Busca

Bruna Paulin

Assessoria de Flor em Flor

Tag

Goethe Institut

Espetáculo Pátria Estrangeira no Jornal do Comércio de hoje

jc_01.02.19.jpg

Espetáculo Pátria Estrangeira na imprensa

zh_01.09.18correiodopovo_02.09.18

Espetáculo Pátria Estrangeira/Fremde Heimat na imprensa

correiodopovo_30.08.18zh_30.08.18metro_30.08.18.jpg

Espetáculo Pátria Estrangeira/Fremde Heimat na capa do caderno Panorama do Jornal do Comércio de hoje

jc_29.08.18.jpg

Casa de Cinema promove leitura de texto inédito de Jorge Furtado na terça, 29 de maio

denisgosh_sergiolulkin_janainakremer_nelsondiniz_mirnaspritzer_zeadao_jorgefurtado_creditoanaluizaazevedo

Evento tem parceria com o Goethe-Institut Porto Alegre e ocorre no teatro da instituição

 

Porto Alegre, 24 de maio de 2018 – Na próxima terça-feira, 29 de maio, a Casa de Cinema de Porto Alegre, em parceria com o Goethe-Institut Porto Alegre, promove uma leitura do texto inédito de Jorge Furtado, “MEUS LÁBIOS SE MEXEM”, no teatro da instituição.

A peça é uma ficção, inspirada em fatos reais ocorridos em 1968, com a censura da montagem de VOLTA AO LAR, de Harold Pinter, dirigida e produzida por Fernando Torres, com Fernanda Montenegro, Ziembinski, Sergio Britto, Cecil Thiré, Paulo Padilha e Delorges Caminha no elenco.

VOLTA AO LAR estreou em 1967 no teatro Glaucio Gil, no Rio de Janeiro. Fez grande sucesso ficando muitos meses em cartaz. No início de 1968, a peça foi proibida pela Censura Federal de estrear em São Paulo. O diretor Fernando Torres e o ator Ziembinski foram chamados para uma reunião com uma funcionária do Departamento de Censura da Polícia Federal para discutir os 65 cortes propostos para a peça. Depois de muito negociar a substituição de algumas falas, a reunião terminou e Fernando não aceitou nenhum corte. A peça foi proibida.

No dia 28 de março de 1968, o estudante Edson Luis foi assassinado por policiais militares no restaurante Calabouço, centro do Rio de Janeiro. Seu assassinato marcou o início de um ano turbulento de intensas mobilizações contra o regime militar que endureceu até decretar o AI-5. No dia 29 de março de 1968, “Volta ao lar” estreou em São Paulo. Liberada sem cortes, e para maiores de 21 anos.

Cinquenta anos após os fatos, Furtado reúne Nelson Diniz, Mirna Spritzer, Zé Adão Barbosa, Janaína Kremer, Sérgio Lulkin e Dênis Gosch para a leitura e conversa entre escritor, atores e o público, em uma ação intitulada “Teatro Contra a Censura”.

O evento ocorre às 20h, com distribuição de senhas a partir das 19h e terá contribuição espontânea. O Goethe-Institut Porto Alegre fica na Rua 24 de Outubro, 112.

uma LEITURA TEATRAL + uma CONVERSA
– teatro contra a censura –

MEUS LÁBIOS SE MEXEM de Jorge Furtado
com Nelson Diniz, Mirna Spritzer, José Adão Barbosa,
Janaína Kremer, Sérgio Lulkin e Dênis Gosch.

29 de maio | terça-feira | 20h | no Instituto Goethe – contribuição espontânea

Classificação indicativa 16 anos.

*Senhas serão distribuídas a partir das 19h

Espetáculo Língua Mãe. Mameloschn na imprensa

jc2_30.01.18metro_30.01.18correiodopovo_30.01.18

Língua Mãe. Mameloschn retorna ao teatro do Goethe-Institut Porto Alegre

mame-22

Espetáculo vencedor do Açorianos em 2015 integra a programação do Porto Verão Alegre com sessões nos dias 30 e 31 de janeiro

Pelo segundo ano integrando a programação do Porto Verão Alegre, o espetáculo Língua Mãe.Mameloschn retorna ao palco do teatro do Goethe-Institut Porto Alegre nos dias 30 e 31 de janeiro. Vencedor na categoria Melhor Espetáculo do Prêmio Açorianos de Teatro 2015 e do 10º Braskem Em Cena na categoria melhor atriz para Mirna Spritzer, a peça dirigida por Mirah Laline apresenta um texto irreverente que aborda identidade, ideologia e pertencimento, sob a forma de um jogo oscilante, entre a aproximação e distanciamento dos personagens, através do diálogo cáustico de uma família judia.

Língua Mãe.Mameloschn é uma obra sobre mulheres na História e histórias de mulheres, de três gerações de personagens femininas, interpretadas por três gerações de atrizes em cena. São da mesma família; vivem sob o mesmo teto; possuem a mesma origem cultural. No entanto, se diferenciam no modo como veem o mundo, expressam seus anseios e lidam com suas origens. O trânsito sutil entre humor e drama agrega uma empatia potencial para as problemáticas que a autora aborda. Os habituais modos de comunicação, como cartas, mensagens de e-mails, jornais e o rádio, paradoxalmente, revelam na obra, toda a carga de incomunicabilidade entre as personagens, materializando sob a cena a distância entre o discurso social e as motivações pessoais.

O texto da jovem autora alemã Marianna Salzmann traz no elenco Ida Celina, Mirna Spritzer, Philipe Philippsen e Valquíria Cardoso. Enquanto as três mulheres carregam discursos e falas, a música é a voz do personagem masculino: o filho, irmão, neto, homem. Philippsen executa ao vivo a trilha sonora original composta pelo ator para a montagem. Rô Cortinhas assina os figurinos, Rodrigo Shalako o cenário e Ricardo Vivian a iluminação.

Os ingressos antecipados custam R$ 30,00 e podem ser adquiridos nos pontos de venda físicos do festival ou pelo site http://portoveraoalegre.tcheofertas.com.br/. A partir de 2h antes de cada sessão as entradas estão à venda na bilheteria do teatro a R$ 40,00, com descontos para clientes Banricompras, Clube ZH, idosos, estudantes e outras categorias previstas na Nova Lei da Meia Entrada.

Saiba Mais

FICHA TÉCNICA

Direção: Mirah Laline

Assistência de Direção: Julia Rodrigues

Texto: Marianna Salzmann

Elenco: Ida Celina, Mirna Spritzer, Valquiria Cardoso e Philipe Philippsen

Figurinos: Rô Cortinhas

Cenário: Rodrigo Shalako

Iluminação: Ricardo Vivian

Trilha sonora original: Philipe Philippsen

Sonoplastia: Alex Limberger

Produção: Rodrigo Ruiz

Assessoria de Imprensa: Bruna Paulin Assessoria de Flor em Flor

Classificação: 12 anos

Duração: 90 min

https://www.youtube.com/watch?v=-5_pwli328Y&feature=youtu.be

 

Língua Mãe.Mameloschn

30 e 31 de janeiro, 21h

Teatro do Goethe-Institut – Av. 24 de Outubro, 112

 

Ingressos:

Antecipado

R$30,00 – Inteira

R$24,00 – Clube ZH e Banricompras*

R$20,00 – Idosos, estudantes e outras categorias previstas na Nova Lei da Meia Entrada

 

No Teatro

R$40,00 – Inteira

R$32,00 – Clube ZH e Banricompras*

R$20,00 – Idosos, estudantes e outras categorias previstas na Nova Lei da Meia Entrada

*Desconto válido para titular e acompanhante (dois ingressos por peça), mediante apresentação do cartão ou de comprovante pelo títular.

 

Pontos de Venda

Praia de Belas Shopping (terceiro andar): Seg a Sab das 10h às 22h / Dom das 13h às 19h

DC Shopping – Casarão Verde – Loja 133 : Seg a Sex das 10h às 19h

Nos dias de espetáculo, a partir de 2h antes de cada sessão, na bilheteria do teatro

Venda online – http://portoveraoalegre.tcheofertas.com.br/

Espetáculo “Língua Mãe. Mameloschn” na imprensa

metro_31.03.17zh_31.03.17correiodopovo_31.03.17

Língua Mãe. Mameloschn retorna ao teatro do Goethe-Institut Porto Alegre

mameloschn

Espetáculo vencedor do Açorianos em 2015 traz no elenco Ida Celina, Mirna Spritzer, Valquíria Cardoso e Philipe Philippsen

 

Retorna aos palcos de Porto Alegre a partir de 31 de março o espetáculo “Língua Mãe.Mameloschn” com seis apresentações no teatro do Goethe-Institut Porto Alegre. Vencedor na categoria Melhor Espetáculo do Prêmio Açorianos de Teatro 2015 e do 10º Braskem Em Cena na categoria melhor atriz para Mirna Spritzer, a peça dirigida por Mirah Laline apresenta um texto irreverente que aborda identidade, ideologia e pertencimento, sob a forma de um jogo oscilante, entre a aproximação e distanciamento dos personagens, através do diálogo cáustico de uma família judia.

O texto da jovem autora alemã Marianna Salzmann traz no elenco Ida Celina – que em 2017 celebra 50 anos de carreira – , Mirna Spritzer, Philipe Philippsen e Valquíria Cardoso. Três gerações de mulheres com muito em comum: são da mesma família; vivem sob o mesmo teto; possuem a mesma origem cultural. No entanto, se diferenciam no modo com veem o mundo, expressam seus anseios e lidam com suas origens. O trânsito sutil entre humor e drama agrega uma empatia potencial para as problemáticas que a autora aborda. Os habituais modos de comunicação, como cartas, mensagens de e-mails, jornais e o rádio, paradoxalmente, revelam na obra, toda a carga de incomunicabilidade entre as personagens, materializando sob a cena a distância entre o discurso social e as motivações pessoais.

Rô Cortinhas assina os figurinos, Rodrigo Shalako o cenário e Ricardo Vivian a iluminação. O ator Philipe Philippsen também assina a trilha sonora original, executada ao vivo. Os ingressos custam R$ 40,00 e podem ser adquiridos antecipadamente pelo site entreatosdivulga.com.br ou na bilheteria do teatro duas horas antes do espetáculo. Desconto de 50% para estudantes, idosos, classe artística e alunos do Goethe-Institut. As apresentações ocorrem de sexta a domingo, às 20h.

 

Saiba Mais

FICHA TÉCNICA

Direção: Mirah Laline

Assistência de direção: Júlia Rodrigues

Texto: Marianna Salzmann

Elenco: Ida Celina, Mirna Spritzer, Valquiria Cardoso e Philipe Philippsen

Figurinos: Rô Cortinhas

Cenário: Rodrigo Shalako

Iluminação: Ricardo Vivian

Trilha sonora original: Philipe Philippsen

Produção: Rodrigo Ruiz

Assessoria de Imprensa: Bruna Paulin Assessoria de Flor em Flor

Classificação: 12 anos

Duração: 90 min

https://www.youtube.com/watch?v=-5_pwli328Y&feature=youtu.be

 

Língua Mãe.Mameloschn

De 31 de março a 09 de abril, às 20h

Teatro do Goethe-Institut – Av. 24 de Outubro, 112

Informações: atocenica.com/Facebook:linguamae.mameloschn

 

Serviço de Ingressos:

R$ 40,00

Desconto de 50% para estudantes, classe artística, idosos e alunos do Goethe-Institut

Venda antecipada pelo site entreatosdivulga.com.br

Na bilheteria do teatro, 2h antes do espetáculo

Blog no WordPress.com.

Acima ↑