Serrat fica na Av. Mariland, 1388.

 

PROGRAMAÇÃO MUSICAL UM BAR&COZINHA – OUTUBRO 2019

BARRA SHOPPING SUL

Quinta com Bossa

03.10 – Rê Adegas

10.10 – Laura Dalmas

17.10 – Andrea Cavalheiro

24.10 – Débora Neto

31.10 – Nani Medeiros

 

UM Piano Bar&Cozinha

05.10  – Rê Adegas

12.10 – Nani Medeiros

19.10 – Andrea  Cavalheiro

26.10 – Laura Dalmas

 

MARILAND

Quarta com Bossa

02.10 – Aline Stoffel

09.10 – Rê Adegas

16.10 – Chico Padilha

23.10 – Malu

30.10 – Anaadi

 

UM Piano Bar&Cozinha

05.10 – Aline Stoffel

12.10 – Débora Neto

19.10 – Anaadi

26.10 – Rê Adegas

 

 

Couvert Artístico R$ 25,00

Reservas

(51) 4066-2054 | Av. Diário de Notícias, 300 – loja 2094

(51) 3239.6751 | Av. Mariland, 1388

Facebook.com/umbarecozinha | Instagram @umbarecozinha

 

 

Letrux apresenta novo espetáculo dia 22 de outubro no Teatro da Unisinos

letrux_credito_Sillas-Henrique(3)

“Línguas e poesias” traz a compositora e cantora declamando poemas e apresentando versões de músicas em português, inglês, francês, espanhol e italiano

 

Porto Alegre, 30 de setembro de 2019 – Na terça-feira, 22 de outubro, às 20h30, Letrux retorna a Porto Alegre para única sessão de seu espetáculo inédito Línguas e Poesias, no Teatro da Unisinos. Após encerrar a turnê de seu primeiro disco, a compositora, cantora, atriz e escritora Letícia Novaes retorna à cidade para apresentar seu mais recente projeto, que estreou em fevereiro deste ano, no Clube Manouche, no Rio de Janeiro.

Em Línguas e Poesias, Letrux declama poemas próprios e de autores como Hilda Hilst, Sylvia Plath, Drummond e muitos outros, além de cantar em português, inglês, francês, espanhol e italiano. Com os músicos Thiago Vivas ao piano e Lourenço Vasconcellos no vibrafone, Línguas e Poesias é beleza e delicadeza no palco com a força e o talento de Letrux, uma das grandes artistas pop do país.

Com produção  local da Árido Produtora, os ingressos para “Línguas e Poesias” estão à venda pela plataforma Sympla – https://www.sympla.com.br/letrux—linguas-e-poesias__625081 com ingressos entre R$ 50,00 e R$ 160,00.

 

Árido Produtora apresenta Letrux em “Línguas e Poesias”

Terça-feira, 22 de outubro, às 20h30, no Teatro da Unisinos.

Ingressos à venda: https://www.sympla.com.br/letrux—linguas-e-poesias__625081

Primeiro Lote: R$ 50 – Meia*/Solidário**

Segundo Lote: R$ 65 – Meia*/Solidário**

Terceiro Lote: R$ 80 – Meia*/Solidário**

* Meia-entrada – Para o benefício da meia-entrada (50% de desconto), é necessária a apresentação da Carteira de Identificação Estudantil (CIE – http://bit.ly/docdoestudante) na entrada do espetáculo. Os documentos de estudante válidos estão determinados na Lei Federal 12.933/13.

** Solidário – Valor reduzido, disponível para qualquer pessoa, mediante a doação de um agasalho em bom estado ou 1kg de alimento não perecível. As doações deverão ser entregues na porta do teatro, na entrada ao evento.

*** Valores de Inteira: R$ 100,00 R$ 130,00 e R$ 160,00.

As portas do teatro serão abertas as 20:00.  Não haverá setores definidos ou lugares marcados. A ocupação se dará por ordem de chegada. Programe-se com antecedência e chegue cedo!

Produção: Árido Produtora

Parceria: Clandestina e Livraria Baleia

Apoio cultural: Laghetto Hotéis, Locare – Materiais e Cenografias para Eventos, Fatto Comunicações, Atelier de Massas, Bar do Beto

Assessoria de Imprensa – Bruna Paulin Assessoria de Flor em Flor

Primeira edição do Festival de Teatro para Crianças ocorre de 08 a 13 de outubro no Theatro São Pedro

A EXTRAORDINARIA AVENTURA ROMANTICA DE MIRANDA E LEO LOURIVAL 01 - Vilmar Carvalho

Programação conta com seis espetáculos e cinco atividades formativas

Parte das apresentações terão acessibilidade com tradução para LIBRAS

 

Porto Alegre, 30 de setembro de 2019 – O Ministério da Cidadania e Porto Alegre Airport apresentam a primeira edição do Festival de Teatro para Crianças, que ocorre de 08 a 13 de outubro no Theatro São Pedro. O evento surge com o compromisso de se tornar um festival cultural permanente da cidade de Porto Alegre, apresentando uma programação artística de qualidade voltada para os mais variados públicos infantis. Além dos espetáculos, o FESTECRI conta com atividades de formação e discussão sobre o trabalho artístico desenvolvido para as crianças, dirigido principalmente aos grupos de teatro local, ampliando oportunidades de atuação e o intercâmbio artístico.

Realizado no Theatro São Pedro, um dos mais importantes espaços culturais da cidade de Porto Alegre, a atividade tem foco nos estudantes do ensino fundamental da rede pública municipal e estadual, que podem agendar a sua participação gratuita, através das escolas, pelo email festecri.poa@gmail.com ou pelo contato no site do festival. Os espetáculos terão receptivo para as crianças com performance de palhaçaria, além de tradução para LIBRAS nas sessões da manhã. Com curadoria de Dilmar Messias, Diretor Artístico do São Pedro, o festival contará com 12 apresentações teatrais e cinco atividades formativas.

Com sessões às 10h e 15h, de terça a sexta, e às 11h e 16h, no sábado e domingo, o público poderá conferir os espetáculos Macbeth e o Reino Sombrio: Shakespeare para Crianças, do Coletivo Órbita, Orquestra de Brinquedos, O Enigma das Caixas, da Cia Halarde de Teatro, Expedição Monstro, da Cia Indeterminada, A Extraordinária Aventura Romântica de Miranda e Léo Lorival, da Cia Stravaganza e Picadeiro Faz de Conta da Cia Rústica.

Segundo Dilmar, “A formação de plateia se constitui em uma ferramenta fundamental de cultura, educação e civilização, e por isso iniciativas como a do Festival de Teatro para Crianças possui tanta importância”, afirma.

Entre segunda e sexta-feira, ocorrem as Atividades Formativas, sempre às 16h, na sala térreo do Theatro São Pedro. Na segunda, dia 07, ocorre o debate Curadoria em projetos para Crianças, que reúne os curadores Andréia Vigo, Dilmar Messias, Chris Dias e Michele Rolim para refletir sobre o tema da curadoria em projetos culturais para crianças. Os profissionais irão compartilhar suas experiências e conversar sobre os diversos pensamentos curatoriais praticados por eles no que diz respeito à infância. Na terça, ocorre o encontro do Centro Brasileiro Teatro para Infância e Juventude, com Cleiton Echeveste, presidente do Conselho de Administração, e Viviane Juguero, coordenadora do Núcleo Regional em Porto Alegre.

O jornalista, escritor, professor e crítico teatral Antonio Hohlfeldt ministra workshop Dramaturgia infantil no Brasil, na quarta, 09 de outubro. Já a dramaturga, pesquisadora, atriz e professora Viviane Juguero é a professora do workshop Especificidades dialógicas do teatro para infância, que ocorre na quinta. As atividades formativas encerram na sexta, 11 de outubro, com o workshop A tradução e a interpretação de LIBRAS no teatro – espetáculos acessíveis com a tradutora intérprete de LIBRAS e professora universitária Celina Xavier Neta. As atividades formativas têm entrada franca e as inscrições podem ser feitas, também, através do festecri.poa@gmail.com

Os ingressos para os espetáculos teatrais custam entre R$ 15 (meia) e R$ 30 (inteira), à venda na bilheteria e site do teatro – www.teatrosaopedro.com.br/ingressos

O Festival de Teatro para Crianças é apresentado pelo Ministério da Cidadania e Porto Alegre Airport. Conta com patrocínio Banrisul, Seja Vero e apoio cultural da Panvel Farmácias. O projeto é realizado pela Primeira Fila Produções, em parceria com o Theatro São Pedro, e financiado pela Lei de Incentivo à Cultura Federal. Além do apoio da TVE FM Cultura, CBTIJ, MOVE e KOMBINA.

MAIS INFORMAÇÕES: WWW.FESTECRI.COM

 

ESPETÁCULOS TEATRAIS

Theatro São Pedro

08 a 13 outubro

 

08 outubro | terça

10h com tradução para libras | 15h

MACBETH E O REINO SOMBRIO: SHAKESPEARE PARA CRIANÇAS

Coletivo Órbita – 50min

Os generais de guerra Macbeth e Banquo voltam vitoriosos de uma batalha contra a Noruega. Passando por um pântano, se deparam com três bruxas que fazem previsões sobre o futuro: “Macbeth será Barão de Cawdor e, futuramente, Rei. E Flaêncio, filho de Banquo, também será Rei”. Diante a profecia das bruxas, a ambição de Macbeth e sua esposa, Lady Macbeth, os leva a cometer uma traição, que desencadeará vários conflitos.

Vencedor Prêmio Tibicuera 2018 e Prêmio Braskem Em Cena 2019 categoria destaque

texto MACBETH DE WILLIAM SHAKESPEARE ǀ adaptação e direção JOÃO PEDRO DECARLI ǀ elenco CAMILA PASA, JOÃO PEDRO DECARLI e RODRIGO WASCHBURGER ǀ trilha sonora original e operação de som RAFAEL DECARLI ǀ criação e operação de luz BATHISTA FREIRE ǀ figurino e cenografia COLETIVO ÓRBITA

 

09 outubro | quarta | 10h e 15h

ORQUESTRA DE BRINQUEDOS

50min

Vestidos como soldadinhos de brinquedo, cinco talentosos músicos apresentam O Trenzinho do Caipira (Villa-Lobos), Alecrim, Marcha Soldado, o tema da Nona Sinfonia (Beethoven), Imagine (John Lennon) e outras composições conhecidas do público de todas as idades, com divertidos e criativos arranjos.

O espetáculo inicia como um cortejo, com os soldadinhos marchando pelo meio do público enquanto tocam sinos musicais. Na segunda parte, a Orquestra sobe ao palco e toca, de verdade, com instrumentos de brinquedo: guitarra, baixo, piano, trompete, acordeon e sinos musicais.

direção e arranjos YANTO LAITANO ǀ músicos YANTO LAITANO, FÁBIO “MUSKLINHO” LY, FILIPE NARCIZO, BETO CHEDID e BRUNA BALIARI ǀ músicos de apoio BIANCA RHODEN, MATHEUS HERRMAN, AMILTON RITZEL e RODRIGO MASSIA ǀ figurino criação e confecção DANIEL LION ǀ operação de som MARCELO BULLUM ǀ operação de luz MARGA FERREIRA ǀ cenário LU DELACROIX

 

10 outubro | quinta

10h com tradução para libras | 15h

O ENIGMA DAS CAIXAS

Cia Halarde de Teatro – 50min

Caixinhas do Sul era uma cidade que ficava nem perto nem longe. La vivia Joaquim, um menino que escrevia histórias na praça. Todos os dias as coisas aconteciam do mesmo jeito. Até que um dia…”

Qual o segredo das caixas? Por que exercem um fascínio tão grande? O mistério sobre seu conteúdo, a expectativa do momento da abertura, as infinitas possibilidades de tamanho e formato, tudo isso faz das caixas objetos particularmente atraentes na visão das crianças. A proposta do espetáculo é interagir, de forma lúdica e descontraída, com clássicos da literatura que falam sobre mitos (Pandora e Zeus) e obras que transcendem o seu tempo (O Pequeno Príncipe e Otelo).

É contada a história de Quim (Joaquim), um menino que vive em Caixinhas do Sul, e que gosta de criar e escrever aventuras. Certo dia, ele encontra um homem com um saco contendo várias caixas, o Senhor das Caixas, e delas são tiradas histórias que levam o menino a sonhar e criar outras histórias, remetendo o público a uma série de significações e intertextualidades.

direção PAULO GUERRA ǀ dramaturgia ELÔ FERNANDES e HELÔ BACICHETTE ǀ elenco CARLOS PAIXÃO, JONY PEREIRA, MAURÍCIO SCHNEIDER, RENATA STEIN, NETO FAGUNDES (voz off) ǀ figurino TITI LOPES ǀ cenografia JONY PEREIRA ǀ trilha sonora original BEN-HUR BORGES ǀ objetos cênicos em tecido ISOLDE e MAURÍCIO SCHNEIDER ǀ objetos cênicos em madeira JONY PEREIRA ǀ maquiagem SIL GOLLMANN ǀ iluminação ANILTON SOUZA ǀ arte SANDRO KA ǀ videomaker KETHYENE MEGINE SPERHACKE ǀ coreografia RENATA STEIN ǀ operação de som FABIO CUNHA ǀ letra adaptada “A felicidade cabe dentro de uma caixinha” SAMUEL SODRÉ e GERSON TOIGO ǀ assessoria psicopedagoga ANDRÉA KORENOWSKI URANGA ǀ realização CIA HALARDE DE TEATRO

 

11 outubro | sexta

10h com tradução para libras | 15h

EXPEDIÇÃO MONSTRO

Cia Indeterminada – 55min

Quatro crianças se juntam para uma emocionante expedição na floresta. Muito diferentes entre si, nesta aventura se deparam com um mundo novo, cheio de magia, diversão e criaturas estranhas. Na floresta, encontrarão um novo sentido para a palavra amigo e enfrentarão seus monstros e medos, reais e imaginários. Munidos com equipamentos e informações estratégicas, terão seus limites e habilidades testadas pelos enigmáticos monstros que habitam o local. Mas as crianças não precisam se preocupar, pois como todos os bons exploradores, têm a coragem correndo em suas veias!

Vencedor Prêmio Tibicuera 2018

Direção e Concepção O GRUPO ǀ Dramaturgia MATHEUS MELCHIONNA, a partir de improvisações colaborações do grupo ǀ Elenco ANA CAROLINE DE DAVID, BRUNA CASALI, DANUTA ZAGHETTO, LUIZ MANOEL DE OLIVEIRA, MAURÍCIO SCHNEIDER, PHILLIPE COUTINHO e SILVANA RODRIGUES ǀ Figurinos e Maquiagem CAMILA FALCÃO e MARI FALCÃO ǀ Trilha Sonora Original CARINA LEVITAN e GUILHERME CERON ǀ Cenografia RITA SPIER, RODOLFO RUSCHEINSKY e GRUPO ǀ Objetos Cênicos RITA SPIER ǀ Produção ANA CAROLINE DE DAVID, DANUTA ZAGHETTO e MAURÍCIO SCHNEIDER

 

12 outubro | sábado

11h com tradução para libras | 16h

A EXTRAORDINÁRIA AVENTURA ROMÂNTICA DE MIRANDA E LÉO LORIVAL

Cia Stravaganza – 60min

Nas Terras Médias, entre os reinos de Velda e Melra, enquanto acontece a dura Guerra dos Mil e Um Anos, Leo Lorival e Miranda apaixonam-se e juram amor eterno. Ambos, com seis anos de idade. Mas, as controvérsias do destino, os tumultos das lutas entre os povos e as tragédias do acaso sempre irão dificultar o cumprimento desta jura de amor. Com Leo Lorival, constantemente, em busca de Miranda, e Miranda à procura de Leo Lorival, até o encontro em que hão de se unir.

E – só para lembrar – esta peça contém um dragão!

dramaturgia original FLAVIO DE SOUZA ǀ direção ADRIANE MOTTOLA ǀ elenco DUDA CARDOSO, JANAINA PELIZZON e MIRIÃ POSSANI ǀ elenco coadjuvante RICARDO VIVIAN e FELIPE ZANCANARO ǀ cenografia YARA BALBONI ǀ figurino ANTONIO RABADAN ǀ iluminação e videografia RICARDO VIVIAN ǀ trilha sonora original FELIPE ZANCANARO ǀ Produção ADRIANE MOTTOLA, DUDA CARDOSO e LAURO RAMALHO ǀ realização CIA STRAVAGANZA

 

13 outubro | domingo

11h com tradução para libras | 16h

PICADEIRO FAZ DE CONTA

Cia Rústica – 45min

Montagem teatral que busca estimular a capacidade de imaginar juntos, pais e filhos. A peça celebra a brincadeira, a imaginação e a memória em um picadeiro onde tudo pode acontecer e todos podem ser o que quiserem. Brincando de “faz de conta”, os personagens Grandão, Faceira e Calma Leão nos convidam a inventar mundos e lembrar grandes artistas brasileiros.

Histórias, rimas, canções, jogos, bambolês, teatro, referências pop e o universo circense compõem esse picadeiro sensível e agitado que propõe um encontro festivo com o público.

direção PATRÍCIA FAGUNDES ǀ elenco DI NARDI, HEINZ LIMAVERDE e ROBERTA ALFAYA ǀ composição dramatúrgica PATRÍCIA FAGUNDES ǀ figurinos, cenografia e trilha pesquisada CIA RÚSTICA DE TEATRO ǀ cenografia RODRIGO SHALAKO ǀ assistência de produção DIEGO NARDI

 

 

ATIVIDADES FORMATIVAS

Theatro São Pedro I sala térreo

07 a 11 outubro

 

07 outubro I segunda I 16h às 18h

Curadoria em projetos para crianças

com ANDRÉIA VIGO, curadora do Cine Caramelo, CHRIS DIAS, escritora e curadora da Kombina, DILMAR MESSIAS, diretor de programação do Theatro São Pedro e MICHELE ROLIM, jornalista, crítica e Membro da Rede de Festivais Internacionais Brasileiros para Crianças e Jovens – FIBRA

O debate reúne os curadores Andréia Vigo, Chris Dias, Dilmar Messias e Michele Rolim para refletir sobre o tema da curadoria em projetos culturais para crianças. Os profissionais irão compartilhar suas experiências e conversar sobre os diversos pensamentos curatoriais praticados por eles no que diz respeito à infância.

público: profissionais da cultura, classe artística, curadores, educadores, escritores, estudantes e interessados no assunto

 

08 outubro I terça I 16h às 18h

Encontro do Centro Brasileiro Teatro para a Infância e Juventude – CBTIJ/ASSITEJ Brasil

com CLEITON ECHEVESTE, presidente do Conselho de Administração, e VIVIANE JUGUERO, coordenadora do Núcleo Regional em Porto Alegre

O tema principal do debate é a apresentação do CBTIJ/ASSITEJ Brasil, suas redes nacionais e internacionais, suas principais ações e projetos. Será abordada a importância das ações em rede, especialmente em um país com as dimensões do Brasil, com todos os desafios que a contemporaneidade e o nosso período histórico requerem.

público: profissionais do teatro, classe artística, educadores, produtores culturais, estudantes e interessados no assunto

 

09 outubro I quarta I 16h às 18h

Dramaturgia infantil no Brasil

com ANTONIO HOHLFELDT, jornalista, escritor, professor universitário e crítico teatral

workshop: abordar as origens da dramaturgia brasileira dirigida às crianças e, ao mesmo tempo, propor alguns valores e características dessa dramaturgia, destacando, especialmente, que não existe uma dramaturgia para crianças, mas várias dramaturgias para diferentes crianças.

público: profissionais do teatro, classe artística, escritores, educadores, estudantes e interessados no assunto

 

10 outubro I quinta I 16h às 19h

Especificidades dialógicas do teatro para a infância

com VIVIANE JUGUERO, dramaturga, pesquisadora, atriz e professora

workshop: o conhecimento sobre as especificidades das produções voltadas ao público infantil possibilita a realização de trabalhos fundamentados tanto artística quanto pedagogicamente. Além do embasamento necessário à criação artística, a formação de profissionais da área resulta em projetos mais qualificados, o que amplia as possibilidades de aprovação em editais de fomento.

público: profissionais do teatro, classe artística, educadores, produtores culturais, estudantes e interessados no assunto

 

11 outubro I sexta I 16h às 18h com tradução para libras

A tradução e a interpretação de LIBRAS no teatro – espetáculos acessíveis

com CELINA XAVIER NETA, tradutora intérprete de LIBRAS e professora universitária

workshop: desmistificar a LIBRAS e o trabalho do tradutor intérprete no teatro, criando um espaço de diálogo e de aproximação entre a classe artística e os TILSs (Tradutores e Intérpretes da Língua Brasileira de Sinais), profissional com formação, fluência e certificação para o exercício da atividade.

público: profissionais do teatro, classe artística, técnicos de luz e áudio, produtores culturais, educadores, estudantes de Artes Dramática ou de Letras-Libras, tradutores intérpretes de LIBRAS e interessados no assunto

 

EQUIPE

Curadoria: DILMAR MESSIAS

Concepção e Coordenação Geral: LETICIA VIEIRA e MICHELE MASTALIR

Atividades Formativas: ANDRÉIA VIGO, ANTONIO HOHLFELDT, CELINA XAVIER NETA, CHRIS DIAS, CLEITON ECHEVESTE, DILMAR MESSIAS, MICHELE ROLIM e VIVIANE JUGUERO

Atividades com Professores: VIVIANE JUGUERO

Atividades nas Escolas: FRANCISCO GICK e GUEGA PEIXOTO

Design Gráfico: UOU DESIGN

Site: FRANCISCO GICK

Redes Sociais: STEPHANIE EVALDT

Assessoria de Imprensa: BRUNA PAULIN – ASSESSORIA DE FLOR EM FLOR

Vídeo e fotografia: TOM PERES

Produção: DANIELA LOPES

Produção Administrativa: DANIELA MAZZILLI

Realização: PRIMEIRA FILA PRODUÇÕES

 

SERVIÇO

ESPETÁCULOS TEATRAIS

Theatro São Pedro

08 a 13 outubro

AGENDAMENTO GRATUITO PARA ESCOLAS PÚBLICAS E ENTIDADES SOCIAIS:

festecri.poa@gmail.com

INGRESSOS:

R$30 (inteira) | R$15 (meia) 

50% desconto: associados da AATSP; pessoas 60+; estudantes; pessoas com deficiência; jovens de baixa renda; doadores regulares de sangue; na entrega de 1 brinquedo e/ou 1 kit de material escolar para doação ao Programa CIRANDA (evento de Natal para crianças de lares e abrigos de Porto Alegre).

 

ATIVIDADES FORMATIVAS

Theatro São Pedro I sala térreo

07 a 11 outubro

INSCRIÇÕES GRATUITAS: festecri.poa@gmail.com

Blog no WordPress.com.

Acima ↑