Busca

Bruna Paulin

Assessoria de Flor em Flor

mês

julho 2017

Segunda temporada de Grandes Cenas estreia em 12 de julho no Canal Curta!

fernanda7

Série documental produzida pela Casa de Cinema de Porto Alegre traz a cada episódio a análise de uma grande cena de filmes brasileiros e latino-americanos

 

Na próxima quarta-feira, 12 de julho, estreia a segunda temporada da série Grandes Cenas, produzida pela Casa de Cinema de Porto Alegre – que em 2017 comemora 30 anos de sua fundação – para o Canal Curta!.

O projeto, que estreou em 2016, conta com 22 episódios de 15min dirigidos por Ana Luiza Azevedo e Vicente Moreno. A série documental traz a cada episódio, a análise de uma grande cena de filmes brasileiros e latino-americanos. Participam das entrevistas nomes como Fernanda Montenegro, Jorge Furtado, Murilo Salles, Pablo Stoll, Pablo Trapero, entre outros. A segunda temporada apresenta os episódios inéditos às quartas-feiras às 23h40.

Na estreia, a atriz Fernanda Montenegro esmiúça seu processo de composição da personagem Dora em Central do Brasil (1997), revivendo a experiência de filmar a intensa cena da romaria, em que Dora perde Josué em meio a centenas de fiéis.

O programa tem apresentação de Matheus Nachtergaele. Grandes Cenas tem produção executiva de Nora Goulart e foi selecionado pela Chamada Pública BRDE/FSA – PRODAV 02/2013. Os episódios da primeira temporada estão disponíveis on demand nos seguintes sites: https://vimeo.com/ondemand/grandescenas | http://webportal.nowonline.com.br/series-programa-de-tv/grandes-cenas/1000337330

Grandes Cenas – segunda temporada – episódios inéditos às quartas-feiras a partir de 12 de julho, às 23h40:

  1. Central do Brasil

A atriz Fernanda Montenegro esmiúça seu processo de composição da personagem Dora em Central do Brasil (1997), revivendo a experiência de filmar a intensa cena da romaria, em que Dora perde Josué em meio a centenas de fiéis. 

  1. Todas as Mulheres do Mundo

O diretor e roteirista Jorge Furtado analisa a cena do poema em Todas as Mulheres do Mundo (1966); na ficção, uma declaração de amor de Paulo a Maria Alice; na realidade, uma sessão de terapia para Domingos de Oliveira e Leila Diniz. 

  1. Como Nascem os Anjos

O diretor Murilo Salles percorre em detalhes a cena dos seios em Como Nascem os Anjos (1996), indo dos personagens à câmera, do conflito da cena aos grandes temas do filme: a desigualdade social e a invasão cultural que a TV a cabo iniciou no Brasil.

  1. São Paulo, Sociedade Anônima

O crítico Jean-Claude Bernardet destrincha a cena da ruptura entre Carlos e Luciana em São Paulo, Sociedade Anônima (1965), explorando-a plano a plano, destacando objetos, analisando gestos e evocando as motivações do seu amigo e diretor Luís Sérgio Person.  

  1. A Ostra e o Vento

O diretor Walter Lima Júnior dá uma aula de cinema ao falar sobre a cena do lençol em A Ostra e o Vento (1997), um exemplo de como a câmera pode transmitir um sentimento e até mesmo encarnar um personagem. 

  1. Whisky

O diretor uruguaio Pablo Stoll nos transporta para o universo decadente e agridoce de Whisky (2004), descrevendo a cena do karaokê e seus personagens tão estáticos, tão melancólicos, mas repletos de sentimentos latentes.

  1. Alma Corsária

O crítico Inácio Araújo e a montadora Cristina Amaral traçam pontos de contato entre a obra de Carlos Reichembach e a cena do piano na pastelaria em Alma Corsária (1993), uma homenagem ao paradoxo: estranha e sublime, popular e erudita. 

  1. Macunaíma

O montador Eduardo Escorel debate a cena da feijoada antropofágica em Macunaíma (1969), adaptação que Joaquim Pedro de Andrade faz do romance de Mário de Andrade, levando o fantástico e a farsa para o cinema de forma tão original e tão brasileira. 

  1. Abutres

O diretor argentino Pablo Trapero discute as dificuldades de filmagem e as questões estéticas que envolveram a cena do atropelamento forjado em Abutres (2010), um elaborado e impressionante plano sequência que produz uma reviravolta na trama. 

  1. Eu Te Amo

O diretor de fotografia Murilo Salles e o crítico Marcus Mello problematizam a cena da despedida de Bárbara em Eu Te Amo (1981), de Arnaldo Jabor, uma antecipação quase profética do virtual tomando conta das relações afetivas.

Casa de Cinema de Porto Alegre

A Casa de Cinema de Porto Alegre ganhou em 2015 o Emmy Internacional de Melhor Comédia pela série Doce de Mãe. A produtora foi criada em 1987 por um grupo de cineastas do sul do Brasil. Em 30 anos, a Casa já produziu mais de uma centena de filmes, vídeos, programas de TV e séries. Nossos parceiros e clientes incluem empresas como TV Globo, Globosat, RBS TV, Canal Futura, Canal Brasil, Canal Curta!, a britânica Channel 4, a alemã ZDF, HBO Latin America, as fundações norte-americanas Rockefeller e Macarthur, as distribuidoras Columbia, Elo Company, Imagem Filmes, Espaço Filmes, Fox e a produtora argentina 100 Bares.  A estratégia da Casa de Cinema de Porto Alegre é produzir conteúdo exclusivo com relevância social, com foco no desenvolvimento artístico e cultural.

www.casacinepoa.com.br | https://www.facebook.com/casacinepoa | https://www.youtube.com/user/casacinepoa | https://vimeo.com/casacinepoa | @casacinepoa

Open_Feira de Design na imprensa

jc4_07.07.17jc2_07.07.17correiodopovo_08.07.17zh_08.07.17

Curso de Tarot Astrológico ocorre nos dias 15 e 16 de julho

tarotastrologico1_creditofernandabeppler

Workshop é ministrado simultaneamente no Brasil (Fernanda Beppler) e Itália (Franco Rossi)

 

Nos dias 15 e 16 de julho Porto Alegre recebe a segunda edição do Curso de Tarot Astrológico. A atividade é ministrada simultaneamente por Fernanda Beppler no Brasil e Franco Rossi (Itália). Criado por Rossi, o jogo do Tarot Astrológico é uma ferramenta em que o Tarot de Marseille dialoga com a antiga Astrologia Suméria, para fazer uma leitura do momento presente. Ele permite criar o mapa do momentum do consulente, falando sobre o aqui e agora, pois é a partir deste ponto que vamos poder entender onde estamos, o que já passou e tudo aquilo que poderá vir.

Os alunos terão acesso a um conteúdo rico sobre as casas astrológicas, do ponto de vista da antiga Astrologia, na qual se baseiam os estudos atuais da Alquimia. Cada casa astrológica representa os assuntos de um determinado arquétipo, de uma área específica da vida. E é fundamental compreender profundamente esses conceitos para que o aluno esteja apto a fazer a leitura corretamente. Irão acessar também a simbologia dos 22 Arcanos Maiores do Tarot de Marseille, para que possam interpretar com fluidez e detalhamento todo o conjunto de informações contido nas cartas.

Neste curso a abordagem é simples e direta, com vagas limitadas para que todos possam receber uma atenção especial e, assim, ao final do curso estejam aptos a realizarem leituras de Tarot Astrológico de forma plena.

Não é necessário conhecimento prévio nas linguagens tarot ou astrologia. O curso é destinado para iniciantes ou para quem quiser aprender mais um ponto de vista sobre o tarot. A atividade ocorre em dois dias, totalizando 14 horas com momento teórico e prático. Cada participante recebe um certificado e terá acesso ao grupo de estudos em Tarot, coordenado por Fernanda Beppler, que tem encontros presenciais com frequência mensal, sem custo aos alunos.

A inscrição custa R$ 350,00 e as aulas ocorrem das 10h às 18h na Av. Bento Gonçalves, 1403/sala 801. Informações | (51) 981786460 | nandabeppler@gmail.com

Curso Tarot Astrológico

Data: 15 e 16 de julho de 2017

Hora: recepção às 9h30 | início do curso às 10h até às 18h com intervalo de 2h para almoço.

Local: Av. Bento Gonçalves, 1403/sala 801 | Porto Alegre/RS

 

Investimento: R$ 350,00

À vista: R$ 100,00 no ato da inscrição* + R$ 250,00 até o dia 20/5 (dinheiro ou cartão débito)

Parcelado: R$ 100,00 no ato da inscrição* + 3x de R$ 100,00 (cartão de crédito)

*via depósito bancário. O valor da inscrição poderá ser devolvido em caso de desistência somente até 15 dias antes do evento. Sua vaga só estará garantida mediante apresentação do comprovante de depósito.

 

Contato: Fernanda Beppler | (51) 981786460 | nandabeppler@gmail.com

Mirna Sprizer na imprensa

metro_07.07.17correiodopovo_07.07.17

Abobrinhas Recheadas tem apresentações no Instituto Ling nos dias 21, 22, 28 e 29 de julho

Abobrinhas-Recheadas---Foto-Gui-Malgarizi-(2)

Instituto Ling recebe pela primeira vez o único espetáculo de STAND UP DANCE COMEDY do RS

 

Primeiro espetáculo de Stand-Up Dance Comedy do RS, Abobrinhas Recheadas realiza sua 13ª Temporada nos dias 21, 22, 28, 29 de julho, sextas às 20h e sábados às 19h, no Instituto Ling (R. João Caetano, 440).

O espetáculo será apresentado na versão Dance a Letra, com coreografias criadas a partir da mímica de letras de músicas famosas, que vão de Chico Buarque a Tom Jobim, passando por canções como Construção, Águas de Março, Show das Poderosas, Emoções e Faroeste Caboclo, além dos hits regionais como Amigo Punk, Tertúlia e Porto Alegre é Demais!

Produzido pela Macarenando Dance Concept, Abobrinhas Recheadas explora a união da dança e do humor e colabora na aproximação do público com as artes cênicas. Indicado em quatro categorias ao Prêmio Açorianos de Dança 2009, venceu em duas: Melhor Bailarino (Nilton Gaffrée) e Melhor Espetáculo eleito pelo Júri Popular (Prêmio RBS Cultura).

Segundo o diretor Gui Malgarizi, “o arranjo coreográfico de elementos comuns da cultura permite explorarmos a comicidade cênica da dança, trazendo diferentes formas de questionamento do corpo, da cultura pop, da mídia, da política. Com humor, aproximamos o público da dança e fomentamos a formação de plateias na área”.

Os ingressos custam R$ 40,00 e podem ser adquiridos no local e pelo site http://www.institutoling.org.br com descontos para estudantes, pessoas acima de 60 anos e classe artística.

Abobrinhas Recheadas – O Jogo

21, 22, 28, 29 de julho
Sextas às 20h; sábados às 19h
Instituto Ling (R. João Caetano, 440)

Duração: 80 minutos
Classificação Etária: Livre

 

Ingressos

R$ 40
50% desconto para estudantes, +60 e classe artística

 

Pontos de venda

Online: http://www.institutoling.org.br

Presencial: Instituto Ling (R. João Caetano, 440). De segunda a sexta-feira das 10h30 às 22h; sábados, das 10h30 às 20h.

 

Ficha técnica

Direção e coreografia: Diego Mac e Gui Malgarizi
Bailarinos: Daniela Aquino, Diego Mac, Juliana Rutkowski e Nilton Gaffree

Produção: Sandra Santos

Assistência de produção: Giulia Baptista Vieira e Arthur Bonfanti
Iluminação: Gui Malgarizi e Sandra Santos

Operação de som: Dani Dutra
Assessoria de imprensa: Bruna Paulin – Assessoria de Flor em Flor
Apoio: Instituto Ling, Casa Cultural Tony Petzhold, TVE e FM Cultura
Realização: Macarenando Dance Concept

 

 

Vídeos

 

Mais informações

http://www.macarenando.com.br/abobrinhasrecheadas
https://www.facebook.com/abobrinhasrecheadas
 

zh_05.07.17.jpg

jc_05.07.17.jpg

jc_05.07.17.jpg

Pátio Ivo Rizzo recebe a 16ª Open_Feira de Design no dia 08 de julho em novo horário

Cartaz-Open-#16---imprensa

Inspirada nas feiras abertas de Buenos Aires, a Open reúne o melhor do design local, com público de mais de 30 mil pessoas desde sua primeira edição

 

No sábado, 08 de julho, das 11h às 18h, a Open_Feira de Design chega ao Pátio Ivo Rizzo em sua 16ª edição. Criada, desenvolvida e realizada pela Maria Cultura, tem como objetivo movimentar o mercado criativo de Porto Alegre trazendo ao público produtos autorais e de marcas locais, além de opções gastronômicas para uma experiência completa de um evento de rua.

Inspirada nas feiras de design abertas de Palermo, em Buenos Aires, a Open já reuniu desde sua primeira edição um público de 34.000 pessoas e 394 expositores. Todos os meses, um designer é convidado para fazer parte da história do evento a partir da criação do padrão gráfico do evento. Em julho, Gustavo Sagu assina a identidade visual da feira. O designer criou o cartaz com o objetivo de que o público possa brincar com as cores e com um pouco da produção gráfica mantendo um trabalho leve e acessível. Sagu é formado pela UFRGS e trabalha no mercado da publicidade em Porto Alegre.

Dentre as marcas participantes, a Open recebe a Cave Design, apresentando sua linha de mobiliários produzidas com mangueiras de bombeiros recicladas; os óculos de madeira da Rami, nova marca no mercado; Puri Cerâmica, com peças incríveis pintadas a mão e Sta Spalla com bolsas práticas para facilitar o dia-a-dia. Serão 40 expositores comercializando peças de moda infantil e adulto, calçados, joias e acessórios, brinquedos, além de objetos de decoração. O evento tem entrada franca e ocorre das 11h às 18h, é pet friendly e tem atividades para toda a família. Em caso de chuva, a Open será transferida.  Fique por dentro da programação: openfeiradesign.com

 

Expositores:

Araça

Ateliê Cuore

BabyDoo

Bendito Pijama

Black Basic

BLUINK

Calleya

Cangote

Cave Design

Chosen Beer

Coisas de Rosica

Colmeia

Elaine Marchioro Ourivesaria Atemporal

Fernanda Sica

Fran Fabrique

Graziela Marcondes

Green Is Great

Lady Bug

Libe Store

LU.V Design

Lucas Moraes

Matagal

MigArt

Minimal Co

O Jardinzinho

Óculos Ramí

Only Design

POA Portal

Projeta Ateliê

PURI cerâmica artesanal

Rabiscos da Mente

Rafael Bernardes

Rudá Cafés Especiais

Sta Spalla

Tchoo Churros

Tea Shop

Tuim

Vaandrade

ViraLua

Will handcrafted

 

// Manifesto pelo Design //

Queremos design. Queremos produtos que contem histórias e que assim colaborem com as nossas. Queremos estimular o consumo consciente. Queremos causar surpresa com presentes que sejam úteis. E além de tudo queremos incentivar novos criadores abrindo espaço para novos fluxos econômicos. Queremos fazer parte da mudança e conviver com pessoas que também pensem como a gente. // Fale com a gente: open@mariacultura.com.br

 

// Serviço – Open_Feira de Design #16 

Onde: Pátio Ivo Rizzo (Félix da Cunha, 1213 – Moinhos de Vento)

Quando: Sábado, 08 de julho, das 11h às 18h – Entrada gratuita

 

// Mais informações 

http://www.openfeiradesign.com

https://www.facebook.com/openfeiradesign www.facebook.com/events/139371669966934/

 

// Sobre a Maria Cultura 

A Maria Cultura é uma agência cultural que trabalha no desenvolvimento de projetos culturais.              Especializada em áreas da cultura urbana como moda, design, artes visuais em geral, projetos ao ar livre, além de atender marcas como Lojas Pompéia, Unisinos, Duocasa, em função do patrocínio a projetos, faz a gestão da programação do Pátio Ivo Rizzo e tem no currículo iniciativas de sucesso como o carnaval Maria do Bairro, PixelShow, Cut&Paste, Maratona Mude e diversas exposições como Mais Tempo Que lugar (Goethe-Institut Porto Alegre/Usina do Gasômetro), Transfer_cultura urbana_arte contemporânea (Santander Cultural), Italian Genius Now Brasil (Santander Cultural), Vinte(ver)Quintana (Shopping Praia de Belas), Imagina Erico (Shopping Praia de Belas).

Blog no WordPress.com.

Acima ↑