Busca

Bruna Paulin

Assessoria de Flor em Flor

Tag

Aliança Francesa Porto Alegre

Primeira edição do Débats d’Idées 2019 recebe Anne Poiret na sexta, 05 de abril

Anne Poiret09

Evento promove exibição do filme “Welcome to Réfugistan” seguido de debate com a diretora com realização do Ministério da  Cidadania e  Aliança Francesa  Porto Alegre

Na sexta-feira, 05 de abril, às 20h, a Aliança Francesa de Porto Alegre promove a primeira edição 2019 do projeto Debats d’Idées, que contará com a presença da jornalista Anne Poiret, na Cinemateca Capitólio Petrobras.

Vencedora do Prix Albert Londres, o principal prêmio do jornalismo francês, em 2007 por “Muttur: um crime contra o humanitário” (França 5), a escritora e jornalista produz documentários há 15 anos. Anne participa de sessão comentada do filme Welcome to Réfugistan, que trata sobre histórias de refugiados pelo mundo, que hoje já somam mais de 17 milhões de pessoas.

Welcome to Réfugistan revela o modo como a agência de refugiados das Nações Unidas administra campos que abrigam milhões de refugiados em todo mundo, criando um país virtual do tamanho da Holanda. Como lidar com as necessidades urgentes de milhares de refugiados que chegam todos os dias? Como esta resposta de emergência se transformou em uma situação durável com uma permanência média de mais de quinze anos? Quais são as perspectivas de longo prazo para este tipo de resposta à urgência humanitária? O documentário foi rodado em diversos campos pelo mundo, como no Quênia, Tanzânia, Jordânia, fronteira da Grécia com a Macedônia e em escritórios da agência na França, Inglaterra e Suíça.

Anne é diretora de “Meu País Fabrica Armas”, (France 5), “Síria: Missão Impossível” (ARTE), “Sudão do Sul: fábrica de um Estado” (ARTE), “Namíbia: O Genocídio do Segundo Reich” – (França 5) – e colabora com diferentes publicações. No Oriente Médio, África ou Ásia, ela está particularmente interessada nas áreas cinzentas do período do pós-guerra. “Reconstruir Mossul”, gravado ao longo do ano de 2018, será transmitido em breve pelo canal ARTE.

A mediação do Débat d´Idées estará a cargo da jornalista gaúcha Claudia Laitano, com tradução consecutiva de Vanise Dresch e a entrada é franca.

Débats d’Idées é uma realização da Aliança Francesa Porto Alegre que busca promover encontros com pensadores, jornalistas e intelectuais sobre questões como fronteira, geopolítica, imigração, cultura e meio ambiente, entre outros temas contemporâneos. O Débats d’Idées é realizado pela Aliança Francesa de Porto Alegre e pelo Ministério da Cidadania por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Rouanet), com patrocínio da Timac Agro e apoio da Cinemateca Capitólio Petrobras.

CINEMA

Débats d’Idées com Anne Poiret

Exibição de “Welcome to Réfugistan” (2016, 72min) seguida de debate com Anne Poiret, mediação de Claudia Laitano e tradução consecutiva de Vanise Dresch

05 de abril, 20h – Cinemateca Capitólio Petrobras

Realização: AFPOA e Ministério da Cultura

Patrocínio: Timac Agro

Apoio: Cinemateca Capitólio Petrobras

Entrada Franca

 

Inscrições abertas para o 3º Prêmio AF de Arte Contemporânea

Post FB IG

Premiação apresentada pelo Ministério da Cidadania e Aliança Francesa Porto Alegre oferece dois meses de residência artística no Centre Intermondes, na França

Porto Alegre, 20 de março de 2019 – Estão abertas as inscrições para o Prêmio Aliança Francesa de Arte Contemporânea 2019. Em sua terceira edição, a premiação busca estimular a produção das artes visuais contemporâneas no Rio Grande do Sul, com a missão de dar apoio e incentivo para artistas em início de carreira. As inscrições estão abertas de 19 de março a 31 de maio de 2019.

Para se inscrever, é preciso morar no Rio Grande do Sul. Cada participante pode concorrer com até três obras. Podem participar da seleção as seguintes artes visuais contemporâneas: pintura, gravura, desenho, serigrafia, fotografia, escultura, grafite, vídeo arte, arte performática, vídeo, transmídia e instalação. Os interessados devem fazer sua inscrição no site da Aliança Francesa de Porto Alegre (www.afpoa.com.br), onde podem encontrar o regulamento completo e a ficha de inscrição.

O melhor trabalho será premiado com uma residência artística de dois meses no Centre Intermondes, em La Rochelle, na França, com passagem e alojamento incluídos, um prêmio em dinheiro no valor de R$ 8.000,00 como incentivo à produção do artista, ajuda de custo para o período da estadia em La Rochelle de R$ 3.000,00, além de uma  bolsa de estudos na Aliança Francesa Porto Alegre. A residência está programada para os meses de agosto e setembro de 2019.

O segundo e o terceiro lugar também serão premiados com bolsas de estudo na Aliança Francesa de Porto Alegre. Em 2018, os vencedores foram David Ceccon (1º lugar), Marcelo Armani (2º lugar) e Manoela Cavalinho (3ª colocação).

Ao todo, dez trabalhos serão selecionados. A lista de artistas participantes e os três primeiros lugares será divulgada em 19 de junho. As obras serão expostas em uma Mostra Coletiva, programada para 23 de julho no Porão do Paço Municipal da Prefeitura de Porto Alegre.  A exposição seguirá em cartaz com entrada franca até 04 de outubro.

Essa é a terceira edição do prêmio no Rio Grande do Sul, que é realizado pela Aliança Francesa de Porto Alegre e pelo Ministério da Cidadania por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Rouanet), com patrocínio da Timac Agro e apoio do Centre Intermondes e da Prefeitura Municipal de Porto Alegre.

Aliança Francesa Porto Alegre promove programação gratuita em comemoração ao Dia Internacional da Francofonia

Nina Rouge - creditos Fabio Alt 2018

Diversas atividades ocorrem na sede Moinhos de Vento, a partir de sexta, 15 de março

 

Porto Alegre, 12 de março de 2019 – Para celebrar a volta às aulas e o Dia Internacional da Francofonia, comemorado mundialmente no dia 20 de março, a Aliança Francesa  Porto Alegre promove, a partir desta sexta-feira, 15 de março, diversas atividades gratuitas na sede Moinhos de Vento.

Em cartaz de 15 de março a 24 de maio, a exposição O mundo é minha pátria: a migração haitiana e senegalesa no Brasil propõe um olhar diferente sobre a realidade do RS que, nos últimos anos, recebeu haitianos e senegaleses que tentam se integrar à realidade brasileira. Os fotógrafos Diego Vara, Mateus Bruxel e Tadeu Vilani acompanharam durante dois anos o dia a dia e os desafios desses migrantes que vieram ao Brasil na busca por um futuro.

O resultado desse trabalho fotográfico dá espaço para a discussão das políticas migratórias em terras brasileiras. A língua francesa ressoa hoje com novos sotaques no sul do Brasil. O objetivo desta exposição é mostrar a diversidade dos mundos francófonos, mas, também, mostrar os obstáculos enfrentados diariamente por homens e mulheres que buscam uma vida melhor.

Também no dia 15, às 19h, com realização da AFPOA e Ministério da Cultura, através da Lei Rouanet, e patrocínio da Timac Agro, a sede Moinhos de Vento abre as portas para receber a jornalista, produtora cultural e DJ Nanni Rios com um set muito especial de boas-vindas. Nanni convida o público a uma viagem pela música brasileira de todas as épocas: da Tropicália à novíssima MPB, passando por Bossa Nova, carimbó e manguebeat, tudo temperado com o que há de mais dançante na música francesa contemporânea.

No sábado, 16 de março, às 17h, a  AFPOA  recebe o público para uma tarde de Chanson Francesa, com atrações muito especiais: Nina Rouge, Daniel Debiagi e Philipe Philippsen, vencedores das edições 2018, 2015 e 2013 do Festival da Canção Francesa se apresentam acompanhados dos músicos Jackson Spindler (teclado), Bruno Vargas (baixo) e Otávio Moura (bateria).

Nina foi a grande vencedora da edição 2018 do Festival, onde levou o título nacional em novembro do ano passado. Daniel é cantor e compositor, foi vice-campeão na final nacional do 8º Festival, e recentemente lançou seu primeiro álbum, “Sem Chover em Teus Olhos”. Philipe Philippsen é ator, músico e artista de rua. Em 2013 venceu a etapa RS e em 2018 levou o segundo lugar.

Todas as atividades têm entrada franca. A Aliança Francesa Porto Alegre Sede Moinhos de Vento fica na rua Dr. Timóteo, 752. Mais informações (51) 3222-6070 | recepcao@afpoa.com.br |  (51) 98427-9742

 

 

Dia Internacional da Francofonia

A Francofonia é uma das grandes áreas linguísticas mundiais. Não se limita a um idioma em comum, dado que é também fundamentada na partilha dos valores humanistas que foram veiculados pela língua francesa. São os dois pilares sobre os quais está alicerçada a Organização Internacional da Francofonia.

Criada em 1970, a Organização Internacional da Francofonia (OIF) tem por missão dar corpo a uma solidariedade ativa entre os 80 Estados e governos que a compõem (57 membros e 23 observadores) – ou seja, mais de um terço dos Estados membros das Nações Unidas -, totalizando uma população de mais de 890 milhões de pessoas, 274 milhões das quais são francófonas.

 

Língua francesa

  • Há 300 milhões de francófonos no mundo.

Estima-se em 300 milhões o número de francófonos no mundo, 72 milhões dos quais são locutores francófonos parciais.

  • O francês é a 5ª língua mais falada do planeta e a única, com o inglês, a ser falada nos cinco continentes.
  • É a 2ª língua de negócios no espaço europeu e a 3ª no mundo.
  • O francês é a 4ª língua na Internet.

 

A Francofonia

  • OIF: 88 Estados e governos – A Organização Internacional da Francofonia (OIF) agrupa 88 Estados e governos (dos quais, 27 observadores), repartidos pelos cinco continentes.
  • Francofonia: um bilhão e meio de habitantes – Os 88 Estados e governos da OIF totalizavam um bilhão e meio de habitantes, ou seja, 16% da população mundial.
  • OIF : mais de um terço dos Estados membros da ONU Os 84 Estados e governos da Organização Internacional da Francofonia representam mais de um terço dos membros das Nações Unidas.
  • Em 32 Estados e governos membros ou observadores da OIF, o francês é língua oficial, sozinho ou juntamente com outras línguas.
  • Espaço francófono: 20% do comércio mundial de mercadorias
  • Há 900 000 professores de francês no mundo
  • 125 milhões de pessoas em situação de aprendizagem que envolve o francês
  • 60% dos francófonos têm menos de 30 anos
  • 55% de francófonos na África

Fonte: Site Oficial da Organização Internacional da Francofonia

 

Sobre a Aliança Francesa

A Aliança Francesa está presente no Brasil desde 1885 e é o único curso de ensino da língua francesa reconhecido pelo Ministério da Educação Nacional francês. Seu primeiro centro foi fundado no Rio de Janeiro, apenas dois anos após a criação da sede, em Paris.

Há mais de 50 anos promovendo a língua e a cultura francesas em Porto Alegre, a Aliança Francesa é uma associação sem fins lucrativos, registrada sob o nome de Centro Franco-Brasileiro, reconhecida de utilidade pública pelo decreto estadual nº 22 524 de 13/07/73 e pelo decreto municipal nº 3816 de 23/11/73.

A Aliança Francesa de Porto Alegre propõe cursos para todas as idades e níveis, inclusive nas épocas de férias, com professores especializados e total apoio pedagógico.

Para os adultos, além do curso de francês – com diferentes cargas horárias e novas turmas a cada mês – há diversos cursos específicos e ateliês culturais.

Por fim, única credenciada a realizar os exames para obtenção dos diplomas de proficiência linguística DELF e DALF, é também centro de aplicação de testes e exames internacionalmente reconhecidos.

Em parceria com os agentes culturais gaúchos, a Aliança Francesa organiza durante todo o ano espetáculos de teatro, de circo e de dança contemporânea, mostras de artes plásticas e de cinema, concertos de música erudita e shows de música popular. Também recebe palestrantes da França e de países de língua francesa.

Unidade Moinhos

Rua Dr. Timóteo, 752, Moinhos de Vento | CEP: 90570-040 | Porto Alegre – RS

(51) 3222-6070 | recepcao@afpoa.com.br |  (51) 98427-9742

Blog no WordPress.com.

Acima ↑