Busca

Bruna Paulin

Assessoria de Flor em Flor

mês

setembro 2014

42º Remate Guatambu, Alvorada e Caty acontece no dia 03 de outubro na Estância Guatambu, em Dom Pedrito – RS

remate(2)_credito_alexandreteixeira

Evento é o maior remate Hereford e Braford do Brasil, com oferta de 600 animais

Tradicional e reconhecido pela qualidade genética dos animais em pista, o remate Guatambu, Alvorada e Caty chega a sua 42ª edição no mesmo ano em que dobra sua oferta em relação à edição anterior, com 600 animais, mantendo o patamar de maior remate Hereford e Braford do Brasil. O evento, que ocorre no dia 03 de outubro, sexta-feira, inicia às 10h30, na Estância Guatambu, em Dom Pedrito, RS. A antecipação do horário foi definida pela organização, devido à necessidade de mais tempo para colocar todos os animais ofertados em pista.

Com expectativa de receber mais de 500 pessoas, o evento conta com intensa programação, que ocorre no pavilhão com estrutura completa e recentemente finalizada para remates da Estância Guatambu com excelentes acomodações, cuja inauguração ocorrerá no dia 03. Pela manhã, ocorre o leilão de 400 novilhas prenhes de touros melhoradores, como o Trevo, grande campeão Braford da Expointer 2013, que estará em exposição para o público.

Ao meio-dia, os convidados participam de almoço, com assado de carne P.Hereford. Às 14h, inicia a oferta de 200 touros Polled Hereford e Braford de excepcional qualidade, resultado de um trabalho pioneiro de melhoramento genético.

Um dos principais diferenciais dos animais que estarão em pista é a seleção por DEPs. Os DEPs (Diferencial Esperado de Produção) são os índices genéticos dos animais para características como crescimento, precocidade, fertilidade e as características de carcaça.

“Em termos de qualidade, teremos touros com índices genéticos para produção de carne superiores e com teste de progênie em andamento, o que é um grande diferencial. Além disso, todos os animais são carrapateados e contam com seguro de vida de quatro meses”, revela o diretor-proprietário da Guatambu, Valter José Pötter.

O evento conta com clientes fiéis desde 1979, o que revela satisfação com o produto e atendimento prestados, ressaltando a tradição em qualidade dos animais e no serviço pós-venda. A oferta qualificada atrai muitos pecuaristas não só da região, mas de todas as partes do Brasil, em busca da qualidade genética dos animais que tradicionalmente são vendidos. “São produtores que buscam o melhoramento de seus plantéis com animais extremamente produtivos e adaptados ao campo, como é o caso de nossa genética”, destaca Pötter, acrescentando que tais características são resultantes de longos anos de seleção genética por produtividade efetiva.

Os participantes do leilão também poderão conferir uma programação especial na Guatambu Estância do Vinho, com visitação à vinícola e degustação de vinhos e espumantes.  O evento terá transmissão e vendas online pelo Canal Boi e C2 Rural, e o martelo ficará a cargo da Knoor e Central Leilões.

SOBRE A ESTÂNCIA GUATAMBU

Situada em Dom Pedrito, no coração do pampa gaúcho, a Estância Guatambu é uma empresa familiar dedicada a gerar produtos primários e agroindustriais.

Com aptidão de solo e clima privilegiados, a estância produz uma grande diversidade de produtos. Destaca-se pela utilização de tecnologia de ponta, tanto na agricultura quanto na pecuária, sendo suas atividades centradas na integração de ambas. A pecuária de corte é desenvolvida com bovinos Polled Hereford e Braford, em ciclo completo, e ovinos Texel. Os produtos desta atividade são touros reprodutores superiores e carne de alta qualidade proveniente de animais precoces abatidos dos 14 aos 24 meses de idade, além dos cordeiros pampeanos. Na agricultura, destaca-se a produção de arroz irrigado, milho irrigado com pivô central, soja, sorgo, sementes forrageiras e uvas viníferas.

zh_25.09.14

correiodopovo_25.09.14

Lançamento do espetáculo “Barbie Fuck Forever” ocorre no dia 28 de setembro, no Vila Flores

barbie_credito_luholiveira

Com data de estreia agendada para 23 de outubro, o espetáculo “Barbie Fuck Forever” tem evento de lançamento no próximo domingo, dia 28 de setembro no Centro de Arte, Cultura e Negócios Vila Flores, no bairro Floresta.

A experiência cênica é uma parceria entre a artista Aline Jones e o projeto Exorcismos Urbanos do grupo Nômade (http://exorcismosurbanos.com/site/#/home/). A performance coreográfica irá exorcizar o espaço da Vila Flores. Por meio da materialização da Boneca Barbie, objetiva-se questionar sobre a beleza e suas regras e estereótipos.

A diretora e o elenco receberão convidados para falar discutir o tema e apresentar o projeto, com shows, performances, batalha de Hip Hop, projeções de vídeos e exposição da Escola de Fotografia Danny Bittencourt, que produziu ensaios com os atores-bailarinos da montagem.

A programação inicia às 17h e segue até às 22h. O ingresso é R$ 5,00. Na ocasião, público poderá conferir os curtas-metragens “A Princesa” e “O Caçador” de Rafael Duarte e Taisa Marques.

Encontro Festivo Barbie Fuck Forvever

Dia 28 de setembro, das 17h às 22h

Vila Flores – Rua Hoffman, 477

Ingresso R$ 5,00

Pocket-shows:

– Toxic Twins

– Flavio Aquino e Leonardo Galli

– Ramiro Macedo

– Flores por Flores

– Pedro Valdez

– Lico Silveira

– Eduardo Laurent

– Amantes da Rainha

Exposição da Escola de Fotografia Artística Danny Bittencourt.

Exibição dos Curtas-metragens “A Princesa” e o ”O Caçador” de Rafael Duarte e Taisa Marques.

Vila Flores Battle 2014 Hiphop: FlowJackson, Mathias Martin, Driko, Aluisio Gustavo, Ezequiel Felipe, Dioy Viana

Santander Cultural promove Concurso Cultural Moacyr Scliar – Contos Revisitados para alunos do ensino médio da rede pública estadual

Moacyr-Scliar_créd Lisette-Guerra

Parceria entre as Secretarias Estaduais da Cultura e Educação premiará alunos da rede pública estadual de Porto Alegre, São Leopoldo, Canoas e Gravataí.

 

Porto Alegre, 24 de setembro de 2014 – O Santander Cultural, em parceria com as Secretarias Estaduais da Cultura e Educação lança nesta sexta-feira, dia 26 de setembro, o Concurso Cultural Moacyr Scliar – Contos Revisitados para alunos do ensino médio da rede pública estadual vinculados a 1ª (Porto Alegre), 2ª (São Leopoldo), 27ª (Canoas) e 28ª (Gravataí) Coordenadorias Regionais de Ensino (CRE). O projeto integra as atividades relacionadas à mostra Moacy Scliar – o Centauro do Bom Fim, em cartaz no Santander Cultural até 16 de novembro, com entrada franca.

O concurso propõe que os alunos desenvolvam redações que tenham como tema norteador do texto o primeiro parágrafo de um dos contos publicados por Moacyr Scliar. O tema deve estar articulado com as atividades desenvolvidas em sala de aula, conforme o nível de ensino de cada participante. Cada texto inscrito deve ser impresso em folha tamanho A4 e conter até quatro laudas, em fonte Arial tamanho 11 e espaçamento 1,5 linhas.

Com apoio da Câmara Brasileira do Livro, as inscrições são gratuitas e ocorrem de 26 de setembro a 31 de outubro. Consultas ao regulamento, acessível nos sites www.iel.rs.gov.br; www.cultura.rs.gov.br e www.educacao.rs.gov.br

A premiação será no dia 4 de dezembro. O concurso premiará o melhor texto com notebooks para a escola e o professor e tablet para o aluno. Os segundo e terceiro lugares também ganharão tablets.

Informações: e-mail: scultura@santander.com.br e fones: (51)3288-4785 e/ou (51)3288-4793.

 Mariele Salgado Duran | Relações com a Imprensa Santander

assessoria@marielesalgado.com.br

Bruna Paulin | Assessora de imprensa Prana Filmes

brunapaulin@gmail.com

Guatambu na imprensa

jc_24.09.14correiodopovo_21.09.14zh_22.09.14zh_19.09.14folhadosul3_19.09.14 folhadosu2_19.09.14

cruzeirodosul2_21.09.14jc_22.09.14

Petrobras apresenta – A Borralheira, uma opereta brasileira no Theatro São Pedro nos dias 04 e 05 de outubro

borralheira_credito_daltonvalerio

Depois de apresentar o premiado musical “O barbeiro de Ervilha”, adaptação para crianças da ópera “O Barbeiro de Sevilha” – de Gioacchino Rossini, nas cidades de Recife, São Paulo e Salvador, a Petrobras agora apresenta nas cidades de Belo Horizonte e Porto Alegre outra premiada adaptação infantil do célebre compositor: “A Borralheira, uma opereta brasileira”.

O espetáculo é uma adaptação para crianças da famosa ópera cômica italiana La Cenerentola ossia La bontà in trionfo (A Cinderela ou O triunfo da bondade).  Sucesso de público e de críticas recebeu sete indicações ao Prêmio Zilka Sallaberry 2012 (A mais importante premiação de Teatro Infantil na cidade do Rio de Janeiro organizado pelo CEPETIN – Centro de Pesquisa e Estudo do Teatro Infantil) nas categorias: Melhor Espetáculo, Melhor Direção, Melhor Produção, Melhor Música, Melhor Cenário, Melhor Figurino e Melhor Iluminação, recebendo os prêmios de Melhor Produção e Melhor Música. Além disso, foi recomendado pela revista Veja Rio como um dos melhores espetáculos em cartaz na cidade do Rio de Janeiro no ano de 2012.

Adaptado por Vanessa Dantas (que também adaptou “O barbeiro de Ervilha” para os palcos infantis) e dirigido por Fabianna de Mello e Souza (integrante da consagrada companhia francesa Le Théâtre du Soleil entre os anos de 1997 e 2006), o espetáculo conta aproximadamente 60 minutos de duração e classificação livre. Sua concepção artística transpõe a obra original para o contexto da cultura popular brasileira. De Salerno, Itália, a história é adaptada para uma cidade fictícia do Sertão de Minas Gerais. A ambientação mineira tem como propósito trazer à cena uma atmosfera onírica operística popular enquanto a melodia de Rossini, grande mestre na arte de emocionar, guia-nos às mais densas emoções.

A direção musical – mantendo-se fiel aos temas melódicos de Rossini – sugere o encontro entre música clássica e popular, associando arranjos da ópera com os ritmos da música popular brasileira e mineira. O elenco é composto por sete atores-cantores, que interpretam as personagens principais, e sete atores-cantores-músicos, que interpretam o belíssimo Coro (Grande responsável pela força da música e por acentuar os pontos mais emocionantes da dramaturgia). Os números musicais são tocados e cantados ao vivo ao som de diversos instrumentos: violão, violoncelo, viola, acordeão, xilofones, clarinete, flauta doce e transversa, tambores do divino, alfaia, xequerês e outros instrumentos de percussão.

O cenário e os figurinos inspirados na Europa do final do século XVIII e começo do XIX, mas trazidos para o Brasil no estilo do barroco mineiro e do rococó, trazem à baila a mesma qualidade das grandes e luxuosas produções operísticas. Os cenários, traçados como se fossem grandes croquis, são retratados através de desenhos, pinturas e esculturas inspirados nas obras de Mestre Ataíde e de Aleijadinho. Os figurinos, em unidade com o cenário, são trabalhados artesanalmente com bordados e pinturas feitas à mão.

Os ingressos custam R$ 20,00 e R$ 10,00 e estão à venda na bilheteria do teatro. As apresentações ocorrem às 20h nos dois dias de temporada.

SERVIÇO

A Borralheira, uma opereta brasileira

Dias 04 e 05 de outubro, às 20h

Local: Theatro São Pedro

Pc Mal Deodoro, s/n

Informações: : 3227 5100 / 3227 5300

Valor: R$20,00 (inteira) R$ 10,00 (meia)

Capacidade: 600 lugares

Duração: 60 minutos

Classificação: livre

Ficha Técnica

“A Borralheira, uma opereta brasileira”

Adaptação Teatral do Libreto e Concepção Artistica Vanessa Dantas

Direção Fabianna de Mello Souza

Direção Musical e Arranjos Wladimir Pinheiro

Direção de Movimento Marcia Rubin

Elenco

Anna Bello, Julia Gorman, Hugo Kerth, Marino Rocha, Vanessa Dantas, Marcello Sader, Wladmir Pinheiro, Arthur Rozas, Gustavo Sabatiê, Kiko do Valle, Rafael Tavares, Saulo Vignoli, Thomas Nogueira

Cenografia, Objetos de Cena, Esculturas e Desenhos Glauco Bernardi

Figurinos, Adereços Heloisa Frederico

Iluminação Aurélio de Simoni

Preparação Vocal Marcello Sader

Supervisão Vocal Mirna Rubim

Assistente de Dir. Musical Marcello Sader

Design de Som Marcelo Claret

Fotografia Dalton Valério

Administração / Coordenação e Produção Verônica Prates

Equipe Porto Alegre

Assessoria de Imprensa: Bruna Paulin – Assessoria de Flor em Flor

Cenotécnica – responsável local: Iuri Wander

Sonorização: responsável técnico local: Rodrigo Rheinheimer

Apoio Cultural: Porto Seguro

aplateia2_19.06.14

Blog no WordPress.com.

Acima ↑