Busca

Bruna Paulin

Assessoria de Flor em Flor

Tag

Meus Lábios Se Mexem

zh_29.05.18jc_29.05.18correiodopovo_29.05.18metro_28.05.18

Casa de Cinema promove leitura de texto inédito de Jorge Furtado na terça, 29 de maio

denisgosh_sergiolulkin_janainakremer_nelsondiniz_mirnaspritzer_zeadao_jorgefurtado_creditoanaluizaazevedo

Evento tem parceria com o Goethe-Institut Porto Alegre e ocorre no teatro da instituição

 

Porto Alegre, 24 de maio de 2018 – Na próxima terça-feira, 29 de maio, a Casa de Cinema de Porto Alegre, em parceria com o Goethe-Institut Porto Alegre, promove uma leitura do texto inédito de Jorge Furtado, “MEUS LÁBIOS SE MEXEM”, no teatro da instituição.

A peça é uma ficção, inspirada em fatos reais ocorridos em 1968, com a censura da montagem de VOLTA AO LAR, de Harold Pinter, dirigida e produzida por Fernando Torres, com Fernanda Montenegro, Ziembinski, Sergio Britto, Cecil Thiré, Paulo Padilha e Delorges Caminha no elenco.

VOLTA AO LAR estreou em 1967 no teatro Glaucio Gil, no Rio de Janeiro. Fez grande sucesso ficando muitos meses em cartaz. No início de 1968, a peça foi proibida pela Censura Federal de estrear em São Paulo. O diretor Fernando Torres e o ator Ziembinski foram chamados para uma reunião com uma funcionária do Departamento de Censura da Polícia Federal para discutir os 65 cortes propostos para a peça. Depois de muito negociar a substituição de algumas falas, a reunião terminou e Fernando não aceitou nenhum corte. A peça foi proibida.

No dia 28 de março de 1968, o estudante Edson Luis foi assassinado por policiais militares no restaurante Calabouço, centro do Rio de Janeiro. Seu assassinato marcou o início de um ano turbulento de intensas mobilizações contra o regime militar que endureceu até decretar o AI-5. No dia 29 de março de 1968, “Volta ao lar” estreou em São Paulo. Liberada sem cortes, e para maiores de 21 anos.

Cinquenta anos após os fatos, Furtado reúne Nelson Diniz, Mirna Spritzer, Zé Adão Barbosa, Janaína Kremer, Sérgio Lulkin e Dênis Gosch para a leitura e conversa entre escritor, atores e o público, em uma ação intitulada “Teatro Contra a Censura”.

O evento ocorre às 20h, com distribuição de senhas a partir das 19h e terá contribuição espontânea. O Goethe-Institut Porto Alegre fica na Rua 24 de Outubro, 112.

uma LEITURA TEATRAL + uma CONVERSA
– teatro contra a censura –

MEUS LÁBIOS SE MEXEM de Jorge Furtado
com Nelson Diniz, Mirna Spritzer, José Adão Barbosa,
Janaína Kremer, Sérgio Lulkin e Dênis Gosch.

29 de maio | terça-feira | 20h | no Instituto Goethe – contribuição espontânea

Classificação indicativa 16 anos.

*Senhas serão distribuídas a partir das 19h

Blog no WordPress.com.

Acima ↑