Busca

Bruna Paulin

Assessoria de Flor em Flor

Tag

Globo Filmes

Longa-metragem “Morto Não Fala” na coluna de Mônica Bergamo na Folha de São Paulo de hoje

folhadesp_23.07.18

Meu Amigo Hindu, longa mais recente de Hector Babenco, estreia dia 3 março de 2016

cartaz.jpg

Depois de oito anos o diretor retorna aos cinemas com, em suas próprias palavras, “uma história que aconteceu comigo e a conto da melhor forma que eu sei.”

 

Uma experiência pessoal de Hector Babenco foi o ponto de partida para seu novo longa, “Meu Amigo Hindu”, que estreia em 3 de março no circuito comercial do país.

Diego (Willem Dafoe) é um diretor de cinema que, ao saber que sofre de uma doença que pode ser fatal, casa-se com sua mulher de muitos anos, despede-se de seus amigos e entra numa rotina de longas jornadas em um hospital.

Lidando com a dor e conversando com a morte, conhece um menino hindu que se torna seu mais novo amigo. Um dia ele não aparece mais. Diego recebe alta, mas sua vida nunca mais será a mesma. Seu casamento acaba e, solitário, chega a se questionar se ele não estaria morrendo e ninguém lhe diz nada, até que conhece uma nova mulher.

No elenco, estão nomes como Willem Dafoe, Maria Fernanda Cândido, Barbara Paz, Selton Mello, Guilherme Weber, Reynaldo Gianecchini, Tuna Duek e Dan Stulbach.

O longa é uma produção é da HB Filmes e foi produzido por Babenco, além de contar com os produtores executivos Jeremy Thomas e Marcelo Torres. A distribuição nacional é da Europa Filmes.

O Diretor

Nascido em Buenos Aires, na Argentina, Hector Babenco se mudou para o Brasil aos 19 anos. No cinema, antes de assinar seu primeiro longa-metragem, foi produtor executivo e codiretor, com Roberto Farias, de “O Fabuloso Fittipaldi” (1973). Dirigiu seu primeiro longa de ficção, “O Rei da Noite”, em 1975 e em 1977, “Lúcio Flávio, O Passageiro da Agonia”. Em seguida, lançou dois de seus filmes mais reconhecidos, “Pixote, A Lei do Mais Fraco” (1980) e “O Beijo da Mulher-Aranha” (1984).

Trabalhou com Jack Nicholson e Meryl Streep em “Ironweed”(1987), filme pelo qual os dois atores foram indicados ao Oscar, e com Aidan Quinn e Katty Bates em “Brincando Nos Campos do Senhor” (1990). “Coração Iluminado” (1998) marcou a volta de Babenco à ativa, depois de vencer um câncer linfático, descoberto oito anos antes. Em “Carandiru” (2003), levou para as telas o livro Estação Carandiru de Dráuzio Varella, médico oncologista que acompanhou seu tratamento. Em 2007, abriu a Mostra Internacional de Cinema em São Paulo com “O Passado”, assim como em 2015, com “Meu Amigo Hindu”.

Também dirigiu a série “Carandiru – Outras histórias” (2005), da Rede Globo e diversos espetáculos teatrais como “Loucos de Amor”, (1988), “Closer – Mais Perto” (2000) e  Hell (2010).  Sua montagem mais recente foi “Vênus em Visom”, que esteve em cartaz em 2013 e 2014.

Meu Amigo Hindu (Brasil, 115 min., 2015)

Direção e roteiro: Hector Babenco

Produção: HB Filmes

Produtor: Hector Babenco

Produtores executivos: Jeremy Thomas e Marcelo Torres

Coprodutores: Lúcia Segall e Sun Moritz

Direção de Fotografia: Mauro Pinheiro Jr. ABC

Música original: Zbigniew Priesner

Montagem: Gustavo Giani

Designers de produção: Caroline Schamall (Carrô), Clovis Bueno, Isabel Xavier, Luís Oliveira e Clissia Morais

Figurinista: Rita Murtinho

Casting: Julia Medeiros

Elenco: Willem Dafoe, Maria Fernanda Cândido, Barbara Paz, Selton Mello, Guilherme Weber, Reynaldo Gianecchini, Denise Weinberg, Maitê Proença, Dan Stulbach, Vera Valdez, Stella Schnabel, Phil Miler, Dani Galli, Dalton Vigh, Clara Choveux e Rio Adlakha (Menino Hindu)

Produção

A HB Filmes foi fundada na década de 1970, com o intuito de produzir os filmes e trabalhos de seu sócio-fundador, o cineasta Hector Babenco.

Em mais de 40 anos, produziu longas como:

. O Rei da Noite (1975), que foi visto por mais de um milhão de expectadores nos cinemas.

. Lúcio Flávio, O Passageiro da Agonia (1977), que levou aos cinemas brasileiros seis milhões de pessoas.

. Pixote – A Lei do Mais Fraco (1981), que foi eleito o Melhor Filme Estrangeiro pela Associação de Críticos de Los Angeles e de Nova York, além de ter sido visto por três milhões de espectadores somente no Brasil.

. O Beijo da Mulher Aranha (1985), que recebeu quatro nominações ao Oscar: Filme, Diretor, Roteiro Adaptado e Ator para Willian Hurt, que levou a estatueta.

. Ironweed (1987), pelo qual Jack Nicholson e Meryl Streep foram indicados ao Oscar de Melhor Ator e Melhor Atriz.

. Brincando nos Campos do Senhor (1991), que teve em seu elenco nomes como Tom Berenger, Tom Waits, Kathy Bates, John Lithgow, Aidan Quinn.

. Coração Iluminado (1996), pelo qual Hector Babenco foi indicado à Palma de Ouro do Festival de Cannes.

. Carandiru (2003), que teve cerca de dez milhões de expectadores no Brasil e também concorreu à Palma de Ouro em Cannes.

. O Passado (2007), que com o ator mexicano Gael Garcia Bernal em seu elenco.

. Meu Amigo Hindu (2015), que é protagonizado por Willem Dafoe, Maria Fernanda Cândido, Selton Mello e Bárbara Paz.

Distribuição

A Europa Filmes é uma empresa brasileira que atua no mercado de distribuição de filmes, em cinema, vídeo, televisão e internet (VOD), desde 1990. Tem como diretor geral, Wilson Feitosa, fundador da empresa.

Possui um amplo repertório de filmes, que vai de blockbusters americanos aos filmes de arte europeus. Em seu catálogo, estão muitos indicados e ganhadores do Oscar, tanto estrangeiros como brasileiros. A Europa Filmes é uma distribuidora preocupada em oferecer o que há de melhor em conteúdos e serviços a seus parceiros e consumidores.

Globo Filmes

Desde 1998, a Globo Filmes já participou de mais de 160 filmes, levando ao público o que há de melhor no cinema brasileiro. Com a missão de contribuir para o fortalecimento da indústria audiovisual nacional, a filmografia contempla vários gêneros, como comédias, infantis, romances, dramas e aventuras, apostando em obras que valorizam a cultura brasileira. A Globo Filmes participou de alguns dos maiores sucessos de público e de crítica como “Tropa de Elite 2”, “Se Eu Fosse Você 2”, “2 Filhos de Francisco”, “O Palhaço”, “Getúlio”, “Xingu”, “Carandiru”, “Nosso Lar” e “Cidade de Deus”– com quatro indicações ao Oscar. Suas atividades se baseiam em uma associação de excelência com produtores independentes e distribuidores nacionais e internacionais.

Informações para a Imprensa

Porto Alegre: Bruna Paulin – Assessoria de Flor em Flor

 

Nacional: ProCultura

folhadesp_26.10.15

Iniciam as filmagens do longa metragem “Beleza”

JorgeFurtado_VitoriaStrada_FranciscoCuoco_AdrianaEsteves_VladmirBrichta_credito_FabioRebello

 

Filme com roteiro e direção de Jorge Furtado será gravado no interior do Rio Grande do Sul

“Beleza”, uma produção da Casa de Cinema de Porto Alegre, vencedor dos editais do BNDES e Eletrobras, com co-produção da Globo Filmes e apoio da Panvel, iniciou suas filmagens no dia 09 de outubro em Garibaldi, no Rio Grande do Sul. Em dezembro, elenco e equipe seguem para Três Coroas, para finalizar as gravações do projeto.

O primeiro drama de Jorge Furtado retrata a busca de um fotógrafo por potenciais candidatas a modelo em cidades do interior do Rio Grande do Sul. A equipe do projeto está envolvida desde junho deste ano, quando iniciou a seleção de elenco da protagonista Maria, interpretada por Vitória Strada. A jovem de 16 anos, natural de Porto Alegre, foi a escolhida entre 350 candidatas que participaram do processo de escolha. Vitória já havia feito alguns trabalhos como modelo, mas “Beleza” é sua estreia como atriz.

“Das 350 candidatas, selecionamos 80. A Vitória se destacou entre as outras meninas, por apresentar, além de sua beleza, um grande potencial como atriz”, revela o diretor Jorge Furtado. “Na última semana, reunimos o elenco para os ensaios e ela se entrosou muito bem com os atores. Passamos meses trabalhando no roteiro, e nos últimos dias, vimos o filme tomar forma e criar vida através das falas do elenco”, conta.

Adriana Esteves interpreta Anita, mãe de Maria, que se envolve com o fotógrafo João, personagem de Vladimir Brichta, que viaja pelo estado em busca de uma nova Top Model. Francisco Cuoco é Pedro, pai de Maria. Os atores Thiago Prade, Samuel Reginatto, Isadora Pillar, Elisa Volpatto e Ursula Collischon também integram o elenco.

A Produção Executiva é de Nora Goulart, Direção de Fotografia de Alex Sernambi, Direção de Arte de Fiapo Barth, Figurinos de Rô Cortinhas e Caracterização de Britney.  A previsão de lançamento de “Beleza” é 2014.

Casa de Cinema em dose dupla

beleza

Jorge Furtado dirige dois longas metragens em 2013

No dia 22 de maio começa a segunda etapa das filmagens do documentário O Mercado de Notícias, com roteiro e direção de Jorge Furtado, projeto vencedor do edital de apoio à produção do MINC. O filme mescla entrevistas de grandes jornalistas brasileiros*, documentários sobre a história do jornalismo e trechos da peça “O Mercado de Notícias”, do dramaturgo inglês Ben Johnson, escrita em 1625.

Quando Johnson escreveu a peça os jornais tinham recém sido inventados, mas os questionamentos sobre a função do profissional e sua importância na sociedade ainda são pertinentes nos dias de hoje.

O texto de Ben Jonson, traduzido pela primeira vez para o português por Jorge Furtado e Liziane Kugland, reúne alguns dos melhores atores gaúchos: Antonio Carlos Falcão, Eduardo Cardoso, Elisa Volpatto, Evandro Soldatelli, Irene Brietzke, Ismael Canepelle, Janaína Kremer, Marcos Contreras, Mirna Spritzer, Nelson Diniz, Sérgio Lulkin, Thiago Prade, Ursula Collischonn e Zé Adão Barbosa.  As gravações acontecem na Biblioteca Pública do Estado e no Theatro São Pedro. O Mercado de Notícias deve estar pronto em outubro de 2013.

Furtado prepara-se também para dirigir, em novembro, seu primeiro drama: o longa-metragem Beleza, estrelado por Vladimir Brichta e Adriana Esteves. A história retrata a busca de um fotógrafo por potenciais candidatas a modelo em cidades do interior do Rio Grande do Sul.

A produção do filme está em busca de meninas entre 13 e 17 anos, do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, para o papel da modelo em início de carreira. As inscrições estão abertas através do site http://casacinepoa.com.br/beleza/ até o dia 05 de junho.

O filme foi vencedor dos editais do BNDES e Eletrobras e tem co-produção da Globo Filmes. As gravações ocorrem em novembro deste ano, no interior do Estado.

* Os jornalistas entrevistados:

Bob Fernandes
Cristiana Lôbo
Fernando Rodrigues
Geneton Moraes Neto
Janio de Freitas
José Roberto de Toledo
Leandro Fortes
Luis Nassif
Mauricio Dias
Mino Carta
Paulo Moreira Leite
Raimundo Pereira
Renata Lo Prete

Blog no WordPress.com.

Acima ↑