Busca

Bruna Paulin

Assessoria de Flor em Flor

Tag

Teatro do SESC

Ministério da Cultura e Petrobras apresentam espetáculo infantil Terremota em Porto Alegre e Gravataí

terremota_maria-clara-diniz2

Com apresentações gratuitas, projeto também oferece intérprete de libras nas apresentações e encontro de dramaturgia, que ocorrem no mês de novembro

 

Chega ao Rio Grande do Sul a premiada peça infantil Terremota, de São Paulo, com Jackie Obrigon e Guto Togniazollo. A montagem, escrita e dirigida pelo dramaturgo Marcelo Romagnoli, o mesmo da Bandamirim, conta com o patrocínio do Programa Petrobras Distribuidora de Cultura, via Lei Rouanet, e tem como objetivo proporcionar a circulação de peças teatrais não inéditas pela Região Sul do país. O público de Porto Alegre e Gravataí poderá conferir as apresentações que ocorrem nos dias 16 e 23 de novembro no Teatro do Sesc, 19 no Teatro Bruno Kiefer, na Casa de Cultura Mario Quintana e dia 18 no Sesc Vale do Gravataí.

Terremota conta a história de Maria, menina que mora com seu Tio Bigode e passa muito tempo sozinha com o gato Platão dentro de casa, onde observa o mundo através da janela da sala. Depois que uma tempestade frustra os planos da família de ir à praia, Maria decide, então, proclamar sua própria República – a Terremota – e virar a Maria Terremota Primeira. Ali ela manda, desmanda e conta com a ajuda do tio e do gato na brincadeira.

“Isso revela a relação de poder entre adultos e crianças. Quem ensina quem? Maria realmente questiona o mundo adulto e se torna a dona do apartamento”, conta Romagnoli. Ele acrescenta que a personagem foi inspirada nas personagens Mafalda, do argentino Quino, e Pippi Meialonga, da escritora sueca Astrid Lindgren, por serem “libertárias e revolucionárias”.

Maria é interpretada pela premiada atriz Jackie Obrigon, que há poucos meses esteve em Porto Alegre com o espetáculo adulto Galileu Galilei. Acostumada a atuar para crianças desde o começo de sua carreira, ela acredita que esse é o verdadeiro trabalho de formação de público. “É uma plateia mais sincera, reage na hora, joga junto, você precisa estar inteiro porque eles estão, e não aceitam qualquer coisa”, ressalta a atriz. Terremota já levou os prêmios da Associação Paulista dos Críticos de Arte, em 2012, como Melhor Texto, e o Coca-Cola Femsa 2012 – Melhor Atriz e Melhor Texto.

O projeto inclui, ainda, um encontro direcionado a educadores, escritores, dramaturgos, estudantes, atores e interessados. Intitulado Caminhos da dramaturgia para crianças no Brasil, o objetivo é trocar e debater experiências, formas e conteúdos sobre a dramaturgia jovem atualmente feita no Brasil, seus avanços, resultados e dificuldades. A atividade, com entrada franca, tem duração de duas horas e é comandado por Marcelo Romagnoli, Jackie Obrigon e Guto Togniazollo. Em Porto Alegre o evento está agendado para 20 de novembro, das 15h às 18h, na sala Hermes Mancilha na Casa de Cultura Mario Quintana. Inscrições devem ser feitas com inscrições e informações Viviana Schames 519137-1990 vivi.schames@gmail.com. Em Gravataí, o encontro será no dia 17, das 17h às 20h. As inscrições devem ser realizadas através do fone: 51 3497-6174 (falar com Fernanda ou Jhonatan).

Tanto as apresentações quanto o encontro são gratuitos e a peça conta ainda com intérprete de LIBRAS, o que torna o ambiente cultural inclusivo e democrático.

 

Ficha Técnica

TERREMOTA

Texto e direção: Marcelo Romagnoli

Com: Jackie Obrigon e Guto Togniazzolo

Cenário e Luz: Marisa Bentivegna

Figurinos: Cláudia Schapira

Música composta: Tata Fernandes e Dr Morris

Trilha Sonora: Dr Morris

Produção Musical e arranjos: Dr Morris

Adereços: Ivaldo de Mello

Fotos : Maria Clara Diniz 

Stan in:Milena Gasparetti e Fábio D’Arrochella.

Técnico de luz: Jean Marcel

Teacnico de som :Bruno Garcia

Direção de Produção: Jackie Obrigon

Concepção  e realização : Jackie Obrigon e Marcelo Romagnoli

Assessoria de imprensa local: Bruna Paulin – Assessoria de Flor em Flor

Duração: 50 minutos

Recomendação etária: livre

 

Sinopse

Maria é uma menina corajosa e esperta que mora com o tio Bigode e o gato Platão. Sua maior diversão é analisar o mundo pela janela. Num feriado, o tio resolve viajar, mas uma forte chuva atrapalha os planos.  A menina fica indignada e prepara uma revolução: inventa um outro mundo na sala de casa e funda a República Terremota.

 

Serviço:

Terremota – Apresentações em Porto Alegre

Teatro do Sesc (Av. Alberto Bins, 665 – Centro)

Apresentações: 16/11 – 15h e 20h | 23/11 – 15h e 20h

 

Teatro Sesc Vale do Gravataí (Rua Anápio Gomes, 1241 – Centro)

Encontro de Dramaturgia – 17/11 das 17h às 20 h – inscrições e informações Viviana Schames 519137-1990 vivi.schames@gmail.com

Apresentações – 18/11 às 15h e 20h

 

Casa de Cultura Mario Quintana (Rua dos Andradas, 736 – Centro Histórico)

Apresentação – 19/11 às 16h – Teatro Bruno Kiefer

Encontro de Dramaturgia – 20/11 das 15h às 18h – inscrições e informações Viviana Schames 519137-1990 vivi.schames@gmail.com – Sala Hermes MancilhaTodas as atividades têm entrada franca e serão acompanhadas por intérprete de LIBRAS

correiodopovo_26.11.15.jpg

“Tóin – dança para bebês” tem apresentações no Mês da Criança

toin1_credito_stefanitelles

Espetáculo dirigido para bebês de zero a três anos e seus cuidadores promove sessões no Instituto Ling, Teatro do Sesc, Theatro São Pedro e Livraria Cultura

Após integrar a programação de aniversário do SESC Palladium em Belo Horizonte, o espetáculo Tóin – dança para bebês comemora o Mês das Crianças com apresentações no Instituto Ling, Teatro do Sesc, Theatro São Pedro e Livraria Cultura.

Tóin é realizado pela Muovere Cia. de Dança de Porto Alegre, dirigido por Jussara Miranda e Diego Mac, e composto de duas atividades: um espetáculo seguido de uma oficina, que estreou em 2012. Destinado para bebês e acompanhantes, o espetáculo é inspirado em livros imagens da literatura infantil, poemas, vídeos da internet e histórias de infância contadas pelos bailarinos.  O público também participa de uma “oficininha”, onde bebês e acompanhantes se juntam aos bailarinos para brincar de dançar, coordenada pela bailarina e tradutora de libras Joana Amaral.
Sambalelê, Rodamoínho, Menina Flor, Dança das mãos, dos cabelos e dos Palitos são algumas das músicas compostas por Marcelo Delacroix e Beto Chedid para as coreografias inspiradas nos personagens do espetáculo: Menina Flor, Menino Mola, Homem Ventania e Menina Papel. Os figurinos de Antonio Rabadan foram criados a partir da simplicidade e efeitos refletivos, bem como os bonequinhos que acompanham a oficininha. A iluminação de Mauricio Moura dá o tom da brincadeira, e Jussara Miranda e Diego Mac cuidam da delicadeza das formas e movimentos, traduzindo o encantamento de personagens no encontro com os jogos e brincadeiras coreografadas. No elenco estão os bailarinos Joana Amaral, Carini Pereira, Eduardo Richa,  Nilton Júnior e Didi Pedone.
Vencedor do Prêmio Funarte Klauss Vianna 2011, Tóin foi o primeiro projeto no gênero “dança” dedicado para os bebês, tendo realizado mais de 150 apresentações para um público de 10.000 pessoas.

A programação especial do Mês da Criança inicia com apresentações no Instituto Ling no dia 04 de outubro, às 15h e 17h. Nos dias 10 e 11, o público poderá conferir Tóin no Teatro do Sesc, às 16h. No Dia da Criança, a dança para bebês está marcada para às 14 e 16h no auditório da Livraria Cultura, e nos dias 24 e 25, no Theatro São Pedro, com sessões às 11h e 15h no sábado e às 15h no domingo.

Para saber mais, acesse: https://dancaparabebes.wordpress.com/

 

Serviço:

INSTITUTO LING
Dia 04 de outubro – 15h e 17h
Ingressos: R$ 40,00 | 50% – 0 a 15 anos, estudantes e idosos, mediante comprovação.
À venda no site do Instituto Ling e no local, uma hora antes do espetáculo
Endereço: R. João Caetano, 440 – Três Figueiras, Porto Alegre – RS, 90470-260
Telefone: (51) 3533-5700
Estacionamento gratuito; fraldário; ambiente climatizado e estacionamento para carrinhos

TEATRO DO SESC RS
Dias 10 e 11 de outubro – 16h
Ingressos: R$ 40,00 | 50% – 0 a 15 anos, estudantes e  idosos, mediante comprovação.
Pontos de venda antecipada a partir de 28/09 nos locais:

Livraria Bamboletras – Rua Lima e Silva, 776 – fone 3221-8764

Café do Duque – Rua Duque de Caxias -1354 –  fone 3254-0308

Ingressos já disponíveis através do site: http://www.entreatosdivulga.com.br/#!tin—dana-para-bebs/c1a7s

E no local, uma hora antes do espetáculo.
Estacionamento próximo, Fraldário, Ambiente climatizado, Estacionamento para carrinhos
AUDITÓRIO DA LIVRARIA CULTURA
Dia 12 de outubro – 14h e 16h
Ingressos: R$ 40,00 | 50% – 0 a 15 anos, estudantes e  idosos, mediante comprovação.
Pontos de venda antecipada  partir de 28/09 nos locais:

Livraria Bamboletras – Rua Lima e Silva, 776 – fone 3221-8764

Café do Duque – Rua Duque de Caxias -1354 –  fone 3254-0308

Ingressos já disponíveis através do site: http://www.entreatosdivulga.com.br/#!tin—dana-para-bebs/c1a7s

E no local, uma hora antes do espetáculo.

(Estacionamento Shopping Bourbon; fraldário próximo à livraria; ambiente climatizado e estacionamento para carrinhos)

THEATRO SÃO PEDRO- SALA DE EXPOSIÇÕES
Dia 24/ sábado: sessões 11h e 15 horas
Dia 25/ domingo: sessão única – 15h
Ingressos: R$ 40,00 | 50% – 0 a 15 anos, estudantes e idosos, mediante comprovação.
À venda na bilheteria do teatro a partir de 25/09. E uma hora antes do espetáculo
Praça Mal. Deodoro, S/N – Centro Histórico. Telefone (51) 3227-5100
(Estacionamento anexo ao teatro; fraldário; ambiente climatizado e estacionamento para carrinhos de bebês)

Saiba Mais:

 

Sobre a Muovere Cia de Dança

Fundada em 1989, a Muovere Cia de Dança Contemporânea atua nas atividades de produção, fomento, formação e pesquisa em dança. Em seu repertório constam 18 produções de espetáculos, 05 performances de rua, 05 projetos de inclusão social.
O interesse por trabalhar com a dança para bebês surgiu em 2008, por conta da pesquisa de mestrado realizada pela mentora e diretora Jussara Miranda, na região de Andaluzia/Espanha, quando foi possível verificar ações dirigidas à pequena infância.

Ao identificar a carência de programas artísticos originais destinados ao público de bebês, a Muovere Cia adotou a tarefa de mediar esse encontro, resultando no Tóin, uma proposta inovadora e inédita no Rio Grande do Sul.

Entre os principais Prêmios recebidos, constam:

PRÊMIO FUNARTE KLAUSS VIANNA/ 2014

PRÊMIO FUNARTE ARTES DE RUA/ 2012

PROCULTURA/ MINC 2011

PRÊMIO FUNARTE DE DANÇA KLAUSS VIANNA/ MINC (2006 e 2011)

PRÊMIO INCENTIVO A PRODUÇÃO CULTURAL/ IEACEN (02 edições)

PRÊMIO INTERAÇÕES ESTÉTICAS: RESIDÊNCIA ARTÍSTICA EM PONTOS DE CULTURA/MINC (2008, 2009, 2010)

FUMPROARTE/ SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA DE PORTO ALEGRE/ SMC (2010, 2011)

PRÊMIO AÇORIANOS DE DANÇA/ SMC (1983, 1986, 1989, 2001, 2004 e 2005)

CIRCULAÇÃO FUNARTE/ MINC (2005)

EM CENA BRASIL/ MINC (2001, 2003)

Jogo da Memória na imprensa

correiodopovo_11.08.14 jc_11.08.14 zerohora_11.08.14

Jogo da Memória tem apresentações no Teatro do Sesc nos dias 11 e 12 de agosto

jogo_da_memória_credito_lisa_roos

Espetáculo integra Mostra Teatro Sarcáustico 10 Anos

 

O espetáculo infantil Jogo da Memória tem apresentações no Teatro do Sesc nos dias 11 e 12 de agosto, às 15h. A montagem, vencedora do Troféu RBS Cultura 2008 de Melhor Espetáculo Infantil pelo Júri Popular e de quatro Prêmios Tibicuera em 2008, integra a programação da Mostra Teatro Sarcáustico 10 Anos, que segue até o final de agosto.

Usando improvisação, projeções de vídeo e sombra chinesa o Teatro Sarcáustico apresenta um espetáculo infantil baseado nas recordações de cada um dos integrantes do grupo. Jogo da Memória conta a história de cinco amigos que decidem fugir de casa quando descobrem que um deles vai ter que mudar de cidade, agora que seu irmão foi contratado para ser jogador de futebol de um grande time nacional.

A montagem revela às crianças que o fato de crescer é tarefa deliciosa – e essencial – na vida de todas as pessoas. Segundo a orientadora pedagógica do projeto, Patrícia Salge Lessa, “Jogo da Memória se propõe a criticar o preconceito e a nos mostrar o lado bonito da infância, ao tratar destas “diferenças” como meros acontecimentos irrelevantes que podem ser superados com muito companheirismo e lealdade à amizade verdadeira”.

A inclusão acontece de maneira natural, da forma mais pura e singela, e constrói uma amizade entre Bochecha, Cabelo, Leleco, Ju e Prego apta a vencer os problemas surgidos, munindo-os de muita alegria, honestidade e coragem, despertando em nós uma sensação de vivacidade própria das crianças.

Os ingressos custam R$ 30,00, com descontos para classe artística, estudantes e idosos. Turmas e escolas têm descontos especiais, através de agendamento pelo email sarcaustico@gmail.com. Para saber mais sobre a programação da Mostra Teatro Sarcáustico 10 Anos, acesse: http://teatrosarcaustico.blogspot.com.br/

Saiba Mais

Ficha Técnica

Direção e Dramaturgia: Daniel Colin

Assistência de Direção: Aline Grisa

Elenco: Daniel Colin, Douglas Dias, Eder Ramos, Guadalupe Casal e Ricardo Zigomático

Orientação Pedagógica: Patrícia Salge Lessa

Figurino: Valquíria Cardoso

Cenografia: Teatro Sarcáustico

Iluminação: Felipe Vieira de Galisteo

Trilha Sonora Original: Bruno Westermann e Lauro Pecktor

Vídeos: Paula Pinheiro

Assessoria de Imprensa: Bruna Paulin – Assessoria de Flor em Flor

Produção e Realização: TEATRO SARCÁUSTICO

Sobre o Teatro Sarcáustico

O Teatro Sarcáustico foi fundado em 2004 por formandos do curso de Artes Cênicas da UFRGS. Nestes 10 anos de trabalho continuado, o grupo criou espetáculos ousados e impactantes como os sucessos Wonderland e o que M. Jackson encontrou por lá (Prêmios Açorianos e Braskem em Cena de Melhor Espetáculo e Direção, dentre outros) e Breves Entrevistas com Homens Hediondos (Prêmio Braskem em Cena de Melhor Espetáculo). Em 2014, o Sarcáustico completa 10 anos de pesquisa continuada em artes cênicas, cujo trabalho vem se especializando em espetáculos realizados em espaços não-convencionais, com dramaturgias originais e atmosferas performáticas. O repertório conta com cinco espetáculos adultos, dois infantis, um projeto de performances urbanas e um performance audiovisual-transmídia. O Teatro Sarcáustico atualmente é um dos grupos residentes do projeto “Usina das Artes” (PM Porto Alegre).

MOSTRA TEATRO SARCÁUSTICO 10 ANOS
JOGO DA MEMÓRIA

11 e 12 de agosto, às 15h.
Teatro do Sesc – Av. Alberto Bins, 665
Ingressos: R$30,00 (50% de desconto para artistas, estudantes e melhor idade) – Turmas e escolas têm descontos especiais, através de agendamento por email: sarcaustico@gmail.com

O Sobrado tem apresentação gratuita em Passo Fundo

O SOBRADO - foto de Bet+ónia Dutra. 09

Grupo Cerco promove turnê pelo Rio Grande do Sul patrocinada pela SULGÁS e chega a Passo Fundo no dia 20 de novembro 

O Grupo Cerco apresenta no dia 20 de novembro o espetáculo O Sobrado em Passo Fundo, no Teatro do SESC. A sessão, com entrada franca, através da doação espontânea de 1 kg de alimento não perecível, tem patrocínio da SULGÁS através do Ministério da Cultura – Lei Rouanet e integra uma turnê por quatro cidades do Estado.

O Grupo passou por Campo Bom e Caxias do Sul e encerra a turnê em Porto Alegre, nos dias 28, 29 e 30 de novembro e 01 de dezembro. O Sobrado é uma adaptação cênica de sete capítulos da obra literária O Continente, que integra a trilogia O Tempo e o Vento, de Erico Verissimo, com direção de Inês Marocco.

A ação se passa em 1895, quando o chefe político republicano Licurgo Cambará se encontra sitiado em sua casa, junto à sua família e correligionários, sob o cerco de tropas federalistas. Fechados no sobrado durante dez dias, com pouca comida, água e munição, os personagens da trama relacionam-se em um meio perturbado e agonizante, enquanto a morte se faz presente dentro e fora da casa. Nesse ambiente angustiante, Licurgo resiste à invasão dos maragatos e, intolerante, se recusa a pedir trégua aos inimigos. Permeiam nessa obra-prima da literatura gaúcha o patriarcalismo, o belicismo, a relação com a terra e a presença forte e constante das mulheres, fazendo o espectador vislumbrar a formação da sociedade gaúcha.

Apontado pela crítica como um dos destaques do teatro gaúcho desde o ano de sua estreia, O Sobrado conquistou seis importantes prêmios e o reconhecimento da sua qualidade artística, dando ao Grupo Cerco destaque no cenário gaúcho. No elenco, Anildo Michelotto, Celso Zanini, Elielto Rocha, Elisa Heidrich, Isandria Fermiano, Manoela Wunderlich, Kaya Rodrigues, Luís Franke, Marina Kerber, Martina Fröhlich, Philipe Philippsen, Rita Maurício e Rodrigo Fiatt. A montagem tem iluminação de Cláudia de Bem, cenografia de Élcio Rossini e figurinos de Rô Cortinhas.

A apresentação acontece às 20h, com entrada franca através da doação espontânea de 1kg de alimento não perecível. Ingressos antecipados no local ou na bilheteria uma hora antes do espetáculo.

Ficha técnica

Autor: Erico Verissimo

Direção: Inês Marocco

Elenco: Anildo Michelotto, Celso Zanini, Elielto Rocha, Elisa Heidrich, Isandria Fermiano, Manoela Wunderlich, Kaya Rodrigues, Luís Franke, Marina Kerber, Martina Fröhlich, Philipe Philippsen, Rita Maurício e Rodrigo Fiatt

Assistência de direção: Isandria Fermiano, Kalisy Cabeda e Rodrigo Fiatt

Dramaturgia: Celso Zanini, Elisa Heidrich, Isandria Fermiano, Marina Kerber, Mirah Laline e Rodrigo Fiatt

Trilha sonora original: Celso Zanini, Luís Franke, Martina Fröhlich e Philipe Philippsen

Adaptação e criação: Grupo Cerco

Cenografia: Élcio Rossini

Figurinos: Rô Cortinhas

Iluminação: Cláudia de Bem

Arte gráfica: Karine Adiers

Coordenação administrativa: Daniela Lopes

Assessoria de imprensa: Bruna Paulin

Realização: Grupo Cerco

Produção Executiva: Daniela Lopes e Rodrigo Fiatt

Duração do espetáculo: 1h45min

Classificação: 14 anos

Saiba Mais

O Grupo Cerco, criado em 2008, trabalha com a pesquisa de linguagem e encontra na transposição da literatura para a cena um caminho para a investigação da linguagem teatral. O Grupo tem como marca processos experimentais e colaborativos, onde o ator ou “ator/autor” tem a possibilidade de trabalhar em diferentes frentes de criação que vão além da atuação, buscando soluções estéticas inovadoras para trazer força aos conteúdos que apresenta.

 Prêmios conquistados:

– 4º Prêmio Braskem em Cena de Melhor Espetáculo pelo Júri Oficial

– 4º Prêmio Braskem em Cena de Melhor Espetáculo pelo Júri Popular

– Prêmio Açorianos 2009 de Melhor Direção

– Prêmio Açorianos 2009 de Melhor Dramaturgia

– Prêmio Açorianos 2009 de Melhor Ator Coadjuvante

– Troféu RBS Cultura 2009 de Melhor Espetáculo pelo Júri Popular

Alguns comentários e críticas sobre a peça:

“O Sobrado foi uma grande surpresa. Consegue ser extremamente teatral (…) e ao mesmo tempo fiel ao texto original. Gostei muito.”

Luís Fernando Verissimo, por e-mail.

 

“O Sobrado reúne qualidades de sobra para já ser considerado um dos destaques da temporada em Porto Alegre. O Sobrado merece ser visitado.”

Renato Mendonça, Zero Hora.

 

“Eis um espetáculo digno, admirável e surpreendente sob todos os pontos de vista.”

“… tudo está correto, inteligente e sensível.”

“Este é um espetáculo para se ver sempre, muitas vezes, e com o coração nas mãos.”

Antônio Hohlfeldt, Jornal do Comércio.

“O que chama atenção na montagem é a medida, a economia, a precisão (…), sobretudo na interpretação e na composição dos personagens.”

“(…) eles convencem. Prendem a atenção. Fazem-nos cativos da narrativa. Divertem. Emocionam. Não percam!”

Luiz Paulo Vasconcellos, Revista Aplauso.

 

Serviço

O Sobrado em Passo Fundo

20 de novembro, 20h

Teatro do SESC – Av. Brasil, 30 – Centro

Entrada franca com a doação espontânea de 1 kg de alimento não perecível. Ingressos antecipados no local ou na bilheteria 1 hora antes nos dias das apresentações.

Agendamento para grupos e instituições: osobradocirculacao@gmail.com ou 51 8436.5552.

Blog no WordPress.com.

Acima ↑