Busca

Bruna Paulin

Assessoria de Flor em Flor

Tag

Erico Verissimo

O Sobrado tem apresentações gratuitas no Teatro de Câmara Tulio Piva

O-SOBRADO---foto-de-Felipe-Ramalho(1)

Grupo Cerco encerra turnê pelo Rio Grande do Sul patrocinada pela SULGÁS nos dias 28, 29, 30 de novembro e 01 de dezembro

 

Encerrando turnê pelo Rio Grande do Sul com apresentações em quatro cidades, o Grupo Cerco apresenta nos dias 28, 29 e 30 de novembro e 01 de dezembro o espetáculo O Sobrado no Teatro de Câmara Tulio Piva. As sessões, com entrada franca, através da doação espontânea de 1 kg de alimento não perecível, tem patrocínio da SULGÁS através do Ministério da Cultura – Lei Rouanet.

O Grupo iniciou a circulação por Campo Bom no dia 18 de novembro, passando por Caxias do Sul e Passo Fundo. O Sobrado é uma adaptação cênica de sete capítulos da obra literária O Continente, que integra a trilogia O Tempo e o Vento, de Erico Verissimo, com direção de Inês Marocco.

A ação se passa em 1895, quando o chefe político republicano Licurgo Cambará se encontra sitiado em sua casa, junto à sua família e correligionários, sob o cerco de tropas federalistas. Fechados no sobrado durante dez dias, com pouca comida, água e munição, os personagens da trama relacionam-se em um meio perturbado e agonizante, enquanto a morte se faz presente dentro e fora da casa. Nesse ambiente angustiante, Licurgo resiste à invasão dos maragatos e, intolerante, se recusa a pedir trégua aos inimigos. Permeiam nessa obra-prima da literatura gaúcha o patriarcalismo, o belicismo, a relação com a terra e a presença forte e constante das mulheres, fazendo o espectador vislumbrar a formação da sociedade gaúcha.

Apontado pela crítica como um dos destaques do teatro gaúcho desde o ano de sua estreia, O Sobrado conquistou seis importantes prêmios e o reconhecimento da sua qualidade artística, dando ao Grupo Cerco destaque no cenário gaúcho. No elenco, Anildo Michelotto, Celso Zanini, Elielto Rocha, Elisa Heidrich, Isandria Fermiano, Manoela Wunderlich, Kaya Rodrigues, Luís Franke, Marina Kerber, Martina Fröhlich, Philipe Philippsen, Rita Maurício e Rodrigo Fiatt. A montagem tem iluminação de Cláudia de Bem, cenografia de Élcio Rossini e figurinos de Rô Cortinhas.

As apresentações de quinta, sexta e sábado acontecem às 21h e domingo, às 20h. Ingressos antecipados no local ou na bilheteria uma hora antes das sessões.

Ficha técnica

Autor: Erico Verissimo

Direção: Inês Marocco

Elenco: Anildo Michelotto, Celso Zanini, Elielto Rocha, Elisa Heidrich, Isandria Fermiano, Manoela Wunderlich, Kaya Rodrigues, Luís Franke, Marina Kerber, Martina Fröhlich, Philipe Philippsen, Rita Maurício e Rodrigo Fiatt

Assistência de direção: Isandria Fermiano, Kalisy Cabeda e Rodrigo Fiatt

Dramaturgia: Celso Zanini, Elisa Heidrich, Isandria Fermiano, Marina Kerber, Mirah Laline e Rodrigo Fiatt

Trilha sonora original: Celso Zanini, Luís Franke, Martina Fröhlich e Philipe Philippsen

Adaptação e criação: Grupo Cerco

Cenografia: Élcio Rossini

Figurinos: Rô Cortinhas

Iluminação: Cláudia de Bem

Arte gráfica: Karine Adiers

Coordenação administrativa: Daniela Lopes

Assessoria de imprensa: Bruna Paulin

Realização: Grupo Cerco

Produção Executiva: Daniela Lopes e Rodrigo Fiatt

Duração do espetáculo: 1h45min

Classificação: 14 anos

 

Saiba Mais

O Grupo Cerco, criado em 2008, trabalha com a pesquisa de linguagem e encontra na transposição da literatura para a cena um caminho para a investigação da linguagem teatral. O Grupo tem como marca processos experimentais e colaborativos, onde o ator ou “ator/autor” tem a possibilidade de trabalhar em diferentes frentes de criação que vão além da atuação, buscando soluções estéticas inovadoras para trazer força aos conteúdos que apresenta.

Prêmios conquistados:

– 4º Prêmio Braskem em Cena de Melhor Espetáculo pelo Júri Oficial

– 4º Prêmio Braskem em Cena de Melhor Espetáculo pelo Júri Popular

– Prêmio Açorianos 2009 de Melhor Direção

– Prêmio Açorianos 2009 de Melhor Dramaturgia

– Prêmio Açorianos 2009 de Melhor Ator Coadjuvante

– Troféu RBS Cultura 2009 de Melhor Espetáculo pelo Júri Popular

 

Alguns comentários e críticas sobre a peça:

“O Sobrado foi uma grande surpresa. Consegue ser extremamente teatral (…) e ao mesmo tempo fiel ao texto original. Gostei muito.”

Luís Fernando Verissimo, por e-mail.

 

“O Sobrado reúne qualidades de sobra para já ser considerado um dos destaques da temporada em Porto Alegre. O Sobrado merece ser visitado.”

Renato Mendonça, Zero Hora.

 

“Eis um espetáculo digno, admirável e surpreendente sob todos os pontos de vista.”

“… tudo está correto, inteligente e sensível.”

“Este é um espetáculo para se ver sempre, muitas vezes, e com o coração nas mãos.”

Antônio Hohlfeldt, Jornal do Comércio.

“O que chama atenção na montagem é a medida, a economia, a precisão (…), sobretudo na interpretação e na composição dos personagens.”

“(…) eles convencem. Prendem a atenção. Fazem-nos cativos da narrativa. Divertem. Emocionam. Não percam!”

Luiz Paulo Vasconcellos, Revista Aplauso.

 

 

 

Serviço

O Sobrado

De 28 a 30/11 e 01/12

Teatro de Câmara Túlio Piva – Rua da República, 575 – Cidade Baixa

Quinta, sexta e sábado às 21 horas e domingo às 20 horas

Entrada franca com a doação espontânea de 1 kg de alimento não perecível. Ingressos antecipados no local ou na bilheteria 1 hora antes nos dias das apresentações.

Agendamento para grupos e instituições: osobradocirculacao@gmail.com ou 51 8436.5552

O Sobrado tem apresentação gratuita em Caxias do Sul

O SOBRADO - foto de Myra Gon+ºalves. 02

 Grupo Cerco promove turnê pelo Rio Grande do Sul patrocinada pela SULGÁS e chega a Caxias no dia 19 de novembro

O Grupo Cerco apresenta no dia 19 de novembro o espetáculo O Sobrado em Caxias do Sul, no Teatro Municipal Pedro Parenti. A sessão, com entrada franca, através da doação espontânea de 1 kg de alimento não perecível, tem patrocínio da SULGÁS através do Ministério da Cultura – Lei Rouanet e integra uma turnê por quatro cidades do Estado.

O Grupo passa por Passo Fundo e encerra a turnê em Porto Alegre, nos dias 28, 29 e 30 de novembro e 01 de dezembro. O Sobrado é uma adaptação cênica de sete capítulos da obra literária O Continente, que integra a trilogia O Tempo e o Vento, de Erico Verissimo, com direção de Inês Marocco.

A ação se passa em 1895, quando o chefe político republicano Licurgo Cambará se encontra sitiado em sua casa, junto à sua família e correligionários, sob o cerco de tropas federalistas. Fechados no sobrado durante dez dias, com pouca comida, água e munição, os personagens da trama relacionam-se em um meio perturbado e agonizante, enquanto a morte se faz presente dentro e fora da casa. Nesse ambiente angustiante, Licurgo resiste à invasão dos maragatos e, intolerante, se recusa a pedir trégua aos inimigos. Permeiam nessa obra-prima da literatura gaúcha o patriarcalismo, o belicismo, a relação com a terra e a presença forte e constante das mulheres, fazendo o espectador vislumbrar a formação da sociedade gaúcha.

Apontado pela crítica como um dos destaques do teatro gaúcho desde o ano de sua estreia, O Sobrado conquistou seis importantes prêmios e o reconhecimento da sua qualidade artística, dando ao Grupo Cerco destaque no cenário gaúcho. No elenco, Anildo Michelotto, Celso Zanini, Elielto Rocha, Elisa Heidrich, Isandria Fermiano, Manoela Wunderlich, Kaya Rodrigues, Luís Franke, Marina Kerber, Martina Fröhlich, Philipe Philippsen, Rita Maurício e Rodrigo Fiatt. A montagem tem iluminação de Cláudia de Bem, cenografia de Élcio Rossini e figurinos de Rô Cortinhas.

A apresentação acontece às 20h, com entrada franca através da doação espontânea de 1kg de alimento não perecível. Ingressos antecipados no local ou na bilheteria uma hora antes do espetáculo.

Ficha técnica

Autor: Erico Verissimo

Direção: Inês Marocco

Elenco: Anildo Michelotto, Celso Zanini, Elielto Rocha, Elisa Heidrich, Isandria Fermiano, Manoela Wunderlich, Kaya Rodrigues, Luís Franke, Marina Kerber, Martina Fröhlich, Philipe Philippsen, Rita Maurício e Rodrigo Fiatt

Assistência de direção: Isandria Fermiano, Kalisy Cabeda e Rodrigo Fiatt

Dramaturgia: Celso Zanini, Elisa Heidrich, Isandria Fermiano, Marina Kerber, Mirah Laline e Rodrigo Fiatt

Trilha sonora original: Celso Zanini, Luís Franke, Martina Fröhlich e Philipe Philippsen

Adaptação e criação: Grupo Cerco

Cenografia: Élcio Rossini

Figurinos: Rô Cortinhas

Iluminação: Cláudia de Bem

Arte gráfica: Karine Adiers

Coordenação administrativa: Daniela Lopes

Assessoria de imprensa: Bruna Paulin

Realização: Grupo Cerco

Produção Executiva: Daniela Lopes e Rodrigo Fiatt

Duração do espetáculo: 1h45min

Classificação: 14 anos

 

Saiba Mais

O Grupo Cerco, criado em 2008, trabalha com a pesquisa de linguagem e encontra na transposição da literatura para a cena um caminho para a investigação da linguagem teatral. O Grupo tem como marca processos experimentais e colaborativos, onde o ator ou “ator/autor” tem a possibilidade de trabalhar em diferentes frentes de criação que vão além da atuação, buscando soluções estéticas inovadoras para trazer força aos conteúdos que apresenta.

Prêmios conquistados:

– 4º Prêmio Braskem em Cena de Melhor Espetáculo pelo Júri Oficial

– 4º Prêmio Braskem em Cena de Melhor Espetáculo pelo Júri Popular

– Prêmio Açorianos 2009 de Melhor Direção

– Prêmio Açorianos 2009 de Melhor Dramaturgia

– Prêmio Açorianos 2009 de Melhor Ator Coadjuvante

– Troféu RBS Cultura 2009 de Melhor Espetáculo pelo Júri Popular

Alguns comentários e críticas sobre a peça:

“O Sobrado foi uma grande surpresa. Consegue ser extremamente teatral (…) e ao mesmo tempo fiel ao texto original. Gostei muito.”

Luís Fernando Verissimo, por e-mail.

“O Sobrado reúne qualidades de sobra para já ser considerado um dos destaques da temporada em Porto Alegre. O Sobrado merece ser visitado.”

Renato Mendonça, Zero Hora.

“Eis um espetáculo digno, admirável e surpreendente sob todos os pontos de vista.”

“… tudo está correto, inteligente e sensível.”

“Este é um espetáculo para se ver sempre, muitas vezes, e com o coração nas mãos.”

Antônio Hohlfeldt, Jornal do Comércio.

“O que chama atenção na montagem é a medida, a economia, a precisão (…), sobretudo na interpretação e na composição dos personagens.”

“(…) eles convencem. Prendem a atenção. Fazem-nos cativos da narrativa. Divertem. Emocionam. Não percam!”

Luiz Paulo Vasconcellos, Revista Aplauso.

 

Serviço

O Sobrado em Caxias do Sul

19 de novembro, 20h

Teatro Municipal Pedro Parenti – Rua Dr. Montaury, 133 – Centro

Entrada franca com a doação espontânea de 1 kg de alimento não perecível. Ingressos antecipados no local ou na bilheteria 1 hora antes nos dias das apresentações.

Agendamento para grupos e instituições: osobradocirculacao@gmail.com ou 51 8436.5552.

O Sobrado tem apresentação gratuita em Campo Bom

 O-SOBRADO---foto-de-Camila-Fontes(p).-03

Grupo Cerco inicia turnê pelo Rio Grande do Sul patrocinada pela SULGÁS no dia 18 de novembro 

Iniciando turnê pelo Rio Grande do Sul com apresentações em quatro cidades, o Grupo Cerco apresenta no dia 18 de novembro o espetáculo O Sobrado em Campo Bom, no Teatro do CEI. A sessão, com entrada franca, através da doação espontânea de 1 kg de alimento não perecível, tem patrocínio da SULGÁS através do Ministério da Cultura – Lei Rouanet.

O Grupo passa por Caxias do Sul e Passo Fundo, e encerra a turnê em Porto Alegre, nos dias 28, 29 e 30 de novembro e 01 de dezembro. O Sobrado é uma adaptação cênica de sete capítulos da obra literária O Continente, que integra a trilogia O Tempo e o Vento, de Erico Verissimo, com direção de Inês Marocco.

A ação se passa em 1895, quando o chefe político republicano Licurgo Cambará se encontra sitiado em sua casa, junto à sua família e correligionários, sob o cerco de tropas federalistas. Fechados no sobrado durante dez dias, com pouca comida, água e munição, os personagens da trama relacionam-se em um meio perturbado e agonizante, enquanto a morte se faz presente dentro e fora da casa. Nesse ambiente angustiante, Licurgo resiste à invasão dos maragatos e, intolerante, se recusa a pedir trégua aos inimigos. Permeiam nessa obra-prima da literatura gaúcha o patriarcalismo, o belicismo, a relação com a terra e a presença forte e constante das mulheres, fazendo o espectador vislumbrar a formação da sociedade gaúcha.

Apontado pela crítica como um dos destaques do teatro gaúcho desde o ano de sua estreia, O Sobrado conquistou seis importantes prêmios e o reconhecimento da sua qualidade artística, dando ao Grupo Cerco destaque no cenário gaúcho. No elenco, Anildo Michelotto, Celso Zanini, Elielto Rocha, Elisa Heidrich, Isandria Fermiano, Manoela Wunderlich, Kaya Rodrigues, Luís Franke, Marina Kerber, Martina Fröhlich, Philipe Philippsen, Rita Maurício e Rodrigo Fiatt. A montagem tem iluminação de Cláudia de Bem, cenografia de Élcio Rossini e figurinos de Rô Cortinhas.

A apresentação acontece às 20h, com entrada franca através da doação espontânea de 1kg de alimento não perecível. Ingressos antecipados no local ou na bilheteria uma hora antes do espetáculo.

Ficha técnica

Autor: Erico Verissimo

Direção: Inês Marocco

Elenco: Anildo Michelotto, Celso Zanini, Elielto Rocha, Elisa Heidrich, Isandria Fermiano, Manoela Wunderlich, Kaya Rodrigues, Luís Franke, Marina Kerber, Martina Fröhlich, Philipe Philippsen, Rita Maurício e Rodrigo Fiatt

Assistência de direção: Isandria Fermiano, Kalisy Cabeda e Rodrigo Fiatt

Dramaturgia: Celso Zanini, Elisa Heidrich, Isandria Fermiano, Marina Kerber, Mirah Laline e Rodrigo Fiatt

Trilha sonora original: Celso Zanini, Luís Franke, Martina Fröhlich e Philipe Philippsen

Adaptação e criação: Grupo Cerco

Cenografia: Élcio Rossini

Figurinos: Rô Cortinhas

Iluminação: Cláudia de Bem

Arte gráfica: Karine Adiers

Coordenação administrativa: Daniela Lopes

Assessoria de imprensa: Bruna Paulin

Realização: Grupo Cerco

Produção Executiva: Daniela Lopes e Rodrigo Fiatt

Duração do espetáculo: 1h45min

Classificação: 14 anos

Saiba Mais

O Grupo Cerco, criado em 2008, trabalha com a pesquisa de linguagem e encontra na transposição da literatura para a cena um caminho para a investigação da linguagem teatral. O Grupo tem como marca processos experimentais e colaborativos, onde o ator ou “ator/autor” tem a possibilidade de trabalhar em diferentes frentes de criação que vão além da atuação, buscando soluções estéticas inovadoras para trazer força aos conteúdos que apresenta.

Prêmios conquistados:

– 4º Prêmio Braskem em Cena de Melhor Espetáculo pelo Júri Oficial

– 4º Prêmio Braskem em Cena de Melhor Espetáculo pelo Júri Popular

– Prêmio Açorianos 2009 de Melhor Direção

– Prêmio Açorianos 2009 de Melhor Dramaturgia

– Prêmio Açorianos 2009 de Melhor Ator Coadjuvante

– Troféu RBS Cultura 2009 de Melhor Espetáculo pelo Júri Popular

 

Alguns comentários e críticas sobre a peça:

“O Sobrado foi uma grande surpresa. Consegue ser extremamente teatral (…) e ao mesmo tempo fiel ao texto original. Gostei muito.”

Luís Fernando Verissimo, por e-mail.

“O Sobrado reúne qualidades de sobra para já ser considerado um dos destaques da temporada em Porto Alegre. O Sobrado merece ser visitado.”

Renato Mendonça, Zero Hora.

“Eis um espetáculo digno, admirável e surpreendente sob todos os pontos de vista.”

“… tudo está correto, inteligente e sensível.”

“Este é um espetáculo para se ver sempre, muitas vezes, e com o coração nas mãos.”

Antônio Hohlfeldt, Jornal do Comércio.

“O que chama atenção na montagem é a medida, a economia, a precisão (…), sobretudo na interpretação e na composição dos personagens.”

“(…) eles convencem. Prendem a atenção. Fazem-nos cativos da narrativa. Divertem. Emocionam. Não percam!”

Luiz Paulo Vasconcellos, Revista Aplauso.

 

Serviço

O Sobrado em Campo Bom

18 de novembro, 20h

Teatro do CEI – Av. dos Estados, 1080, Centro

Entrada franca com a doação espontânea de 1 kg de alimento não perecível. Ingressos antecipados no local ou na bilheteria 1 hora antes nos dias das apresentações.

Um Certo Capitão Verissimo na Imprensa

JC_14.12.2012

 

metro_14

“Um Certo Capitão Verissimo” na imprensa

correiodopovo_11 metro_11

Companhia de Solos & Bem Acompanhados apresenta Um Certo Capitão Verissimo

Um Certo Capitão Verissimo - Foto Carlito Ferreira - IMGP5115 t

Espetáculo estreia no dia 15 de dezembro no Centro Cultural CEEE Erico Verissimo

A Companhia de Solos & Bem Acompanhados estreia novo espetáculo no dia 15 de dezembro, dentro das comemorações dos dez anos do Centro Cultural CEEE Erico Verissimo. Um Certo Capitão Verissimo, é um espetáculo cômico, dramático, musical, épico e lírico que traz uma transcriação teatral do vasto universo do escritor Erico Verissimo.

O projeto concebido por Deborah Finocchiaro e Paulo Mauro apresenta uma composição de fragmentos de textos literários, depoimentos, poemas e discursos, personagens vindos do continente e do mundo dos mortos, que se misturam entre falas, diálogos, músicas e imagens em uma livre poética cênica. Um Certo Capitão Verissimo é um convite a um mergulho na filosofia de Erico Verissimo, e pretende tocar na alma do espectador, reafirmando assim a crença na representação cênica como caminho de questionamentos e transformações.

No elenco, Deborah Finocchiaro, Elaine Regina, Leandro Roos Pires e Marcelo Adams. As músicas, executadas ao vivo por Denise Fontoura e Deborah Finocchiaro, foram compostas por Deborah, além das canções “Canção para Julieta” de Laura Finocchiaro e “O Amor é” de Denise. O cenário é de Vicente Saldanha e os figurinos, de Arlete Cunha e da Companhia de Solos & Bem Acompanhados.

A atividade tem entrada franca e as apresentações acontecem nos dias 15 de dezembro, às 20h e 18 de dezembro às 15h e 19h. Retirada de senhas a partir das 14h nos dias das apresentações. Reservas para grupos, escolas e instituições podem ser feitas através dos fones 3219.8983 e 8462.4330 e do e-mail contato@cidacultural.com.br.

FICHA TÉCNICA

Textos – Erico Verissimo

Concepção – Deborah Finocchiaro e Paulo Mauro

Roteiro e Direção – Paulo Mauro

Atuação – Deborah Finocchiaro, Elaine Regina, Leandro Roos Pires, Marcelo Adams

Musicista convidada – Denise Fontoura

Músicas – Deborah Finocchiaro (com exceção de “Canção para Julieta”,de Laura Finocchiaro e “O Amor é” de Denise Fontoura)

Iluminação – Leandro Roos Pires

Cenário – Vicente Saldanha e Companhia de Solos & Bem Acompanhados

Figurinos – Arlete Cunha e Companhia de Solos & Bem Acompanhados

Programação gráfica – Sandro Ka

Fotos – Carlito Ferreira

Assessoria de imprensa – Bruna Paulin

Produção executiva – Daniela Lopes

Coordenação geral e Gerenciamento de projeto – Deborah Finocchiaro

Patrocínio – Grupo CEEE e Centro Cultural CEEE Erico Verissimo

Realização – Companhia de Solos & Bem Acompanhados

 

SERVIÇO

O que: Espetáculo Teatral UM CERTO CAPITÃO VERISSIMO

Quando: 15 de dezembro às 20 horas e 18 de dezembro às 15h e 19h

Entrada Franca – Retirada de senhas a partir das 14h nos dias das apresentações.

Reservas para grupos, escolas e instituições podem ser feitas através dos fones 3219.8983 e 8462.4330 e do e-mail contato@cidacultural.com.br .

Onde: Centro Cultural CEEE Erico Verissimo – Auditório Barbosa Lessa – Rua dos Andradas, 1223 – Centro Histórico – Fone: (51) 3228.9710

Blog no WordPress.com.

Acima ↑