Ciclo de quatro filmes conta com a presença do prof Michael Ruse na abertura

Inicia em 15 de junho no Santander Cultural o projeto Cinema e Ciência – A grande emoção do conhecimento. O objetivo do evento é provocar um diálogo entre quatro filmes e diferentes áreas acadêmicas, com um enfoque interdisciplinar e humanista. Na abertura, o professor Michael Ruse, um dos mais influentes filósofos da ciência da atualidade, especialista na utilização do cinema como ferramenta de discussão em sala de aula, ministra palestra.

Segundo Carlos Gerbase, curador do projeto pela Prana Filmes, “contar histórias emocionantes é a grande vocação do cinema. Mas essas histórias, além de encantar ao espectador, também podem transmitir conhecimento e promover debates sobre questões fundamentais para o ser humano e o planeta”, afirma. O ciclo aborda três temas: Cinema e Vida Extra-TerrestreCinema e Ecologia e Cinema e Perturbação Mental. Áreas de conhecimento como biologia, física, filosofia, literatura, comunicação, linguística, sociologia, matemática e psicologia permeiam as discussões promovidas pelas produções selecionadas.

Os filmes que integram a mostra são Contato (1997), de Robert Zemeckis, Migração Alada (2001), de Jacques Perrin, Jacques Cluzaud e Michel Debats, Oceanos (2009), de Jacques Perrin e Jacques Cluzaud e Uma Mente Brilhante (2001) de Ron Howard. O ciclo Cinema e Ciência encerra no dia 21 de junho.

CINEMA E CIÊNCIA – A grande emoção do conhecimento

15 a 21 de junho – Cine Santander Cultural

CINEMA E CIÊNCIA

15 jun – sex

15h00              Migração alada  J. Perrin, J. Cluzaud, Michel Debats

17h00              Oceanos  Jacques Perrin, Jacques Cluzaud

19h00              Contato  Robert Zemeckis

                           Sessão Comentada com Michael Ruse

16 e 17 jun – sab e dom

14h30              Uma mente brilhante  Ron Howard

17h00              Oceanos  J. Perrin, J. Cluzaud

19h00              Contato  Robert Zemeckis

19 a 21 jun – ter a qui

15h00              Migração alada  J. Perrin, J. Cluzaud, M. Debats

17h00              Oceanos  J. Perrin, J. Cluzaud

19h00              Contato  Robert Zemeckis

CINEMA E VIDA EXTRA-TERRESTRE, com o filme:

Contato (1997), de Robert Zemeckis;

Dias 15, 16, 17, 19, 20 e 21 de junho, às 19h

Áreas de conhecimento relacionadas: Biologia, Física (Astronomia, Astrofísica), Filosofia, Literatura (Ficção-científica), Comunicação, Linguística

Contact, Estados Unidos, 1997, 35 mm, cor, 150 min

Desde menina, Ellie buscou indícios de outras vidas no universo. Quando recebe uma mensagem com uma máquina capaz de levar um ser humano e fazer contato com extraterrestres, reinvidica o direito de ser escolhida para a missão.

D: Robert Zemeckis. R: James V. Hart, Michael Goldenberg, sobre livro de Carl Sagan. F: Don Burgess. DA: Ed Verreaux. MU: Alan Silvestri. M: Arthur Schmidt. E: Jodie Foster, Matthew McConaughey, Tom Skerritt, John Hurt, James Woods, Angela Bassett. DIS: Warner. CI: 12 anos. Globo de Ouro 1997: indicado atriz-drama (Foster).

Sessão Comentada

15 jun – sex – 19h

 Michael Ruse – especialista em filosofia da ciência e darwinismo; nascido na Inglaterra, tem importante carreira acadêmica em universidades do Canadá e Estados Unidos; em 1981 participou ativamente do debate entre criacionistas e darwinistas no Congresso americano; autor de dezenas de livros, tem duas obras publicadas no Brasil: Sociobiologia: senso ou contra-senso? (Itatiaia, 1983) e Levando Darwin a sério (Itatiaia, 1995).

CINEMA E ECOLOGIA, com os filmes:

Migração Alada (2001), de Jacques Perrin, Jacques Cluzaud e Michel Debats

Dias 15, 19, 20 e 21, às 15h

Le peuple migrateur, França-Alemanha-Suíça-Itália-Espanha, 2001, 35 mm, cor, 89 min

Durante três anos são acompanhados os hábitos de migração de diversas espécies de pássaros, passando por todos os continentes do planeta.

D: Jacques Perrin, Jacques Cluzaud, Michel Debats. R: Stéphane Durand, Jacques Perrin, Francis Roux, baseado em idéia de Valentine Perrin. DA: Régis Nicolino. F: Olli Barbé, Michel Benjamin, Sylvie Carcedo-Dreujou, Laurent Charbonnier, Luc Drion, Laurent Fleutot, Philippe Garguil, Dominique Gentil, Bernard Lutic, Thierry Machado, Stéphane Martin, Fabrice Moindrot, Ernst Sasse, Michel Terrasse, Thierry Thomas. MU: Bruno Coulais. M: Marie-Josèphe Yoyotte. E: Jacques Perrin (narração). DIS: Sony / MPLC. CI: Livre. César 2001: melhor montagem; indicado melhor filme de estréia + música. Oscar 2002: indicado melhor documentário longo. Goya 2002: indicado melhor documentário.

Oceanos (2009), Jacques Perrin e Jacques Cluzaud

Dias 15, 16, 17, 19, 20 e 21 de junho, às 17h

Áreas de conhecimento relacionadas: Biologia (Ecologia, Etologia, Zoologia), Oceonografia, Geografia, Climatologia

Océans, França-Suíça-Espanha, 2009, 35 mm, cor, 104 min

Aproximadamente três quartos da superfície terrestre é coberta pela água. Através de imagens impressionantes e de rara beleza, este documentário descobre vários mistérios escondidos nas águas, revelando a vida de incríveis criaturas e os perigos que as cercam.

D: Jacques Perrin, Jacques Cluzaud. R: Christophe Cheysson, Jacques Cluzaud, Laurent Debas, Stéphane Durand, Laurent Gaudé, Jacques Perrin, François Sarano. F: Simon Christidis, Luc Drion, Laurent Fleutot, Philippe Ros, Luciano Tovoli. DA: Jean Rabasse. MU: Bruno Coulais. M: Catherine Mauchain, Vincent Schmidt. E: Lancelot Perrin; Jacques Perrin (narração). DIS: PlayArte. CI: Livre. César 2010: melhor documentário; indicado música + som.

CINEMA E PERTURBAÇÃO MENTAL, com o filme:

Uma mente brilhante (2001), de Ron Howard

Dias 16 e 17, às 15h

Áreas de conhecimento relacionadas: Matemática, Medicina (Psiquiatria), Psicologia, Psicanálise, Sociologia, Teoria dos Jogos

A beautiful mind, Estados Unidos, 2001, 35 mm, cor, 135 min

John Nash é um gênio da matemática que, aos 21 anos, formulou um teorema que provou sua genialidade e o tornou aclamado no meio onde atuava. Mas aos poucos o belo e arrogante Nash se transforma em um sofrido e atormentado homem, que chega até mesmo a ser diagnosticado como esquizofrênico pelos médicos que o tratam. Porém, após anos de luta para se recuperar, ele consegue retornar à sociedade e acaba sendo premiado com o Nobel.

D: Ron Howard. R: Akiva Goldsman, sobre o livro de Sylvia Nasar. F: Roger Deakins. DA: Wynn Thomas. MU: James Horner. M: Daniel P. Hanley, Mike Hill. E: Russell Crowe, Ed Harris, Jennifer Connelly, Christopher Plummer, Paul Bettany. DIS: Paramount / MPLC. CI: 16 anos. BAFTA 2001: ator (Crowe) + atriz coadjuvante (Connelly). Globo de Ouro 2001: melhor filme-drama + roteiro + ator-drama (Crowe) + atriz coadjuvante (Connelly).Oscar 2001: melhor filme + direção + roteiro adaptado + atriz coadjuvante (Connelly).

Santander Cultural

Com projetos que respeitam as demandas e os repertórios locais e contribuem para a transformação social, o Santander atua na área da cultura com foco no desenvolvimento do setor, seja em ações institucionais, programas, projetos ou nas unidades culturais que mantém nas cidades do Recife, PE e Porto Alegre, RS.

O Santander Cultural Recife e o Santander Cultural Porto Alegre já receberam cerca 4 milhões de frequentadores desde o ano 2000, desempenhando função educativa e desenvolvendo iniciativas com olhar global, mas atento às necessidades e perfis locais.

Tendo como principal foco de atuação as artes visuais, a música e a educação, as unidades promovem ainda encontros, seminários, oficinas, palestras e várias outras atividades de reflexão.

A unidade em Porto Alegre desenvolve também importantes iniciativas nas áreas de cinema e patrimônio além do Centro de Capacitação Digital, que promove a inclusão digital para a terceira idade. Sua sede conta com os serviços de restaurante e café e uma Loja Koralle, especializada em materiais artísticos, livros, objetos de design e papelaria.

Já a unidade no Recife mantém uma biblioteca especializada em arte, arquitetura, moda e fotografia e o acervo de obras contemporâneas da Coleção Marcantonio Vilaça, com serviço disponível para consultas do público em geral.

A programação de Cinema

Desde janeiro de 2012, a programação da área de cinema do  Santander Cultural passou a ser responsabilidade da Prana Filmes. Além de manter a indiscutível qualidade da programação, o objetivo é inovar, tornando o espaço mais interativo, mais acessível e mais ligado à vida cultural da cidade. Para isso, está sendo fundamental o conhecimento que os integrantes da Prana têm do cotidiano do Cine Santander Cultural, pois participaram da implantação da sala e do seu amadurecimento.

A tradição da sala é de oferecer ao público uma programação diversificada de filmes brasileiros e estrangeiros aliada à realização de ações (debates, cursos, oficinas, mostras, etc.). A Prana Filmes, contudo, ambiciona levar a programação de cinema a um novo patamar, tanto em relação à riqueza de atividades, quanto no aumento do número médio de espectadores por sessão ou atividade cultural.

 

Cine Santander Cultural

Programação regular: R$ 6,00

Pessoas acima de 60 anos e estudantes: R$ 3,00

Encontros com o cinema silencioso: Entrada franca

Funcionários e clientes do Santander têm entrada gratuita.

Garanta com antecedência seu ingresso para qualquer dia do mês.

Agendamento de grupos para programação regular ou horários especiais.

Confira a possibilidade de transporte gratuito.

Ligue 51 3287.5940 e agende!

Programação sujeita a alteração

85 lugares – Dolby Digital

Ar-condicionado

Acesso para portadores de necessidades especiais

 

Santander Cultural

Rua Sete de Setembro, 1028 | Centro Histórico

Porto Alegre  RS  Brasil  90010-191

ter a sex, das 10h00 às 19h00 | sab, dom e feriados, das 11h00 às 19h00

Telefone: 51 3287.5500 | scultura@santander.com.br

www.santandercultural.com.br