valterjosepotter_narapotter_gabrielapotter_isadorapotter_gaspardesurmont

 

Visitantes participam da colheita e acompanham todo o processo de produção dos vinhos e espumantes

A Guatambu iniciou no dia 16 de fevereiro a colheita de uvas aberta ao público. Um grupo seleto de visitantes do Brasil e Uruguai participou o evento no último domingo, onde acompanharam todo o processo produtivo de vinhos e espumantes na sede da vinícola. Após o almoço harmonizado com parrilla de carne Hereford e bebidas da marca, os visitantes integraram a colheita das uvas tempranillo, as primeiras tintas a serem colhidas nesta vindima.

A colheita ocorreu na propriedade Leões, uma típica estância centenária, onde ficam os vinhedos. O local encantou a todos pela beleza e pela manutenção de suas características naturais, com preservação do bioma pampa.

Esteve presente no evento o produtor francês Gaspar Desurmont, que firmou uma parceria com a Guatambu no ano passado. O projeto, intitulado Vinhetica, é a união das palavras Vinho e Ética, referência a uma produção de vinhos de maneira justa, “Fair Trade”. O empresário passou seis anos pesquisando a região da Campanha para elaborar os dois rótulos com uvas produzidas na região e processadas pela Guatambu. Segundo Desurmont, “esses vinhos serão o resultado de um sonho”. Um vinho rosé com uvas Teroldelgo e Merlot e um tinto com Cabernet Sauvignon e Arinarnoa serão lançados em durante a Copa do Mundo este ano.

Até o final de março a Guatambu pretende colher todas as uvas tintas, das variedades Cabernet Sauvignon, Tannat, Merlot e Tempranillo, que totalizam 15 ha. Uma segunda edição do evento “Um domingo de Vindima na Guatambu” está programado para o dia 16 de março, com agendamento prévio, com vagas limitadas através dos contatos: visita@guatambuvinhos.com.br ou 53 3243 3295.

Sobre a Guatambu

A Guatambu Estância do Vinho é uma vinícola boutique de Dom Pedrito, RS. Seu trabalho é realizado através de administração familiar, em pequena escala, somente com uvas próprias, lotes limitados e garrafas numeradas desde 2003. Mais informações, acesse o site:http://www.guatambuvinhos.com.br/