Busca

Bruna Paulin

Assessoria de Flor em Flor

Tag

Desvio

Muovere Cia de Dança promove financiamento coletivo para participar de evento na Espanha

gosmma (158)

A Muovere é a primeira companhia gaúcha selecionada para o M.A.P.A.S – evento mais importante do mercado de Artes Cênicas mundial que ocorre em julho nas Ilhas Canárias

Porto Alegre, 12 de abril de 2018 – A Muovere Cia de Dança foi uma das 33 selecionadas em Artes Cênicas, para integrar a programação do M.A.P.A.S – Mercado de Las Artes Performativas Del Atlântico Sur, que ocorre em Tenerife, Ilhas Canárias, na Espanha, de 11 a 15 de julho. O evento contará com companhias de Países como o México, Espanha, Marrocos, Portugal, África, Argentina, Canadá, Costa Rica, Uruguai, Chile, Colômbia, Tunísia e Nigéria.

O M.A.P.A.S é o primeiro e mais importante mercado profissional que promove o encontro entre criadores de Artes Cênicas ao vivo – música, teatro, dança, circo e artes de rua – da América Latina, África e sul da Europa e encontros com responsáveis pela programação de teatros, espaços culturais, festivais e outros eventos de todo o mundo. É um grande fórum referência das indústrias culturais mundiais.

O grupo promove duas campanhas para apoiar os custos da viagem para a equipe.

Uma delas é a de financiamento coletivo através da plataforma Catarse – https://goo.gl/aDZrpU. No rol de recompensas os apoiadores encontram desde um ‘gracias y um beso’; passando por ‘pasito, pasito’ em aulas de dança a domicílio; aulas de espanhol; coreografias para eventos e festividades, até um Workshop Desvio, em contribuições que vão de R$ 10,00 a R$ 400,00.

A outra é direcionada a empresas com interesse em projetar suas marcas através de contrapartidas locais e internacionais. “Trata-se de um encontro transcontinental relevante, cuja oferta é a de lançar, internacionalmente, os artistas e projetos selecionados”, revela a diretora da companhia, Jussara Miranda. “As empresas que apoiarem nossa participação estarão em uma vitrine para todo o mundo, em uma janela de divulgação inédita”, declara.

Desvio, espetáculo da Muovere que estreou em 2012, foi o projeto da companhia selecionado entre mais de 1300 inscrições do mundo todo, com a vantagem que integrará as duas atividades do M.A.P.A.S: showcase, uma apresentação da performance para o público no local, e rodada de negócios, encontros com programadores de espaços culturais e curadores de mostras e festivais internacionais, onde o grupo poderá firmar participações em eventos e Festivais de apresentações do seu repertório.

Desvio é um projeto de dança para a rua. Teve sua montagem inspirada em três bairros de Porto Alegre com foco na pesquisa de movimentos corporais de pedestres, condutores de automotivos, comerciantes e moradores das comunidades, envolvendo os padrões da sinalização de trânsito como mote. Através do Prêmio Artes de Rua FUNARTE/ MINC; dos Projetos Poéticas da Cidade e Circuito SESC de Artes/SP, e SESC RS, tem circulado pelas regiões sul e sudeste entre 2014 e 2018. Jussara Miranda assina pela Direção Geral e coreográfica e Diego Mac a Direção Artística,Produção operacional de Ana Paula Reis e produção executiva e captação de recursos de Ana Adams.

A Muovere Cia de Dança vive seus 30 anos de atividades atuando em criação, produção, formação e pesquisa em dança. Em seu repertório constam 36 produções. Atualmente oferta quatro projetos: dois para o público infantil (Dancinfância: Tóin – dança para bebês e Tóin2: dança para segunda infância), Choking, espetáculo sobre dança e tecnologia, para o público adulto, e Desvio, projeto de performance para a rua, público diverso. Para saber mais, acesse: facebook.com/MuovereCiadeDancaContemporanea

Muovere Cia de Dança é a primeira companhia gaúcha selecionada para o M.A.P.A.S

desvio_Gui-Malgarizi2

Evento mais importante do mercado de Artes Cênicas mundial ocorre em julho nas Ilhas Canárias

A Muovere Cia de Dança foi uma das 33 selecionadas para integrar a programação do M.A.P.A.S – Mercado de Las Artes Performativas Del Atlântico Sur, que ocorre em Tenerife, Ilhas Canárias, na Espanha, de 11 a 15 de julho. Esta é a primeira vez que grupos brasileiros participam do evento, que contará com companhias do México, Espanha, Marrocos, Portugal, África, Argentina, Canadá, Costa Rica, Uruguai, Chile, Colômbia, Tunísia e Nigéria. Além da Muovere, apenas outro grupo do Brasil integra a programação.

O M.A.P.A.S é o primeiro e mais importante mercado profissional que promove o encontro entre criadores de Artes Cênicas ao vivo – música, teatro, dança, circo e artes de rua – da América Latina, África e sul da Europa e os responsáveis pela programação de teatros, espaços culturais, festivais e outros eventos de todo o mundo. Trata-se de um encontro transcontinental relevante, cuja oferta é a de lançar, internacionalmente, os artistas e projetos selecionados.

Desvio, espetáculo da Muovere que estreou em 2012, foi o projeto da companhia selecionado entre mais de 1300 inscrições do mundo todo. A montagem integrará duas atividades do M.A.P.A.S: showcase, uma apresentação da performance para o público no local, e rodada de negócios, que promoverá encontros com cerca de 170 programadores de espaços culturais e curadores de mostras e festivais internacionais, onde o grupo poderá firmar participações em eventos e vendas de apresentações de seu repertório.

Desvio é um projeto de dança para a rua. Financiado pelo Fumproarte, teve sua montagem inspirada em três bairros de Porto Alegre com foco na pesquisa de movimentos corporais de pedestres, condutores de automotivos, comerciantes e moradores das comunidades, envolvendo os padrões da sinalização de trânsito como mote. Através do Prêmio Artes de Rua FUNARTE/ RJ; Projetos Poéticas da Cidade e Circuito SESC de Artes/SP, circulou pelas regiões sul e sudeste entre 2014 e 2017, com mais de 40 apresentações em 13 municípios. Jussara Miranda assina pela Direção Geral e coreográfica e Diego Mac a Direção Artística e atuação como mediador e interlocutor. O elenco de bailarinos é composto por Béthany Martínez, Eduardo Richa, Juliana Rutkowski e Thiago Rieth. Produção operacional de Ana Paula Reis. E a equipe de apoio conta com Sandro Ka, Guilherme Malgarizi, Ana Adams e Manoela Wunderlich.

Fundada em 1989, a Muovere Cia de Dança Contemporânea atua nas atividades de produção, fomento, formação e pesquisa em dança. Em seu repertório constam 20 produções de espetáculos, cinco performances de rua e cinco projetos de inclusão social. Atualmente desenvolve quatro projetos: dois para o público infantil (Tóin – dança para bebês e Tóin2: dança para segunda infância), Choking, espetáculo sobre dança e tecnologia, para o público adulto, e Desvio, projeto de performance de rua. Para saber mais, acesse: facebook.com/MuovereCiadeDancaContemporanea

Espetáculo Desvio na imprensa

correiodopovo_29.04.16zh_29.04.16

Muovere Cia De Dança Contemporânea apresenta Desvio no Theatro São Pedro no Dia Internacional da Dança

gosmma (86)

Evento tem entrada franca e ocorre na sexta, 29 de abril, na praça do Multipalco Theatro São Pedro

 

Em comemoração ao Dia Internacional da Dança, a Muovere Cia de Dança Contemporânea apresenta o espetáculo Desvio no dia 29 de abril, a partir das 11h, na praça do Multipalco Theatro São Pedro, com entrada franca. Em caso de chuva, a apresentação será cancelada.

O espetáculo foi concebido em 2012 por Jussara Miranda, inspirado em ações corporais ordinárias de transeuntes na relação com o trânsito, tendo sua pesquisa realizada em três bairros de Porto Alegre, de diferentes características econômicas, sociais e geográficas. Desde 2008, a companhia incluiu o contexto da cidade como o plano de consistência artística, ou seja, campo de criação, de pesquisa e de produção em dança. De início, a experiência desenvolveu-se pela carência por um espaço físico próprio para o grupo realizar suas experiências laborais, resultando na adoção da cidade como o lugar de realização dos processos.

“Desvio” propõe associar o espaço da cidade com a dança artística, possibilitando que o público sinta-se representado; desafiar o corpo dançante como animador da cidade e estimular o imaginário coletivo. Almeja alterar os modos de produção em dança mediados pelos encadeamentos do corpo em sintonia com a urbanidade, atribuindo o fazer e o recepcionar, como produtores de fruição em dança.

O projeto possui dois formatos: “Desvio Sinal”, uma interferência coreográfica de improviso dirigido e realizada em espaços de retenção de semáforo, desafiando as habilidades de improvisação das bailarinas Joana Amaral, Annita Brusque, Didi Pedone e Letícia Paranhos. O segundo momento é pautado por uma oficina, atraindo públicos diversos para participar da gincana de dança.

Dia Internacional da Dança, 29 de abril, foi instituído pelo CID (Comitê Internacional da Dança) da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura) no ano de 1982. Ao criar oficializar a data, a instituiçao escolheu o dia 29 de abril por marcar o nascimento do mestre francês Jean-Georges Noverre (1727-1810), responsável por dar início à valorização do setor, através do conjunto de suas cartas publicadas sobre o balé de sua época: “Letters sur la Danse”. Desde então, o Dia Internacional da Dança é comemorado pelos atores da dança em vários Países do mundo.

Saiba Mais

FICHA TÉCNICA

Direção geral e concepção: Jussara Miranda

Direção artística: Diego Mac

Artista convidada: Jezebel de Carli

Ensaiador e assistente de produção: Denis Gosch

Bailarinos: Joana Amaral, Annita Brusque, Didi Pedone e Letícia Paranhos

Figurinos: Daniel Lion

Assessoria de comunicação: Bruna Paulin – Assessoria de Flor em Flor

Identidade visual: Sandro Ka

Produção: Joice Rossato – Aresta Cultural

 

http://youtu.be/JXURi4QVJoQ

  • Clip do espetáculo

http://youtu.be/5A8mHNDt7A8

 

Espetáculo “Desvio” na mídia

correiodopovo_10.04.15 jc_10.04.15

Desvio na Gazeta do Povo de hoje

gazetadopovo_06.04.2015

Espetáculo “Desvio” no Diário Catarinense

diariocatarinense_01.04.15

Espetáculo “Desvio” no jornal Notícias do Dia

noticiasdodia_01.04.15

Muovere Cia de Dança Contemporânea encerra turnê com apresentação em Florianópolis

desvioCena1-Luciane-Ferreira

Companhia de Porto Alegre apresenta espetáculo “Desvio” na próxima quarta-feira

A Muovere Cia de Dança Contemporânea encerra no dia 01 de abril a turnê do espetáculo “Desvio” que passou por Joinville, Curitiba, Londrina e chega a Florianópolis nesta quarta-feira. O espetáculo foi concebido em 2012 por Jussara Miranda, inspirado em ações corporais ordinárias de transeuntes na relação com o trânsito, tendo sua pesquisa realizada em três bairros de Porto Alegre, RS, de diferentes características econômicas, sociais e geográficas.

Desde 2008, a companhia incluiu o contexto da cidade como o plano de consistência artística, ou seja, campo de criação, de pesquisa e de produção em dança. De início, a experiência desenvolveu-se pela carência por um espaço físico próprio para o grupo realizar suas experiências laborais, resultando na adoção da cidade como o lugar de realização dos processos.

“Desvio” propõe associar o espaço da cidade com a dança artística, possibilitando que o público sinta-se representado; desafiar o corpo dançante como animador da cidade e estimular o imaginário coletivo. Almeja alterar os modos de produção em dança mediados pelos encadeamentos do corpo em sintonia com a urbanidade, atribuindo o fazer e o recepcionar, como produtores de fruição em dança.

O espetáculo teve o espaço público da cidade, especificamente, os de retenção de semáforos em três bairros de Porto Alegre, como fonte para a sua montagem. O processo de criação deu-se em três etapas: a coleta de materiais coreográficos nos semáforos por meio de improvisação; a votação pública eletrônica sobre os materiais coreográficos coletados nos semáforos, bem como sobre áudios de interesse público; e a composição coreográfica com os materiais coletados nos semáforos e votados pelo público. A elaboração do produto final foi realizada pelos diretores Jussara Miranda, Diego Mac e Jezebel de Carli, cuja tarefa fora fidelizar o protagonismo do público votante, destinado à exibição em espaços da cidade, onde o acesso seja livre e compartilhe com a arquitetura da mesma, por onde o espetáculo circule.

O projeto possui dois formatos: “Desvio Sinal”, uma interferência coreográfica de improviso dirigido e realizada em espaços de retenção de semáforo; e “Desvio Cena”, um espetáculo coreográfico realizado em espaço de domínio público, como estacionamentos e similares.

As apresentações em Florianópolis ocorrem no dia 01 de abril, às 12h na Rua Eurico Gaspar Dutra esquina Rua Santo Saraiva, e às 15h na Arena do Centro de Artes UDESC (em caso de chuva, a apresentação ocorre no hall do Bloco Amarelo do Ceart-UDESC, com entrada franca).

Vencedor do Prêmio Funarte Artes na Rua 2013, “Desvio” iniciou sua turnê pela região sul em 2014 com apresentações em Canoas e Santa Maria. Em 2015, passou por Joinville, Curitiba e Londrina, encerrando a turnê em Florianópolis. Para saber mais, acesse http://www.desviomuovere.com.br

Saiba Mais

FICHA TÉCNICA

Direção geral e concepção: Jussara Miranda

Direção artística: Diego Mac

Direção de cena: Jezebel de Carli

Ensaiador e assistente de produção: Denis Gosch

Bailarinos: Joana Amaral, Letícia Paranhos, Dudu Richa, Maria Annita Brusque

Figurinos: Daniel Lion

Produção: Laura Leão

Assessoria de comunicação: Bruna Paulin – Assessoria de Flor em Flor

Identidade visual: Sandro Ka

http://youtu.be/JXURi4QVJoQ

  • Clip do espetáculo

http://youtu.be/5A8mHNDt7A8

 

HISTÓRICO DA MUOVERE CIA. DE DANÇA

  • 2015: DESVIO: 5 Festival Internacional SESC de Música junto a Orquestra Unisinos Anchieta- regência Maestro Evandro Matté, Pelotas/RS
  • 2014: DESVIO: Muovere 25 Anos junto a Orquestra Unisinos Anchieta/ Porto Alegre. MIXADOS – Mostra resultado Oficina 25 Anos Muovere/ Porto Alegre
  • 2013: DESVIO: Prêmio Funarte Artes na Rua (circo, dança e teatro)
  • 2013: PROCULTURA/ MinC- RE-SINTOS: UM BRASIL MAIS PERTO (turnê região nordeste) com Participação no JANEIRO DE GRANDES ESPETÁCULOS/ Festival Internacional de Artes Cênicas de Pernambuco (Recife e Caruaru); e VIVADANÇA Festival Internacional (Salvador e Camaçari)
  • 2012: Edital FUMPROARTE de Dança – DESVIO com participação no DANÇA ALEGRE ALEGRETE/RS. Prêmio Funarte de Dança – TÓIN: DANÇA PARA BEBÊS.
  • 2010: CAIXA CULTURAL 2010 – Ocupação dos Espaços da CAIXA CULTURAL Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo. Espetáculo RE-SINTOS Edital Fumproarte de Dança – Projeto DALI DAQUI: Intrussocial. Prêmio Interações Estéticas 2010: FEEDBACK.
  • 2009: Prêmio Interações Estéticas 2009 “OLHO3: IntrusociaL”- Funarte/MinC.
  • 2008: Integração Comunidades Petrobras: Projeto Dança e Sentidos (cegos e portadores de baixa visão); Seleção Re-Sintos Edital Fumproarte 01- 2008; Montagem e apresentações Re-Sintos Porto Alegre em Cena; Edital de ocupação Teatro de Câmara Túlio Piva e Projeto Usina das Artes. Prêmio Interações Estéticas 2008 “Dali Daqui”. Produção “Cartilha de Dança” em BRAILLE – Feira do Livro 2008 – apoio INSTITUTO VIVO/ RJ.
  • 2007: Pesquisa videocoreográfica Muovere Fashion Week; Oficinas Movimento Progressivo/ Casa de Cultura Mário Quintana/ POA.
  • 2006: CASA BILD, Pesquisa e Difusão de Linguagens autorais em Dança/ Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna; Pesquisa Recintos 1989.
  • 2005: Espetáculo “Beterrabas Caprichosas”/ Condança – Pensamento Coletivo- e Projeto Conesul RS;
  • Troféu Açorianos de Dança POA “Aventuras” / RS; Prêmio Caravana Funarte/ Bild.
  • 2004: Projeto Dança Calvino / Teatro Elis Regina/ POA/RS; Projeto Movimentos Incessantes da SMC Montadas; Programação artística ADVB Empresários do Ano/ RS; Mostra Contemporânea de Joinville Deserto; DANÇA EM PAUTA BB, O Bandido/ CCBB/ SP.
  • 2003: Espetáculo O Bandido/ Da Trilogia Dança Calvino- montagem; Prêmio de Incentivo a Produção Cultural IEACEN/ 3 Motivos/ RS.
  • 2002: Quintas e Feminino na dança SMC POA; Prêmio Em Cena Brasil montagem / Três Motivos; 9º Porto Alegre Em Cena Bild;
  • 2001: Verão Cultural IEACEN /RS; Mostra de Dança Verão SMC/ POA; I Fórum Social Mundial 2001 – Usina do Gasômetro/POA; 1a Usina CRT Brasil Telecom de Dança – M /POA; Condança IEACEN / POA; Prêmio em Cena Brasil montagem Bild; Prêmio Açorianos de Dança Bild.
  • 2000: Verão Cultural IEACEN /RS; Quintas e Feminino na Dança SMC POA; Reveillon RBS TV; Espetáculo Máscaras (circulação RS); Prêmio de Incentivo a Produção Cultural IEACEN Recintos.
  • 1999: Verão Cultural IEACEN; Quintas e Feminino na Dança SMC POA; Mostra de Dança Verão SMC; Projeto Palcos/ Co-produção Unisc – “Máscaras”/ Circulação interior do RS; Quebra Nozes é um Sonho/ Natal Luz de POA; Medalha Cidadão de Porto Alegre – Secretaria Municipal de Cultura/RS; Projeto Uniarte (UFRGS); 7º Porto Alegre Em Cena Recintos e Deserto; Troféu Açorianos de Dança Recintos.
  • 1998: Lançamento catálogo Muovere Cia de Dança Contemporânea 89-2000; Verão Cultural IEACEN; Mostra de Dança Verão SMC; Projeto Solos Duos e Trios/ Centro Cultural de São Paulo/SP;
  • Mostra de Coreógrafos Contemporâneos SMC; III Conesul; Espetáculo Para dois Nomes do Mundo/ Porto Alegre e Buenos Aires; Troféu Açorianos de Dança Deserto.
  • 1997: Feminino na Dança CCSP; Semanas de Dança CCSP; Quintas Feminino na Dança SMC POA; Conesul Dança; Mostra de Dança Verão SMC; Espetáculo Baile à Fantasia 1911.
  • 1996: Movimento Pró-Arte circulação interior do RS; Verão Cultural IEACEN; II Porto Alegre em Cena; Festival Nacional de Joinville Troféu Helena Montenegro/ SC; 5º Prêmio Sogipa para Dança / POA; Troféu Açorianos de Dança Lôcas.
  • 1995: O Feminino na Dança CCSP/SP; Coletiva de Artistas Independentes/ Semanas de Dança CCSP; Encontro Meridional de Dança/ Pelotas RS; Circuito regional Itaú regional; Festival Nacional de Joinville Troféu Mário Avancini de Melhor Coreografia.
  • 1994: O Feminino na Dança CCSP; Duas Semanas de Dança CCSP; Verão Cultural IEACEN; Revelação Festival de Dança Asgadan / RS; Concurso Rio Arte / Rio de Janeiro/RJ.

Desvio – turnê SC e PR

Florianópolis / SC

01/04/2015

12:00 – Desvio Sinal – Rua Eurico Gaspar Dutra esquina Rua Santo Saraiva – Estreito em frente ao SESC

15:00 – Desvio Cena – Arena do Centro de Artes UDESC (Av. Madre Bencenuta, 2000)

Em caso de chuva a apresentação ocorrerá no hall do Bloco Amarelo do Ceart-Udesc

Blog no WordPress.com.

Acima ↑