Busca

Bruna Paulin

Assessoria de Flor em Flor

Tag

audiodescrição

Sessão Acessível de outubro da Cinemateca Capitólio Petrobras ocorre no sábado, 19, com “A Cabeça de Gumercindo Saraiva”

14. Leonardo Machado (capitão Francisco Saraiva) by Alexandre Berra ok

Exibição integra a programação especial 2019 que conta com 26 atividades e patrocínio master da Petrobras. A produção cultural é da Fundacine RS e Prefeitura Municipal de Porto Alegre

O público poderá conferir, com entrada franca, sessão seguida de debate com o diretor Tabajara Ruas e a produtora Ligia Walper

 

Porto Alegre, 14 de outubro de 2019 – A Sessão Acessível do mês de outubro da Cinemateca Capitólio Petrobras ocorre no sábado, dia 19, às 14h, com entrada franca. A exibição de A Cabeça de Gumercindo Saraiva integra as dez sessões acessíveis da programação especial da Cinemateca Capitólio Petrobras com patrocínio master da Petrobras e produção cultural da Fundacine e Prefeitura Municipal de Porto Alegre, através da Coordenação de Cinema e Audiovisual da Secretaria da Cultura.

O diretor Tabajara Ruas e a produtora Ligia Walper participam de bate-papo com o público após a sessão, com a interpretação em Libras de Celina Xavier, da Ovni Acessibilidade Universal.

A Cabeça de Gumercindo Saraiva, foi lançado no circuito comercial em 2018, conta com Murilo Rosa, Leonardo Machado e Marcos Pitombo no elenco. No fim do século XIX, a Revolução Federalista marcou o sul do Brasil. Na época, o caudilho revolucionário Gumercindo Saraiva foi assassinado pelos legalistas. O filho dele, Francisco Saraiva, parte com cinco cavaleiros para resgatar a cabeça do pai, cortada pelo Major Ramiro de Oliveira.

As sessões acessíveis da Programação Especial 2019 da Cinemateca Capitólio Petrobras contam com legendagem descritiva, audiodescrição e libras. Além desta atividade, o projeto engloba oito mostras de cinema, quatro eventos “Noites na Cinemateca”, duas masterclasses e duas exposições relacionadas ao acervo da Cinemateca

A bilheteria abre 30 minutos antes da sessão, para distribuição de senhas. A Cinemateca Capitólio Petrobras fica na Rua Demétrio Ribeiro 1085 – Esq. com Borges de Medeiros. Mais informações (51) 3289 7453 | http://www.capitolio.org.br | facebook.com/cinemateca.capitolio

Cinemateca Capitólio Petrobras recebe duas Sessões Acessíveis no mês de setembro

dWWsTe4Q

Exibições integram a programação especial 2019 que conta com 26 atividades e patrocínio master da Petrobras. A produção cultural é da Fundacine RS e Prefeitura Municipal de Porto Alegre

O público poderá conferir com entrada franca os longas “Mulher do Pai” (21/09) e “Djon África” (28/09)

 

A Cinemateca Capitólio Petrobras promove duas Sessões Acessíveis no mês de setembro, com entrada franca. As exibições dos longas-metragens Mulher do Pai e Djon África integram as dez sessões acessíveis da programação especial da Cinemateca Capitólio Petrobras com patrocínio master da Petrobras e produção cultural da Fundacine e Prefeitura Municipal de Porto Alegre, através da Coordenação de Cinema e Audiovisual da Secretaria da Cultura. No dia 21 de setembro, às 14h, o público poderá conferir Mulher do Pai, de Cristiane Oliveira. Já no dia 28, também às 14h, é a vez de Djon Àfrica, dirigido por Filipa Reis e João Miller Guerra. As atividades contam com interpretação em Libras feita pela Ovni Acessibilidade Universal, parceira cultural do projeto.

Mulher do Pai, filmado no interior do Rio Grande do Sul, traz para as telas o trabalho de Marat Descartes e Maria Galant como protagonistas da trama que conta a história de Ruben e Nalu, pai e filha que moram no campo, perto da fronteira entre Brasil e Uruguai. Quando Ruben percebe que a filha, aos 16 anos, já é uma mulher, uma perturbadora proximidade surge entre os dois. O estranhamento inicial dá lugar ao ciúme quando Rosario, uma atraente uruguaia, ganha espaço na vida de ambos.

Djon Àfrica, dirigido por Filipa Reis e João Miller, conta a história de Miguel “Tibars” Moreira, mais conhecido como Djon Africa, filho de cabo-verdianos, que nasceu e cresceu em Portugal. Sem conhecer seu pai, ele acaba descobrindo que ele mora em Tarrafal, e decide aventurar-se à sua procura.

As sessões acessíveis da Programação Especial 2019 da Cinemateca Capitólio Petrobras contam com legendagem descritiva, audiodescrição e libras. Além desta atividade, o projeto engloba oito mostras de cinema, quatro eventos “Noites na Cinemateca”, duas masterclasses e duas exposições relacionadas ao acervo da Cinemateca. “O projeto como um todo reforça a vocação da Cinemateca como um espaço de cinefilia e reflexão crítica do cinema clássico e contemporâneo e como um local de referência na preservação do audiovisual garantindo a difusão do seu acervo ao público. “Estamos também muito felizes com a realização da programação acessível que vem ampliar a democratização do acesso à Cinemateca garantindo a inclusão de pessoas com deficiências”, afirma Andreia Vigo, diretora da Cinemateca Capitólio Petrobras.

A bilheteria abre 30 minutos antes de cada sessão, para distribuição de senhas. A Cinemateca Capitólio Petrobras fica na Rua Demétrio Ribeiro 1085 – Esq. com Borges de Medeiros. Mais informações (51) 3289 7453 | http://www.capitolio.org.br | facebook.com/cinemateca.capitolio

 

“Sueño Florianópolis” inaugura programação de sessões acessíveis 2019 na Cinemateca Capitólio Petrobras no sábado, 27 de abril

SF 02

 

Atividade integra a programação especial com 26 atividades com patrocínio da Petrobras e produção cultural da Fundacine e Prefeitura Municipal de Porto Alegre

 

Porto Alegre, 17 de abril de 2019 – No sábado, 27 de abril, inicia a série de dez sessões acessíveis que integram a programação especial da Cinemateca Capitólio Petrobras com patrocínio da Petrobras e produção cultural da Fundacine e Prefeitura Municipal de Porto Alegre, através da Coordenação de Cinema e Audiovisual da Secretaria da Cultura. O filme Sueño Florianópolis, escrito e dirigido por Ana Katz foi o escolhido para abrir a programação, com sessão gratuita às 14h.

O filme, uma coprodução entre Brasil, Argentina e França, conta a história de uma família que viaja da Argentina para o Brasil em busca de reconexão entre si. No elenco, estão os atores brasileiros Andréa Beltrão, Caio Horowicz, Marco Ricca, e os argentinos Mercedes Morán, Gustavo Garzón, Manuela Martinez e Joaquin Garzon. O longa conquistou três prêmios no Karlovy Vary International Film Festival: Melhor Atriz (Mercedes Morán), Prêmio Especial do Júri e Prêmio da Crítica Internacional. Produzido pela Prodigo Films, Campo Cine e Groch Filmes, as filmagens aconteceram entre abril e maio de 2017, em Florianópolis (Santa Catarina/Brasil) e Buenos Aires (Argentina).

As sessões acessíveis da programação especial 2019 da Cinemateca Capitólio Petrobras contam com legendagem descritiva, audiodescrição e libras. O projeto conta com oito mostras de cinema, quatro eventos “Noites na Cinemateca”, duas masterclasses, dez sessões de cinema acessível, além de duas exposições relacionadas ao acervo da Cinemateca. Além disso, o aporte também possibilitou a compra de equipamentos que proporcionarão acessibilidade completa (Libras, legenda descritiva e audiodescrição), que em breve será disponibilizada.

“O projeto como um todo reforça a vocação da Cinemateca como um espaço de cinefilia e reflexão crítica do cinema clássico e contemporâneo e como um local de referência na preservação do audiovisual garantindo a difusão do seu acervo ao público. Estamos também muito felizes com a realização da programação acessível que vem ampliar a democratização do acesso à Cinemateca garantindo a inclusão de pessoas com deficiências”, afirma Andreia Vigo, Diretora da Cinemateca Capitólio Petrobras.

A bilheteria abre 30 minutos antes da sessão, para distribuição de senhas. A Cinemateca Capitólio Petrobras fica na Rua Demétrio Ribeiro 1085 – Esq. com Borges de Medeiros. Mais informações (51) 3289 7453 | http://www.capitolio.org.br | facebook.com/cinemateca.capitolio

 

 

Sinopse

Buenos Aires, Argentina, verão de 1990, Pedro (Gustavo Garzón) e Lucrécia (Mercedes Morán), separados após vinte e dois anos de casamento, decidem viajar de férias com seus dois filhos adolescentes rumo ao litoral Sul do Brasil. Motivados pelo câmbio favorável, caem na estrada em um Renault 12, sem ar-condicionado, e viajam 1.750 km até Florianópolis (Santa Catarina). Juntos, porém separados, conhecem Marco (Marco Ricca) e Larissa (Andrea Beltrão). Pouco a pouco vão descobrindo qual é o sonho de cada um.

 

Ficha técnica

Direção: Ana Katz

Roteiro: Ana Katz e Daniel Katz

Produzido por: Beto Gauss, Camila Groch, Francesco Civita, Nicólas Avruj

Produção Executiva: Camila Groch, Beto Gauss, Nicolás Avruj

Uma Produção: CAMPO CINE (ARG) e PRODIGO FILMS (BRA), em coprodução com GROCH FILMES (BRA)

Fotografia: Gustavo Biazzi

Direção de Arte: Gonzalo Delgado

Elenco Brasil: Andrea Beltrão (Larissa), Marco Ricca (Marco), Caio Horowicz (César)

Elenco Argentina: Mercedes Morán (Lucrécia), Gustavo Garzón (Pedro), Manuela Martinez (Flor), Joaquim Garzón (Julián)

Distribuição: VITRINE FILMES (BRA)

Sales Agent Internacional: Film Factory

 

SOBRE A DIRETORA

 

ANA KATZ é uma diretora argentina formada pela Universidad del Cine de Buenos Aires. Acumula também experiências como roteirista, dramaturga e atriz. Tem filmes premiados em importantes festivais pelo mundo, como São Paulo Short Film Festival, Rotterdam Film Festival, Habana Film Festival, Festival de Mar del Plata, Festival de San Sebastián e Festival de Cannes. Em 2012 foi convidada para mostras retrospectivas de seus filmes em Nova York (USA) e em Belo Horizonte (Brasil). Em 2013 seu projeto “Sueño Florianópolis” foi vencedor do Edital de Coprodução Brasil-Argentina, promovido pela ANCINE e INCAA. No ano de 2014 rodou seu quarto longa-metra gem, “Mi amiga del Parque”, ganhador do prêmio Ibermedia e selecionado no Festival de San Sebastián.

 

Filmografia

 

Direção / Roteiro (Longas)

“Sueño Florianópolis” (2018)

“Mi amiga del parque” (2018)

[Prêmio de melhor roteiro em Sundance 2016]

“Los Marziano” (2011)

[Competição Oficial do Festival de San Sebastián – Espanha]

“Una novia errante ” (2007)

[Seleção Un certain regard, Festival de Cannes]

“El juego de la silla” (2002)

[Premiado em festivais da Espanha, Alemanha, França e Itália]

 

Direção / Roteiro (Curtas)

“El Fotógrafo” (2005)

“Mujeres en Rojo: Despedida” – telefilme (2005)

“Ojalá corriera viento” (2001)

“Pantera” (1998)

“Merengue” (1995)

 

 

Menos que Nada tem sessão especial com audiodescrição e legendas no Cine Santander Cultural

Após estreia multiplataforma no dia 20 de julho o novo longa metragem de Carlos Gerbase, Menos que Nada,tem sessão comentada especial na quinta-feira, dia 02 de agosto, às 19h, com audiodescrição e legendas, em sessão especial para pessoas com deficiência visual ou auditiva no Cine Santander Cultural. Os recursos de acessibilidade foram produzidos pela Mil Palavras, empresa instalada na incubadora Raiar da PUCRS.

Após a exibição, o diretor e audioescritora Letícia Schwartz participam de debate com o público. Um intérprete de libras acompanhará a atividade.

Blog no WordPress.com.

Acima ↑