Busca

Bruna Paulin

Assessoria de Flor em Flor

Tag

Remate Guatambu Alvorada e Caty

Guatambu consagra-se grande campeã na 104ª Expofeira de Bagé

touro-n1167_creditovalterjosepotter

Estância recebeu 15 premiações na categoria animais rústicos, com destaque para os trios de touros rústicos P. Hereford e Braford; animais estarão à venda no Remate Guatambu Alvorada e Caty nesta quinta, 20 de outubro

A Estância Guatambu consagrou-se no último sábado, 15 de outubro, a grande campeã da 104ª Expofeira de Bagé, levando para casa 15 premiações na categoria animais rústicos, com destaque para os trios de touros rústicos P. Hereford e Braford. Esta é a primeira vez que uma mesma cabanha recebe as maiores premiações das duas raças durante o evento. Os animais estarão à venda nesta quinta-feira, 20 de outubro, na 44ª edição do Remate Guatambu, Alvorada e Caty, que ocorre na sede da estância, a partir das 14h, com transmissão ao vivo pelo Canal Rural.

Organizada pela comissão de exposições de feiras do Núcleo de Hereford e Braford da Região da Campanha (NHB), filiado à Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB), Parque Visconde Ribeiro Magalhães, a mostra que integrou a programação da Expofeira teve como jurado o sócio e criador Paulo Azambuja, de Arambaré (RS).

O melhor exemplar rústico Hereford PC foi o animal tatuagem M1057, que recentemente recebeu premiações durante a Expointer 2016 nas categorias Campeão 3 anos Polled Hereford PC e Grande Campeão Polled Hereford PC da exposição. O mesmo trio foi vencedor na Exposição Nacional HB 2016, que ocorreu no município de Alegrete, no mês de maio. Na ocasião, o trio sagrou-se Lote Campeão da categoria, Lote Reservado de Grande Campeão Polled Hereford PC e o touro tatuagem M1063 venceu como Melhor Macho Rústico P. Hereford PC na Nacional 2016.

Em 2015 os animais foram campeões da Prova de Avaliação a Campo Hereford da Embrapa-ABHB, alcançando os três primeiros lugares (tatuagens M1063, M1057 e M1003, respectivamente) na categoria. O vencedor da prova entre os animais da raça Hereford foi o touro Épico M1063, filho do touro Tannat, um dos líderes de venda de sêmen da Central Lagoa da Serra.

De acordo com o médico veterinário e diretor-proprietário da Guatambu, Valter José Pötter, a conquista inédita é um grande motivo de comemoração: “tivemos uma disputa acirrada durante a avaliação, em especial entre os touros Braford, com grandes concorrentes”, conta.

Durante o remate, estarão à venda 162 touros e 120 novilhas.  Todos os animais possuem genética superior por desempenho de produção pela Conexão Delta G, a seleção por DEPs. Os DEPs (Diferencial Esperado de Produção) são os índices genéticos dos animais para características como crescimento, precocidade, fertilidade e as características de carcaça. Nos touros Braford, serão 122 em pista. Essa será a melhor oferta em qualidade de todos os anos, com touros diferenciados, de índices genéticos altíssimos, muitos deles indicados aos testes de progênie da Conexão Delta G e às centrais de inseminação. “Em termos de qualidade, teremos touros com índices genéticos para produção de carne superiores e com teste de progênie em andamento, o que é um grande diferencial. São animais que chegam ao consumidor com DEP genômica para resistência ao carrapato, um grande diferencial das empresas promotoras do evento”, revela Pötter.

SOBRE A ESTÂNCIA GUATAMBU

Situada em Dom Pedrito, no coração do pampa gaúcho, a Estância Guatambu é uma empresa familiar dedicada a gerar produtos primários e agroindustriais.

Com aptidão de solo e clima privilegiados, a estância produz uma grande diversidade de produtos. Destaca-se pela utilização de tecnologia de ponta, tanto na agricultura quanto na pecuária, sendo suas atividades centradas na integração de ambas. A pecuária de corte é desenvolvida com bovinos Polled Hereford e Braford, em ciclo completo, e ovinos Texel. Os produtos desta atividade são touros reprodutores superiores e carne de alta qualidade proveniente de animais precoces abatidos dos 14 aos 24 meses de idade, além dos cordeiros pampeanos. Na agricultura, destaca-se a produção de arroz irrigado, milho irrigado com pivô central, soja, sorgo, sementes forrageiras e uvas viníferas.

Desde maio de 2016 a vinícola funciona com 100% de energia solar, tornando-se o primeiro empreendimento da área na América Latina movida através de energia limpa. estanciaguatambu.com.br | guatambuvinhos.com.br

aplateia2_30-09-16

Guatambu é campeã na Expointer 2016

tourosguatambu_creditoalexandreteixeira

Trio de touros rústicos P. Hereford levou duas premiações

 

Porto Alegre, 08 de setembro de 2016 – O trio de touros rústicos P. Hereford Épicos da Guatambu receberam duas premiações durante a Expointer 2016, que encerrou no último domingo, 04 de setembro. O evento, a maior feira agro da América Latina, consagrou campeão os lotes de animais com tatuagens M1063, M1057 e M1003 nas categorias Campeão 3 anos Polled Hereford PC e Grande Campeão Polled Hereford PC da exposição. O jurado da pista de Esteio, Marco Antônio Bastos, destaca a homogeneidade dos integrantes do lote, ressaltando que são animais “compridos, fortes e bem equilibrados”.

O mesmo trio foi vencedor na Exposição Nacional HB 2016, que ocorreu no município de Alegrete, no mês de maio. Na ocasião, o trio sagrou-se Lote Campeão da categoria, Lote Reservado de Grande Campeão Polled Hereford PC e o touro tatuagem M1063 venceu como Melhor Macho Rústico P. Hereford PC na Nacional 2016.

Em 2015 os animais foram campeões da Prova de Avaliação a Campo Hereford da Embrapa-ABHB, alcançando os três primeiros lugares (tatuagens M1063, M1057 e M1003, respectivamente) na categoria. O vencedor da prova entre os animais da raça Hereford foi o touro Épico M1063, filho do touro Tannat, um dos líderes de venda de sêmen da Central Lagoa da Serra.

A PAC – Prova de Avaliação a Campo visa identificar reprodutores com maior potencial genético, convertendo-se em uma ferramenta de apoio à seleção, estabelecendo um banco de dados com informações sobre a variabilidade dos parâmetros que compõem o índice produtivo das populações em teste. Para serem admitidos, diante deste contexto, os animais precisam estar entre os 40% melhores na avaliação a desmama nos programas de avaliação genética homologados pela ABHB, que promove o evento em parceria com a Embrapa, e estes animais já foram selecionados na Estância Guatambu por índices genéticos altíssimos para desmama.

Segundo o médico-veterinário e proprietário da Guatambu, Valter José Pötter, “A Guatambu fica honrada de, mais uma vez, consagrar-se campeã, pois este é o reflexo de um trabalho que vem sendo realizado a campo e a seleção genética que vem sendo realizada com ênfase no alto desempenho, em especial este trio de touros nomeados Épicos 10, pelo fato de que onde participaram sempre levantaram premiações e colocações de ponta” destaca.

Em 20 de outubro, a estância realiza seu remate anual, em conjunto com as estâncias Alvorada e Caty, no qual estes touros serão leiloados.

 

SOBRE A ESTÂNCIA GUATAMBU

Situada em Dom Pedrito, no coração do pampa gaúcho, a Estância Guatambu é uma empresa familiar dedicada a gerar produtos primários e agroindustriais.

Com aptidão de solo e clima privilegiados, a estância produz uma grande diversidade de produtos. Destaca-se pela utilização de tecnologia de ponta, tanto na agricultura quanto na pecuária, sendo suas atividades centradas na integração de ambas. A pecuária de corte é desenvolvida com bovinos Polled Hereford e Braford, em ciclo completo, e ovinos Texel. Os produtos desta atividade são touros reprodutores superiores e carne de alta qualidade proveniente de animais precoces abatidos dos 14 aos 24 meses de idade, além dos cordeiros pampeanos. Na agricultura, destaca-se a produção de arroz irrigado, milho irrigado com pivô central, soja, sorgo, sementes forrageiras e uvas viníferas.

Desde maio de 2016 a vinícola funciona com 100% de energia solar, tornando-se o primeiro empreendimento da área na América Latina movida através de energia limpa. estanciaguatambu.com.br | guatambuvinhos.com.br

Guatambu na imprensa

jc_24.09.14correiodopovo_21.09.14zh_22.09.14zh_19.09.14folhadosul3_19.09.14 folhadosu2_19.09.14

folhadosul2_07.08.14

correiodopovo2_07.11.2013

correiodopovo_07.11.2013

JC_06.05.2013

41º Remate Guatambu, Alvorada e Caty traz novidades para 2013

Credito-Alexandre-Teixeira(1)

O tradicional Remate Guatambu, Alvorada e Caty chega a sua 41ª edição em 2013 e traz novidades: o evento acontecerá no dia 05 de outubro, na Guatambu Estância do Vinho, que será inaugurada no primeiro semestre deste ano, em Dom Pedrito. O maior leilão das raças Polled Hereford e Braford do Brasil segue com sua programação tradicional, oferecendo um almoço aos participantes, que conhecerão as instalações turísticas e de produção da vinícola.

A oferta qualificada de animais atrai muitos pecuaristas não só da região, mas de todas as partes do Brasil, em busca da qualidade genética dos animais que tradicionalmente são vendidos. “São produtores que buscam o melhoramento de seus plantéis com animais extremamente produtivos e adaptados ao campo, como é o caso de nossa genética”, destaca o médico veterinário e proprietário da Estância Guatambu, Valter José Pötter, acrescentando que tais características são resultantes de longos anos de seleção genética por produtividade efetiva.

O remate contará com um plantel selecionado de 300 animais, entre touros melhoradores, novilhas prenhes e novilhas de sobreano.

SOBRE A ESTÂNCIA GUATAMBU

Situada em Dom Pedrito, no coração do pampa gaúcho, a Estância Guatambu é uma empresa familiar dedicada a gerar produtos primários e agroindustriais.

Com aptidão de solo e clima privilegiados, a estância produz uma grande diversidade de produtos. Destaca-se pela utilização de tecnologia de ponta, tanto na agricultura quanto na pecuária, sendo suas atividades centradas na integração de ambas. A pecuária de corte é desenvolvida com bovinos Polled Hereford e Braford, em ciclo completo, e ovinos Texel. Os produtos desta atividade são touros reprodutores superiores e carne de alta qualidade proveniente de animais precoces abatidos dos 14 aos 24 meses de idade, além dos cordeiros pampeanos.

Na agricultura, destaca-se a produção de arroz irrigado, pastagens irrigadas com pivô central, soja, sorgo, sementes forrageiras e uvas viníferas. Em 2009 a Guatambu intensificou suas atividades na vitivinicultura, iniciada em 2003, estreando na produção de vinhos finos com o lançamento do vinho Rastros do Pampa.

Blog no WordPress.com.

Acima ↑