Single marca a estreia da carreira solo da artista e conta com criação e direção de Allex Colontonio

“A obsessão de um DJ com abstinência de tocar durante o confinamento social, sonhando alto com a diva de sua baladinha (uma musa livre que deixa o cara roxo de ciúme)” – essa é a sinopse do clipe de Me Diz O Que Que É, single de estreia da carreira solo de Miri Brock, que tem lançamento oficial nos canais da cantora e compositora, nesta terça, 23 de novembro, ao meio-dia: https://www.youtube.com/watch?v=5tCQR_aP5EM

Gravado em Porto Alegre e São Paulo, o vídeo conta com criação, direção e conceito do  jornalista, escritor e diretor de arte Allex Colontonio, um dos curadores de design mais respeitados do país, que atualmente publica a revista Pop-se e o art book @decornautas. Colontonio também assina o roteiro ao lado de Andre Rodrigues e Pri Novo. A Produção de Moda de Fran Piovezan, beleza em Porto Alegre by Cubo e em São Paulo by Lucas Vieira (o atual queridinho de Bruna Marquezine, Gio Ewbank e Fernanda Motta). 

O clipe tem participação de Luiz Oliveira, bailarino do Theatro Municipal de SP/Balé da Cidade de SP, que também integrou o clipe Girl From RIO, de Anitta. O modelo e stylist Fran Piovezan e Guilherme Nakata, baterista das bandas Nomade Orquestra e Samuca e a Selva, também integram o elenco ao lado de Miri e de Tchaka Drag Queen. Alguns dos figurinos, assinados por Anderson Neves, foram feitos diretamente no corpo, utilizando a técnica de moulage. A edição e finalização ficou a cargo de Duronald.

Me Diz O Que Que É é uma canção dançante e a cara do verão, que chegou às plataformas de streaming em outubro, marcando a nova fase artística da cantora, compositora e produtora cultural, com uma trajetória de mais de dez anos dedicada à música.

Este é o primeiro single autoral de uma série de lançamentos da artista, que conta com produção de Marcelo Fruet, conhecido e premiado por inúmeras produções no mercado fonográfico do Rio Grande do Sul. “A canção surgiu a partir de uma harmonia criada por mim no violão e a letra e melodia vieram logo depois. A inspiração veio de um encontro que tive com uma pessoa com a qual eu trabalhei por um dia. Eu a conheci e  instantaneamente fui impactada pela sua presença única, encantadora, charmosa, doce e sexy ao mesmo tempo. Percebi que não sabia nomear aquele sentimento, fiquei vários dias pensando na pessoa, querendo conviver mais com ela, usufruir mais da presença dela, algo ficou dentro de mim e acabou nascendo a música”, conta Miri. “A confusão de sentimentos é algo muito marcante da minha personalidade, sempre acho que estou apaixonada, mas geralmente é tudo fantasia da minha cabeça, logo passa e se torna música”, se diverte a musicista que já integrou a banda Louis&Anas (posteriormente rebatizada como apenas Louis) que fundia referências do soul, da disco music e do R&B.

A versão composta por Miri, em voz e violão, foi apresentada a Fruet e Daniel Roitmann, que criou o delicioso beat e o restante do arranjo. As gravações ocorreram nos estúdios 12 Experiências Sonoras (vozes e instrumentos eletrônicos) e Tambor e Arte, onde Lucas Kinoshita registrou as percussões. O público encontrará semelhanças com Yendry, Mahalia, Marina Senna, Duda Beat, entre outras inspirações da compositora, como Céu e Gal Costa. 

Estão previstos mais lançamentos para os próximos meses, até a chegada do EP às plataformas, com previsão de estreia no primeiro semestre de 2022. Para saber mais, acesse: 

Spotify: https://spoti.fi/3jmP9jv

Instagram: https://www.instagram.com/miribrock/?hl=pt-br

Youtube: https://www.youtube.com/miribrock

Facebook: https://www.facebook.com/miribrockoficial

Miri Brock é cantora, compositora e produtora cultural, com uma trajetória de mais de 10 anos dedicada à música. Após passagens pela banda Louis, que fundia referências do soul, da disco music e do R&B, a artista estreia em carreira solo autoral em 2021, com o lançamento do single Me Diz O Que Que É, que conta com produção de Marcelo Fruet e clipe com direção de Allex Colontonio. 

Miri é uma das integrantes do projeto Gliti, que ela desenvolve em parceria com Victor Fão e Martina Fröhlich, um experimento musical e audiovisual que aborda temáticas de liberação feminina e sexualidades plurais numa roupagem eletropop. 

Como apresentadora, lançou em 2020 o programa de cultura Meio Desligada, em que apresenta nomes consagrados e novidades da cena pop brasileira. Também é produtora e uma das sócias do Circuito Orelhas, projeto de circulação de artistas da nova música brasileira em palcos gaúchos, vencedor do Natura Musical 2020. 

Me diz o que que é – Ficha Técnica

Composição e intérprete: Miriane Brock

Produção Musical: Daniel Roitman e Marcelo Fruet 

Mixagem: Átila Viana

Masterização: Marcos Abreu

Percussões Orgânicas: Lucas Kinoshita

Criação, direção e conceito: Allex Colontonio 

Roteiro: Allex Colontonio, Andre Rodrigues e Pri Novo

Direção de edição: Pri Novo 

Edição e colorização:  Duronald

Colaboração: Matheus Fighera 

Arte: Anderson Miguel e Pri Novo

Elenco

Dj: Fran Piovesan

Baterista: Guilherme Nakata

Dançarino 1: Luiz Oliveira

Dançarino 2: Fabricio Santana

Drag Queen: Tchaka Drag Queen

Performer: Rodrigo Braulina

Shooting POA

Locação: Comando Ambiental da Brigada Militar de Porto Alegre – RS

Produção executiva: Fernanda Ferlauto

Stylists: Fran Piovesan e Lívia Ciprandi

Beleza: Silvia Schultz e Bárbara Degrandi 

Gravação: Sipá Filmes

Agradecimentos: Paulinho Pedroso

Shooting SP

Gravação: Danilo Vieira e Sipa Filmes

Beleza: Lucas Vieira 

Assistente de beleza: Bella Baptista

Produção: Marques Rodrigues e Felippe Chagas

Moulage plástico: Anderson Neves