Busca

Bruna Paulin

Assessoria de Flor em Flor

Tag

Delphus Galeria

Delphus Galeria na coluna de Eduardo Conill no Correio do Povo

correiodopovo_15.05.19.jpg

Delphus Galeria em Zero Hora do fim de semana

 

zh2_04.05.19

zh_04.05.19

Delphus Galeria na imprensa

jc_03.05.19correiodopovo_03.05.19

Delphus Galeria na coluna Vida Social do Jornal do Comércio

jc_02.05.19.jpg

Delphus Galeria na capa do caderno Arte & Agenda do Correio do Povo

correiodopovo_01.05.19.jpg

Projeto Arte para Todos Delphus recebe Susan Mendes a partir de 04 de maio

SUM-006

 

Paralelo Feminino tem curadoria de Rita Raimondi

Abertura da mostra contará com live paiting e modelo vivo, das 11h às 15h

 

No sábado, 04 de maio, a Delphus Galeria abre suas portas para a abertura da mostra “Paralelo Feminino” com obras da artista Susan Mendes e curadoria de Rita Raimondi. A exposição integra o projeto Arte para Todos Delphus, que promove mostras individuais e live paitings com os artistas da galeria. A iniciativa pretende aproximar o público do ambiente da galeria e dos artistas. Nesta edição, a identidade, libertação e o emponderamento feminino pautam a seleção de 22 obras da artista caxiense.

Susan estará produzindo uma obra ao longo da abertura da exposição, que contará com modelo vivo, das 11h às 15h. “Esta é uma oportunidade para todos os interessados em acompanhar o processo de criação do artista”, afirma a diretora da galeria, Salete Salvador. “Entender como funciona o trabalho artístico, poder assistir o preparo de uma tela, é uma oportunidade que poucas pessoas têm e é uma maneira de entender mais sobre arte”.

Com curadoria da italiana Rita Raimondi, a mostra contará com obras que questionam a busca pela perfeição estética e autoestima feminina. “As concepções de beleza estão diretamente ligadas a qualquer tipo de consumo onde tentamos achar uma solução para as nossas insatisfações. Este vazio pessoal é quebrado através da aceitação de viver o próprio corpo em plena liberdade: com ou sem soluções e intervenções. Autoestima feminina começa com a aceitação do próprio corpo e o padrão ideal da beleza feminina não existe. É dessa liberação que tratam as obras de Susan”, conta Rita.

As figuras aparecem em proporções mais “humanas” e o uso do papelão corrugado, coletado como descarte nas ruas, é uma metáfora sobre o descarte do que não serve mais como padrão, ou seja, uma mulher fora dos padrões é descartada, assim como caixas de papelão usadas.

“O uso dos materiais e os títulos são especialmente importantes para mim, muitas vezes fazendo menção a poemas e músicas. Os jornais me remetem à fugacidade do tempo. No processo de lixar e rasgar o papelão busco revelar o que está “por trás”, o que está escondido lá no fundo de nossas almas. Essas mulheres não estão nuas, mas despidas, desnudas do peso das convenções sociais, da intolerância, dos preconceitos e de tudo que as aprisiona e esmaga”, revela Susan.

“As mulheres da Susan são mães, amantes, filhas, trabalhadoras e donas de casa; são tão diversas mas iguais no mesmo tempo. Todas com o lado humano e sentimental em comum e paralelo em uma sociedade onde elas se tornam sempre mais fortes e livres para expressar a própria feminilidade”, declara a curadora.

Uma vitrine, montada especialmente para a mostra, também integra as atrações desta edição do Arte para Todos Delphus, além de um bate-papo sobre autoestima, libertação e mulheres, promovido na galeria na terça-feira, 28 de maio, com participações que serão divulgadas em breve.

Todas as peças do artista disponíveis na galeria estarão com valores e condições especiais: “acreditamos que facilitando as condições de compra também estamos construindo uma ponte de acessibilidade à arte”, declara Salete. Para as compras à vista, as obras estarão com 10% de desconto e também poderão ser parceladas em até 10 vezes sem juros.

A Live Painting ocorre no sábado, 04 de maio, das 11h às 15h e a mostra segue em cartaz com entrada franca até 01 de junho. A Delphus Galeria funciona de segunda à sexta-feira das 09h às 18h45 e aos sábados das 09h às 13h na Av. Cristóvão Colombo, 1093.

Susan Mendes – Caxias do Sul/RS, 1954

Vive e trabalha em Porto Alegre. Matemática por formação sempre viu na arte uma forte maneira de expressão. Usa como linguagens a pintura e a escultura há mais de quarenta anos. Fez curso de desenho no Ateliê Livre da Prefeitura de Porto Alegre, nos anos de 1990; fez curso de escultura com o artista Cho Dorneles e de pintura com a artista Lou Borguetti, cursos de extensão com Tania Bien em História da Arte na Pontifícia Universidade Católica, cursos de “Desenho da Figura Humana” ministrados por Gustavot Dias.

Exposições Individuais: 2016: “Perfeita Imperfeição II”- Modernidade Galeria de Arte Aplicada – 2016/Novo Hamburgo/RS: “imperfeito”- Galeria Municipal de Arte Gerd Bornheim -Caxias do Sul/RS, 2015: “Perfeita Imperfeição”- Gravura Galeria de Arte, Porto Alegre/RS. Exposições Coletivas: 2019: “Fora da Cor” (exercício 2), com curadoria de Ana Zavadil, Museu de Arte de Santa Maria, Santa Maria/RS, 2018:“Memória”, com curadoria de Ana Zavadil , Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul, Porto Alegre/RS, “Fora da Cor”, curadoria Ana Zavadil, Aberto Caminho de Artes, Porto Alegre/RS. Participou da Mostra Elite Design/2018 espaço Estar e Toalete Funcional, projeto Arq Monica Pretto e Eliana Machado e CASACOR RS 2018, espaço Clínica Médica, projeto BG Arquitetura.

Obras em acervo: Acervo Municipal de Artes Plásticas (AMARP) – Caxias do Sul e Museu de Arte Contemporânea do RGS (MACRS) – Porto Alegre/RS.

 

Paralelo Feminino

Por Rita Raimondi

Para entender o lugar da mulher na sociedade, temos que entender a formação da sua identidade e principalmente do seu posicionamento no contexto familiar. Conhecer a relação afetiva que esta estabelece com seu meio nos deixa compreender a construção da sua sexualidade ao longo da história e o que perpassa no seu imaginário em relação ao seu corpo e beleza.

Viver em uma sociedade na qual a imagem tem muito valor, a diversidade estética, esse padrão de beleza, muitas vezes é o nosso opressor e acaba influenciando diretamente no modo de vida das pessoas, inclusive em sua satisfação pessoal.

As concepções de beleza estão diretamente ligadas a qualquer tipo de consumo onde tentamos achar uma solução para as nossas insatisfações.

Este vazio pessoal é quebrado através da aceitação de viver o próprio corpo em plena liberdade: com ou sem soluções e intervenções. Autoestima feminina começa com a aceitação de si mesma e do próprio corpo e o padrão ideal da beleza feminina não existe.

A prova de tudo isso, de como os padrões estéticos mudam e mudaram ao longo do tempo, estão nas obras do passado, onde o artista pintava a figura sinuosa da mulher sempre em forma diferente: cada uma em sua época encarnavam as formas ideais em matéria de volumes e curvas.

Hoje, a mulher participa ativamente da construção da sociedade: rompendo barreiras e quebrando paradigmas, cada vez mais fortalecida no âmbito social e profissional, trabalha e ainda busca melhorar sua formação.

As mulheres de Susan Mendes são: mães, amantes, filhas, trabalhadoras e donas de casa; são tão diversas mas iguais no mesmo tempo. Todas com o lado humano e sentimental em comum e paralelo em uma sociedade onde elas se tornam sempre mais fortes e livres para expressar a própria feminilidade.

 

Sobre a Delphus Galeria

A Delphus Galeria, espaço especializado em molduras e obras de arte, foi lançada em 1974, na cidade de Porto Alegre, tendo, desde o princípio, seu diferencial no atendimento atencioso e especializado.

Desde abril de 2017, Salete Salvador, atuante em galerias de arte há 20 anos, assume a nova direção e propõe-se a manter a qualidade dos produtos e serviços oferecidos e conhecidos nesses 45 anos de mercado, inovando com diferentes matérias-primas, processos de emoldurações e, principalmente, trazendo novos artistas, acompanhando as tendências do mercado.

A galeria oferece obras de mais de 100 artistas plásticos de diversas localidades do Brasil, nos estilos clássico, moderno e contemporâneo. Na Delphus é possível encontrar pinturas, esculturas, gravuras, fotografias e reproduções (nacionais e importadas), com uma variedade de estilos e tamanhos que atende às mais diferentes necessidades. O serviço de emolduração é referência na cidade, já que alia a assessoria especializada na escolha da melhor montagem e a mão de obra primordial.

A Delphus Galeria atende de segunda à sexta-feira das 09h às 18h45 e aos sábados das 09h às 13h. Av. Cristóvão Colombo, 1093 – Floresta – Porto Alegre/RS (51) 99256.6218 / (51) 3222.3232

Delphus Galeria na imprensa

correiodopovo_1503

JC_15.03

JC_1303

correiodopovo_1203

Blog no WordPress.com.

Acima ↑