Busca

Bruna Paulin

Assessoria de Flor em Flor

“Coisa com Coisa”, single dos Fantomaticos, tem lançamento nesta sexta-feira, 07 de agosto

Canção integra o quarto álbum do grupo e estará disponível nas disponível nas plataformas de streaming e no Youtube.

Nesta sexta-feira, 07 de agosto, os Fantomaticos lançam o terceiro single de seu mais recente álbum. Coisa com Coisa é uma composição mais experimental, assinada pelo guitarrista Augusto Stern e pelo baterista Pedro Petracco, que foi o responsável pela voz principal na gravação. A base instrumental já existia há algum tempo, mas os músicos finalizaram a letra e melodia durante uma tour que fizeram em São Paulo. Mais uma vez cenas do cotidiano em uma cidade grande e corrida permeiam o universo da canção.

Como nos lançamentos anteriores, ‘Coisa com Coisa’ vem acompanhada de um vídeo elaborado e editado pela banda, mesmo limitados pela quarentena. Dessa vez, imagens desconexas e intrigantes encontradas em arquivos de filmes antigos foram encadeadas de forma sensorial, conversando com a poesia da letra.

A arte da capa, desenvolvida pelo artista Fábio Alt, parceiro da banda, acabou por complementar a estética do clipe. Numa montagem em preto e branco de fotos antigas da banda ele adiciona os mesmos efeitos gráficos do vídeo e insere os músicos neste universo.

A banda prossegue com a finalização do seu quarto álbum, processo interrompido por conta da pandemia, mas que tem continuidade com o lançamento de singles. As 10 canções que integram o disco estão sendo finalizadas a distância e serão lançadas individualmente ao longo de 2020.                  

O material completo estará disponível no canal da banda no YouTube e poderá ser ouvida no Spotify, Deezer, iTunes e nas mais diversas plataformas de streaming. Mais informações, acesse: www.fantomaticos.com

Canal da banda no Youtube      

https://www.youtube.com/channel/UCT42G1YM9Obvd4RY3xe8QlA

Sobre os Fantomaticos

André Krause – baixo e vocais

Augusto Stern – guitarra e vocais

Guilherme Fialho – guitarra e vocais

Pedro Petracco – bateria e vocais

Rodrigo Trujillo – teclado e vocais

            Fantomaticos é uma banda de Porto Alegre surgida no ano de 1999, ainda de forma experimental, que logo se voltou à busca de uma expressão artística própria e ganhou notoriedade na cena alternativa de rock autoral dos anos 2000. O grupo já se apresentou em diversas cidades do Brasil e em 2015 fizeram seus primeiros shows internacionais, no Uruguai.

            O primeiro disco, ‘No Bosque’ (2008), revela uma grande carga de experimentalismo e originalidade nas composições e arranjos das canções. Seu lançamento teve repercussão nacional na mídia especializada e levou o clipe da canção ‘Gin’ à programação da MTV.

            O segundo disco, ‘Dispersão’ (2013), revela o amadurecimento artístico-musical na construção de um projeto conceitual que busca criar atmosferas e paisagens sonoras mais introspectivas e consistentes. Sobre o trabalho, o músico Frank Jorge, ícone do rock nacional, disse: “(…) é bom escutar uma voz que busca na música uma forma de expressão tendo a noção do quanto é nobre esta possibilidade. (…) A identidade/sonoridade da banda já conta com impressões digitais próprias. A banda tem o SEU som!”

            Deste álbum foram lançados quatro clipes que integram a programação de canais como MTV, Multishow e Bis, Box Brasil, com destaque para a música ‘Ao Longe’. Suas canções passaram pela programação da Itapema FM, Unisinos FM, Novos Horizontes, Mínima FM, entre outras e esse repertório foi apresentado ao vivo na rádio Ipanema FM.

            A canção ‘Recorriendo’, foi remixada pelo artista inglês Midi Error e lançada na rádio BBC Shropshire (Inglaterra). O disco foi destaque na mídia especializada nacional e internacional, como os sites Unsigned & Independent (Irlanda) e Social Radio (EUA).

            Entre o final de 2014 e o final de 2015 lançaram três Eps, com duas músicas cada. São eles: ‘Veja Bem a Sua Volta’, que ganhou bastante espaço nas rádios, ‘Keep Calm’, que tem um belo vídeo-clipe e ‘Vale’, que explora um lado acústico da banda.

            O terceiro álbum, intitulado apenas ‘Fantomaticos’, lançado em 2016, propõe músicas mais diretas e minimalistas, voltadas sobretudo para a execução ao vivo. São 12 músicas inéditas produzidas e gravadas pela banda no seu estúdio, o Bunker Studio.

            A banda ainda lançou em 2018 o single ‘Andar’, um medley e uma aventura musical inspirada em influências da banda, como Beatles, The Who e Supergrass. No final desse ano também lançaram uma versão comemorativa de 10 anos do primeiro disco, ‘No Bosque’, com 3 faixas inéditas gravadas a época.

            Para seu quarto álbum de estúdio, a banda se isolou em um sítio na serra gaúcha com os equipamentos e gravou boa parte do material em sessões ao vivo, quentes e cheias de feelling. As gravações complementares foram interrompidas pela quarentena, mas a banda deu continuidade ao processo finalizando as músicas individualmente, à distância. Desse trabalho já foram lançados os single “Seu Chocolate” e “Boa Noite Porto Alegre”. 

Para saber mais sobre a banda, acesse: www.fantomaticos.com

Dia dos Pais do Justo oferece box especial com encomendas até segunda, 03 de agosto

Crédito Adelino Bilhalva

O Justo criou para o Dia dos Pais um kit especial com encomendas até esta segunda-feira, 03 de agosto. Alinhada com os propósitos do empreendimento, a ideia é presentear no próximo domingo, 09 de agosto, todas aquelas pessoas que gostaríamos de homenagear na data, mesmo que “nem todo pai tenha bigode e use gravata ou se identifique com o gênero masculino.  Nem toda família tem pai e algumas tem dois pais. Mas se tiver alguém, lembre, mesmo que não seja muito óbvio”. 

O kit, com alguns itens prontos e outros produzidos para serem finalizados em casa, conta com 

a tecnologia do sous-vide e cozimento em baixa temperatura. A carne é temperada, embalada à vácuo e cozida em temperatura controlada por 24 horas. O cliente recebe a peça pronta para ser finalizada em frigideira, na chapa ou sobre a brasa. Basta apenas adicionar sal e, se quiser, o  jalapeño honey caramel (produto novidade) para laquear a carne. 

O box acompanha farofa de panko com limão fermentado e azeitonas, 1 Litro de Chope Zapata, 2 pastinhas (provolone e berinjela fermentada), 2 unidades de massinha folhada trançada com calabresa, 1 pasta de alho (a famosa do Justo), 2 pães fofinhos, e um cake do mestre Alex de massa de cacau, brigadeiro meio amargo e crocante de amendoim. Todo o conjunto, contabilizando todos os alimentos, o chope e a sobremesa, resultam em aproximadamente 3.5kg. É um box muito bem servido para duas pessoas e as entregas serão feitas nos dias 6, 7 ou 8 de Agosto (véspera de dia dos pais) para toda a Região Metropolitana.

As encomendas devem ser feitas através do link – https://loja.justo741.com.br/diadospais

Para mais informações, acesse: http://justo741.com.br/

BOX DIA DOS PAIS JUSTO

Encomendas até 03 de agosto

Entregas 06, 07 ou 08 de agosto para Porto Alegre ou Região Metropolitana

Valor – R$ 150,00

1kg de Acém Super Macio e Suculento no Sous-vide

Farofa de Panko com Limão Fermentado e Azeitonas (100g)

Pastinha de Provolone (120g)

Pastinha de Berinjela fermentada (120g)

Pastinha de Alho (120g)

Jalapeño Honey Caramel (120g)

2 Mini Baguetes Artesanais (100g cada)

2 Tranças de Massa Folhada Panfácil com Calabresa

Cake Box de Massa de Cacau, Brigadeiro Meio Amargo e Crocante de Amendoin (10x10x10cm)

1 Litro de Chope Ludwig Mad King Helles da Zapata

Sobre o Justo

O JUSTO não é só um bar. Nos consideramos uma plataforma que produz conteúdo em gastronomia e cultura, inaugurada em dezembro de 2017 nas escadarias do Viaduto Otávio Rocha no Centro Histórico de Porto Alegre.

Cassandra Calabouço e Charlene Voluntaire se apresentam em experiência digital em comemoração ao Dia Internacional da Drag Queen nesta quinta, 16 de julho

Evento com performances das artistas conta com ação solidária para celebrar data 

As drags queens Cassandra Calabouço e Charlene Voluntaire se reúnem novamente nesta quinta-feira, 16 de julho, às 21h, para uma experiência digital em comemoração ao Dia Internacional da Drag Queen. A dupla de performers, sem condições de trabalhar presencialmente por conta do isolamento social, participou no dia 27 de junho da Pride Party, evento produzido para celebrar o Dia do Orgulho LGBTQIA+ e arrecadar doações para as artistas. Após o sucesso da primeira experiência, as drags retornam para mais uma ação solidária que ocorrerá através de uma transmissão ao vivo com venda de ingressos, que custam entre R$ 15,00 e R$ 50,00.

A ideia dos eventos é do publicitário Miltinho Talaveira, que através do Movimento do BeM, projeto criado em parceria com a jornalista Bruna Paulin, tem desenvolvido diversas ações de apoio para empreendimentos, artistas e negócios durante a pandemia. “De maneira improvisada, como uma ação entre amigos, lançamos a Pride Party em junho, como uma iniciativa para auxiliar a Cassandra e a Charlene. O resultado foi tão positivo, tanto no valor arrecadado quanto no retorno das pessoas, que estamos celebrando nesta quinta a arte Drag e nossas performers”, conta. A dupla está desenvolvendo outras programações de Experiência Digital para a área de entretenimento que serão divulgadas em breve.

O International Drag Day foi criado por Adam Stewart em 2009 nos EUA, com o objetivo de proporcionar aos artistas drag um espaço de promoção de sua criatividade. “O International Drag Day é um dia em que, em todo o mundo, em todas as cenas gays, aproveitamos a oportunidade para comemorar e agradecer aos artistas de drag que acrescentam muito à vida e cultura gay. Foi por essa razão que lancei esse conceito”, declarou o criador em uma entrevista.

Interessados em conferir as performances de Cassandra e Charlene devem adquirir ingressos através da plataforma Sympla – https://bit.ly/DiaInternacionalDragQueen . Ao adquirir o ingresso, o sistema envia o link para a sala privada do evento. 

Dia Internacional da Drag Queen com Cassandra Calabouço e Charlene Voluntaire

>16 de julho – 21h

>Sala Virtual no Zoom

>Ingressos: https://bit.ly/DiaInternacionalDragQueen  

Cota 1 – Ainda não saí do armário: R$ 15,00

Cota 2 – Acredito na arte DRAG: R$ 30,00

Cota 3 – Eu sou Rhyca: R$ 50,00

Ao adquirir seu ingresso, você recebe o link em seu e-mail (ou na aba “Meus ingressos”) para acessar a sala virtual do Zoom na hora em que começa a festa, podendo entrar e sair quantas vezes quiser da sala, com ou sem webcam. Não esqueça de baixar o aplicativo Zoom com antecedência (recomendamos usar o notebook e usar caixas de som externas para ter uma melhor experiência, mas é possível baixar no celular ou tablet). Para usar o Sympla você pode se logar usando sua conta do Facebook.

www.instagram.com/cassandracalabouco/

www.instagram.com/charlenevoluntaire/

Ficha Técnica:

Criação : Miltinho Talaveira, Cassandra Calabouço e Charlene Voluntaire

Direção de Arte : Greg Leal

Edição de Imagem : Vaibe Filmes – Lucas Borba 

Comunicação: Bruna Paulin e Miltinho Talaveira

Fantomaticos lança ‘Boa Noite Porto Alegre’ nesta quarta, 08 de julho

Segundo single do quarto álbum da banda pode ser conferido no YouTube e plataformas digitais

Nesta quarta-feira, 8 de julho, será possível conferir o segundo single do quarto álbum dos Fantomaticos, disponível no YouTube e em plataformas digitais. Intitulada Boa Noite Porto Alegre, a canção integra o repertório do quarto álbum da banda. Composição de Augusto Stern, a música é marcada pelo instrumental denso e pesado, apresentando um retrato caótico e conturbado dos nossos tempos a partir do olhar sobre a experiência cotidiana na capital gaúcha.

O single conta com um videoclipe que ilustra o imaginário da canção em uma combinação de cenas caleidoscópicas que tematizam a vida urbana. Em clima de isolamento social, as imagens foram captadas pelos integrantes da banda, amigos e parentes através de suas janelas ou em suas idas ao supermercado.

A arte tem assinatura de Fabio Alt, artista parceiro do grupo em diversos projetos, que buscou uma foto em uma sessão passada, com a temática de Porto Alegre, para compor a capa do lançamento.

Os Fantomaticos seguem o processo do lançamento do seu quarto álbum de estúdio, interrompido por conta da pandemia, mas que agora tem continuidade com o lançamento de diversos singles. As 10 músicas que farão parte do disco estão sendo finalizadas e mixadas à distância e serão disponibilizadas ao longo de 2020 individualmente. A maior parte desse material foi captado em 2019, num período que a banda se isolou em um sítio com os instrumentos e os equipamentos de gravação e deu prioridade a execuções ao vivo, com todos músicos tocando juntos, buscando uma sonoridade bastante orgânica.

O material completo estará disponível no canal da banda no YouTube e poderá ser ouvida no Spotify, Deezer, iTunes e nas mais diversas plataformas de streaming  a partir do dia 8 de Julho.

www.fantomaticos.com

Canal da banda no Youtube      

https://www.youtube.com/channel/UCT42G1YM9Obvd4RY3xe8QlA

Sobre os Fantomaticos

André Krause – baixo e vocais

Augusto Stern – guitarra e vocais

Guilherme Fialho – guitarra e vocais

Pedro Petracco – bateria e vocais

Rodrigo Trujillo – teclado e vocais

            Fantomaticos é uma banda de Porto Alegre surgida no ano de 1999, ainda de forma experimental, que logo se voltou à busca de uma expressão artística própria e ganhou notoriedade na cena alternativa de rock autoral dos anos 2000. O grupo já se apresentou em diversas cidades do Brasil e em 2015 fizeram seus primeiros shows internacionais, no Uruguai.

            O primeiro disco, ‘No Bosque’ (2008), revela uma grande carga de experimentalismo e originalidade nas composições e arranjos das canções. Seu lançamento teve repercussão nacional na mídia especializada e levou o clipe da canção ‘Gin’ à programação da MTV.

            O segundo disco, ‘Dispersão’ (2013), revela o amadurecimento artístico-musical na construção de um projeto conceitual que busca criar atmosferas e paisagens sonoras mais introspectivas e consistentes. Sobre o trabalho, o músico Frank Jorge, ícone do rock nacional, disse: “(…) é bom escutar uma voz que busca na música uma forma de expressão tendo a noção do quanto é nobre esta possibilidade. (…) A identidade/sonoridade da banda já conta com impressões digitais próprias. A banda tem o SEU som!”

            Deste álbum foram lançados quatro clipes que integram a programação de canais como MTV, Multishow e Bis, Box Brasil, com destaque para a música ‘Ao Longe’. Suas canções passaram pela programação da Itapema FM, Unisinos FM, Novos Horizontes, Mínima FM, entre outras e esse repertório foi apresentado ao vivo na rádio Ipanema FM.

            A canção ‘Recorriendo’, foi remixada pelo artista inglês Midi Error e lançada na rádio BBC Shropshire (Inglaterra). O disco foi destaque na mídia especializada nacional e internacional, como os sites Unsigned & Independent (Irlanda) e Social Radio (EUA).

            Entre o final de 2014 e o final de 2015 lançaram três Eps, com duas músicas cada. São eles: ‘Veja Bem a Sua Volta’, que ganhou bastante espaço nas rádios, ‘Keep Calm’, que tem um belo vídeo-clipe e ‘Vale’, que explora um lado acústico da banda.

            O terceiro álbum, intitulado apenas ‘Fantomaticos’, lançado em 2016, propõe músicas mais diretas e minimalistas, voltadas sobretudo para a execução ao vivo. São 12 músicas inéditas produzidas e gravadas pela banda no seu estúdio, o Bunker Studio.

            Antes de entrar em estúdio para gravar o quarto álbum, a banda ainda lançou em 2018 o single ‘Andar’, um medley e uma aventura musical inspirada em influências da banda, como Beatles, The Who e Supergrass. No final desse ano também lançaram uma versão comemorativa de 10 anos do primeiro disco, ‘No Bosque’, com 3 faixas inéditas gravadas a época.

Para saber mais sobre a banda, acesse: www.fantomaticos.com

Série de lives sobre economia da cultura no ambiente online inicia nesta sexta-feira, 03 de julho

Ação integra programação de comemoração aos 10 da CUCO Produções

Nesta sexta, 03 de julho, às 19h, a CUCO Produções inicia uma série de lives com convidados do mercado da cultura do RS, para falar sobre economia da cultura no ambiente digital. Serão encontros semanais gratuitos através do canal do YouTube e página do Facebook da produtora, que ocorrerão ao longo do ano. “A ideia nasce da necessidade de juntos entendermos as novas tendências, desafios, inspirações e o comportamento do público consumidor de conteúdos artísticos em tempos de isolamento social, buscando compreender os novos modelos e possibilidades de rentabilização de projetos culturais”, afirma a produtora Liége Biasotto, que desde 2007 trabalha na área.

Em 2010 Liége fundou a CUCO Produções, empresa focada em produção cultural, elaboração e gestão de projetos culturais e consultoria. Com uma ampla experiência na cena musical, responde pela curadoria e direção de produção do Festival de Música de Nova Prata e do Festival Porto Alegrense de Bandas Instrumentais, produção executiva dos projetos da Orquestra de Câmara da ULBRA; gestão e produção do projeto social OUVIRAVIDA – Educação Musical Popular e direção de produção do Festival Kino Beat – Som e Imagem em Movimento e Projeto Concha. Desde 2017, é uma das consultoras de gestão do espaço Vila Flores.

Entre os convidados do mês de julho estão o gestor de sucesso de comunidade da plataforma de financiamento coletivo APOIA.se Bruno Melo, a artista e comunicadora Bruna Paulin, o curador do festival de Artes Integradas Kino Beat Gabriel Cevallos, a produtora e curadora Alice Castiel e a gestora cultural e coordenadora pedagógica na Associação Cultural Vila Flores Antônia Wallig.

As lives (exceto à de estreia nesta sexta) ocorrem às quartas-feiras, sempre às 19h. Para saber mais sobre o projeto e a CUCO, acesse https://www.cucoproducoes.com.br/

LIVES ECONOMIA DA CULTURA NO AMBIENTE ONLINE – PROGRAMAÇÃO JULHO

03/07 | 19h 

#E01 – LIVE ECONOMIA DA CULTURA NO AMBIENTE ONLINE, com Bruno Melo | APOIA.se

Bruno Melo é gestor de sucesso de comunidade da plataforma de financiamento coletivo APOIA.se. É produtor cultural e em 2011 criou o Traga Seu Show, primeiro site de financiamento coletivo do RS para música, que hoje, como produtora, desenvolve e executa projetos musicais com leis de incentivo e financiamentos alternativos. Atuou em eventos como Porto Alegre Jazz Festival, Festival de Música de Nova Prata, Festival El Mapa de Todos, Palco Giratório SESC, KINO BEAT, entre outros. Em 2019 lançou o Circuito Orelhas e Distrito Jazz, projetos que tem trazido diversos shows nacionais e internacionais para os palcos da capital gaúcha. 

08/07 |19h 

#E02 – LIVE ECONOMIA DA CULTURA NO AMBIENTE ONLINE, com Bruna Paulin | Movimento do BeM | #CHConecta, Casa de Cinema de Porto Alegre | Rompecabezas

Bruna Paulin é artista, comunicadora e produtora. Formada em jornalismo e Mestre em Comunicação pela PUCRS, atua há 15 anos no mercado da comunicação e cultura, desenvolvendo projetos de assessoria de comunicação, produção de conteúdo, construção de imagem e relacionamento para instituições, eventos, empresas e projetos artísticos. Entre seus principais clientes, estão o #CHConecta, Casa de Cinema de Porto Alegre, Cine Esquema Novo e Rompecabezas. Em 2020, criou o Movimento do BeM.  Desde 2017 desenvolve o projeto de narrativa híbrida entre o teatro, a palavra e a música, “Uma Nova Pele”.

15/07 | 19h 

 #E03 – LIVE ECONOMIA DA CULTURA NO AMBIENTE ONLINE, com Gabriel Cevallos | Neue POA | Festival Kino Beat

Gabriel Cevallos é graduado em Cinema e Produção Audiovisual pela PUCRS, e cursa

atualmente a pós-graduação em Práticas Curatorias na UFRGS. Atua há mais de 10 anos na criação, curadoria e produção de eventos ligados a música, audiovisual e arte

contemporânea. É idealizador e curador do Festival de artes integradas Kino Beat, que

chega em sua 6˚edição em 2019. Faz parte do conselho curatorial da 1˚ Bienal FAD de

Arte Digital, realizada no Rio e Belo Horizonte em 2018. Foi co-curador da Mostra ArteSônica no Oi Futuro em Belo Horizonte (2014). É idealizador da coletânea KBEATS – Música Eletrônica Meridional, dedicada a produção de música eletrônica e digital gaúcha.

Desde 2004 atua como DJ profissional e pesquisador musical, onde produz a NEUE POA, com edições online em 2020.

22/07 | 19h 

#E04 – LIVE ECONOMIA DA CULTURA NO AMBIENTE ONLINE, com Alice Castiel | Projeto Concha | Ensaios de Morar

Alice Castiel é formada em Produção Audiovisual na PUCRS e trabalha com produção cultural desde 2010 na cidade de Porto Alegre. Depois de produzir alguns shows pontuais na cidade como Metá Metá (SP) e Graveola (MG), direcionou seu trabalho para a música e hoje em dia gerencia criativamente e operacionalmente o Projeto Concha, projeto voltado a sensibilização e a escuta de artistas mulheres. Com 9 meses de vida, o Concha já recebeu artistas como Letrux, Juçara Marçal, Luedji Luna, Xenia França e Maria Beraldo, além de trabalhar diretamente com artistas da cena local. Além do Projeto Concha, produz a banda instrumental Trabalhos Espaciais Manuais e a cantora e compositora Thays Prado.

29/07 | 19h 

#E05 – LIVE ECONOMIA DA CULTURA NO AMBIENTE ONLINE, com Antônia Wallig | Vila Flores 

Atua como gestora cultural e coordenadora pedagógica na Associação Cultural Vila Flores desde 2014.  É formada em Pedagogia com mestrado em Processos Artísticos Contemporâneos pela UDESC. Sua prática de trabalho tem foco no processos de arte colaborativa e comunitária, que envolvem a educação para o bem comum.

Liége Biasotto é Relações Públicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e trabalha na área de produção cultural desde 2007. Em 2010 abriu a CUCO Produções, empresa focada em produção cultural, elaboração e gestão de projetos culturais e consultoria. Com uma ampla experiência na cena musical, responde pela curadoria e direção de produção do Festival de Música de Nova Prata e do Festival Porto Alegrense de Bandas Instrumentais, produção executiva dos projetos da Orquestra de Câmara da ULBRA; gestão e produção do projeto social OUVIRAVIDA – Educação Musical Popular e direção de produção do Festival Kino Beat – Som e Imagem em Movimento e Projeto Concha. Desde 2017, é uma das consultoras de gestão do espaço Vila Flores.

Inscreva-se no canal de youtube e ative as notificações:

https://www.youtube.com/channel/UCs9vLcjeHrWx5wWKVkUeaYg

Siga nossa página no face e ative as notificações:

https://www.facebook.com/cucoproducoes

Siga a CUCO Produções nos Instagram para acompanhar a agenda de lives:

https://www.instagram.com/cucoproducoes/

“Por entre as frestas”, de Luini Nerva, tem lançamento in memorian na terça, 7 de julho, pelo YouTube

Curta-metragem inédito da ativista cultural falecida em 2015 será exibido no dia em que completaria 32 anos

Porto Alegre, 01 de julho de 2020 – Luini Nerva completaria 32 anos na terça, 07 de julho. Falecida em junho de 2015, a ativista cultural e produtora audiovisual receberá uma homenagem póstuma das produtoras Atama Filmes e Bactéria Filmes na próxima semana, com a exibição do curta-metragem inédito Por Entre as Frestas, seu último trabalho audiovisual.

Por Entre as Frestas é um filme documental e experimental com duração de 14 minutos. Criada nos bastidores artísticos e acostumada com o palco desde pequena, no filme, Luini movimenta a câmera, criando uma narrativa que se porta como observadora sensível, com silêncios, respiros e suspiros. Assim, o filme põe-se a admirar espetáculos cênicos de uma forma única.

Nascida em 07 de julho de 1988, filha de Decio Antunes e Viviane Beccon Nerva, aos três anos de idade Luini Nerva foi diagnosticada com “Imunodeficiência Primária”, sendo submetida, desde criança, a periódicas reposições de anticorpos. A sua incrível capacidade de lutar pela vida foi tão inexplicável e admirável quanto o seu talento de criar e produzir.

Graduada no curso de Realização Audiovisual da UNISINOS, Luini iniciou sua trajetória profissional ao filmar os ensaios do espetáculo de dança “Primavera”, de Decio Antunes e Maria Waleska Van Helden, e editar um vídeo para o espetáculo “Café Cantante”, da Cia de Flamenco Del Puerto. A partir de então, fez parte de diversos projetos na área do audiovisual, participando da criação da Atama Filmes, em 2012, onde realizou seu primeiro curta-metragem – “E RESTA DÚVIDA?”. Luini participou de todos os projetos da Atama Filmes e de muitas outras produtoras, entre elas a Bactéria Filmes, produtora que ela também trabalhou ativamente.

Luini partiu em 26 de junho de 2015, mas estará sempre viva e presente. “Ela para de querer qualquer tempo de volta. O tempo está nela, não está em nada além dela mesma”. (do Livro “Raio X”, Luini Nerva).

A exibição está agendada para as 11h pelo youtube.com/bacteriafilmes. Além de disponibilizado pelo canal da Bactéria Filmes, o curta será exibido pela TV Feevale.

SE SOUBESSEM O QUANTO A VIDA É PASSAGEIRA (…)

ENTENDERIAM O PORQUÊ O “AGORA” SE CHAMA PRESENTE”.

(Luini Nerva , em “Viagem Extraordinária”, no seu blog Cinema E Saúde)

Lançamento In memoriam do filme “Por entre as frestas” de Luini Nerva.

Terça-feira, 07 de julho, 11h     

Pelo www.youtube.com/bacteriafilmes

Iniciativa e realização: Atama Filmes e Bactéria Filmes

Apoios: KF STUDIOS, SIAV/RS, APTC, IECINE, CINEMATECA PAULO AMORIM, PORTO ALEGRE FILM COMMISSION e CINEMATECA CAPITÓLIO

“Aos Olhos de Ernesto”, de Ana Luiza Azevedo, tem pré-estreia online no festival Espaço Itaú Play

doiscart

Premiado pela crítica na 43ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo e pelo público no 23º Festival Internacional de Cine de Punta del Este, “Aos Olhos de Ernesto”, terá pré-estreia online no Festival Espaço Itau Play, mais novo projeto dos cinemas Espaço Itaú que destaca uma seleção de 19 filmes inéditos. O longa dirigido e roteirizado por Ana Luiza Azevedo (Antes Que O Mundo Acabe), estará disponível nos dias 20 e 21 de junho, e poderá ser visto durante as 48 horas na página www.itaucinemas.com.br, com ingressos a R$10. O filme também será tema de uma live no instagram do Canal Brasil, neste sábado (20), às 17h, com a participação da diretora e da atriz Gabriela Poester, dando a oportunidade do público assistir e participar do bate papo na mesma data.

No Brasil, o filme tinha estreia marcada para abril, que foi adiada com a pandemia. Com distribuição da Elo Company, ganhará nova data de lançamento após a reabertura dos cinemas. Protagonizado pelo ator uruguaio Jorge Bolani (Whisky), é produzido pela Casa de Cinema de Porto Alegre. Enquanto isso, o filme ganha as telas de cinema no Japão em julho. “Aos Olhos de Ernesto” estreará na sala de arte Cine Switch Ginza, em Toquio, e de acordo com sua distribuidora local, Moviola, poderá ser exibido em 30 salas pelo país ao longo de seis meses.

Na trama, a solidão, a amizade, o amor e as redescobertas na terceira idade permeiam a história de Ernesto (Bolani).  Aos 78 anos, o personagem, ex-fotógrafo uruguaio, se depara com uma crescente cegueira e as limitações diversas que acompanham a avançada idade.  Viúvo e pai de filho único – Ramiro (Julio Andrade), que vive longe -, Ernesto ressignifica sua vida e os padrões da velhice ao conhecer a jovem Bia (Gabriela Poester), que o ajuda a descobrir o amor.  Também no elenco, Jorge d’Elia, como Javier, o vizinho de Ernesto; Glória Demassi, que vive Lucía, o amor uruguaio do protagonista; e as participações de Mirna Spritzer, Áurea Baptista, Janaina Kremer, Celina Alcântara e Marcos Contreras.

 

SINOPSE

Ernesto vem enfrentando as limitações da idade avançada como a solidão e a crescente cegueira, que ele acha que pode disfarçar de todos. Quando ficou viúvo, Ernesto aprendeu que envelhecer é ocupar os silêncios com um disco rodando, com os telefonemas do filho que mora longe, com as idas ao banco para buscar sua escassa aposentadoria, com rápidas visitas do vizinho Javier e a espera de uma nova carta de Lúcia. Mas Bia, uma descuidada cuidadora de cães, atropela a sua vida e coloca em risco seu metódico cotidiano. E Ernesto percebe que envelhecer pode ser rejuvenescer com a intensa companhia de uma menina que não tem nem trinta anos. Que a vida e o amor são possíveis, até para quem tem quase 80 anos.

 

FICHA TÉCNICA

Elenco: Jorge Bolani, Gabriela Poester, Jorge d´Elia, Julio Andrade, Glória Demassi, Áurea Baptista, Marcos Contreras

Direção: Ana Luiza Azevedo

Produção executiva: Nora Goulart

Produção: Casa De Cinema De Porto Alegre

Roteiro: Ana Luiza Azevedo, Jorge Furtado

Colaboração de roteiro: Vicente Moreno, Miguel Da Costa Franco

Direção de fotografia: Glauco Firpo

Direção de arte: Fiapo Barth, William Valduga

Montagem: Giba Assis Brasil

Música original: Leo Henkin

Som direto: Rafael Rodrigues

Desenho de som: Tiago Bello, Marcos Lopes

Mixagem: Tiago Bello

Figurinos: Rosângela Cortinhas

Caracterização: Britney Federline

Primeira assistente de direção: Laura Mansur

Direção de produção: Glauco Urbim

Patrocinador: ANCINE, BRDE, FSA, BNDES

Sobre a diretora

Diretora e roteirista. Formada em Artes Visuais pela UFRGS. Sócia da Produtora da Casa de Cinema de Porto Alegre. Dirigiu e roteirizou diversos longas, curtas, séries de TV, entre eles “Aos Olhos de Ernesto” (2019), “Primavera das Neves” (2017), “Antes Que O Mundo Acabe” – Melhor Longa APCA (2010), “Dona Cristina Perdeu a Memória” – Melhor curta CinePE (2002), “Três Minutos” – seleção oficial Cannes (2000) e Melhor Curta Brasília (1999), “Barbosa” – Melhor Curta Havana (1989), o telefilme e a série “Doce de Mãe” (TV Globo) – Emmy  Melhor Comédia (2015), Grandes Cenas (Canal Curta!, 2016). É uma das coordenadoras do Núcleo de Roteiro Casa de Cinema. Foi programadora do Cine Santander de 2001 a 2011.

Sobre a Casa de Cinema de Porto Alegre

A Casa de Cinema de Porto Alegre foi criada em dezembro de 1987 por um grupo de cineastas gaúchos que já trabalhavam em conjunto desde o início dos anos 1980. A partir de 1991, a Casa de Cinema de Porto Alegre se tornou uma produtora independente, com 6 sócios, permanecendo o espírito cooperativo e a intenção de continuar contribuindo para a difusão dos filmes produzidos pelo grupo original.
Em seus trinta anos de existência, a Casa produziu dezenas de filmes e vídeos, além de programas de televisão (especiais e séries), cursos de roteiro e de introdução à realização cinematográfica, fóruns de debates e programas eleitorais para a TV.
A Casa de Cinema tem como parceiros e clientes: Chanell 4 (Inglaterra), ZDF (Alemanha),HBO (America Latina), Fox Film do Brasil, Columbia Tristar, Sony, Fundação MacArthur, TV Globo, RBS TV, Canal Futura, Canal Brasil, entre outros.
A capacidade dos profissionais associados, atestada pelos prêmios conquistados em festivais, nacionais e internacionais, transformou a Casa de Cinema de Porto Alegre numa referência do cinema brasileiro contemporâneo.
A  composição atual de sócios da Casa é Ana Luiza Azevedo, Giba Assis Brasil, Jorge Furtado e Nora Goulart.

 

Sobre a Elo Company

Empresa especializada em produção e distribuição audiovisual fundada por Ruben Feffer, Flavia Feffer e Sabrina Nudeliman Wagon. No mercado há 15 anos, conta com uma estrutura completa de produção de conteúdo, distribuição de obras audiovisuais em todas as plataformas e vendas para o mercado nacional e internacional.

Na unidade ELO Produções são três lançamentos no ano de 2019 e mais de dez projetos em seu lineup, incluindo co-produções.

Na unidade ELO Distribuições são mais de 100 títulos em seu lineup, entre eles “Vou Nadar Até Você”, primeiro filme protagonizado por Bruna Marquezine, “Emicida” produzido pela RT Features, “Miss Beach Star” dirigido por Cris D’Amatto e protagonizado por Fabiana Karla, “Prisioneiro da Liberdade” de Jefferson De, “Torre das Donzelas” de Susanna Lira (vencedor do prêmio de Melhor Documentário pelo público na Mostra de Internacional de São Paulo), “Aos Olhos de Ernesto” da premiada Ana Luisa Azevedo, “Tito e os Pássaros” de Gustavo Steinberg, pré-indicado ao Oscar de 2019, “O Menino e o Mundo” de Ale Abreu, indicado ao Oscar de melhor animação, “S.O.S: Mulheres Ao Mar 2”, apenas para citar alguns.

A Elo Company tem entre seus principais objetivos criar, produzir e divulgar as narrativas brasileiras em múltiplas telas e países.

A empresa tem como princípios a valorização da diversidade na frente e atrás das telas com projetos inovadores como o Selo ELAS com o intuito de fomentar projetos de longa-metragem com direção feminina.

Fantomaticos lança o single ‘Seu Chocolate’ nesta quinta, 11 de junho

Fantomaticos - Seu Chocolate Cover

 

Banda apresenta “um aperitivo para o quarto álbum” através de diversas plataformas digitais e no canal do grupo  no YouTube

 

 

Os Fantomaticos lançam nesta quinta-feira, 11 de junho, o primeiro single de seu próximo álbum, “Seu Chocolate”, disponível em diversas plataformas digitais e também no canal da banda no YouTube. A banda vinha desde junho do ano passado e durante os primeiros meses de 2020 gravando e finalizando seu quarto álbum de estúdio. O processo foi interrompido durante as primeiras semanas de isolamento social por conta da pandemia. Mesmo à distância, o grupo retomou o processo e está finalizando as dez canções que compõem o trabalho.

 

Grande parte do material foi captado em um sítio na Serra Gaúcha, no inverno de 2019. A banda se isolou com os instrumentos e os equipamentos de gravação e deu prioridade a uma sonoridade quente e execuções com todos músicos tocando ao vivo, buscando uma sonoridade bem viva. Depois disso, já de volta a Porto Alegre, restou apenas complementar as gravações e fazer a mixagem do material.

 

‘Seu Chocolate’ é um aperitivo desse clima: um tema instrumental que já existe na banda há algum tempo, mas que finalmente encontrou seu momento e álbum ideal. O single vem acompanhado por um clipe que a própria banda filmou e editou durante a quarentena, mostrando um pouco do dia-a-dia dos integrantes durante esse período, mas com um clima mais nonsense.

 

A arte da capa é do fotógrafo e artista Fábio Alt, que já trabalha com os Fantomaticos há bastante tempo e esteve na maioria dos discos e singles. A modelo foi Ágata de Barros, que também é fotógrafa e, no espírito de seguir o isolamento social recomendado, se auto clicou para o trabalho.

O processo de lançamento do quarto álbum dos Fantomaticos será diferente dos anteriores. As canções serão lançadas todas como single, individualmente até o final de 2020. ‘Seu Chocolate’ estará disponível no YouTube a partir do dia 11, no canal da banda, e poderá ser conferida no Spotify, Deezer, iTunes e nas mais diversas plataformas de streaming a partir do dia 12.

 

https://www.youtube.com/channel/UCT42G1YM9Obvd4RY3xe8QlA

 

 

Sobre os Fantomaticos

 

André Krause – baixo e vocais

Augusto Stern – guitarra e vocais

Guilherme Fialho – guitarra e vocais

Pedro Petracco – bateria e vocais

Rodrigo Trujillo – teclado e vocais

 

Fantomaticos é uma banda de Porto Alegre surgida no ano de 1999, ainda de forma experimental, logo se voltou à busca de uma expressão artística própria e ganhou notoriedade na cena alternativa de rock autoral dos anos 2000. O grupo já se apresentou em diversas cidades do Brasil e em 2015 fizeram seus primeiros shows internacionais, no Uruguai.

 

O primeiro disco, ‘No Bosque’ (2008), revela uma grande carga de experimentalismo e originalidade nas composições e arranjos das canções. Seu lançamento teve repercussão nacional na mídia especializada e levou o clipe da canção ‘Gin’ à programação da MTV.

 

O segundo disco, ‘Dispersão’ (2013), revela o amadurecimento artístico-musical na construção de um projeto conceitual que busca criar atmosferas e paisagens sonoras mais introspectivas e consistentes. Sobre o trabalho, o músico Frank Jorge, ícone do rock nacional, disse: “(…) é bom escutar uma voz que busca na música uma forma de expressão tendo a noção do quanto é nobre esta possibilidade. (…) A identidade/sonoridade da banda já conta com impressões digitais próprias. A banda tem o SEU som!”

 

Deste álbum foram lançados quatro clipes que integram a programação de canais como MTV, Multishow e Bis, Box Brasil, com destaque para a música ‘Ao Longe’. Suas canções passaram pela programação da Itapema FM, Unisinos FM, Novos Horizontes, Mínima FM, entre outras e esse repertório foi apresentado ao vivo na rádio Ipanema FM.

 

A canção ‘Recorriendo’, foi remixada pelo artista inglês Midi Error e lançada na rádio BBC Shropshire (Inglaterra).  O disco foi destaque na mídia especializada nacional e internacional, como os sites Unsigned & Independent (Irlanda) e Social Radio (EUA).

 

Entre o final de 2014 e o final de 2015 lançaram três EPs, já pelo selo gaúcho Ué Discos, que representa a banda. São eles: ‘Veja Bem a Sua Volta’, que ganhou bastante espaço nas rádios, ‘Keep Calm’, que tem um belo vídeo e ‘Vale’, que mostra um lado bem acústico e marca a entrada do baterista Pedro Petracco na banda.

 

O terceiro álbum, intitulado apenas como ‘Fantomaticos’, lançado em 2016, propõe músicas mais diretas e minimalistas, voltadas sobretudo para a execução ao vivo. São 12 músicas inéditas produzidas e gravadas pela banda no seu estúdio, o Bunker Studio.

 

Para saber mais sobre a banda, acesse: www.fantomaticos.com

 

 

“Toques leves e tênis”: Artistas em quarentena lançam single e clipe sobre masturbação feminina

Screen Shot 2020-05-15 at 4.02.18 PM

PeriGoza, primeira canção do trio Gliti, tem lançamento nas plataformas de streaming pelo selo paulista Terra Fértil na sexta-feira, 29 de maio

 

Um Beat criado pelo músico paulista Victor Fão foi o toque inicial para as gaúchas Miri Brock e Martina Fröhlich criarem a letra e melodia de PeriGoza, primeira composição do trio intitulado Gliti, que lança, através do selo paulista Terra Fértil, a canção nas plataformas de streaming a partir desta sexta-feira, 29 de maio.

Com o objetivo inicial de apenas exercitar a criatividade e entreter, Fão, Miri e Martina resolveram lançar o videoclipe da música, que foi produzido à distância e de casa, respeitando as regras de distanciamento social. Porém, com o excelente retorno do público (mais de 8mil visualizações, somando IGTV e YouTube), os artistas perceberam o quanto o tema escolhido precisava e merecia ser discutido: a masturbação feminina.

PeriGoza traz uma pegada sensual e debochada, atraente e divertida. O single é dançante e mistura ritmos como reggaeton, funk, cumbia e technobrega. Fala de um assunto tabu de maneira leve e despretensiosa, sem buscar a desconstrução de ninguém. Poderia ser um papo entre amigas, mas se torna um eco de empoderamento quando amplia a discussão para além da roda de intimidade.

A produção ainda  desmistifica os standards de comportamento feminino arraigados na sociedade. E é exatamente aqui que a iniciativa ganha relevância: enquanto se aceita normalmente a fala masculina sobre o tema, a feminina é abafada. Em tempos de clausura, é um respiro de liberdade.

Os retornos positivos da música e do clipe estão inspirando o trio a seguirem desenvolvendo outras composições e criações. Os artistas seguem em isolamento social, criando a distância – já foram disponibilizados alguns vídeos de making of do clipe e em breve novos conteúdos também serão lançados. Para conferir o clipe de PeriGoza, acesse: bit.ly/AssistaPerigoza

Mais informações – instagram.com/glitigliti

 

Sobre Gliti: Trio formado pelo paulista Victor Fão e as gaúchas Martina Fröhlich e Miri Brock.

Martina Fröhlich é artista cênica e musical, atuando no teatro, cinema, grupos musicais e carnaval. É membra fundadora do Grupo Cerco de teatro e do coletivo carnavalesco Bloco da Laje, em Porto Alegre/RS.

Miri Brock é cantora e produtora cultural, atuando no projeto Circuito Orelhas em Porto Alegre, integra a banda Louis e atualmente se dedica a composição e gravação de seu primeiro EP solo, produzido por Marcelo Fruet.

Victor Fão é trombonista e produtor musical, estudou trombone na fundação das artes de São Caetano do sul, e atua no cenário musical tocando nas bandas Nomade Orquestra, Samuca e a Selva, Buena Onda Reggae Club e Antropocósmico

Blog no WordPress.com.

Acima ↑