Busca

Bruna Paulin

Assessoria de Flor em Flor

mês

outubro 2015

jornalcidade_24.10.15

oglobo_27.10.15

jornalnh_27.10.15

Ué Fest chega a Porto Alegre no dia 01 de novembro

 FANTOMATICOS_créditos Fábio Alt

Evento promovido pelo selo gaúcho ‘Ué Discos’ tem como atrações o artista Marcus Manzoni e as bandas Fantomaticos e Decoders.

No dia 01 de Novembro, o selo gaúcho Ué Discos (www.uediscos.com.br) promove a segunda edição da Ué Fest em Porto Alegre. Fundada em julho de 2014, a gravadora têm se destacado por lançar músicos com material autoral e que se preocupam em produzir gravações de qualidade. Hoje já fazem parte do cast oito artistas que produzem de forma constante e que tem chamado a atenção da mídia.

Para celebrar a boa fase, foi criada a Ué Fest, evento itinerante que já passou por Ijuí e agora chega em Porto Alegre, para nos próximos meses, passar por outras cidades do RS. A ideia é apresentar um pouco do que está sendo produzido pelo cast: o público poderá conferir as apresentações das bandas Fantomaticos (Porto Alegre), Decoders (Ijuí) e do músico Marcus Manzoni (Santiago). O evento ocorre no Rock’n’Soul (Rua João Alfredo, 555).

Após a tour de lançamento de ‘Keep Calm’, os Fantomaticos retornam a capital e neste show prometem uma pré-estreia do seu próximo single – ‘Vale’. Esse trabalho foi gravado no Bunker Studio, tem duas músicas e explora um lado mais acústico da banda. A música que dá nome ao disco já tem seu clipe gravado e será lançado em breve.

A Decoders nasceu como um trio em 2009 e é a atração local do evento. Seu primeiro trabalho, “Rock In Trio”, foi lançado em 2013 com cinco canções. Rock direto, simples, cru, e tentando apresentar o som de forma sincera, tanto nas letras como na forma de tocar. Em 2014, agora como quarteto, produziram um novo CD, com oito canções inéditas, e as faixas do primeiro demo como bônus. A tônica é empolgação juvenil, devaneio e alguma nostalgia, imprimindo uma pegada direta com uma pitada de psicodelia aqui e ali.

Marcus Manzoni é compositor, produtor musical, cantor e instrumentista. Iniciou sua carreira artística bastante cedo, com 12 anos de idade (2000). Em 2013, lançou o álbum intitulado “2 Anos Depois”, de forma totalmente independente, e foi indicado pelo site Embrulhador.com para a lista “Os Melhores da Música Brasileira de 2013”. Em 2015 veio o segundo álbum, “Acoustic Sundays, Volume 1”, que é uma compilação de 15 músicas acústicas e inéditas, que foram compostas, gravadas e lançadas, durante 15 domingos consecutivos, entre 22 de março e 28 de junho de 2015, em um experimento acústico bastante amplo.

Os ingressos custam R$ 10,00 no local, a festa inicia às 21h e promove, além dos shows, sorteio de CDs e camisetas e muita música boa. As entradas podem ser adquiridas antecipadas pelo site: https://www.sympla.com.br/ue-fest–porto-alegre__47061

Ué Fest  / Rock’n’Soul (Rua João Alfredo, 555) / 01 de Novembro, Domingo / 21h

Ingresso – R$ 10,00 no local

folhadesp_26.10.15

zh_26.10.15

Ópera do Malandro tem apresentações no Teatro do Bourbon Country nos dias 07 e 08 de novembro

Prime_ÓPERA DO MALANDRO-60_leoaversa

Musical de Chico Buarque conta com direção de João Falcão

Chega a Porto Alegre nos dias 07 e 08 de novembro, o musical Ópera do Malandro, com direção de João Falcão. Talvez a obra mais emblemática da carreira de Chico Buarque, a Ópera do Malandro já pode ser considerada um clássico do teatro musical brasileiro. Quase quatro décadas após a estreia original (1978), o malandro – como diz uma das célebres canções – surgiu na praça outra vez em uma nova montagem, que estreou em julho de 2014 no Rio de Janeiro.

A atual versão tem elenco basicamente masculino, com uma única atriz, Larissa Luz. O cantor Moyseis Marques faz Max Overseas e o grupo de atores que se formou em ‘Gonzagão – A Lenda’ se reencontra em cena para dar continuidade à pesquisa sobre musicais brasileiros e à parceria com João Falcão.

Inspirado em A Ópera do Mendigo (1728), de John Gay, e em A Ópera dos Três Vinténs (1928), de Bertolt Brecht e Kurt Weill, o musical conta a história do contrabandista Max, que casa em segredo com Teresinha, filha de Duran, poderoso dono de bordéis e cabarés da Lapa dos anos 1940. “Chico foi a figura artística que mais me influenciou. A ‘Ópera’ é um mito, um desafio imenso para o diretor, ao lidar com canções eternas da música popular brasileira e com um texto que marcou época”, conta Falcão, que já assinou a dramaturgia – com Adriana Falcão – e a direção de ‘Cambaio’, cuja trilha foi especialmente composta por Chico e Edu Lobo em 2001.

Ainda que bastante fiel ao texto, a concepção de João para o musical é original, ao convocar homens para todas as personagens femininas da peça. Já Larissa Luz, única mulher do elenco, vive João Alegre, uma espécie de narrador e comentarista da trama. “Colocar atores para interpretar mulheres vem ao encontro de uma tradição teatral secular e também com uma antiga pesquisa minha”, explica o diretor, responsável por ‘inverter os gêneros’ em outros trabalhos, como a série ‘Sexo Frágil’ (TV Globo) e em peças como ‘Mamãe Não Pode Saber’ e ‘Gonzagão – A Lenda’’.

Foi justamente o elenco do musical inspirado na trajetória de Luiz Gonzaga que motivou João a trabalhar com a ‘Ópera’. Depois de uma extensa turnê nacional e com mais de cem mil espectadores, o grupo que se formou – elenco, produção e direção – quis dar continuidade com o trabalho e agora repete a parceria.

Para esta nova montagem, Falcão pinçou músicas do espetáculo original e também do álbum ‘Malandro’, de Chico, e do filme homônimo, dirigido por Ruy Guerra em 1985. No roteiro, as clássicas ‘Folhetim’, ‘Teresinha’, ‘O Meu Amor’, ‘Geni e o Zepelim’ e ‘Pedaço de Mim’ se misturam a canções menos conhecidas do cancioneiro buarqueano, como ‘Sentimental’, ‘Hino da Repressão’ e ‘Uma Canção Desnaturada’.

As apresentações em Porto Alegre estão marcadas no Teatro do Bourbon Country. No sábado, a sessão inicia às 21h, no domingo, às 19h. Os ingressos estão à venda com valores entre R$ 100,00 e R$ 150,00.

FICHA TÉCNICA

ADAPTAÇÃO E DIREÇÃO – JOÃO FALCÃO
DIREÇÃO MUSICAL – BETO LEMOS
DIREÇÃO DE PRODUÇÃO E IDEALIZAÇÃO – ANDRÉA ALVES
ELENCO –  ADRÉN ALVES, ALFREDO DEL PENHO, BRUCE DE ARAÚJO, DAVI GUILHERMME, EDUARDO LANDIM, EDUARDO RIOS, FÁBIO ENRIQUEZ, GUILHERME BORGES, LARISSA LUZ,  RAFAEL CAVALCANTI, RENATO LUCIANO, RICCA BARROS E THOMÁS AQUINO. APRESENTANDO: MOYSEIS MARQUES

CENOGRAFIA – AURORA DOS CAMPOS

FIGURINOS – KIKA LOPES

ILUMINAÇÃO – CESAR DE RAMIRES

COREOGRAFIA – RODRIGO MARQUES

PROJETO DE SOM – FERNANDO FORTES

VISAGISMO – UIRANDÊ DE HOLANDA

ASSISTENTE DE DIREÇÃO – CLAYTON MARQUES
PREPARAÇÃO VOCAL – MARIA TERESA MADEIRA

PROGRAMAÇÃO VISUAL – GABRIELA ROCHA

MÚSICOS: BETO LEMOS (violão, rabeca, bandolim, viola e guitarra), DANIEL SILVA (violoncelo e baixo elétrico), RICK DE LA TORRE (bateria e percussão), ROBERTO KAUFFMANN (teclado e acordeon), FREDERICO CAVALIERE (clarineta) e DUDU OLIVEIRA (flauta, sax e bandolim).

PRODUÇÃO LOCAL – PRIMEIRA FILA PRODUÇÕES

ASSESSORIA DE IMPRENSA LOCAL – BRUNA PAULIN – ASSESSORIA DE FLOR EM FLOR

Ópera do Malandro

07 e 08 de novembro | Sábado, 21h, domingo, 19h

Teatro do Bourbon Country – Av. Tulio de Rose, 80

VALORES DOS INGRESSOS

Galerias – R$ 100,00

Mezanino – R$ 120,00

Plateia Alta – R$ 130,00

Camarote – R$ 150,00

Plateia Baixa – R$ 150,00

CANAIS DE VENDA OFICIAIS
*sujeito a taxa de conveniência

Ingresso Rápido – Call Center
4003-1212
De segunda a sábado, das 9h às 22h, e domingo, das 12h às 18h.

Bilheteria do Teatro do Bourbon Country
Av. Túlio de Rose, 80 / 301 – Porto Alegre, RS.
De segunda a sábado, das 10h às 22h, e domingo e feriados, das 14h às 20h.

Universidade Feevale – Campus II – Rua Coberta
ERS-239, 2755 – Novo Hamburgo, RS.
(051) 3271-1208
De segunda a sexta-feira, das 13h às 21h, e sábado, das 9h às 14h.

Bourbon Shopping NH – Quiosque Teatro Feevale /2º andar
Centro – Av. Nações Unidas, 2001 – Novo Hamburgo.
De segunda a sábado, das 12h às 22h.

Agência Brocker Turismo – Gramado
Av. das Hortênsias, 1845 – Gramado, RS.
(054) 3286-5405
De segunda a sábado, das 9h às 18h30min, e feriados, das 10h às 15h.

DESCONTOS

50% de desconto para sócios do Clube do Assinante RBS – limitado a 100 ingressos.

50% de desconto para titulares do Bourbon Card e Zaffari Card – limitado a 100 ingressos;

50% de desconto para titulares do Cartão Alelo, na compra de um ingresso pago com o Cartão Alelo Cultura, adquirido somente na bilheteria do Teatro – limitado a 100 ingressos;

40% de desconto para participantes do programa de fidelidade Km de Vantagens (Ipiranga) em qualquer setor para as sessões definidas previamente. Desconto não cumulativo, válido apenas para compras através do site da Ingresso Rápido. Estoque limitado de ingressos.

10% de desconto na compra de um ingresso pago com o Cartão Alelo Cultura, nos demais ingressos – apenas para compras na bilheteria do Teatro;

10% de desconto para os demais titulares do Clube do Assinante.

10% de desconto para titulares do Bourbon Card e Zaffari Card, nos demais ingressos. Válido somente pela Bilheteria do Teatro do Bourbon Country.

Seriado “Mister Brau” no jornal O Globo de hoje

oglobo2_25.10.15

oglobo_25.10.15

zerohora_24.10

Blog no WordPress.com.

Acima ↑