Histórias-da-Bergamotinha-3---Crédito-Fernanda-Beppler

Companhia de teatro de Porto Alegre promove três apresentações do projeto Histórias da Bergamotinha

 

Nos dias 06, 07 e 08 de maio, o Teatro Mototóti, de Porto Alegre, participa da programação da Fenachim 2016, com apresentações do projeto Histórias da Bergamotinha. Este é o mais recente trabalho do grupo, dedicado ao público infanto-juvenil, aproximando-o da casa das histórias: o livro.

As histórias não são apenas lidas, mas sim contadas, cantadas e encenadas, onde os contadores Geison Aquino (de Venâncio Aires) e Mariana Beppler se utilizam de elementos teatrais como a música, a encenação, manipulação de objetos, bonecos e instrumentos musicais, para transformar a história em um espetáculo multilinguagem, que encanta a todas as idades. O projeto conta atualmente com dois trabalhos em repertório: “Hermeto Pascoal: o Mago dos sons” (2013) e “Histórias da Realeza” (2015).

Em Venâncio Aires, o público poderá conferir a performance de “Histórias da Realeza”. De reinos muito distantes governados por reis e rainhas poderosos, surgem as Histórias da Realeza, cheias de surpresas e ensinamentos através do simples. Neste trabalho a dupla de atores apresenta as mais divertidas e emocionantes histórias de príncipes, princesas e os incríveis habitantes destes povoados, que irão compartilhar seus maiores segredos, retirados diretamente dos livros infantis e da cultura popular. Histórias cheias de humildade, amor, honestidade, fé e verdade, todas com uma generosa pitada de humor! O público irá conhecer as histórias: Pandolfo Bereba (Eva Furnari), O Pescador, o Anel e o Rei (Bia Bedran) e A Semente da Verdade (Conto Popular Chinês).

As apresentações ocorrem às 15h no dia 06, 16h no dia 07 e encerra no dia 08, às 11h. As performances são gratuitas e os ingressos para o acesso ao Parque do Chimarrão custam R$ 10,00. Mais informações em www.fenachim.com.br/

O Teatro Mototóti existe há nove anos e já possui quatro espetáculos em seu repertório. Formado pelos atores Carlos Alexandre e Fernanda Beppler em 2007, o grupo vem se destacando no cenário de teatro de rua, atuando em todo o país, tendo como características de trabalho a pesquisa e prática permanentes em teatro de rua e a construção/manutenção de um repertório de espetáculos, com o propósito de colocar em cena trabalhos autorais que dialoguem com o público nos mais diferentes lugares.

O primeiro espetáculo, O Vendedor de Palavras – Prêmio FUNARTE de Teatro Myriam Muniz 2008 –   já foi assistido por 80 mil espectadores em mais de 270 apresentações e ganhou uma versão em espanhol, para apresentações na Argentina e Uruguai. A segunda montagem do grupo, i-MUndo – Prêmio FUNARTE Artes Cênicas na Rua 2010 – estreou em setembro de 2011 na capital gaúcha e vem realizando participações em importantes mostras e festivais pelo país.  Ao final de 2012, o Grupo comemorou seu quinto ano de atividades, trazendo à cena mais um espetáculo de teatro de rua, “Folia dos Reis”, um auto que conta a história do Natal sob a perspectiva dos três Reis Magos. O espetáculo estreou no Natal luz de Gramado e integra as principais festividades de Natal do Sul do país.

Em 2013 o Grupo trouxe à cena a história da vida e obra de Hermeto Pascoal, com a peça “Hermeto Pascoal: o mago dos sons”, que mescla a linguagem teatral com a contação de histórias, dentro de um novo projeto de pesquisa na área da narração oral, chamado “Histórias da Bergamotinha”. 2014 foi o ano da estreia de Flor da Vida, quarto espetáculo do repertório do Grupo, contemplado com o Prêmio FUNARTE Artes na Rua (Circo Dança e Teatro) 2013. Este trabalho teve orientação de Esio Magalhães (Barracão Teatro – Campinas/SP), referência na linguagem do palhaço no Brasil. Em 2015 o grupo expandiu seu núcleo de contação de histórias, trazendo à cena o espetáculo Histórias da Realeza, em que utiliza diversos elementos teatrais para contar histórias encenadas e musicadas, apresentando um trabalho multilinguagens que resultou em uma contação de histórias altamente teatral.

Desde 2015 o Mototóti promove mensalmente apresentações de espetáculo e atividades gratuitas em sua sede pública, no Parque Mascarenhas de Morais, em Porto Alegre.  O projeto, intitulado Se Essa Rua Fosse Minha, já recebeu mais de 1500 espectadores e ocorre de forma independente, sem patrocínios ou financiamentos.

http://www.motototi.com.br | www.facebook.com/TeatroMotototi

 SERVIÇO:

Evento: Histórias da Bergamotinha

Data: 06, 07 e 08 de maio de 2016

Local: Fenachim (Parque Nacional do Chimarrão, Acesso Dona Leopoldina, 3600 – Venâncio Aires/RS)

Horário: 06/05 às 15h, 07/05 às 16h, 08/05 às 11h.

Ingresso: R$10,00 – Ingresso de acesso ao Parque