Busca

Bruna Paulin

Assessoria de Flor em Flor

Tag

Agulha

Projeto Concha na imprensa

jc_12.07.19

 

correiodopovo_12.07.19

 

zh_12.07.19

Projeto Concha traz Alessandra Leão para edição de julho

Alessandra-Leão_credito_Bia-Varella

Cantora pernambucana apresenta o álbum recém lançado Macumbas e Catimbós na sexta-feira, 12 de julho, no Agulha

Ingressos à venda no link – http://bit.ly/conchadejulho

A edição de julho do Projeto Concha 2019 recebe a cantora pernambucana Alessandra Leão, com show na sexta-feira, 12 de julho, no Agulha.

O show integra a programação do projeto que este ano conta com o patrocínio do Natura Musical e promove, além de apresentações de cantoras e compositoras brasileiras, uma residência artística de quinze artistas, que ocorre de abril a dezembro.

A cantora apresenta o álbum recém lançado Macumbas e Catimbós, fruto de anos de aprofundamento em tradições musicais de terreiros de Candomblé, Jurema e Umbanda, onde a voz e a percussão são os condutores dos trabalhos.

O álbum tem participação especial de Lia de Itamaracá, Mateus Aleluia, Sapopemba e Recanto Quiguiriçá, e o coro convidado formado por Karina Buhr, Lenna Bahule, Lívia Mattos, Isaar e Manu Maltez. O show tem como base instrumental a voz e o um trio de Ilús.

Há cerca de dois anos Alessandra tornou-se “corimbeira” ou “ogã” na Umbanda, responsável pelos toques e cantos durante os rituais e função proibida às mulheres em grande parte dos terreiros de religiões de matriz africana. A partir dessa experiência, tem se aprofundado ainda mais nesse tema.

O Projeto Concha foi selecionado pelo Natura Musical por meio do edital 2018 com com Financiamento da Lei de Incentivo à Cultura – Pró-Cultura RS – Secretaria de Estado da Cultura – Governo do Estado do Rio Grande do Sul. “Coletivos como o Projeto Concha ampliam a voz de movimentos que buscam maior representatividade dentro e fora do mercado musical”, afirma Fernanda Paiva, gerente de Marketing Institucional da Natura. “De uma forma geral, os coletivos promovem impacto cultural, social e econômico que multiplica o alcance de um patrocínio. A gente investe no coletivo e toda uma rede de pessoas conectada a ele também são impactadas de forma positiva”, completa.

Os ingressos custam entre R$ 15,00 e R$ 60,00 e podem ser adquiridos pelo sympla – http://bit.ly/conchadejulho ou no local, no dia do show, mediante disponibilidade.

Protagonismo no palco

O Projeto Concha é uma iniciativa independente, criada em 2018 pela produtora cultural Alice Castiel. Ao analisar o mercado musical, tanto localmente como em eventos nacionais dos quais participou, ela notou a quantidade e a diversidade de mulheres produzindo, compondo, tocando instrumentos e cantando, mas que muitas vezes, apesar do talento, não tinham acesso a selos, gravadoras ou à programação de festivais. “Em Porto Alegre ou em qualquer cidade do Brasil, a oferta dos principais palcos é majoritariamente protagonizada por homens”, afirma. Como contraponto, Alice propôs uma programação que apresentasse exclusivamente o trabalho de mulheres, a fim de chamar atenção para o que é produzido e muitas vezes ignorado ou preterido pelo circuito oficial da música.

Nas 11 edições do projeto, realizadas no bar Agulha, em Porto Alegre, o público lotou a casa para conhecer o trabalho de mais de 20 mulheres, em apresentações de artistas locais e também de criadoras com projeção na cena nacional, criando um espaço de visibilidade e troca de referências musicais, amparado por uma rede de apoio entre mulheres e conteúdo profissionalizante. Já participaram artistas como Letrux, Juçara Marçal, Luedji Luna, Labaq, Xênia França, Maria Beraldo, Larissa Luz, Juliana Perdigão, intervenções poéticas de Angélica Freitas, Mel Duarte, Luna Vitrolira, Crystal Rocha e as atrações locais Saskia, Raquel Leão, Veña, Pâmela Amaro, Thays Prado, As Aventuras e até uma banda se formou especialmente para uma edição do Concha, batizada de Enxame.

Para mais informações, acesse: facebook.com/projetoconchapoa

Sobre Natura Musical

Natura Musical é a principal plataforma de patrocínio da marca Natura. Desde seu lançamento, em 2005, o programa investiu R$ 132 milhões no patrocínio de 418 projetos – entre CDs, DVDs, shows, livros, acervos digitais e filmes. O último edital do programa neste ano selecionou 50 projetos em todo o Brasil, entre artistas, bandas e coletivos. Os trabalhos artísticos renovam o repertório musical do país e são reconhecidos em listas e premiações nacionais e internacionais.

A plataforma digital do programa leva conteúdo inédito sobre música e comportamento para mais de meio milhão de seguidores nas redes sociais. Em São Paulo, a Casa Natura Musical se tornou uma vitrine permanente para a rica e pulsante produção musical brasileira.

 

SERVIÇO

Projeto Concha apresenta Alessandra Leão

Sexta-feira, 12 de julho de 2019

Local: Agulha – Rua Conselheiro Camargo, 300

Horários: O bar abre às 19h e a apresentação começa pontualmente às 22h

Ingressos (à venda  no sympla – http://bit.ly/conchadejulho)

Lote Promocional limitado – R$ 15 – apenas online;

1º lote Solidário* / Meia-entrada** – R$ 20 – na internet (com opção de boleto bancário);

2º lote Solidário* e na Hora/ Meia-entrada** – Solidário* / Meia-entrada** – R$ 30

* Solidário – Valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível ou itens de higiene pessoal, disponível para qualquer pessoa. As doações deverão ser entregues no Agulha, no momento da entrada ao evento.

** Meia-entrada – Para o benefício da meia-entrada (50% de desconto), é necessária a apresentação da Carteira de Identificação Estudantil (CIE) na entrada do espetáculo. Os documentos aceitos como válidos estão determinados na Lei Federal 12.933/13.

Projeto Concha na coluna de Luiz Gonzaga Lopes do Correio do Povo

correiodopovo_30.06.19.jpg

Projeto Concha na imprensa

 

zh_14.06.19

 

correiodopovo_14.06.19

 

jc_14.06.19

Antenna ao Vivo completa dois anos com show do trio Não Recomendados no sábado, 01 de junho, no Agulha

Não Recomendados_credito_Rael Barja (2)

 

Ingressos antecipados à venda pelo Sympla – http://bit.ly/antenna2anos

 

Prestes a comemorar dois anos, o Antenna ao Vivo celebra dez show realizados em Porto Alegre, incluindo nomes como Johnny Hooker, Cordel do Fogo Encantado, Francisco El Hombre, As Bahias e a Cozinha Mineira e LaBaq. A comemoração de aniversário do projeto traz o trio paulista Não Recomendados no sábado, 01 de junho, para show no Agulha.

Não Recomendados é um espetáculo com a união de três autores intérpretes: Caio Prado, Daniel Chaudon e Diego Moraes – e um produtor autor, Edu Capello. Todos inquietos e com a mesma vontade: transformar, questionar e provocar os padrões comportamentais e viciados da sociedade.

A união em virtude da arte transformadora, refletindo a realidade nua de conceitos baseados em heranças desproporcionais, e o espetáculo, como um palco laboratorial, se torna uma extensão das próprias vivências de cada integrante, os becos, as ruas, as noites, as lutas. Tudo refletido no palco.

“Não Recomendado” composta por Caio Prado, é a raiz do grupo, música que manifesta acima de tudo, um grito de liberdade diante das burocráticas e hipócritas aparências que permeiam a sociedade. O conceito pelo não preconceito é compartilhado por Diego Moraes e Daniel Chaudon, que resulta na construção da pirâmide e se completa com o sentimento compartilhado pelo produtor Edu Capello. A canção já foi gravada por importantes nomes da música brasileira, como Elza Soares.

“Agora”, outra composição de Prado, manifesta acima de tudo, um grito de liberdade diante das burocráticas e hipócritas aparências que permeiam a sociedade. O conceito pelo não preconceito é compartilhado por Moraes e Chaudon, o que resulta na construção da pirâmide. Artistas inquietos e com a mesma vontade: transformar, questionar e provocar os padrões comportamentais e viciados da sociedade.

Os ingressos, à venda antecipadamente pela plataforma Sympla (http://bit.ly/antenna2anos) custam entre R$ 45,00 e R$ 110,00. No dia do evento, à venda mediante disponibilidade no local. O Agulha fica na Rua Conselheiro Camargo, 300 – Bairro São Geraldo e abre às 19h com show marcado para às 22h.

 

||| Serviço |||

||| Não Recomendados ~ Antenna Ao Vivo 2 anos ~ Agulha

||| Sábado, 01 de Junho de 2019

||| Local: Agulha – Rua Conselheiro Camargo, 300 – Bairro São Geraldo – Porto Alegre/RS – Próximo a estação do Trensurb São Pedro e das linhas T3 e T8

||| Horários: O bar abre às 19h e a apresentação começa pontualmente às 22h

 

||| Ingressos |||

No site: http://bit.ly/antenna2anos

Lote Promocional limitado – R$ 35 – apenas online;

1º lote Solidário* / Meia-entrada** – R$ 45 – na internet (com opção de boleto bancário)

2º lote Solidário* / Meia-entrada** – R$ 55 – na internet (com opção de boleto bancário)

Na hora (mediante disponibilidade)

 

* Solidário – Valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível ou itens de higiene pessoal, disponível para qualquer pessoa. As doações deverão ser entregues no Agulha, no momento da entrada ao evento.

** Meia-entrada – Para o benefício da meia-entrada (50% de desconto), é necessária a apresentação da Carteira de Identificação Estudantil (CIE) na entrada do espetáculo. Os documentos aceitos como válidos estão determinados na Lei Federal 12.933/13.

*** Valores de inteira: R$ 90 e R$ 110

 

||| CLASSIFICAÇÃO: 16 anos

 

||| Realização: Antenna e Agulha

||| Plataforma Oficial: Sympla

||| Artes por Afonso De Lima

 

||| Apoios: Trattoria Casa Angelo Porto Alegre, Salvia, Ibis Styles, Venezianos Pub Café, Salvia

Projeto Concha na imprensa

jc_16.05.19correiodopovo_16.05.19zh_16.05.19

II Festival de Música de Nova Prata na imprensa

jc_22.11.17pioneiro_22.11.17zh_22.11.17correiodopovo_22.11.17jc2_22.11.17

Festival de Música de Nova Prata promove show do músico norte-americano Adrian Bellue em Porto Alegre

FMNP_show_adrianbelluePOA

Atração da segunda edição do evento participa da atividade paralela na Capital na quinta-feira, 23 de novembro

 

O II Festival de Música de Nova Prata ocorre de 22 a 26 de novembro com entrada franca, trazendo diversas atrações ao público, incluindo o norte-americano Adrian Bellue. O músico californiano integra atividade paralela do evento na próxima quinta-feira, 23 de novembro, com show em Porto Alegre, no Agulha (Rua Conselheiro Camargo, 300). A abertura fica a cargo de outro artista do gênero fingerstyle e também atração do Festival, o gaúcho Jonathas Ferreira.

Adrian Bellue é um multi-guitarrista de Sacramento, Califórnia. Influenciado e inspirado pelo novo movimento contemporâneo musical, Adrian transcende as fronteiras da guitarra e do violão acústico, desenvolvendo uma abordagem moderna para o fingerstyle. Essa linguagem permite usar o violão de forma percussiva, harmônica e melódica simultaneamente, caracterizando-se também por usar técnicas e efeitos de outros instrumentos no violão, e também pelo uso de afinações alternativas.

Já se apresentou e estudou com guitarristas de renome mundial, como John Doan, Antoine Dufour, e Craig D’Andrea, e tem seu trabalho reconhecido mundialmente por mestres de guitarra, como Andy McKee e Don Ross. Atualmente, está compondo e gravando seu segundo álbum com novos arranjos realizados em Stonebridge Guitars, com alguns dos melhores instrumentos artesanais da Europa.

Jonathas Ferreira traz em suas composições a influência de toda bagagem musical que adquiriu com estudo do violão clássico, misturando sua paixão pela música brasileira e o bom e velho Rock n’ Roll. Jonathas já levou suas músicas a importantes palcos do cenário musical nacional e em 2012 fez a abertura do show de Yamandu Costa.  O músico vem chamando a atenção no cenário internacional recebendo depoimentos de nomes como Jon Gomm e Pierre Bensusan

Após reunir mais de cinco mil pessoas em sua primeira edição em 2015, o II Festival de Música de Nova Prata ocorre de 22 a 26 de novembro, com diversas atrações gratuitas espalhadas pela cidade, incluindo apresentações do norte-americano Adrian Bellue, Duo de Viola e Acordeon, Jonathas Ferreira, Gabriel Selvage, Quinteto Canjerana, Philipe Philipsen, AUTOMAKINA – Universo Deslizante e Renato Borghetti.

O evento, que pretende promover o intercâmbio cultural, proporcionando, através de sua programação, apresentações musicais de grupos autorais ou instrumentais do RS e atividades de formação, além de divulgar e fomentar novos talentos locais, com a Mostra Paralela, que selecionou quatro bandas e dois grupos de música de câmara do Estado do RS: Kulla Jazz, Moio, Trabalhos Espaciais Manuais, Veña, As Mulheres de Bah! e Aria Trio. O festival contará com uma Mostra Local, com a participação da Orquestra de Sopros da cidade, Coro da AABB, Casa Muscaria e Diego Berquó Trio, além de um eixo formativo que oferecerá palestras, bate papos e oficinas, voltado para escolas, professores e artistas da região.

O II Festival de Música de Nova Prata conta com o patrocínio master da ADYLNET TELECOM, Patrocínio da CORSAN – Governo do Estado do RS, P&C Arte Mobili e Corpo Clínico do Hospital São João Batista, Apoio Institucional da Prefeitura de Nova Prata e SESC – Sistema Fecomércio, Realização Eclética Escola de Música e CUCO Produções. Financiamento Pró Cultura -RS – lei de Incentivo à Cultura, Governo do Estado do RS e Ministério da Cultura – Brasil – Governo Federal. Para mais informações, acesse: www.festivaldemusicanovaprata.com.br | facebook.com/festivaldemusicanovaprata

Os shows iniciam às 22h e a casa abre às 19h. Ingressos antecipados a R$ 20,00 pelo site https://www.sympla.com.br/adrian-bellue-usa-no-agulha__215348 ou no local a R$ 30,00. O Agulha fica na Rua Conselheiro Camargo, 300.

 

Serviço:

ADRIAN BELLUE no AGULHA

Abertura Jonathas Ferreira

23.11.2017 – Quinta-feira

Horário: Portas 19h – Show 22h

Onde: Agulha – Rua Conselheiro Camargo, 300

 

Ingressos:

R$ 20 ANTECIPADO PROMO no site https://www.sympla.com.br/adrian-bellue-usa-no-agulha__215348

R$ 30 na hora

 

facebook.com/adrianbellue/

facebook.com/tfjonathas/

festivaldemusicanovaprata.com.br/

Blog no WordPress.com.

Acima ↑