Credito-Alexandre-Teixeira(1)

O tradicional Remate Guatambu, Alvorada e Caty chega a sua 41ª edição em 2013 e traz novidades: o evento acontecerá no dia 05 de outubro, na Guatambu Estância do Vinho, que será inaugurada no primeiro semestre deste ano, em Dom Pedrito. O maior leilão das raças Polled Hereford e Braford do Brasil segue com sua programação tradicional, oferecendo um almoço aos participantes, que conhecerão as instalações turísticas e de produção da vinícola.

A oferta qualificada de animais atrai muitos pecuaristas não só da região, mas de todas as partes do Brasil, em busca da qualidade genética dos animais que tradicionalmente são vendidos. “São produtores que buscam o melhoramento de seus plantéis com animais extremamente produtivos e adaptados ao campo, como é o caso de nossa genética”, destaca o médico veterinário e proprietário da Estância Guatambu, Valter José Pötter, acrescentando que tais características são resultantes de longos anos de seleção genética por produtividade efetiva.

O remate contará com um plantel selecionado de 300 animais, entre touros melhoradores, novilhas prenhes e novilhas de sobreano.

SOBRE A ESTÂNCIA GUATAMBU

Situada em Dom Pedrito, no coração do pampa gaúcho, a Estância Guatambu é uma empresa familiar dedicada a gerar produtos primários e agroindustriais.

Com aptidão de solo e clima privilegiados, a estância produz uma grande diversidade de produtos. Destaca-se pela utilização de tecnologia de ponta, tanto na agricultura quanto na pecuária, sendo suas atividades centradas na integração de ambas. A pecuária de corte é desenvolvida com bovinos Polled Hereford e Braford, em ciclo completo, e ovinos Texel. Os produtos desta atividade são touros reprodutores superiores e carne de alta qualidade proveniente de animais precoces abatidos dos 14 aos 24 meses de idade, além dos cordeiros pampeanos.

Na agricultura, destaca-se a produção de arroz irrigado, pastagens irrigadas com pivô central, soja, sorgo, sementes forrageiras e uvas viníferas. Em 2009 a Guatambu intensificou suas atividades na vitivinicultura, iniciada em 2003, estreando na produção de vinhos finos com o lançamento do vinho Rastros do Pampa.