Busca

Bruna Paulin

Assessoria de Flor em Flor

Tag

Eryk Rocha

“Breve Miragem de Sol”, de Eryk Rocha, encerra o Cine Esquema Novo 2019 – Arte Audiovisual Brasileira

breve-miragem

Festival divulga vencedores da Mostra Competitiva Brasil, Mostra Outros Esquemas e Mostra Audiovisual em Curso na quarta, 27 de novembro

Porto Alegre, 25 de novembro de 2018 – Na próxima quarta-feira, 27 de novembro, às 18h30, o Cine Esquema Novo 2019 – Arte Audiovisual Brasileira chega ao fim de mais uma edição, com a exibição do longa-metragem de Eryk Rocha, Breve Miragem de Sol, seguida de cerimônia de premiação da Mostra Competitiva Brasil, Mostra Outros Esquemas e Mostra Audiovisual em Curso, na Cinemateca Capitólio Petrobras, com entrada franca.

Breve Miragem de Sol estreou internacionalmente em outubro durante o BFI London Film Festival e no Brasil na 43ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo e conta a história de Paulo (40), um homem desempregado e recém divorciado que começa a dirigir um táxi pelas noites do Rio de Janeiro. Carregando uma dívida com seu filho, Mateus (10), ele encontra no novo trabalho a chance de um recomeço. Conforme Paulo aprende a coreografia da nova profissão, a solução aparentemente provisória se solidifica como momento presente, e noite após noite, conversas com os passageiros misturam-se às de sua vida. Karina, enfermeira de um hospital público, surge na vida de Paulo como um respiro de amor e luta. Assim como ela, cada passageiro possui um destino diferente, mas ao fim é sempre Paulo que está no comando do volante, tecendo uma grande narrativa sobre um país em convulsão política, econômica e social.

Logo a seguir, na premiação do CEN 2019, as 33 obras da Mostra Competitiva Brasil concorrem ao Grande Prêmio Cine Esquema Novo. A comissão julgadora é formada pela realizadora Camila Leichter, a crítica de arte e curadora Gabriela Motta e o ator e diretor Silvero Pereira.

O vencedor do Grande Prêmio Cine Esquema Novo recebe o troféu, confeccionado pelo artista Luiz Roque criado especialmente para o CEN, além de prêmios em serviços da Locall, KF Studios, TECNA/PUCRS.

As Mostras Outros Esquemas e Audiovisual em Curso também terão seus vencedores revelados. Com voto popular, o filme vencedor da Mostra Outros Esquemas receberá prêmios da Locall e TECNA/PUCRS. Com 15 produções que foram exibidas na Cinemateca Capitólio Petrobras, a mostra surge de um desejo do time de curadores do CEN 2019 em contemplar um espaço de expressão diferente da Mostra Competitiva Brasil, mas que fizeram brilhar seus olhos. “Todos os anos recebemos obras que nos despertam muito interesse, que queríamos muito ver no festival, mas que, por termos uma proposta de curadoria, digamos, quase temática (afinal, temos como subtítulo “Arte Audiovisual Brasileira”), acabamos com muito pesar não selecionando. Assim surgiu a Outros Esquemas, para exibir esses filmes que gostamos muito e que, justamente num momento em que o nosso cinema sofre ataques e riscos, devem ganhar mais espaço para se expressar”, revelam.

Já a Mostra Audiovisual em Curso premiará, também através de escolha do público, os melhores projetos de curadoria, que receberão bolsas de cursos da Fluxo – Escola de Fotografia e Cinema. A segunda edição da Mostra Audiovisual em Curso que contou com a curadoria de 19 alunos de sete cursos de realização audiovisual, artes visuais, comunicação e animação de cinco instituições do RS: Crav/Unisinos, Teccine/PUCRS, Fabico e Instituto de Artes/UFRGS, Audiovisual e Animação/UFPEL e Audiovisual/Uniritter e reuniu 38 obras selecionadas pelos alunos-curadores.

Os ingressos para a exibição de Breve Miragem de Sol custam R$ 10,00 e podem ser adquiridos na bilheteria da Cinemateca Capitólio 30min antes da sessão. A Cerimônia de Encerramento do CEN 2019 tem entrada franca, com distribuição de senhas a partir das 20h e exibirá o vídeo-manifesto “Experimentar é resistir” produzido pela diretoria 2019 da APTC-RS em parceria com o Cine Esquema Novo. Em diálogo com o jogo dadaísta do cadáver esquisito, a entidade convida os realizadores do festival para compor uma só voz em defesa do audiovisual brasileiro.

Realizado com recursos do edital SAV/MINC/FSA nº 11, 2018, o Cine Esquema Novo 2019 é uma Realização de: Ministério da Cidadania – Secretaria Especial da Cultura; Correalização de Goethe-Institut Porto Alegre; Apoio Institucional de Ministério das Relações Exteriores, Embaixada da França no Brasil e RS Criativo; Apoio de Prefeitura Municipal de Porto Alegre e Secretaria Municipal da Cultura através da Coordenação de Cinema e Audiovisual/Cinemateca Capitólio Petrobras e Prime Box Brazil; e Apoio Premiação de Locall, KF Studios, TECNA/PUCRS e Fluxo – Escola de Fotografia e Cinema. Mais informações, acesse: http://www.cineesquemanovo.org | http://www.facebook.com/cineesquemanovocen | @cineesquemanovo

 

Saiba Mais

Breve Miragem de Sol (2019, BR/FRA/ARG, 95min), de Eryk Rocha

Dirigido por – Eryk Rocha

Elenco Principal – Fabricio Boliveira, Bárbara Colen, Cadu N. Jay

Produzido por – Eryk Rocha, Edgard Tenembaum, Diego Dubcovsky, Walter Salles

Roteiro – Eryk Rocha,Fabio Andrade, Julia Ariani

Produção Executiva – Joelma Oliveira Gonzaga

Direção de Fotografia – Miguel Vassy

Montagem – Renato Vallone

Desenho de Som – Edson Secco

Trilha Original – Ava Rocha, Negro Léo, Kiko Dinucci

Produção associada – Pras Cabeças, Carlos Diegues

Coprodução – Globo Filmes, VideoFilmes, Canal Brasil

Produção – Aruac Filmes, Tu Vas Voir, Varsovia Filmes

Breve Miragem de Sol conta a história de Paulo (40), um homem desempregado e recém divorciado que começa a dirigir um táxi pelas noites do Rio de Janeiro. Carregando uma dívida com seu filho, Mateus (10), ele encontra no novo trabalho a chance de um recomeço. Conforme Paulo aprende a coreografia da nova profissão, a solução aparentemente provisória se solidifica como momento presente, e noite após noite, conversas com os passageiros misturam-se às de sua vida. Karina, enfermeira de um hospital público, surge na vida de Paulo como um respiro de amor e luta. Assim como ela, cada passageiro possui um destino diferente, mas ao fim é sempre Paulo que está no comando do volante, tecendo uma grande narrativa sobre um país em convulsão política, econômica e social.

Sobre o diretor: Nascido no Brasil no ano de 1978, Eryk Rocha estudou cinema na EICTV de Los Baños, Cuba, onde também dirigiu e produziu o primeiro longa-metragem, ROCHA QUE VOA (2002). Desde então, dirigiu outros oito longas, entre documentários e ficções, todos apresentados em prestigiosos festivais internacionais tais como Cannes, Veneza, Sundance, Telluride, Havana, Guadalajara, Bafici e Rio. Em 2016, CINEMA NOVO recebeu o prêmio L’Œil d’Or Prize de Melhor Documentário no Festival de Cannes e foi o vencedor do Grande Prêmio Cine Esquema Novo 2016. Em 2019, estreia sua mais recente ficção, BREVE MIRAGEM DE SOL.

FILMOGRAFIA

Ficção: Breve Miragem de Sol (2019) | Transeunte (2010)

Documentário: Cinema Novo (2016) | Campo de Jogo (2014) | Jards (2012) | Pachamama (2009) | Intervalo Clandestino (2006) | Rocha que Voa (2002)

 

Grande Prêmio Cine Esquema Novo 2019 – Mostra Competitiva Brasil

Prêmios:

  • Troféu assinado pelo artista Luiz Roque
  • R$ 08 mil em locação de equipamentos na Locall
  • R$ 10 mil em serviços no TECNA/PUCRS
  • 40h de edição de som, 12h de mixagem, 6h de foley e 4h de estúdio para dublagem no Kiko Ferraz Estúdios

Jurados

CAMILA LEICHTER: Artista visual e doutoranda em Poéticas Visuais pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais – UFRGS, com a pesquisa Campo e Contracampo da Experiência, envolvendo os aspectos processuais, imersivos e performativos da prática audiovisual a partir do lugar da experiência, atualmente, uma antiga casa adjacente a um moinho em ruínas e seu entorno, na Picada 48 Baixa – RS.

GABRIELA KREMER MOTTA: Curadora, crítica e pesquisadora em artes visuais. Atualmente, é bolsista PNPD junto ao PPG do Centro de Artes da UFPEL (2016 – 2020). Doutora em Teoria, Ensino e Aprendizagem da Arte, pela USP (2015), e mestre em Artes Visuais pelo Instituto de Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2005).

SILVERO PEREIRA: Ator, dramaturgo e diretor. Fundador do Coletivo As Travestidas (Fortaleza- CE). No Teatro atuou em mais de 30 peças e circulou por quase todo o território brasileiro além de EUA e Alemanha. Na TV atuou na novela A FORÇA DO QUERER e participou do Show dos Famosos 2018 do domingão do Faustão, é mobilizador do programa Criança Esperança. No Cinema fez Serra Pelada (2012), curtas como No Fim de Tudo (RN) As Bodas do Diabo (SP) e Mar de Zila (RN). Recentemente participou do filme BACURAU de Kleber Mendonça e Juliano Dorneles.

 

Mostra Outros Esquemas

Júri popular

Prêmios:

  • R$ 08 mil em locação de equipamentos na Locall
  • R$ 05 mil em serviços TECNA/PUCRS

 

Mostra Audiovisual em Curso

  • Júri Popular
  • Prêmios: 03 bolsas de estudo na Fluxo – Escola de Fotografia e Cinema

 

Encerramento Cine Esquema Novo 2019 – Arte Audiovisual Brasileira

Quarta-feira, 27 de novembro:

18h30 – Exibição de Breve Miragem de Sol, de Eryk Rocha – ingresso R$ 10,00

20h – Coquetel – entrada franca

20h30 – Cerimônia de Encerramento – premiação das mostras Competitiva Brasil, Outros Esquemas e Audiovisual em Curso e exibição do vídeo-manifesto “Experimentar é Resistir”, produzido pela diretoria 2019 da APTC – entrada franca

Cinemateca Capitólio – Rua Demétrio Ribeiro, 1085 – Centro Histórico

Cine Esquema Novo em Zero Hora de hoje

zh2_23-12-16zh_23-12-16

zh_09-11

Blog no WordPress.com.

Acima ↑