Busca

Bruna Paulin

Assessoria de Flor em Flor

Tag

Dom Pedrito

jc_11.03.16.jpg

Guatambu Estância do Vinho promove almoço harmonizado no dia 12 de março

almoco

Atividade é realizada na sede da vinícola em Dom Pedrito

A Guarambu Estância do Vinho promove mais uma edição de seu almoço harmonizado na sede da vinícola, em Dom Pedrito, no sábado, dia 12 de março.

A programação conta com visita guiada pela área de produção dos vinhos e almoço, além de atividades para as crianças.

O cardápio conta com entrada, prato principal – entrecot de carne da raça Polled Hereford, produzido na Estância Guatambu, com sabor e maciez únicos – e sobremesa. Os pratos serão harmonizados com os espumantes Brut Rosé (vencedor de Medalha de Ouro Duplo em 2014 na Argentina) e Poesia do Pampa Brut, e os vinhos Rastros do Pampa Cabernet Sauvignon e Tannat (vencedor do Top Ten da ExpoVinis 2014), além do premiado vinho ícone da vinícola, Épico, Grande Campeão de 2015 do Anuário de Vinhos do Brasil.

 “O evento é uma oportunidade imperdível para os visitantes conhecerem o estilo e charme de nossa arquitetura, além de mergulhar na cultura do vinho e do Pampa Gaúcho, conhecendo todos os processos de elaboração dos nossos rótulos, do vinhedo à taça”, revela a enóloga Gabriela Hermann Pötter. As instalações da construção inspirada no estilo espanhol são um grande atrativo, além da moderna área de produção. Após a degustação dos rótulos no almoço, o público pode visitar a loja da vinícola que disponibiliza seus vinhos e espumantes, além de acessórios.

O ingresso por pessoa é de R$ 180,00 (com tour) e R$ 160,00 (sem tour) mediante reserva através dos contatos – visita@guatambuvinhos.com.br | 53 3243 3295

Cardápio:

Check-in

Queijo temperado com temper cheese de ervas finas e galletitas

Espumante Poesia do Pampa Brut

 

Entrada

Linguicinha parrillera com pimentões grelhados

recheados com queijo provolone

Rastros do Pampa Cabernet Sauvignon 2013

 

Prato Principal

Cortes de cordeiro e entrecot de carne Hereford na parrilla,

arroz com amêndoas e espumante Poesia do Pampa Brut,

batata dorê, feijão campeiro e saladas especiais

Rastros do Pampa Tannat 2014

Épico (vinho alta gama – uvas Tannat, Cabernet Sauvignon, Merlot e Tempranillo)

 

Sobremesa

Sorvete de creme com calda de vinho Rastros do Pampa Cabernet Sauvignon

Guatambu Rosé Brut

Guatambu promove almoço harmonizado no dia 12 de março

-Guatambu-AlmoçoMarço#2

O próximo almoço harmonizado na sede da vinícola, em Dom Pedrito, está agendado para o dia 12 de março. A programação conta com visita guiada pela área de produção dos vinhos, almoço com entrada, prato principal e sobremesa, além de atividades para as crianças. Para garantir sua entrada é necessário fazer reserva previamente pelos contatos – 53 3243 3295  |visita@guatambuvinhos.com.br
Cardápio:
Check-in
Queijo temperado com temper cheese de ervas finas e galletitas
Espumante Poesia do Pampa Brut

Entrada
Linguicinha parrillera com pimentões grelhados
recheados com queijo provolone
Rastros do Pampa Cabernet Sauvignon 2013

Prato Principal
Cortes de cordeiro e entrecot de carne Hereford na parrilla,
arroz com amêndoas e espumante Poesia do Pampa Brut,
batata dorê, feijão campeiro e saladas especiais
Rastros do Pampa Tannat 2014
Épico (vinho alta gama – uvas Tannat, Cabernet Sauvignon, Merlot e Tempranillo) 

Sobremesa
Sorvete de creme com calda de vinho Rastros do Pampa Cabernet Sauvignon
Guatambu Rosé Brut

Guatambu Estância do Vinho inicia vindima 2016

vindimaguatambu_creditoisadorapotter

As uvas brancas já foram colhidas e estão com qualidade excepcional

No dia 21 de janeiro a vinícola Guatambu iniciou a colheita das uvas Gewrüstraminer, abrindo a vindima da safra 2016.  Já foram colhidas 15 toneladas de frutas, e a expectativa é um total de 17 toneladas de uvas brancas e 20 para tintas. A produção, em comparação com 2015, será 70% menor, devido as alterações no clima que prejudicaram os vinhedos. Segundo Gabriela Hermann Pötter, sócia-proprietária e enóloga da Guatambu, três fenômenos climáticos atingiram negativamente a produção: uma geada no final do mês de setembro, que ocorreu após um período de altas temperaturas que haviam estimulado o maior desenvolvimento das brotações precocemente, além de chuvas de granizo e o El Niño. “Apesar de todas as dificuldades em relação ao clima, as uvas estão com excelente qualidade, com bagas pequenas e mais concentradas. As uvas para espumantes estão com relação pH e acidez excelentes. Será difícil para o produtor, devido a pequena produção, mas o resultado na taça deliciará o consumidor”, afirma.

Para compensar os efeitos do clima nos vinhedos, a realizou diversas aplicações de nutrientes foliares, para estimular o crescimento das plantas e o aumento das defesas contra o ataque de podridões, e várias podas verdes. Na primeira quinzena de janeiro o clima deu trégua, e o tempo com boa insolação favoreceu a maturação dos cachos, preservando a sanidade das frutas.

Na elaboração dos vinhos, o esforço estará na extração do máximo da qualidade das uvas colhidas, através de prensagem sem oxidação e em menor tempo das uvas brancas, e, no caso das tintas, o vinho ficará o maior tempo possível em contato com as cascas para maior tempo de maceração, já que as uvas estão com boa sanidade e concentradas em cor, açúcar e polifenóis. “Cuidaremos de cada cacho como uma joia rara”, declara.

A previsão é a colheita encerre em final de março com as uvas Cabernet Sauvignon. Este ano a Guatambu lançará uma nova linha de rótulos, chamada Lendas. São vinhos varietais como Cabernet Sauvignon, Tempranillo e Tannat vindos de uvas das melhores parcelas dos vinhedos da vinícola, elaborado em pequenos volumes (no máximo 2.000 garrafas de cada rótulo). Estes vinhos estão desde a fermentação malolática estagiando em barris de carvalho, e não serão filtrados nem estabilizados. “Escolhemos o nome Lendas remetendo às lendas do pampa gaúcho, como o Negrinho do Pastoreio e o Baile dos Anastácios”, conta.

Sobre a Guatambu

A Guatambu é uma vinícola boutique que trabalha com administração familiar, em pequena escala, somente com uvas próprias, lotes limitados e garrafas numeradas, em Dom Pedrito, na Campanha Gaúcha, desde 2003. Situada no coração do pampa gaúcho, na fronteira com o Uruguai, o cultivo da videira é marcado por um terroir com mais de 2.300 horas de luminosidade durante o período vegetativo da videira e escassez de chuvas no verão, garantindo a maturação fenólica das uvas e a opulência de seus vinhos.

A vinícola conta com um complexo enoturístico, que engloba área de produção, auditório, sala de degustação, salão com parrilla para eventos e loja, com referências arquitetônicas voltadas à cultura gaúcha e às estâncias do pampa, sendo considerada referência em estilo, beleza e modernidade. Mais informações, acesse o site: http://www.guatambuvinhos.com.br/

jornalnh_22.11.15.jpg

dftghthtr

Guatambu, Alvorada e Caty comemoram resultado da 43ª edição de remate em Dom Pedrito

remateguatambu3_creditoalexandreteixeira

Tradicional evento das raças P. Hereford e Braford encerrou com pista limpa, comercializando 482 animais

Destaque para touro Capitão, vendido por R$ 30.000,00

 

A 43ª edição do remate Guatambu, Alvorada e Caty reafirmou a tradição de maior remate P. Hereford e Braford do Brasil, colocando em pista 488 animais. Com faturamento de R$ 2.631.600,00, o leilão, realizado nesta quinta-feira, 01 de outubro, em Dom Pedrito, RS,  demonstrou que o já consagrado trabalho de melhoramento genético desenvolvido pelas três estâncias, fundadoras e integrantes da Conexão Delta G, rende animais com características desejadas e buscadas por pecuaristas que extrapolam as fronteiras do Rio Grande do Sul.

A novidade desta edição foram os lotes de fêmeas com transferência de embrião, que renderam média de R$ 4.500,00. O total de vendas das fêmeas das duas raças resultou em mais de R$ 1.000.000,00.

O animal mais valorizado foi o touro Capitão, Tatuagem K720, um Polled Hereford de quatro anos, da Estância Alvorada, vendido por R$ 30.000,00 para Agropecuária Xiriscal, de Dom Pedrito. O animal está em teste de progênie da Conexão Delta G, pois é considerado entre os 10% superiores do programa genético. Luis Mário Fernandes, de Dom Pedrito, tradicional cliente do remate, adquiriu dois touros Braford, tatuagens M520 e M508, da Estância Alvorada, no valor de R$ 16.500,00 cada.

O maior investimento foi de Celso Oracy Ribeiro, do Mato Grosso do Sul, totalizando 58 animais por R$ 199.200,00. Os touros Braford vendidos alcançaram a média geral de 9.522,14, enquanto os Polled Hereford atingiram o preço médio de R$ 8.267,05. O destaque entre as fêmeas ficou para a média de vendas da raça Braford, de R$ 3.966,44. A média das fêmeas P.Hereford foi de R$ 3.233,72.

O evento, já conhecido por possuir a maior oferta de Braford e Hereford do Brasil, recebeu 64 compradores de 35 municípios e superou as expectativas da organização. O público de mais de 500 pessoas esteve presente no Centro de Negócios da Estância, onde foram recebidos para o evento e participaram do almoço. Mais de 80 profissionais foram envolvidos na realização do remate.

Para os organizadores, o sucesso do resultado, assim como o alto número de clientes, é o coroamento de um longo e sério trabalho que vem sendo desenvolvido pelas propriedades vendedoras: “Apresentamos anualmente animais oriundos de forte seleção genética e caracterizados pela adaptabilidade e rusticidade, todos com índices genéticos superiores no rigoroso programa de seleção por produção a campo da Conexão Delta G. Nossos costumeiros clientes comprovam essa superioridade genética e por isso retornam às compras. E os novos compradores se fazem presentes para testar essa genética, fruto das boas referências que recebem”, enfatiza Valter José Pötter, diretor-proprietário da Estância Guatambu.

2015 2014
Faturamento R$ 2.631.600,00 – 482 animais R$ 2.902.650,00 – 560 animais
Animal mais caro R$ 30.000,00 R$ 17.500,00
Maior investimento 58 animais por R$ 199.200,00 84 animais por R$ 462.536,25
Média touros Braford R$ 9.522,14 R$ 9.151,04
Média touros Hereford R$ 8.267,05 R$ 7.700,00
Média fêmeas Braford R$ 3.966,44 R$ 3.415,47
Média fêmeas Hereford R$ 3.233,72 R$ 2.543,68
Compradores 64 compradores de 35 municípios 74 compradores de 29 municípios

SOBRE A ESTÂNCIA GUATAMBU

Situada em Dom Pedrito, no coração do pampa gaúcho, a Estância Guatambu é uma empresa familiar dedicada a gerar produtos primários e agroindustriais.

Com aptidão de solo e clima privilegiados, a estância produz uma grande diversidade de produtos. Destaca-se pela utilização de tecnologia de ponta, tanto na agricultura quanto na pecuária, sendo suas atividades centradas na integração de ambas. A pecuária de corte é desenvolvida com bovinos Polled Hereford e Braford, em ciclo completo, e ovinos Texel. Os produtos desta atividade são touros reprodutores superiores e carne de alta qualidade proveniente de animais precoces abatidos dos 14 aos 24 meses de idade, além dos cordeiros pampeanos. Na agricultura, destaca-se a produção de arroz irrigado, milho irrigado com pivô central, soja, sorgo, sementes forrageiras e uvas viníferas.

Estância Guatambu na mídia

zh2_01.10.15

jc_01.10.15

zh_01.10.15

folhadosul2_01.10.15

43º Remate Guatambu, Alvorada e Caty acontece no dia 01 de outubro na Estância Guatambu, em Dom Pedrito – RS

guatamburemate3_credito_eduardo_rocha

Evento é o maior remate Hereford e Braford do Brasil, com oferta de 570 animais

Tradicional e reconhecido pela qualidade genética dos animais em pista, o remate Guatambu, Alvorada e Caty chega a sua 43ª edição oferecendo 570 animais no dia 01 de outubro, na Estância Guatambu, em Dom Pedrito, RS. Este ano, parte dos touros vencedores da Prova de Avaliação a Campo (PAC 2014-2015) da Associação Brasileira de Hereford e Braford estarão à venda. Os animais, da Guatambu, foram o grande destaque da avaliação, conquistando os três primeiros lugares na categoria Hereford e segundo e terceiros lugares na raça Braford.

O destaque da Estância Caty são dois touros Braford: os animais Tatuagem N127 (Fronteiriço) – touro de maior índice final da safra 2013 de toda a Conexão Delta G, indicado a teste de progênie e filho do Coronilha –, e TatuagemN456 (Campesino), indicado a teste de progênie da Conexão Delta G, filho do Comanche. Da Estância Alvorada, o destaque ficará com o Polled Hereford de quatro anos,  tatuagem K720, denominado Capitão, que está em teste de Progênie da Conexão Delta G, pois é considerado entre os 10% superiores do programa genético.

O evento inicia pontualmente às 13h30. Os interessados poderão conferir os animais a partir da manhã do remate. Estarão à venda 200 touros e 370 novilhas, com destaque para 20 fêmeas com transferência de embriões de vacas e touros top líderes dos Sumários.  Todos os animais possuem genética superior por desempenho de produção pela Conexão Delta G, a seleção por DEPs. Os DEPs (Diferencial Esperado de Produção) são os índices genéticos dos animais para características como crescimento, precocidade, fertilidade e as características de carcaça.

“Em termos de qualidade, teremos touros com índices genéticos para produção de carne superiores e com teste de progênie em andamento, o que é um grande diferencial. Além disso, todos os animais são carrapateados e contam com seguro de vida de quatro meses”, revela o diretor-proprietário da Guatambu, Valter José Pötter.

O evento conta com clientes fiéis desde 1979, o que revela satisfação com o produto e atendimento prestados, ressaltando a tradição em qualidade dos animais e no serviço pós-venda. A oferta qualificada atrai muitos pecuaristas não só da região, mas de todas as partes do Brasil, em busca da qualidade genética dos animais que tradicionalmente são vendidos. “São produtores que buscam o melhoramento de seus plantéis com animais extremamente produtivos e adaptados ao campo, como é o caso de nossa genética”, destaca Pötter, acrescentando que tais características são resultantes de longos anos de seleção genética por produtividade efetiva. A expectativa, segundo os organizadores, é excelente, devido ao bom momento que a pecuária de corte vem passando.

Os participantes do leilão também poderão conferir uma programação especial na Guatambu Estância do Vinho, com visitação à vinícola e degustação de vinhos e espumantes.  O evento terá transmissão e vendas online pelo C2 Rural e pela televisão no Canal Rural, e o martelo ficará a cargo da Knoor e Central Leilões.

SOBRE A ESTÂNCIA GUATAMBU

Situada em Dom Pedrito, no coração do pampa gaúcho, a Estância Guatambu é uma empresa familiar dedicada a gerar produtos primários e agroindustriais. Com aptidão de solo e clima privilegiados, a estância produz uma grande diversidade de produtos. Destaca-se pela utilização de tecnologia de ponta, tanto na agricultura quanto na pecuária, sendo suas atividades centradas na integração de ambas. A pecuária de corte é desenvolvida com bovinos Polled Hereford e Braford, em ciclo completo, e ovinos Texel. Os produtos desta atividade são touros reprodutores superiores e carne de alta qualidade proveniente de animais precoces abatidos dos 14 aos 24 meses de idade, além dos cordeiros pampeanos. Na agricultura, destaca-se a produção de arroz irrigado, milho irrigado com pivô central, soja, sorgo, sementes forrageiras e uvas viníferas.

Blog no WordPress.com.

Acima ↑