Busca

Bruna Paulin

Assessoria de Flor em Flor

Tag

Dia das Crianças

zh_07.10.17.jpg

Tóin – Dança para Bebês integra comemorações ao Mês da Criança no Instituto Ling

toin2_creditoguimalgarizi

Espetáculo da Muovere Cia de Dança Contemporânea tem sessões no dia 15 de outubro

 

Em comemoração ao mês da criança o Instituto Ling promove apresentações do espetáculo “Tóin – dança para bebês”, com duas sessões no dia 15 de outubro. Dedicado a bebês de 0 a 3 anos, Tóin é composto por duas atividades: o espetáculo e uma “oficininha” de dança para os pequenos, compondo os estímulos da apreciação e da experiência. A montagem apresenta, de forma lúdica e sensível, o brinquedo preferido dos bebês: a dança. Já a oficina visa estimular a motricidade, a sensibilidade e os laços afetivos entre os bebês e os seus acompanhantes, através de conteúdos despertados pelo espetáculo.

O interesse por trabalhar com a dança e os bebês surgiu em 2008, quando se verificou que ações dirigidas à pequena infância envolvendo grupos de dança como catalisadores, resultando em formação de públicos e de transformação. Então, ao identificar que não havia no Rio Grande do Sul projeto da natureza, a Muovere Cia de Dança Contemporânea adotou a tarefa de atuar como mediadora entre a arte da dança e os bebês. Dedicou-se ao estudo do tema, chegando neste projeto inédito e inovador que é o Tóin, que estreou em 2012 e é um sucesso de público desde então.

Dirigido por Jussara Miranda, Tóin já realizou mais de 150 apresentações em Porto Alegre, cidades do interior do RS e em outros estados, com atividades em Salvador, Londrina e Belo Horizonte. A Muovere Cia de Dança contemporânea atua há mais de 27 anos no cenário da dança em Porto Alegre, reunindo um repertório de 18 espetáculos, cinco performances de rua e cinco projetos de inclusão social.

As apresentações ocorrem no auditório às 15h e 16h. Os ingressos custam entre R$ 40,00 e R$ 20,00, antecipados pelo site www.institutoling.org.br e na bilheteria do local, antes das sessões.

Direção geral e coreográfica: Jussara Miranda

Assistente de direção: Joana Amaral

Direção artística: Diego Mac

Bailarinos: Annita Brusque, Vinni San, Nilton Gaffree Júnior e Joana Amaral

Produção: Joice Rossato via Aresta Cultural

Trilha sonora: Marcelo Delacroix e Beto Chedid

Luz: Maurício Moura

Técnico de Luz: Ricardo Vivian

Figurino: Antonio Rabadan

Ensaiadora, Coordenadora de oficina e tradutora de libras: Joana Amaral

Assistente de oficina: Nilton Gaffree Júnior

Identidade visual: Sandro Ka

Assessoria de imprensa: Bruna Paulin – Assessoria de Flor em Flor

Fotos: Gui Malgarizi

Serviço:

Tóin – Dança para Bebês – temporada mês da criança

Local: Instituto Ling

15 de outubro, às 15h e 16h

Classificação etária: Livre

Duração: 40min

Inteira: R$ 40,00

Estudantes, idosos e crianças de 0 a 15 anos: R$ 20,00

Venda de ingressos:

Antecipados: pelo site www.institutoling.org.br

No dia:  na bilheteria do centro cultural

Estacionamento privado junto ao local. Ambiente climatizado. Estacionamento para carrinhos de bebês. Fraldário.

Link com imagens: https://www.youtube.com/watch?v=MCbwlB5TkPU

facebook.com/DancaParaBebes

É Proibido Miar volta a cartaz na Sala Álvaro Moreyra

proibido-miar-11_thais-fernandes-jpg

Apresentações ocorrem nos dias 15, 16, 22 e 23 de outubro

 

Em comemoração ao Mês da Criança, a M.A.Cia – teatro, dança e assemelhados promove uma série de apresentações durante o mês de outubro do espetáculo É Proibido Miar, encerrando com temporada nos dias 15, 16, 22 e 23, na Sala Álvaro Moreyra.

O espetáculo, baseado no livro homônimo de Pedro Bandeira, traz um importante diferencial: desde sua concepção os atores utilizaram o potencial criativo da audiodescrição e LIBRAS, enquanto narrativa e gesto. “Queremos que as crianças que não enxergam ou não escutam desfrutem de atividades artísticas em igualdade de condições com as demais, conquistando autonomia por meio de recursos de acessibilidade para constituir a plateia de hoje e também a do futuro”, declara a atriz e produtora Juliana Kersting.

Ao trazer a oportunidade de assistir a um espetáculo para todas as crianças, a companhia busca mostrar que o diferente existe e está em todos os lugares. “Nossas atitudes são importantes e contribuem para o convívio entre todas as pessoas”, afirma. Para além de uma peça para crianças, É Proibido Miar é um trabalho que atinge adolescentes e adultos, ouvintes e videntes, pessoas cegas ou com baixa visão e surdos, além de pessoas com síndrome de Down, Asperge, Autismo e/ou deficiência cognitiva, de uma forma onde todos possam ter uma nova experiência através do teatro.

“Nosso objetivo é, além de oferecer a oportunidade de todas as pessoas poderem ir ao teatro, é de também promover a importância da acessibilidade”, conta o diretor Denis Gosch. Minutos antes de iniciar cada sessão, os atores convidam o público a participar de um “tour tátil” pelo espaço onde a apresentação será realizada, espaço cênico e figurinos. Assim, as pessoas cegas ou com baixa visão recebem mais estímulos sobre a história que será contada e o público vidente pode conhecer um pouco mais sobre a peça interagindo com o espaço cênico.

Financiado pelo edital Fumproarte Porto Alegre Amanhã 2014, É Proibido Miar estreou em 2015 e conta a história do cãozinho Bingo que não via nenhum problema em miar como um gato, mas sua família e sua dona não pensavam como ele. “Partilhamos do conceito de que a deficiência não está nas pessoas, mas no ambiente, na informação e nas atitudes de acolhimento não preparados para a diversidade. Quando adaptamos essas três variáveis, a deficiência desaparece e todos podemos miar, latir ou cacarejar à vontade”, diz Juliana.

As apresentações na Sala Álvaro Moreyra ocorrem às 16h, com ingressos antecipados a R$ 30,00 na Livraria Bamboletras e pela internet. Nos dias de espetáculo, as entradas custam R$ 40,00 com descontos de 50% para estudantes, pessoas com deficiência, idosos e classe artística. Para saber mais sobre a programação do espetáculo durante outubro, acesse: http://www.eproibidomiar.com.br

Direção: Denis Gosch

Atuação: Dani Dutra, Douglas Dias, Joana Amaral e Juliana Kersting

Audiodescritora: Mimi Aragón

Psicopedagoga especializada em educação para surdos: Joana Amaral

Iluminação: Casemiro Azevedo

Produção: Débora Maier e Juliana Kersting

Assessoria de Imprensa: Bruna Paulin – Assessoria de Flor em Flor

Realização: M.A.Cia – teatro, dança e assemelhados

É Proibido Miar – temporada do Mês da Criança

15, 16, 22 e 23 de outubro, sábados e domingos sempre às 16h

Sala Álvaro Moreyra (Av. Erico Veríssimo, 307)

Ingressos: R$ 40,00

Compre antecipadamente por R$ 30,00 nos postos de venda:

– Livraria Bamboletras (Rua General Lima e Silva, 776 loja 3)

– pela internet*: www.bit.ly/miar-antecipado

* taxa de conveniência de 10%

Desconto de 50% para estudantes, pessoas com deficiência, idosos e classe artística.

Assista nosso vídeo de boas-vindas:

https://www.youtube.com/watch?v=dpydmbed-Uw

Confira nossa agenda para o mês da criança em nosso site: www.eproibidomiar.com.br

E nos siga em nossa fanpage https://www.facebook.com/eproibidomiar/

“Tóin – dança para bebês” tem apresentações no Mês da Criança

toin1_credito_stefanitelles

Espetáculo dirigido para bebês de zero a três anos e seus cuidadores promove sessões no Instituto Ling, Teatro do Sesc, Theatro São Pedro e Livraria Cultura

Após integrar a programação de aniversário do SESC Palladium em Belo Horizonte, o espetáculo Tóin – dança para bebês comemora o Mês das Crianças com apresentações no Instituto Ling, Teatro do Sesc, Theatro São Pedro e Livraria Cultura.

Tóin é realizado pela Muovere Cia. de Dança de Porto Alegre, dirigido por Jussara Miranda e Diego Mac, e composto de duas atividades: um espetáculo seguido de uma oficina, que estreou em 2012. Destinado para bebês e acompanhantes, o espetáculo é inspirado em livros imagens da literatura infantil, poemas, vídeos da internet e histórias de infância contadas pelos bailarinos.  O público também participa de uma “oficininha”, onde bebês e acompanhantes se juntam aos bailarinos para brincar de dançar, coordenada pela bailarina e tradutora de libras Joana Amaral.
Sambalelê, Rodamoínho, Menina Flor, Dança das mãos, dos cabelos e dos Palitos são algumas das músicas compostas por Marcelo Delacroix e Beto Chedid para as coreografias inspiradas nos personagens do espetáculo: Menina Flor, Menino Mola, Homem Ventania e Menina Papel. Os figurinos de Antonio Rabadan foram criados a partir da simplicidade e efeitos refletivos, bem como os bonequinhos que acompanham a oficininha. A iluminação de Mauricio Moura dá o tom da brincadeira, e Jussara Miranda e Diego Mac cuidam da delicadeza das formas e movimentos, traduzindo o encantamento de personagens no encontro com os jogos e brincadeiras coreografadas. No elenco estão os bailarinos Joana Amaral, Carini Pereira, Eduardo Richa,  Nilton Júnior e Didi Pedone.
Vencedor do Prêmio Funarte Klauss Vianna 2011, Tóin foi o primeiro projeto no gênero “dança” dedicado para os bebês, tendo realizado mais de 150 apresentações para um público de 10.000 pessoas.

A programação especial do Mês da Criança inicia com apresentações no Instituto Ling no dia 04 de outubro, às 15h e 17h. Nos dias 10 e 11, o público poderá conferir Tóin no Teatro do Sesc, às 16h. No Dia da Criança, a dança para bebês está marcada para às 14 e 16h no auditório da Livraria Cultura, e nos dias 24 e 25, no Theatro São Pedro, com sessões às 11h e 15h no sábado e às 15h no domingo.

Para saber mais, acesse: https://dancaparabebes.wordpress.com/

 

Serviço:

INSTITUTO LING
Dia 04 de outubro – 15h e 17h
Ingressos: R$ 40,00 | 50% – 0 a 15 anos, estudantes e idosos, mediante comprovação.
À venda no site do Instituto Ling e no local, uma hora antes do espetáculo
Endereço: R. João Caetano, 440 – Três Figueiras, Porto Alegre – RS, 90470-260
Telefone: (51) 3533-5700
Estacionamento gratuito; fraldário; ambiente climatizado e estacionamento para carrinhos

TEATRO DO SESC RS
Dias 10 e 11 de outubro – 16h
Ingressos: R$ 40,00 | 50% – 0 a 15 anos, estudantes e  idosos, mediante comprovação.
Pontos de venda antecipada a partir de 28/09 nos locais:

Livraria Bamboletras – Rua Lima e Silva, 776 – fone 3221-8764

Café do Duque – Rua Duque de Caxias -1354 –  fone 3254-0308

Ingressos já disponíveis através do site: http://www.entreatosdivulga.com.br/#!tin—dana-para-bebs/c1a7s

E no local, uma hora antes do espetáculo.
Estacionamento próximo, Fraldário, Ambiente climatizado, Estacionamento para carrinhos
AUDITÓRIO DA LIVRARIA CULTURA
Dia 12 de outubro – 14h e 16h
Ingressos: R$ 40,00 | 50% – 0 a 15 anos, estudantes e  idosos, mediante comprovação.
Pontos de venda antecipada  partir de 28/09 nos locais:

Livraria Bamboletras – Rua Lima e Silva, 776 – fone 3221-8764

Café do Duque – Rua Duque de Caxias -1354 –  fone 3254-0308

Ingressos já disponíveis através do site: http://www.entreatosdivulga.com.br/#!tin—dana-para-bebs/c1a7s

E no local, uma hora antes do espetáculo.

(Estacionamento Shopping Bourbon; fraldário próximo à livraria; ambiente climatizado e estacionamento para carrinhos)

THEATRO SÃO PEDRO- SALA DE EXPOSIÇÕES
Dia 24/ sábado: sessões 11h e 15 horas
Dia 25/ domingo: sessão única – 15h
Ingressos: R$ 40,00 | 50% – 0 a 15 anos, estudantes e idosos, mediante comprovação.
À venda na bilheteria do teatro a partir de 25/09. E uma hora antes do espetáculo
Praça Mal. Deodoro, S/N – Centro Histórico. Telefone (51) 3227-5100
(Estacionamento anexo ao teatro; fraldário; ambiente climatizado e estacionamento para carrinhos de bebês)

Saiba Mais:

 

Sobre a Muovere Cia de Dança

Fundada em 1989, a Muovere Cia de Dança Contemporânea atua nas atividades de produção, fomento, formação e pesquisa em dança. Em seu repertório constam 18 produções de espetáculos, 05 performances de rua, 05 projetos de inclusão social.
O interesse por trabalhar com a dança para bebês surgiu em 2008, por conta da pesquisa de mestrado realizada pela mentora e diretora Jussara Miranda, na região de Andaluzia/Espanha, quando foi possível verificar ações dirigidas à pequena infância.

Ao identificar a carência de programas artísticos originais destinados ao público de bebês, a Muovere Cia adotou a tarefa de mediar esse encontro, resultando no Tóin, uma proposta inovadora e inédita no Rio Grande do Sul.

Entre os principais Prêmios recebidos, constam:

PRÊMIO FUNARTE KLAUSS VIANNA/ 2014

PRÊMIO FUNARTE ARTES DE RUA/ 2012

PROCULTURA/ MINC 2011

PRÊMIO FUNARTE DE DANÇA KLAUSS VIANNA/ MINC (2006 e 2011)

PRÊMIO INCENTIVO A PRODUÇÃO CULTURAL/ IEACEN (02 edições)

PRÊMIO INTERAÇÕES ESTÉTICAS: RESIDÊNCIA ARTÍSTICA EM PONTOS DE CULTURA/MINC (2008, 2009, 2010)

FUMPROARTE/ SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA DE PORTO ALEGRE/ SMC (2010, 2011)

PRÊMIO AÇORIANOS DE DANÇA/ SMC (1983, 1986, 1989, 2001, 2004 e 2005)

CIRCULAÇÃO FUNARTE/ MINC (2005)

EM CENA BRASIL/ MINC (2001, 2003)

Blog no WordPress.com.

Acima ↑