Busca

Bruna Paulin

Assessoria de Flor em Flor

Tag

ANCINE

correiodopovo_13.10.14

“Dromedário no Asfalto” é um dos selecionados para o programa Encontros com o Cinema Brasileiro

arte-Dromedario

Três produções gaúchas constam na lista de 12 títulos que serão apresentados à curadoria do Sundance Festival

 

O programa Encontros com o Cinema Brasileiro, iniciativa da ANCINE em parceria com o Ministério das Relações Exteriores, anunciou nesta quarta-feira, 10 de setembro, os doze longas metragens selecionados para exibição à curadora Shari Frilot, do Festival de Cinema de Sundance.

Shari assistirá os filmes em sessões exclusivas entre os dias 17 e 19 de setembro, no Rio de Janeiro. Por meio dos teasers e informações fornecidas pelos produtores nas inscrições do programa, a curadora selecionou doze títulos, entre eles o primeiro longa-metragem de Gilson Vargas, “Dromedário no Asfalto”, além de mais duas produções gaúchas – “Beira-Mar”, de Filipe Matzembacher e Marcio Reolon (Avante Filmes) e “Eles Vieram E Roubaram Sua Alma”, de Daniel De Bem (Sofá Verde).

Esta é a segunda vez que a curadora Shari Frilot participa dos Encontros com o Cinema Brasileiro. O festival de Cinema de Sundance acontece de 22 de janeiro a 1º de fevereiro de 2015, em Utah, nos Estados Unidos.

Filmado no Brasil e no Uruguai, contando com elenco dos dois países, o “Dromedário no Asfalto” é uma co-produção entre as produtoras Pata Negra, Ponto Cego e Boomboom. Tendo como protagonista o ator Marcos Contreras, o filme mostra a jornada de Pedro pelas paisagens platinas, rumo ao encontro com seu pai, após anos de afastamento entre ambos. Rodado durante dois anos, com seis viagens entre os dois países, totalizando mais de 10 mil quilômetros de idas e vindas.

O longa tem apoio da Film Comission do Uruguai. Na fase de montagem recebeu o prêmio Fumproarte (Prefeitura de Porto Alegre) e o prêmio para Finalização de Longas do Governo do Estado do RS.

A equipe conta com Bruno Polidoro na fotografia, Vicente Moreno na montagem e Gabrela Bervian no som, todos sócios do filme, além de Luciana Baseggio como assistente de câmera e produção.  Gilka Vargas, Besouro Filmes e o ator Marcos Contreras são produtores associados.

Vargas comemora, ao lado da esposa, Gabriela Bervian, o sucesso do curta metragem dirigido por Gabriela com roteiro escrito pelo casal, “Domingo de Marta”, que recebeu seis troféus Assembleia Legislativa na Mostra de Curtas Gaúchos do 42º Festival de Cinema de Gramado, no início de agosto.

A parceria de produção da dupla vem se consolidando em vários projetos da Pata Negra. A produtora recém completou três anos de existência, mas já contabiliza diversos prêmios, como os quatro Kikitos e três troféus Assembleia Legislativa pelo curta Casa Afogada no 40o Festival de Gramado, além de outros 26 prêmios em diversos festivais e concursos.

Blog no WordPress.com.

Acima ↑