Busca

Bruna Paulin

Assessoria de Flor em Flor

Tag

Sessão Acessível

Cinemateca Capitólio Petrobras recebe duas Sessões Acessíveis no mês de setembro

dWWsTe4Q

Exibições integram a programação especial 2019 que conta com 26 atividades e patrocínio master da Petrobras. A produção cultural é da Fundacine RS e Prefeitura Municipal de Porto Alegre

O público poderá conferir com entrada franca os longas “Mulher do Pai” (21/09) e “Djon África” (28/09)

 

A Cinemateca Capitólio Petrobras promove duas Sessões Acessíveis no mês de setembro, com entrada franca. As exibições dos longas-metragens Mulher do Pai e Djon África integram as dez sessões acessíveis da programação especial da Cinemateca Capitólio Petrobras com patrocínio master da Petrobras e produção cultural da Fundacine e Prefeitura Municipal de Porto Alegre, através da Coordenação de Cinema e Audiovisual da Secretaria da Cultura. No dia 21 de setembro, às 14h, o público poderá conferir Mulher do Pai, de Cristiane Oliveira. Já no dia 28, também às 14h, é a vez de Djon Àfrica, dirigido por Filipa Reis e João Miller Guerra. As atividades contam com interpretação em Libras feita pela Ovni Acessibilidade Universal, parceira cultural do projeto.

Mulher do Pai, filmado no interior do Rio Grande do Sul, traz para as telas o trabalho de Marat Descartes e Maria Galant como protagonistas da trama que conta a história de Ruben e Nalu, pai e filha que moram no campo, perto da fronteira entre Brasil e Uruguai. Quando Ruben percebe que a filha, aos 16 anos, já é uma mulher, uma perturbadora proximidade surge entre os dois. O estranhamento inicial dá lugar ao ciúme quando Rosario, uma atraente uruguaia, ganha espaço na vida de ambos.

Djon Àfrica, dirigido por Filipa Reis e João Miller, conta a história de Miguel “Tibars” Moreira, mais conhecido como Djon Africa, filho de cabo-verdianos, que nasceu e cresceu em Portugal. Sem conhecer seu pai, ele acaba descobrindo que ele mora em Tarrafal, e decide aventurar-se à sua procura.

As sessões acessíveis da Programação Especial 2019 da Cinemateca Capitólio Petrobras contam com legendagem descritiva, audiodescrição e libras. Além desta atividade, o projeto engloba oito mostras de cinema, quatro eventos “Noites na Cinemateca”, duas masterclasses e duas exposições relacionadas ao acervo da Cinemateca. “O projeto como um todo reforça a vocação da Cinemateca como um espaço de cinefilia e reflexão crítica do cinema clássico e contemporâneo e como um local de referência na preservação do audiovisual garantindo a difusão do seu acervo ao público. “Estamos também muito felizes com a realização da programação acessível que vem ampliar a democratização do acesso à Cinemateca garantindo a inclusão de pessoas com deficiências”, afirma Andreia Vigo, diretora da Cinemateca Capitólio Petrobras.

A bilheteria abre 30 minutos antes de cada sessão, para distribuição de senhas. A Cinemateca Capitólio Petrobras fica na Rua Demétrio Ribeiro 1085 – Esq. com Borges de Medeiros. Mais informações (51) 3289 7453 | http://www.capitolio.org.br | facebook.com/cinemateca.capitolio

 

Cinemateca Capitólio Petrobras recebe duas Sessões Acessíveis no mês de agosto

IMG_5819

Exibições integram a programação especial com 26 atividades com patrocínio master da Petrobras e produção cultural da Fundacine e Prefeitura Municipal de Porto Alegre

 

Público poderá conferir no dia 10 de agosto “Ponto Zero” e no dia 31 “Pela Janela”, com entrada franca

 

Porto Alegre, 06 de agosto de 2019 – Duas Sessões Acessíveis ocorrem no mês de agosto na Cinemateca Capitólio Petrobras. As exibições dos longas-metragens Ponto Zero e Pela Janela integram as dez sessões acessíveis da programação especial da Cinemateca Capitólio Petrobras com patrocínio master da Petrobras e produção cultural da Fundacine e Prefeitura Municipal de Porto Alegre, através da Coordenação de Cinema e Audiovisual da Secretaria da Cultura. No dia 10 de agosto, às 14h, o público poderá conferir com entrada franca Ponto Zero, de José Pedro Goulart, seguido de bate-papo com a presença de Aletéia Selonk, produtora executiva do filme. Já no dia 31, também às 14h, é a vez de Pela Janela, dirigido por Caroline Leone. As atividades contam com interpretação em Libras feita pela Ovni Acessibilidade Universal, parceira cultural do projeto.

Ponto Zero é o primeiro longa-metragem do cineasta José Pedro Goulart, um dos protagonistas da “Primavera do Curta Brasileiro”, nos anos 1980, quando dirigiu os filmes O Dia em que Dorival Encarou a Guarda (com Jorge Furtado) e O Pulso, ambos premiados em festivais nacionais e estrangeiros. Filmado em Porto Alegre na ordem em que o roteiro foi escrito, Ponto Zero relata as angústias de um garoto de 14 anos, às voltas com o bullying que sofre na escola e que se sente um estranho na própria casa. Estrelado pelo estreante Sandro Aliprandini, o filme conta com Eucir de Souza, Patrícia Selonk e Larissa Tavares no elenco. Recebeu os prêmios de Melhor Montagem e Melhor Som no Festival de Gramado 2015 e foi selecionado para a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo e para a Mostra Competitiva do Biffan – Festival Internacional de Filmes Fantásticos na Coreia do Sul.

Pela janela é dirigido pela estreante Caroline Leone. Magali Biff e Cacá Amaral são os protagonistas do filme que ganhou o prêmio Fipresci no Festival de Rotterdam, o Prêmio Especial do Júri no Washington, DC International Film Festival e o Prêmio de Melhor Filme no XIII Panorama Internacional Coisa de Cinema, em Salvador. O filme conta a história de Rosália, uma operária de 65 anos que dedicou a vida ao trabalho em uma fábrica de reatores, na periferia de São Paulo. Ela é demitida, e, deprimida, é consolada pelo irmão José, que resolve levá-la a Buenos Aires em uma viagem de carro. Na viagem, Rosália vê pela primeira vez um mundo desconhecido e distante de sua vida cotidiana, iniciando uma jornada de libertação e transformação interior.

As sessões acessíveis da Programação Especial 2019 da Cinemateca Capitólio Petrobras contam com legendagem descritiva, audiodescrição e libras. Além desta atividade, o projeto engloba oito mostras de cinema, quatro eventos “Noites na Cinemateca”, duas masterclasses e duas exposições relacionadas ao acervo da Cinemateca. A Cinemateca Capitólio Petrobras conta, em 2019, com o Projeto Cinemateca Capitolio Petrobras – Programação Especial 2019, aprovado na Lei Rouanet/ Governo Federal, realizado pela Fundação Cinema do RS – Fundacine e possui patrocínio master da Petrobras.

“O projeto como um todo reforça a vocação da Cinemateca como um espaço de cinefilia e reflexão crítica do cinema clássico e contemporâneo e como um local de referência na preservação do audiovisual garantindo a difusão do seu acervo ao público. Estamos também muito felizes com a realização da programação acessível que vem ampliar a democratização do acesso à Cinemateca garantindo a inclusão de pessoas com deficiências”, afirma Andreia Vigo, Diretora da Cinemateca Capitólio Petrobras.

A bilheteria abre 30 minutos antes de cada sessão, para distribuição de senhas. A Cinemateca Capitólio Petrobras fica na Rua Demétrio Ribeiro 1085 – Esq. com Borges de Medeiros. Mais informações (51) 3289 7453 | http://www.capitolio.org.br | facebook.com/cinemateca.capitolio

Cinemateca Capitólio Petrobras promove Sessão Acessível e Masterclass sobre produção criativa no sábado, 27 de julho

historietas-1

 

Atividades integram a programação especial com patrocínio master da Petrobras e produção cultural da Fundacine e Prefeitura Municipal de Porto Alegre

 

No sábado, 27 de julho, a Cinemateca Capitólio Petrobras promove Sessão Acessível e Masterclass sobre produção criativa.  As duas atividades integram a programação especial da Cinemateca Capitólio Petrobras com patrocínio master da Petrobras e produção cultural da Fundacine e Prefeitura Municipal de Porto Alegre, através da Coordenação de Cinema e Audiovisual da Secretaria da Cultura.

A animação Historietas Assombradas é a quarta das dez sessões acessíveis que ocorrem até novembro no Capitólio. Pepe mora com sua avó, uma bruxa fazedora de poções, desde que era um bebê. Após descobrir que seus pais estão vivos, decide sair em busca deles, mas acaba atraindo a atenção de Edmundo, um vilão que precisa de Pepe para alcançar a imortalidade. O filme tem sessão gratuita às 14h e conta com interpretação em Libras feita pela Ovni Acessibilidade Universal, parceira cultural do projeto. As sessões acessíveis da Programação Especial 2019 da Cinemateca Capitólio Petrobras contam com legendagem descritiva, audiodescrição e libras e a bilheteria abre 30 minutos antes da sessão, para distribuição de senhas.

Durante a manhã, das 09h às 12h, ocorre a masterclass Produção Criativa em Cinema, ministrada pelo produtor Rodrigo Teixeira, da RT Features. No Brasil, esteve à frente de longas-metragens como O Cheiro do RaloTim MaiaAlemãoHelenoAbismo Prateado e O Animal Cordial. No mercado internacional, produziu premiados filmes como Me Chame Pelo Seu NomeFrances HaLove e A Bruxa. Teixeira apresenta os segredos por trás dos seus filmes de sucesso e conta os principais aprendizados e desafios da sua carreira como produtor de cinema e curador. As inscrições já estão esgotadas.

A Masterclass faz parte das ações do projeto Cinemateca Capitólio Petrobras – Programação Especial 2019. Tratam-se de duas grandes aulas, nas quais profissionais de cinema de renome internacional irão compartilhar suas experiências de forma crítica e reflexiva. Ambos os cursos, com duração de 3h, abordarão o processo criativo na realização cinematográfica, com ênfase a aspectos particulares de cada profissional convidado.

“As masterclasses ampliam a atuação da Cinemateca como espaço de fruição e reflexão do cinema ao trazer profissionais diretamente envolvidos na concepção e na realização de filmes numa possibilidade muito rica de troca com o público e em especial com estudantes e profissionais de cinema de Porto Alegre. Estamos também muito felizes com a realização da programação acessível que garante a

democratização do acesso e a inclusão de pessoas com deficiências visuais e auditivas à programação da Cinemateca”, afirma Andreia Vigo, Diretora da Cinemateca Capitólio Petrobras.

A Cinemateca Capitólio Petrobras fica na Rua Demétrio Ribeiro 1085 – Esq. com Borges de Medeiros. Mais informações (51) 3289 7453 | http://www.capitolio.org.br | facebook.com/cinemateca.capitolio

Sobre o filme

Sinopse:

Pepe mora com sua avó, uma bruxa fazedora de poções, desde que era um bebê. Após descobrir que seus pais estão vivos, decide sair em busca deles, mas acaba atraindo a atenção de Edmundo, um vilão que precisa de Pepe para alcançar a imortalidade.

 LIBRAS (Ficha técnica)
Intérprete: Regiane Pereira
Revisão: Thaisy Payo
Captação e Edição: Camilla Fuente

Masterclass Produção Criativa de Cinema

O produtor Rodrigo Teixeira apresenta os segredos por trás dos seus filmes de sucesso e conta os principais aprendizados e desafios da sua carreira como produtor de cinema e curador. Rodrigo revela os caminhos para viabilizar projetos audiovisuais de impacto e como torná-los produtos atrativos ao mercado. Cinéfilo e leitor compulsivo, ele conta como a compra de direitos autorais de obras literárias contribuiu para que ele desse saltos exponenciais em sua carreira internacional. Da escolha das histórias até o lançamento nas salas de cinema, o curso acompanha a trajetória do mestre em aulas que trazem cases de sucesso, processos de financiamento, plano de negócios, relação com estúdios, distribuidores, diretores e parceiros.
Rodrigo Teixeira é fundador da RT Features e um dos mais proeminentes produtores brasileiros da atualidade. No Brasil, esteve a frente de longas-metragens como O Cheiro do RaloTim MaiaAlemãoHelenoAbismo Prateado e O Animal Cordial. No mercado internacional, Rodrigo produziu premiados filmes como Me Chame Pelo Seu NomeFrances HaLove e A Bruxa. Desde 2016, é integrante da Academia de Arte e Ciências Cinematográficas de Hollywood. Com a produção de Me Chame Pelo Seu Nome foi indicado ao Globo de Ouro e disputou quatro estatuetas no Oscar 2018, tendo arrebatado a estatueta de Melhor Roteiro Adaptado.
Em 2018, o produtor emplacou três filmes indicados ao Independent Spirit Awards, principal premiação do cinema independente americano, além de Call me By Your Name, foram indicados Patti Cake$ e A Ciambra. A Ciambra, exibido no Festival de Cannes em 2017, foi o primeiro filme produzido pela parceria de Teixeira com o diretor Martin Scorsese por meio da Sikelia Productions, selo que financia filmes de cineastas emergentes em todo o mundo.Com três filmes selecionados para o Festival de Cannes 2019, ganhou Grand Prix na Un Certain Regard com A Vida Invisível de Eurídice Gusmão de Karim Aïnouz e o prêmio de melhor filme pelos críticos de cinema – FIPRESCI com o The Lighthouse do diretor Robert Eggers, estrelado por Robert Pattinson e Willem Dafoe. Rodrigo está finalizando neste momento o thriller de ficção científica Ad Astra de James Gray com Brad Pitt e Tommy Lee Jones,  Wasp Network de Olivier Assayas estrelado por Penélope Cruz, Gael Garcia Bernal, Wagner Moura e Édgar Ramírez e Alemão 2 do diretor José Eduardo Belmonte

Sessão Acessível de junho na Cinemateca Capitólio Petrobras traz o longa “Diamantino”, no sábado, dia 22

DIAMANTINO_BRAZIL-HD24_PRORES4444_VOLTRT_VO51_VILTRT_VI51-26062018.00_59_11_17.Still027

 

Atividade integra a programação especial com 26 atividades com patrocínio master da Petrobras e produção cultural da Fundacine e Prefeitura Municipal de Porto Alegre

 

Porto Alegre, 06 de junho de 2019 – No sábado, 22 de junho, o público poderá conferir a terceira das dez sessões acessíveis que integram a programação especial da Cinemateca Capitólio Petrobras com patrocínio master da Petrobras e produção cultural da Fundacine e Prefeitura Municipal de Porto Alegre, através da Coordenação de Cinema e Audiovisual da Secretaria da Cultura. O filme Diamantino, dirigido por Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt, será exibido com sessão gratuita, às 14h. A atividade terá interpretação em Libras feita pela Ovni Acessibilidade Universal, parceira cultural do projeto.

Diamantino foi o Grande Prêmio da Semana da Crítica de Cannes 2018, e é uma coprodução entre Portugal, França e Brasil. Com inspirações no ensaio do escritor norte-americano David Foster Wallace sobre o tenista Roger Federer e no mítico Cristiano Ronaldo, a trama traz o jogador de futebol Diamantino (Carloto Cotta) no centro da história. Depois de ser responsabilizado por um dos maiores fracassos da história recente do futebol português, o jogador resolve deixar os campos. Em crise, ele resolve fazer uma série de coisas em busca de um novo propósito na vida, entre elas, a adoção de um refugiado. Enquanto embarca nessa odisseia, as irmãs gêmeas do jogador tramam para continuarem lucrando às custas do seu talento nas quatro linhas. Rodado em Portugal, o filme trata de maneira bem-humorada assuntos da atualidade, como o culto à celebridade, o crescimento da extrema direita e a crise dos refugiados.

As sessões acessíveis da Programação Especial 2019 da Cinemateca Capitólio Petrobras contam com legendagem descritiva, audiodescrição e libras. Além desta atividade, o projeto engloba oito mostras de cinema, quatro eventos “Noites na Cinemateca”, duas masterclasses e duas exposições relacionadas ao acervo da Cinemateca. A Cinemateca Capitólio Petrobras conta, em 2019, com o Projeto Cinemateca Capitolio Petrobras – Programação Especial 2019, aprovado na Lei Rouanet/ Governo Federal, realizado pela Fundação Cinema do RS – Fundacine e possui patrocínio master da Petrobras.

“O projeto como um todo reforça a vocação da Cinemateca como um espaço de cinefilia e reflexão crítica do cinema clássico e contemporâneo e como um local de referência na preservação do audiovisual garantindo a difusão do seu acervo ao público. Estamos também muito felizes com a realização da programação acessível que vem ampliar a democratização do acesso à Cinemateca garantindo a inclusão de pessoas com deficiências”, afirma Andreia Vigo, Diretora da Cinemateca Capitólio Petrobras.

A bilheteria abre 30 minutos antes da sessão, para distribuição de senhas. A Cinemateca Capitólio Petrobras fica na Rua Demétrio Ribeiro 1085 – Esq. com Borges de Medeiros. Mais informações (51) 3289 7453 | http://www.capitolio.org.br | facebook.com/cinemateca.capitolio

 

Sobre o filme

Sinopse:

Diamantino, o maior jogador de futebol do mundo, perde seu talento e encerra sua carreira em desgraça. Em busca de um novo propósito na vida, o ícone internacional embarca numa odisseia delirante, onde ele enfrenta o neofascismo, a crise dos refugiados, mutações genéticas, e a busca pela origem de seu gênio.

 

Ficha Técnica:

direção: Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt

produzido por: Daniel van Hoogstraten, Justin Taurand e Maria João Mayer

produtora: Maria & Mayer (Portugal) / Les Films du Belier (França)

coprodução: Syndrome Films (Brasil)

roteiro: Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt

elenco: Carloto Cotta, Cleo Tavares, Anabela Moreira, Margarida Moreira, Joana Barrios, Maria Leite

direção de fotografia: Charles Ackley Anderson

direção de arte: Bruno Duarte e Cypress Cook

montagem: Raphaëlle Martin-Holger

edição de som: Daniel Turini e Fernando Henna

mixagem: Benjamin Viau

música original: Ulysse Klotz & Adriana Holtz

 

 

 

 

“Rasga Coração” é a próxima produção na programação de sessões acessíveis 2019 na Cinemateca Capitólio Petrobras no sábado, 11 de maio

rasgacoracao_creditofabiorebelo (2)

 Atividade integra a programação especial com 26 atividades com patrocínio master da Petrobras e produção cultural da Fundacine e Prefeitura Municipal de Porto Alegre

 

Porto Alegre, 03 de maio de 2019 – No sábado, 11 de maio, ocorre a segunda das dez sessões acessíveis que integram a programação especial da Cinemateca Capitólio Petrobras com patrocínio master da Petrobras e produção cultural da Fundacine e Prefeitura Municipal de Porto Alegre, através da Coordenação de Cinema e Audiovisual da Secretaria da Cultura. O filme Rasga Coração, dirigido por Jorge Furtado, será exibido com sessão gratuita, às 14h, e contará com a presença do diretor e roteirista para debate após a sessão. A atividade terá interpretação em Libras feita pela Ovni Acessibilidade Universal, parceira cultural do projeto.

Rasga Coração é uma adaptação da peça homônima de Oduvaldo Vianna Filho, com roteiro de Furtado, Ana Luiza Azevedo e Vicente Moreno e conta a história de Manguari Pistolão (Marco Ricca), militante anônimo, que depois de quarenta anos de lutas vê o filho Luca (Chay Suede) acusá-lo de conservador. Sem dinheiro para fechar o mês, sofrendo com as dores de uma artrite crônica, e num crescente conflito com Luca, Manguari passa em revista seu passado, e se vê repetindo as mesmas atitudes de seu pai. Intercalando fragmentos de vários momentos da vida de Manguari, o filme atravessa quarenta anos da vida política brasileira. O longa-metragem é uma coprodução da Casa de Cinema de Porto Alegre, Globo Filmes e Canal Brasil, com distribuição da Sony Pictures. No elenco, além de Ricca e Suede, estão Drica Moraes, Luisa Arraes, George Sauma, João Pedro Zappa, Duda Meneghetti, Kiko Mascarenhas, Fabio Enriquez, Nelson Diniz, Anderson Vieira e Cinândrea Guterres. São 20 atores no elenco e 350 figurantes que compõe a ficha de Rasga Coração.

O texto original segue tão atual e necessário quanto em seu lançamento, em 1974. Última peça escrita por Vianninha, além de censurada, teve sua encenação e publicação proibidas e mesmo assim recebeu primeiro prêmio no concurso do SNT, por unanimidade da banca, sendo liberada pela censura apenas cinco anos depois. No prefácio da peça, escrito em fevereiro de 1972, o autor dedicaria ao “lutador anônimo político, aos campeões de lutas populares; preito de gratidão à ‘velha guarda’: à geração que me antecedeu, que foi a que politizou em profundidade a consciência do país”.

As sessões acessíveis da Programação Especial 2019 da Cinemateca Capitólio Petrobras contam com legendagem descritiva, audiodescrição e libras. Além desta atividade, o projeto engloba oito mostras de cinema, quatro eventos “Noites na Cinemateca”, duas masterclasses e duas exposições relacionadas ao acervo da Cinemateca. A Cinemateca Capitólio Petrobras conta, em 2019, com o Projeto Cinemateca Capitolio Petrobras – Programação Especial 2019, aprovado na Lei Rouanet/ Governo Federal, realizado pela Fundação Cinema do RS – Fundacine e possui patrocínio master da Petrobras.

“O projeto como um todo reforça a vocação da Cinemateca como um espaço de cinefilia e reflexão crítica do cinema clássico e contemporâneo e como um local de referência na preservação do audiovisual garantindo a difusão do seu acervo ao público. Estamos também muito felizes com a realização da programação acessível que vem ampliar a democratização do acesso à Cinemateca garantindo a inclusão de pessoas com deficiências”, afirma Andreia Vigo, Diretora da Cinemateca Capitólio Petrobras.

A bilheteria abre 30 minutos antes da sessão, para distribuição de senhas. A Cinemateca Capitólio Petrobras fica na Rua Demétrio Ribeiro 1085 – Esq. com Borges de Medeiros. Mais informações (51) 3289 7453 | http://www.capitolio.org.br | facebook.com/cinemateca.capitolio

 

Sobre o filme

As gravações ocorreram em Porto Alegre no final de 2017, com captação em 4K, e com uma equipe composta por 150 profissionais, que ficaram envolvidos pelo período médio de dois meses de pré-produção e um mês de filmagem, nas dependências do Tecna-Viamão/PUCRS, onde o cenário do apartamento de 170m2 foi construído em 20 dias, mantendo a reprodução de um edifício de Copacabana, selecionado pelos diretores de arte Fiapo Barth e William Valduga.

Aproveitando o espaço da antiga Capela do local, uma equipe de dez marceneiros, dez pintores de arte (vindos de SP),  três serralheiros e dois escultores trabalhou no apartamento de Manguari Pistolão que foi montado nos mínimos detalhes para manter as características das construções do bairro carioca: detalhes da fachada, réplica de persianas antigas e janelas do mesmo tamanho que o prédio original, com uma vista para um chroma de 20m, que foi trabalhado em efeitos na pós-produção integram a cena. Mais de 30 empresas fornecedoras estiveram envolvidas, entre serralheria, vidraçaria, madeireira, tintas, papel de parede, pisos, demolidora, acabamentos, molduras, entre outros, além dos oito profissionais da própria equipe de arte do filme. As externas foram filmadas em Porto Alegre e no Rio de Janeiro.

No elenco, além de Ricca e Suede, estão Drica Moraes, Luisa Arraes, George Sauma, João Pedro Zappa, Duda Meneghetti, Kiko Mascarenhas, Fabio Enriquez, Nelson Diniz, Anderson Vieira e Cinândrea Guterres. São 20 atores no elenco e 350 figurantes que compõe a ficha de “Rasga Coração”.

Rasga Coração tem roteiro de Jorge Furtado, Ana Luiza Azevedo e Vicente Moreno, Direção de Jorge Furtado, Produção Executiva de Nora Goulart, Direção de Fotografia de Glauco Firpo, Direção de Arte de Fiapo Barth e William Valduga, Direção de Produção de Bel Merel e Glauco Urbim, Figurinos de Rô Cortinhas, Caracterização de Britney, Música Original de Maurício Nader e Montagem de Giba Assis Brasil.

Rasga Coração teve sua première na 42ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, em outubro de 2018. O filme também foi exibido no Festival do Rio, na mostra Première Brasil e no X Festival Internacional de Cinema da Fronteira, onde recebeu o prêmio de Melhor Filme pelo Júri Popular.

Mais informações: facebook.com/RasgaCoracaoFilme

 

“Sueño Florianópolis” inaugura programação de sessões acessíveis 2019 na Cinemateca Capitólio Petrobras no sábado, 27 de abril

SF 02

 

Atividade integra a programação especial com 26 atividades com patrocínio da Petrobras e produção cultural da Fundacine e Prefeitura Municipal de Porto Alegre

 

Porto Alegre, 17 de abril de 2019 – No sábado, 27 de abril, inicia a série de dez sessões acessíveis que integram a programação especial da Cinemateca Capitólio Petrobras com patrocínio da Petrobras e produção cultural da Fundacine e Prefeitura Municipal de Porto Alegre, através da Coordenação de Cinema e Audiovisual da Secretaria da Cultura. O filme Sueño Florianópolis, escrito e dirigido por Ana Katz foi o escolhido para abrir a programação, com sessão gratuita às 14h.

O filme, uma coprodução entre Brasil, Argentina e França, conta a história de uma família que viaja da Argentina para o Brasil em busca de reconexão entre si. No elenco, estão os atores brasileiros Andréa Beltrão, Caio Horowicz, Marco Ricca, e os argentinos Mercedes Morán, Gustavo Garzón, Manuela Martinez e Joaquin Garzon. O longa conquistou três prêmios no Karlovy Vary International Film Festival: Melhor Atriz (Mercedes Morán), Prêmio Especial do Júri e Prêmio da Crítica Internacional. Produzido pela Prodigo Films, Campo Cine e Groch Filmes, as filmagens aconteceram entre abril e maio de 2017, em Florianópolis (Santa Catarina/Brasil) e Buenos Aires (Argentina).

As sessões acessíveis da programação especial 2019 da Cinemateca Capitólio Petrobras contam com legendagem descritiva, audiodescrição e libras. O projeto conta com oito mostras de cinema, quatro eventos “Noites na Cinemateca”, duas masterclasses, dez sessões de cinema acessível, além de duas exposições relacionadas ao acervo da Cinemateca. Além disso, o aporte também possibilitou a compra de equipamentos que proporcionarão acessibilidade completa (Libras, legenda descritiva e audiodescrição), que em breve será disponibilizada.

“O projeto como um todo reforça a vocação da Cinemateca como um espaço de cinefilia e reflexão crítica do cinema clássico e contemporâneo e como um local de referência na preservação do audiovisual garantindo a difusão do seu acervo ao público. Estamos também muito felizes com a realização da programação acessível que vem ampliar a democratização do acesso à Cinemateca garantindo a inclusão de pessoas com deficiências”, afirma Andreia Vigo, Diretora da Cinemateca Capitólio Petrobras.

A bilheteria abre 30 minutos antes da sessão, para distribuição de senhas. A Cinemateca Capitólio Petrobras fica na Rua Demétrio Ribeiro 1085 – Esq. com Borges de Medeiros. Mais informações (51) 3289 7453 | http://www.capitolio.org.br | facebook.com/cinemateca.capitolio

 

 

Sinopse

Buenos Aires, Argentina, verão de 1990, Pedro (Gustavo Garzón) e Lucrécia (Mercedes Morán), separados após vinte e dois anos de casamento, decidem viajar de férias com seus dois filhos adolescentes rumo ao litoral Sul do Brasil. Motivados pelo câmbio favorável, caem na estrada em um Renault 12, sem ar-condicionado, e viajam 1.750 km até Florianópolis (Santa Catarina). Juntos, porém separados, conhecem Marco (Marco Ricca) e Larissa (Andrea Beltrão). Pouco a pouco vão descobrindo qual é o sonho de cada um.

 

Ficha técnica

Direção: Ana Katz

Roteiro: Ana Katz e Daniel Katz

Produzido por: Beto Gauss, Camila Groch, Francesco Civita, Nicólas Avruj

Produção Executiva: Camila Groch, Beto Gauss, Nicolás Avruj

Uma Produção: CAMPO CINE (ARG) e PRODIGO FILMS (BRA), em coprodução com GROCH FILMES (BRA)

Fotografia: Gustavo Biazzi

Direção de Arte: Gonzalo Delgado

Elenco Brasil: Andrea Beltrão (Larissa), Marco Ricca (Marco), Caio Horowicz (César)

Elenco Argentina: Mercedes Morán (Lucrécia), Gustavo Garzón (Pedro), Manuela Martinez (Flor), Joaquim Garzón (Julián)

Distribuição: VITRINE FILMES (BRA)

Sales Agent Internacional: Film Factory

 

SOBRE A DIRETORA

 

ANA KATZ é uma diretora argentina formada pela Universidad del Cine de Buenos Aires. Acumula também experiências como roteirista, dramaturga e atriz. Tem filmes premiados em importantes festivais pelo mundo, como São Paulo Short Film Festival, Rotterdam Film Festival, Habana Film Festival, Festival de Mar del Plata, Festival de San Sebastián e Festival de Cannes. Em 2012 foi convidada para mostras retrospectivas de seus filmes em Nova York (USA) e em Belo Horizonte (Brasil). Em 2013 seu projeto “Sueño Florianópolis” foi vencedor do Edital de Coprodução Brasil-Argentina, promovido pela ANCINE e INCAA. No ano de 2014 rodou seu quarto longa-metra gem, “Mi amiga del Parque”, ganhador do prêmio Ibermedia e selecionado no Festival de San Sebastián.

 

Filmografia

 

Direção / Roteiro (Longas)

“Sueño Florianópolis” (2018)

“Mi amiga del parque” (2018)

[Prêmio de melhor roteiro em Sundance 2016]

“Los Marziano” (2011)

[Competição Oficial do Festival de San Sebastián – Espanha]

“Una novia errante ” (2007)

[Seleção Un certain regard, Festival de Cannes]

“El juego de la silla” (2002)

[Premiado em festivais da Espanha, Alemanha, França e Itália]

 

Direção / Roteiro (Curtas)

“El Fotógrafo” (2005)

“Mujeres en Rojo: Despedida” – telefilme (2005)

“Ojalá corriera viento” (2001)

“Pantera” (1998)

“Merengue” (1995)

 

 

Blog no WordPress.com.

Acima ↑